História How To Resist It? - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Ariana Grande, Dua Lipa, Ed Sheeran, Fifth Harmony, Halsey, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Ed Sheeran, Halsey, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Visualizações 82
Palavras 3.599
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


🎵Deer Dahh Dah Uh, Deer Dahh Dah Uh, Deer Dahh Dah Uh, Down Down Down🎵

Refrão da música do capítulo de hoje se alguém quiser ouvir!! O link está lá em baixo já que não me deixaram por aqui hehehe...

Resolvi voltar mas não sei se ficou bom eu estava sem inspiração! Boa leitura para vocês... Não esqueçam de favoritar e de comentar se quiserem...

Capítulo 22 - Se eu não lembro... Eu não fiz!!!


Fanfic / Fanfiction How To Resist It? - Capítulo 22 - Se eu não lembro... Eu não fiz!!!

M O N L I N R O U G E P U B

Ao chegarmos em frente ao pub colocamos nossas pulseiras, as mesmas que Tyveko havia nos mandado pelo Shawn mais cedo. Entramos e fomos para área vip, para a nossa surpresa Tyveko estava terminando de se apresentar, a bixa dublava a música Shallow da Lady Gaga, meus olhos agradeciam muito por estar no final da apresentação, por que hoje mais cedo na praia eu quase desfaleci quando vi a bixa. Tudo que Ariana havia imaginado mais cedo sobre as vestimentas da bixa estava errado, era muito pior ao vivo e a cores!

Tyveko não usava um vestido e sim um espartilho vermelho rendado com detalhes em prata, um par de meias cinta liga de renda branca com uma bota vermelha de amarrar até os joelhos, uma peruca loira armada com mexas em vermelho, make mega pesada. Resumindo a roupa era linda, mas na bixa vocês já sabem, era a visão do inferno!

- Ué Shawn, você e seu amiguinho não iriam se apresentar juntos? – Provoquei a bixa não contendo uma risada!

- Nem vou te responder sapatão, vou ver o que aconteceu com essa desgraça!

O pub era bem aconchegante todo decorado nas cores em vermelho e laranja, continha um palco principal e mais quatro mini palcos com poli dance onde gogo boys e gago girls estavam dançando, duas copas e mesinhas espalhadas por todo lado! Logo chamei um garçom para pedir algumas bebidas, hoje eu queria beber e me divertir com nossas amigas, pedi alguns shots de tequila que não demoraram a chegar!

- Tequila amor? Nem deixei Lauren responder, distribuí o sal em seu lábios para logo passar minha língua sobre eles, coloquei o líquido quente em minha boca e beijei seus lábios, para em seguida chupar o limão e morder seu lábio inferior. - Quero a senhorita bem soltinha Jauregui. – Falei agora alcançando seu copo.

- Como quiser Cabello! – Piscou pra mim. – Agora é a minha vez. – Disse Lauren fazendo o mesmo comigo.

Três, quatro shots de tequila foram o suficiente para da largada, o DJ anunciou que a Amnesia Party estava começando, pegamos algumas cervejas e fomos para a pista dançar, pois começa a tocar Piece Of Your Hear do Medusa (versão tribal house), as luzes girando freneticamente junto as fortes batidas da música deixavam a pista uma loucura, eu nem me lembrava quando foi a ultima vez que fui em um lugar assim.

Mas tinha uma coisa me intrigando desde que entramos, que para um pub gay quanto mais as horas se passavam mais lotado de casais Hetero o pub ficava, mas preferi deixar pra lá, devia de ser a tequila na mente. Logo Shawn se aproximou arrastando os beiço pela pista.

- O que aconteceu pra você vir limpando o salão com os beiço viado?

- Aí Karlão, eles mudaram pra outra festa de última hora, logo hoje que eu estava louca pra ferver naquele palco!

- Não fica assim bi, na próxima vez que viermos pra Miami você se apresenta! E Shawn, eles te falaram o por que da mudança?

- Eles não querem nada chamando muita atenção hoje, então optaram em ficar com os DJS! Karla eu irei lá com as bixas depois eu volto.

Voltei a curtir e não dei bola, convidei minha marida para ir ao banheiro comigo, só iria deixar avisado onde iríamos e deixaria a Lolo com as meninas.

- Amor eu vou no banheiro com a Ariana e já volto, tá? – Sussurrei para ela ouvir já que a música era alta.

- Tudo bem amor não demore, não quero ficar muito tempo longe de você e se comporte viu. . – Disse beijando meus lábios. - Estou de olho em você, Ally vai com vocês.

