História How to train your Werewolf -interativa - Capítulo 31


Escrita por: e Stidd

Postado
Categorias A Garota da Capa Vermelha, Como Treinar o seu Dragão, Teen Wolf
Personagens Personagens Originais, Stiles Stilinski
Visualizações 60
Palavras 1.915
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Fantasia, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpe a demora gente,resolvi dar uma folga pra mim mesmo pois minha criatividade e vontade de postar caps estava se esgotando então resolvi recarregar as energias kkkkk Espero que entendam,bom é isso,fiquem com o Cap ^-^

Capítulo 31 - Cap 24 - "...Até agora não havia sentido !"


Fanfic / Fanfiction How to train your Werewolf -interativa - Capítulo 31 - Cap 24 - "...Até agora não havia sentido !"

P.O.V Michael

Era exatamente 6:00 da manhã,estava já de pé,preparando o café,pois é,sou acostumado à acordar cedo,ainda mais agora que não podemos perder tempo e cada segundo conta,como Choi ainda estava dormindo,eu apenas terminei de tomar o meu café e fui em direção à casa de Thalya.

Bati na porta e não demorou muito até alguém abri -la,mas não era a Thalya,no lugar dela,estava um garoto,um pouco mais baixo que eu,de pele clara,cabelos castanhos e olhos azuis.

-Olá,a Thalya está em casa ?-Pergunto ao garoto.

-Err..Não,sou o irmão dela,mas quem é você ?-Pergunta ele desconfiado.

-Meu nome é Mikhael,sou o Druida do Norte.

-Ah claro,meu nome é Evans,a Thalya foi buscar Stiles no hospital,eles já devem estar voltando,quer entrar pra esperá-los ?-O Tal de Evans falou bem simpático.

-Claro,obrigado.-Falei entrando na casa e me sentando no sofá.

-E então,você é um ômega?-Comecei à puxar assunto com Evans para quebrar o silêncio.

-Sou sim,como sabe ?-Evans

-Na verdade,eu chutei,Posso ver seus verdadeiros olhos ?

-Claro.-Evans fecha os olhos por alguns segundos e depois os abre de novo,seus olhos continuaram azuis,mas desta vez,o azul era mais profundo,parecia existir um vazio muito grande lá.

-Esse tom de azul...ele não é igual ao dos outros ômega que já vi.-Digo pensativo.

-Ah é,mas...porque ?-Evans estava tão pensativo quanto eu.

-Não sei dizer,mas tem muito mais sentimentos nesses olhos do que posso descrever.-Assim que acabo de falar,Thalya e Stiles entram dentro de casa.

-Michael,você está aqui há muito tempo ?Te fizemos esperar ? - Thalya

-Não,relaxa,não faz muito tempo que cheguei.

-Tudo bem,já expliquei tudo pro Stiles no caminho,podemos começar á treinar.-Thalya.

-Muito bem,vamos lá.

P.O.V Stiles

Depois de um tempo andando pela floresta,chegamos em uma clareira no meio da floresta,onde Michael disse que começariamos á treinar.

-Primeiro de tudo,nada vai funcionar se vocês não acreditarem em si mesmos,e muito menos se não acreditarem um no outro,entendido ? -Michael.

-Entendemos.-Eu e Thalya dissemos juntos.

-Muito bem,Thalya,você normalmente se descontrola quando se transforma em lobo não é?-Michael

-É,normalmente sim.-Thalya

-Ótimo,se transforme.-Michael.

-Espera o que ? Mas e se eu me descontrolar ?? - Thalya

-Stiles está aqui pra isso,vamos logo,temos pouco tempo.-Michael fala e Thalya fez o que ele pedia,se transformou em lobo e não demorou muito para a marca da besta surgir em seus olhos.-Muito bem Stiles,agora é com você,se concentre.

-Tudo bem.-Falo,meio gaguejando,faço meus olhos ficarem roxos,mas não obtenho nenhum resultado,Thalya estava descontrolado e vindo bem vagarosamente em nossa direção,rosnando.

-Concentre !-Michael grita.

- Eu tô tentando ! -Grito também em resposta.

-Pode até estar tentando mas por dentro está com medo,não está confiando nela nem em si mesmo,agora para de agir como um idiota e faça oque eu falei !-Michael grita novamente,eu estava ficando muito nervoso e pressionado,Thalya chegava cada vez mais perto.

-Stiles !-Michael.

- Eu não consigo!

Quando Thalya iria pular em cima de nós,uma bola de fogo à acerta e ela parece ter voltado em si,era Choi,que veio até Michael,o mesmo parecia bastante preocupado.

-Você está bem ??Como sai assim da minha casa sem falar pra onde ia ?Fiquei preocupado.-Choi fala para Michael.

-Me desculpe,da próxima vez deixarei um bilhete.-Michael fala sorrindo.

-Ta tudo bem comigo,obrigado por perguntar.-Eu levanto e falo sarcásticamente.

Thalya que ainda estava em forma de lobo,faz um grunhido de choro e abaixa a cabeça,vou até ela e falo :

-Tudo bem Thalya,a culpa foi minha,eu fiquei com medo e desapontei à nós dois.-falo e faço um carinho em sua cabeça,a mesma parece se alegrar um pouco.

- Bom,sua primeira tentativa não foi um total fracasso graças à Choi,agora sabemos como fazer ela voltar a se controlar,pelo menos por um tempo,então,parece que Choi vai ter que nos acompanhar nos treinos para não acontecer algumas...fatalidades.-Michael fala e todos concordamos.-Vamos tentar de novo,coragem Stiles.

-Tudo bem.-Falo,pode demorar um pouco mas ainda vou controlar meus poderes !

