História How I Will Survive? (Pausada) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias The Walking Dead
Personagens Carl Grimes, Daryl Dixon, Personagens Originais, Rick Grimes
Tags The Walking Dead
Visualizações 11
Palavras 1.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Estupro, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cada parte do capítulo tem uma música e temos a visão de 3 personagens diferentes
Primeira música nas notas finais

Capítulo 7 - Capítulo 6- um grande avanço


No último episódio de: How I will survive?

Diário de uma sobrevivente 03/08/2017

5:00

[...]

Estou preocupada pois tem mais walker’s do que o normal na floresta... acho que é possível um grande ataque ao nosso camping em breve!

Liih

Na manhã seguinte...

Capítulo 6- um grande avanço

#Liih narrando

Diário de uma sobrevivente 03/08/2017

10:46

A Andrea acabou de dizer que amanhã é o aniversário da Amy, a irmã dela. Nós vamos fazer uma ”festa surpresa” para ela. Estou muito animada!! Gosto da Amy, ela é legal e brinca com a gente. A Andrea também disse que a irmã dela vai fazer 17 anos! :0 Quase não acreditei quando ela disse isso, achei que ela fosse mais nova!

Liih

—meu pressentimento não foi legal... continuo com a sensação de que ele vai acontecer...-

— a Andrea achou um presente muito legal para a Amy: um colar com um unicórnio! Vou pedir para ela me emprestar ás vezes, pois eu amo unicórnios!-

—está sendo um dia normal, até que chega por volta das 18:00 uma horda pequena, mas mortal!! Eu devia ter avisado alguém da minha sensação quando o Jim cavou as covas na montanha-

— a Amy foi mordida, coitada da Andrea, ela amava muito a Amy! Eu gostava dela também!-

—Rick nos dá a idéia de ir para o CDC em busca de uma cura para todos nós e para o Jim, que foi mordido depois da Amy. Nós vamos para o CDC, no começo parece seguro, porém eu desconfio daquele doutor porquê  “ Quando vocês entrarem eu vou trancar a porta, e não há mais saída” Vou contar para o Carl e ele diz que eu estou me preocupando a toa. Ainda desconfio desse cara. Primeiro uma frase estranha, depois um banquete e bebida, o que virá a seguir?-

— o Doutor avisa que o CDC vai explodir quando Rick pergunta o que aquele relógio significa e (quase) todos nós fugimos de lá. A Jaqui decide ficar e nós respeitamos a opinião dela. Então ficamos rodando nas estradas até pararmos perto de uma floreta. Sophia se perdeu de nós. Nós (Rick, Carl, Shane e Eu) vamos passear, pois os adultos estão procurando por “Presentes” para nós, porque o mês 9 já começou e meu aniversário está muito perto-

—Quando estamos caçando, Carl encontra um cervo, vira pra nós e sorri então olha para o cervo um tiro o acerta. Eu e os adulto corremos até ele, eu miro a Besta para o Homem que acertou ele e pergunto-

—Porquê fez isso?- Rick pega o Carl no colo e o Homem responde:

—Calma, tem uma fazenda ali e o Hershel poderá os ajudar!- Rick e shane confiam nele e vão correndo para lá, o homem atrás deles e eu com a Besta apontada para a cabeça do sujeito, sem confiança nenhuma nele

—Chegamos nessa fazenda e Hershel e Maggie ajudam o Carl. Shane vai chamar o resto do grupo enquanto Rick deixou o chapéu dele comigo e está conversando com os adultos e eu estou no quarto esperando o Carl acordar e chorando. Até que uma voz pergunta:

—Cadê o cervo? E o meu pai?- ele pergunta acordando- onde eu tô?

—Carl!!! Digo muito feliz- seu pai está lá fora, o resto do grupo chega logo e o cervo nós deixamos lá porquê...(conto tudo o que aconteceu pra ele) até que escutamos:

—Rick cadê o Carl???- não reconhecemos a voz até que a porta se abre e vemos a Lori entrando correndo no quarto e abraçando o Carl.