- É verdade eu estava incomodando a Vero para ir comigo agora mesmo! – Disse a pequena. - Então vamos?


(☆☆☆)


Tivemos sorte do banheiro não estar muito cheio, Ariana ficou nos aguardando já que dizendo ela que não iria usar. Não demoramos muito, quando íamos saindo para voltar pra pista damos de cara com as putiane de Miami de novo.

- Olha Alexia se não são as vadias de New York outra vez! – Disse Lucy encarando Ally.

Para minha surpresa a pequena sentou a mão em um forte tapa na cara da vadia, fazendo Lucy levar a mão até o seu rosto onde com certeza estaria ardendo. Por essa confesso que eu não esperava.

- Você me respeite que não sou da sua laia vadia! E vou te dizer pela última vez que Vero está comigo, fique longe dela ou eu acabo com você!

- Isso serve pra você também Alexia, fique bem longe da Lauren! – Aproveitei pra alertar a outra vadia.

- Eu não tenho medo de você Camila! – Tentou me provocar.

- Pois deveria ter Alexia! Depois não diga que eu te avisei querida.

Lauren Jaregui’s pov.

- Ei vadia, bem legal aqui né? Eu nem sabia que existia esse pub em Miami!

- E não existia vadia abriu a pouco tempo! Caso contrário nós saberíamos, não acha?

- É verdade Jauregay, vivíamos nas baladas de Miami, seria impossível não sabermos.

- Vocês não valem nada mesmo suas vadias, vou contar pra Camila e pra Ally quando elas voltarem!

- Jane qual foi a parte do “vivíamos” que você não entendeu? Estamos de boas agora mulher!

- O que ela não entendeu amor? – Perguntou Camila me abraçando por trás me assustando como sempre.

O mania feia que essa mulher tem de chegar sorrateiramente assustando as pessoas.

- Que nós estávamos esperando vocês três para pegar mais bebidas amor! Mas a bêbada da DJ não queria esperar de jeito nenhum!

- Deixa de ser bêbeda Dinah! – Camila a repreendeu e eu dei língua pra ela sem que a latina visse. - Vamos pedir então? Por mim podemos pedir uma garrafa de tequila – Disse a latina empolgada!

- Pode deixar amor que Vero e eu iremos buscar! Se comportem aí todas vocês, estamos de olho. – Disse fazendo o sinal com os dedos.

Como o pub estava muito cheio resolvemos ir direto na copa buscar já que o garçom iria demorar um ano pra vir até a mesa. Pegamos as bebidas e no meio do caminho de volta entre as mesinhas, encontramos Alexia e Lucy para nos infernizar!

- Olha quem nós encontramos de novo Lucy? As delícias de New York! – Sorriram maliciosas. - O destino com certeza deve estar conspirando ao nosso favor. – Disse Alexia debochada enchendo um copo de tequila e Lucy fez o mesmo.

- Não sabia que vocês curtiam esse tipo de festa meninas! Claro que sabemos muito bem o quanto vocês duas são safadas, mais trazer as namoradinhas junto. Isso pode até ficar interessante!

- Mas é um pub gay meninas. Não é nesse tipo de festa que devemos estar?

As duas se olharam e sorriram, nos deixando com a pulga atrás da orelha.

- Agora esta explicado! Vocês não sabem o tipo de festa de hoje ou sabem? – Perguntou Alexa se aproximando de mim, fazendo eu chocar meu corpo contar uma mesinha!

- Afther gay? – Debochou Vero. – Não estou vendo nada de anormal aqui meninas!

- Se você diz Verônica, não serei eu que direi o contrário! Mas a festa ainda nem começou!

Alexa como não desisti fácil voltou a se aproximar e como eu estava presa a mesinha, ela conseguiu selar seus lábios nos meus, me fazendo arregalar os olhos. Não deu tempo pra fazer nada, já que estava com minhas mãos ocupadas com as bebidas. Mas foi só o tempo dela beijar e ser puxada bruscamente sendo arremessada para longe mim, Camila havia puxado ela pelos cabelos. Alexa avançou em direção a latina mas Camila foi mais rápida e lhe acertou um soco na boca fazendo a mesma recuar alguns passos e cuspir um pouco de sangue.

- Eu mandei você ficar longe da minha mulher vadia! – Gritou a latina deferindo mais dois tapas na cara de Alexia – Eu mandei, não mandei?

Camila pegou Lucy pelos cabelos e jogou a mesma para cima de Alexia, fazendo as duas tombarem no chão.

- Eu avisei para vocês sumirem mas vocês não me deram ouvidos, agora eu vou acabar com vocês duas. - Gritou avançando sobre as duas, mas antes eu a puxei pela cintura.

