História How I met your Father - Spideypool - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Capitão América, Deadpool, Gavião Arqueiro, Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, Os Vingadores (The Avengers), Thor, Viúva-Negra (Black Widow)
Personagens Anthony "Tony" Stark, Ben Parker, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Eugene "Flash" Thompson (Venom / Agente Venom), Gwen Stacy, Loki, Mary Jane Watson, May Parker, Natasha Romanoff, Nick Fury, Peter Parker (Homem-Aranha), Steve Rogers, Thor, Wade Willson (Deadpool)
Tags Spideypool, Stony, Thorki
Visualizações 246
Palavras 591
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oia aí a continuação que vocês pediram huehueheueu
Leiam as notas finais, plis

Capítulo 23 - Rescue


Enfim, coloquei um na geladeira, mas acabei nem comendo ele.
Sua tia May comeu o dela,enquanto assistíamos  a novela e depois eu fui para o meu quarto.

Depois de mexer no notebook um pouco, me deitei, mas como estava calor e o ventilador quebrado, eu deixei a janela aberta... claro que eu nunca imaginaria que meu vizinho entraria ali e colocaria uma arma na minha cabeça.
-Quieto-Ele disse- Se tentar falar, gritar, ou sequer abrir a boca, eu aperto o gatilho.

 Do lado de fora, os outros da rodinha mais cedo me esperavam.
-Eu tô te dizendo cara, esse aí vai deixar o chefe feliz e pagar tuas dívidas...-Um deles, alto e moreno, disse.

Não vi mais nada. Com um saco na cabeça, do jeito bem cliché mesmo, eu preferi manter os olhos fechados, por que dava pra ver através dele.
Como se previsse oq aconteceria, eu me recusava a ver qualquer coisa, eu me desliguei do mundo. Quando o saco foi retirado, no mesmo segundo senti uma mão no meu rosto, me avaliando.

O cara era cheirava a bebida e cigarro, mas no pescoço, uma corrente de ouro se pendurava, junto com o relógio caro.
-Finalmente algo que preste, han, Octavio?
-Pensei que ficaria feliz...
-Eu nunca estou feliz. Mas por esse presente eu posso ser generoso... Metade das suas dívidas estão quitadas
-METADE? MAS...
-Devia se dar por satisfeito... ninguém deve tanto assim pra mim e sai dessa
-Mas se é só metade eu ainda não sai...
-Exato. Tirem ele daqui
Só então eu percebi dois outros caras (mais parecidos com armários) que estavam atrás de mim, que pegaram Octavius pelo braço e o arrastaram dali

Eu fui arrastado pra um lugar diferente, cheio de brilho, as luzes nas cores vermelhas... Eu já sabia  o que significava, e comecei a chorar na hora.
Um cabaré... Eu seria obrigado a vender meu corpo ou morreria, ali mesmo

Meu pensamento entrou em Wade, e é em como eu daria tudo para ter ele ali, quando eu ouvi sons de tiros, e corri pra me esconder assim que soltaram meus braços.
Foi terrivelmente difícil me locomover já que Octavius havia amarrado meus braços.
A polícia entrou, trocando tiros com os bandidos e prendendo frequentadores.
Ainda lembro o cheiro metalizado de sangue, que escorria no chão

Depois de dar meu depoimento e sair da delegacia, eu estava a pé, a muitos quilômetros de casa, quando ouvi uma buzina.
'De novo nao'- Eu pensei, mas isso só durou até eu ouvir
-Petey!!
E meu coração se abrandou.
Eu corri até ele é chorei tudo que tinha dentro de mim. Contei tudo que houve e ele disse que agora estava tudo bem"

-Aliás, muita sorte aquela denúncia anônima ter vindo bem no dia que isso aconteceu
-Sorte nada,  fui eu
-Foi você pai?- Zoe então se virou para Wade- Como você sabia?
-Er...-Wade coçou a nuca- Eu tava na área e vi alguém levando um rapaz. Eu já desconfiei doq acontecia ali, mas... engoli em seco e resolvi que se eu estivesse enganado, poderia sobrar pra mim. Então eles deixaram cair a carteira do garoto, e quando eu vi que era Peter, eu tive certeza do que estava acontecendo.
-Perai, você pegou a minha carteira e nunca me devolveu? Por que não disse que estava com você?
-Pra você descobrir que eu tava no morro?
-WADE
-Pai, por que você deixou o papi ir pra delegacia? Por que não tirou ele de lá antes?
-Procedimento padrão, mocinha... tá achando que eu sou quem, o Deadpool?


  


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim
Sobre as fotos e as fichas: vou deixá-los na fic apenas por três dias.
Então... votem quem vocês querem no próximo capítulo:

Peter
Natasha
Tony
Steve
Fisk
Gwen
Bem... é isso... bye bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...