— tá bom mãe! Pode me soltar?!- ele pergunta com dor porque ela se apoiou no ferimento dele sem querer-

— desculpa Carl!- Rick apareçe na porta e chama ela. Ficamos a sós no quarto de novo. Faço uma careta maluca e coloco o chapéu nele-

#Glenn narrando (Música 2)

—Finalmente eu encontrei a Maggie. Passaram-se 1 mês, e eu vi que a Maggie estava me observando tocar violão e algumas atividades que eu fazia. O pai dela pediu para ela ir buscar uns remédios na farmácia e ela me chamou pra ir junto. Claro que eu vou! Mas a Lori me pede uma coisa estranha: um teste de gravidez. Eu vou trazer pra ela e depois perguntar o porque, mas tenta entender né? Bom no caminho eu conto para a Maggie tudo que a vidente me disse- Corta aqui e volta pra a fazenda-

#Carl narrando (Música 3) 

Esses dias estão sendo até que tranquilos, pois eu estou  me recuperando bem para 1 semana... até que eu escuto meu pai e minha mãe brigando e tento ir até eles aproveitando que estou sozinho no quarto e a porta está entreaberta. Quando eu estou perto da porta escuto ela abrir e desmaio. Era a Lívia vindo ver como eu estava e eu não estava muito bem. Só consegui escutar ela gritando:

—Carl!!!!- depois disso, não me lembro de mais nada

#Liih narrando (Música 4)

—Carl!!!- grito quando vejo ele desmaiado- Maggie, Hershel socorro!!! O Carl está desmaiado!- Rick e Lori param de discutir e vem correndo até o quarto junto com a Maggie e o Hershel. Eles colocam o Carl na cama e vêem  que os pontos abriram. Lori e Rick estão tentando me confortar e dizer que eu não tinha como saber e até ajudei o Carl. Mas eu não consigo para de chorar pois estou com medo. Medo de perdé-lo. Ele é muito importante pra mim. Uma meia hora eles saem do quarto e dizem que ele ainda não acordou, mas podemos visita-lo. Os pais dele vão lá e ficam uns 10 minutos e aí dizem que eu posso entrar e que ele estava chamando pelos pais e por mim. Eu fico surpresa, pois eu não era da família dele, era apenas uma amiga. Eu vou para o quarto e ele ainda estava desmaiado. Sento do lado dele e espero ele acordar. Ele estava com febre, estava abaixando e não aumentando como o Jim, então fiquei tranquila e apenas esperei. Ele não acordou e então eu acabei dormindo do lado dele. Então escuto:

—Liih?- acordo e sento na cama assustada achando que eram os pais dele, mas vejo que era ele e falo:

— Oii Carl!!! O que aconteceu? Quer que eu chame seus pais?- Pergunto rápido

—wow, calma! Não precisa chamar eles. O que aconteceu foi que eu escutei eles discutindo e ia até lá para ver o que estava acontecendo. O que aconteceu?

— você desmaiou. Seus pontos abriram e o Hershel e a Maggie vieram correndo pra te ajudar e seus pais ficaram lá fora comigo. Por isso essa mancha de sangue na sua cama.

— 2 semanas se passam. Totalizando 1 mês na fazenda. Carl precisa de um rémedio que não temos e os suprimentos começam a faltar. Glenn e Maggie vão para a farmácia, Andrea, Shane e Daryl vão caçar e pescar.

Ficamos: Rick, Hershel,Beth,Carol,Lori,Dale,Carl e eu

Continua...


Notas Finais


Música 1: https://www.youtube.com/watch?v=M6lacefwqWk
Música 2: https://www.youtube.com/watch?v=VZSBz0_emH0
Música 3: https://www.youtube.com/watch?v=7Wbbl7QwFXc
Música 4: https://www.youtube.com/watch?v=7mbbtGW2UJk

Espero que vocês tenham gostado! comentem,Compartilhem e favoritem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...