- Amor! – Beijei seus lábios tentando acalma-la em vão. – Deixa elas irem Camz, toma aqui. – Dei um copo de tequila pra ela se acalmar.

- Ei, latina linda? – Um homem mais velho chamou pela minha latina. – Você pode se juntar a mim e a minha esposa se você quiser, cuidaremos muito bem de você. – Convidou com um sorriso malicioso encarando a bunda da minha latina junto da sua esposa que encarava também.

Camila me olhou sem entender, meu sangue ferveu no mesmo instante, soltei a latina e juntei o cara pelo gola da sua camisa o jogando do lado das duas que ainda estavam no chão.

- Fique longe dela seu velho babaca ou eu quebro essa sua cara e a sua também. – Apontei o dedo para a tal esposa.

- Meu Deus sapatãos! – Exclamou a bixa espevitada. – Não posso deixar vocês um minuto sozinhas que vocês já vão arrumar confusão suas loucas!

- Essa vadia beijou a minha Lolo, por isso dei na cara dela, só não dei na cara da Lauren também, por que ela não teve culpa!

- E esse escroto aqui deu em cima da minha Camz além de comer ela com os olhos!

- Aí gatas eu esqueci de vir avisar uma coisinha pra vocês. – Disse a bixa com um sorriso cínico. - Agora começou outro tipo de festa!

- Que porra de festa Shawn? – Rosnou a latina pra bixa, fazendo eu voltar a segurar firme em sua cintura.

- Swing gata! Não pode tá brigando se não o segurança vem e coloca vocês pra fora. – Respondeu tranquilamente.

- Lauren pelo amor de Deus me segura se não eu vou me avançar nessa bixa e dar só na cara dele!

- Aí Karlão eu só esqueci de avisar, não precisa me bater gata! E o que tem demais em uma festa dessas?

- Viado cala a boca ou eu irei soltar a latina, ninguém quer fazer troca de casal aqui Shawn.

- Agora eu entendi meninas o por que daqueles casais pagarem tantos drinks para nos três até agora! Que gente pevertida.– Falou Ariana.

- Eles queriam orgia com vocês três gatas! Se eu fosse vocês aproveitava.

- Shawn sai daqui antes que eu realmente bata em você! – Disse a latina. – Eu não sei o que está acontecendo com você, mas já esta passando dos limites, quando voltarmos para New York nós dois iremos conversar.

- Vamos embora daqui com as meninas Camz?

- Esperem gatas! – Veio Tyveko gritando. – Como meu pedido de desculpas aceitem esses drinks antes de vocês irem embora.

Dinah e Normani recusaram pois haviam bebido demais com os casais. Nos cinco tomamos, minutos depois passou a vontade de irmos embora e uma vontade louca de dançar nos tomou e fomos para pista...


(☆☆☆)


Dinah Jane POV.

A noite passada foi uma loucura, a nossa sorte foi que não bebemos o tal drink do Tyveko, depois que as meninas beberam não quiseram ir mais embora, foram pra pista e fritaram o resto da noite, já nós duas ficamos assistindo de camarote o que nos rendeu boas risadas.

Já havia anoitecido passando das seis da tarde, eu e Normani estávamos na cozinha comendo algo já que levantamos a pouco tempo. Ficamos por mais alguns minutos por ali e nada das loucas acordarem, então resolvemos que já estava na hora ir acorda-las. Fomos até o quarto da Camila e começamos a bater na porta ou melhor quase derrubamos a porta!

Camila Cabello’s POV.

Acordei com o barulho de fortes batidas na porta mas eu não fazia ideia de onde eu estava e pra ajudar estava tudo escuro. Tentei me levantar mas não consegui, tinha braços envolvendo o meu corpo, com muito esforço consegui sair da cama, dei dois passos tropeçando em algo e tombei no chão escutando um gemido de dor. Ótimo eu chutei alguém! Até pensei em olhar quem que estava ali no chão e o porquê de estar ali, mas as batidas na porta só aumentaram fazendo minha cabeça latejar ainda mais.

- Já vou porra! - Gritei e me arrependi, pois deu uma forte pontada na minha cabeça. – Já vou caralho!

Abri a porta dando de cara com Dinah e Normani, que porra elas queriam me acordando essa hora?

- Merda Camila vai colocar uma roupa! – Xingou Normani me fazendo corar violentamente.

- Embora você seja gostosa, não somos obrigadas a ver nossa chefe nua! – Resmungou Dinah.

- Merda me desculpem, não vi que eu estava assim! – Exclamei me encolhendo atrás da porta.

- Que porra vocês querem me acordando a uma hora dessas? Droga! Que horas são?

- Seis da tarde Camila, podemos entrar? Viemos ver se vocês estão vivas depois de ontem!

- Eu e a Lauren estamos bem eu acho! – Respondi confusa, minha cabeça ainda latejava.

- Ok, vocês duas estão bem! E as outras?

- Sei lá das outras Dinah, devem estar em seus quartos ou em outro lugar!

Larguei a porta e entrei no quarto tropeçando e caindo de novo, mas que merda. Levantei e enfim acendi a porra da luz me arrependendo em seguida.

- Puta merda! – Exclamei ao ver as meninas ali. - Que merda nos fizemos aqui?

- Aí estão elas! – Dinah debochou. – A festinha foi boa hein Karla Camila.

- Cala a porra da boca Dinah. – Resmunguei com a mão na minha boca.

Lauren e Iglesias estavam na cama em que eu estava a minutos atrás, Ally estava agarrada aos peitos de Ariana e ambas estavam no tapete no chão nuas. Era nelas que eu estava tropeçando esse tempo todo! Me aproximei da cama rezando para que elas estivessem vestidas, cobri meus olhos e fui levantando o lençol bem devagar.

- Anda logo Camila. – Gritou Dinah fazendo eu dar um pulo largando o lençol. – Também estamos curiosas porra, até parece que cometeu um crime.

- Vai se foder Dinah. – Exclamei mostrando meu dedo do meio pra elas. – Que susto porra!

Só de raiva levantei com tudo o lençol me arrependendo de novo. Puta merda! Peguei o mesmo rapidamente me enrolando nele, Dinah e Normani davam risada do meu desespero.

- L-Lauren pelo amor de Deus acorda! - Sacudi Lolo com força derrubando ela da cama.

- Camila o que foi? – Perguntou tentando levantar do chão. – Precisava me derrubar caralho?

- O-olha em volta idiota antes de me xingar!

Lauren com uma grade dificuldade de abrir seus olhos deu uma breve olhada no que eu dizia, arregalando então seus olhos também.

- Oh merda! O que aconteceu aqui Camz?

- Eu não sei Lolo, acordei com essas duas idiotas esmurrando a porta, e eu estava no meio de você e da Iglesias no mesmo estado que vocês!

- Eu não consigo lembrar de nada Camz, só de estarmos na boate, depois é um borrão total.

- Allyson e Ariana acordem. – Chamei. - Vamos meninas temos um mistério a desvendar.

Ally e Ari se olharam sem entender, também estavam agarradas uma a outra no chão!

- Vão colocar uma roupa e nos esperem na sala temos que conversar! Dinah e Normani vocês duas também. – Todas assentiram e saíram!

- Amor e a Vero? Temos que acorda-la!

- A Iglesias eu irei acordar amor! Pega seu celular e filma tudo, hoje ela me paga.

- Camila! Olha o jeito que você está?

- Sem ciúmes bobo Jauregui, eu vou colocar uma lingerie meu amor!

Lauren se posicionou atrás da cortina com seu celular em mãos, eu voltei a me deitar na cama passando minha mão pela cintura da Vero, olhei pra Lolo e ela fez o sinal de ok.

- Iglesias, acorda minha delicia! – Sussurrei mordendo o seu pescoço.

- Humm! – Resmungou.

– Iglesias eu quero mais de você! – Chamei me esfregando nela dando beijos em suas costas.

Iglesias se virou rapidamente se agarrando a mim, por um momento eu me assustei, mas quando viu que era eu, se jogou pra fora da cama quase me levando junto.

- Ah Iglesias o que foi? Não vá me dizer que se arrependeu? – Fiz um biquinho, mas a vontade era de rir. – Vem, volta pra cama comigo gostosa!

- M-meu Deus C-camila o que eu estou fazendo na cama com você? – Gaguejou com os olhos arregalados.

- Oras, como o que Iglesias! – Revirei os olhos. - Não é óbvio, nós duas nuas? Vem eu posso gemer gostoso em espanhol como você tanto gosta e você pode voltar a gemer igual a uma vadia pra mim. – Soltei dando uma piscadela pra ela fazendo a mesma.

- E-eu fiz o-oque? Eu gemi igual a uma vadia pra você?

- Gemeu tão gostoso, tive que tapar sua boca se não iria acordar a casa toda. – Sorri maliciosa.

- Merda eu tô fodida Camila, o pior é que eu não lembro nem se foi bom! – Falou fazendo um grande bico.

- Eu posso refrescar a sua memória baby!

– Não Camila! Jauregui vai me matar e Ally vai ocultar o meu corpo!

Não pude evitar e soltei uma gargalhada, Lauren saiu de trás da cortina gargalhando também, Verônica não vale nada.

- Tudo isso é medo de mim vadia? - Provocou. – Eu mataria mesmo, mas para a sua sorte não sabemos se aconteceu alguma coisa mas se aconteceu, provavelmente foi um menage entre nós três.

- Camila você me paga! Eu realmente acreditei que tinha acontecido algo, já estava com preparando o meu psicológico para a minha morte...


(☆☆☆)


- Alguém por favor se lembra do que aconteceu?

- Não senhora! – Responderam todas juntas!

- Merda e agora como iremos saber? – Resmunguei baixinho.

- Dinah porque vocês estão ótimas e nós não? Por acaso vocês sabem o que nos fizemos? – Perguntou minha namorada.

- Simples Jauregui, nós não bebemos o drink batizado do Ty! Mas sossegam que iremos contar o que aconteceu!

Dinah Jane POV.

Depois de beberem o drink vocês não quiseram mais ir embora e beberam muito mais, Ariana subiu em um do palcos com poli dance e só ela queria rebolar para a mulherada que estava ali, mas Camila estava tão louca que queria bater em quem se aproximasse da marida dela.

- Ela minha porra, tenho que defender a honra dela ué!

- Menos Camila, Ariana estava gostando! Até me admirei, não conhecia o lado sapatão dela.

- Ei eu não sou sapatão! Só de vez enquando. – Se defendeu.

Depois Jauregui e a dona Iglesias arrumaram confusão com alguns caras por causa da latina e da dona Ally que resolveram acompanhar Ariana, então pegamos todas e com muita luta conseguimos trazer vocês para casa! Chegando aqui vocês estavam loucas sem sono e queriam beber mais, mas então a Iglesias teve a brilhante idéia de brincar de verdade ou desafio.

A propósito Ally e Ariana estavam nuas porque foram desafiadas a irem desse jeito pedir uma xícara de açúcar pro vizinho do lado, mas quem atendeu a porta foi a esposa do cara então deu uma puta de uma correria, ela queria até chamar a polícia, só não filmei por que não deu tempo.

- Oh céus eu não fiz isso! – Exclamou a pequena cobrindo o rosto. – Quem nos desafiou?

- Camila, mas na verdade Ally, ela desafiou a marida dela! Você foi junto porque quis, não queria deixar Ari ir sozinha!

- Tá amarrado meu Deus! Tudo culpa dessa maldita bebida, eu nunca em sã consciência iria me oferece para fazer um troço desses.

- Ok Dinah e nós três? Eu acordei no meio das duas porque?

- Ah, vocês quatro fizeram uma troca de casal e foi tudo sugestão sua Camila! Ariana estava entediada e resolveu participar da orgia, por isso as duas estavam juntas!

Todas arregalaram os olhos em minha direção tive que fazer um esforço tremendo para não rir e por tudo a perder, estava tão bom torturar essas malucas.

- P-porque vocês deixaram, meu Deus? Agora mesmo que irei direto pro inferno! – Resmungou a pequena! - Ainda bem que eu não lembro de nada.

- Por que vocês são maiores de idade e sabem o que fazem! Nós bem que tentamos argumentar!

- Já que nós não lembramos vadias, nós não fizemos! Nada mudará entre nós, certo?

Eu estava adorando essas criaturas ingênuas, mas Normani como era estraga prazer se aproximou me enchendo o saco para que eu contasse a verdade me fazendo suspirar e revirar os olhos.

- Ok vadias, podem tirar essas caras de cadelas arrependidas! – Debochei é claro. – Vocês não fizeram nada que envolvesse sexo, mas o resto é tudo verdade.

- Dinah você me paga sua louca. – Disse a Jauregui vindo em minha direção me fazendo correr. – Eu estava quase tendo um treco aqui idiota, isso não se faz.

- Se você me bater eu não conto o resto Jauregui, e vocês nunca saberão. – Resmunguei ofegante pela corrida!

- Ok! Fala logo Dinah! Mas depois eu te pego.

- Eu desafiei vocês a nadar peladas na piscina e claro que vocês foram, só que estavam bêbadas demais para se vestirem! Depois foram para o quarto da Camila terminar a brincadeira, e então dormiram de qualquer jeito por lá mesmo.

- Podem respirar tranquilas agora, não teve nada entre vocês! E da próxima vez prestem atenção no que vocês bebem e no estilo de festa que irão frequentar – Avisou Mani!!!


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...