P.O.V Logan

Estava caminhando para me encontrar com Kincaid, pois ao que parecia o lupino tinha algo para me dizer. Eu e ele somos bastante próximos sendo Kincaid uma das poucas pessoas em quem eu posso confiar, mas hoje estranhamente eu estava um pouco receoso do que ele tinha que me contar que era tão importante assim.

- Hey! – Ouço alguém falar ao longe e quando olho em volta percebo que era Kincaid – Aqui Logan!

Quando chego mais perto, percebo que havia uma mochila ao seu lado, provavelmente com seus pertences, mas porque ele precisaria dela...

- Então o que você queria me dizer afinal?

- Sempre direto como sempre. Você nunca muda Logan. – Kincaid fala dando uma risada – Acredito que queira saber o porquê da mochila também?

- Certamente.

- Bem, como você já sabe, eu não curto esse estilo de vida em uma alcatéia. Prefiro ser livre sem me preocupar com os problemas dos outros, apenas os meus. – Kincaid falou e pude perceber onde que essa conversa chegaria.

- Então basicamente você vai... embora? – Perguntei um pouco desapontado. Mesmo que eu soubesse que Kincaid era alguém independente e selvagem, não me agradava a ideia de não poder ver meu melhor amigo, ou melhor, meu irmão!

- Pois é... Apenas queria poder me despedir de vocês antes de partir.

- E... E se eu fosse com você? – Sugeri esperando que ele aceitasse mesmo sendo improvável.

- Desculpa mano. Você sabe que eu gosto de você, mas Beacon Hills precisa de você. – Ele retrucou com as mãos apoiadas no meu ombro. – E mais do que tudo você sabe que a Thalya precisa de você ao lado dela e eu me sentiria culpado se ambos se separassem por minha culpa.

Mesmo eu querendo meu amigo perto de mim eu sabia que o que ele dizia era verdade, aliás, Thalya estava passando por um momento difícil com seus surtos e toda ajuda seria necessária caso isso ocorresse... Outra vez.

- Você tem razão. Só espero que possamos nos encontrar novamente.

- Claro que vamos! Eu prometo irmão. – Kincaid respondeu logo após me dando um abraço de despedida. E com a mochila sobre as costas ele deu um último adeus com um *Bro Fist* e partiu rumo ao seu próximo destino.

P.O.V Freya

Eu estava treinando minhas manobras de skate na nova rampa que haviam construído no parque esportivo de Beacon Hills. Tenho que admitir que sentir o vento em minha pele durante as subidas e descidas sobre o skate era uma sensação ótima depois de 2 horas seguidas de aula de história sobre a revolução francesa. Não sei como eu não enlouqueço durante esses períodos.

Enquanto sinto adrenalina no meu corpo após fazer um giro completo no ar, percebo um par de olhos voltados em mim e assim que paro pra identificar o curioso, deparo-me com Amanda me observando atrás da grade do parque. Ela parecia um tanto admirada com as minhas habilidades no skate. Decido me aproximar dela para confirmar minhas teorias e a mesma parece ficar um tanto surpresa quando me viu indo em sua direção.

- Eaí Amanda! O que faz por aqui? – Pergunto.

- N-nada... Só estava passando por aqui e decidi observar o pessoal um pouco. – Ela respondeu e pude sentir que não era uma total verdade o que ela dizia.

- Você gosta de skates e essas coisas?

- Eu sempre admirei quem gosta, mas nunca tive a oportunidade de aprender a andar em um – Explicou um pouco cabisbaixa.

- Bem... Se você quiser eu posso te mostrar o básico – Talvez eu tenha  falado isso apenas por pena ou porque eu queria que ela experimentasse um gostinho de quão bom é gostar de skate, mas de qualquer forma eu não iria deixar de fazer uma boa ação sendo que Amanda se mostrou digna de confiança no grupo.

- Eu posso? Não quero te incomodar nem nada – Ela falou com um sorriso no rosto e eu pude perceber que tinha feito a coisa certa.

- Não vai incomodar ninguém. Vem logo! – A chamei para entrarmos no parque e dei meu skate pra ela.

Primeiro eu pedi para que ela tentasse ficar equilibrada no skate sozinha. O que resultou em vários tombos e risadas, sendo as risadas da minha parte, mas Amanda era mais determinada do que eu imaginei e após várias tentativas a mesma já conseguia se equilibrar sozinha.

- Certo, agora eu quero que você dê leve impulsos com o pé para frente e quando se sentir preparada mantenha os dois pés sobre o skate. Entendeu? – Instrui para ela e a mesma apenas concordou com a cabeça.

Sinceramente eu achei que a loira iria cair na primeira tentativa, mas ela me surpreendeu quando percebi que ela vinha em minha direção calmamente como se já soubesse fazer isso á um bom tempo.

- Eu estou conseguindo! Aaaaah! – Ela disse eufórica dando um gritinho e quase perdendo o equilíbrio, mas conseguiu se manter firme.

- Muito bem Amanda. Agora é só parar!

- Parar? Você não me explicou essa parte – Droga! Esqueci de mostrar pra ela a coisa mais básica de todas. – É só você usar o- Antes que eu conseguisse completar a frase Amanda acabou por tentar sair do skate ainda em movimento, fazendo eu e ela cairmos no chão.

Acabou que eu tinha ficado por baixo de Amanda quando tentei segurá-la ao cair e quando abri os olhos pude notar bem mais de perto as feições de seu rosto. O tom castanho escuro de seus olhos contrastava bastante com o seu cabelo loiro a deixando ainda mais atraente... Eu disse atraente? Devo estar passando mal ou algo assim.

- Me desculpe! Eu te machuquei? – Amanda perguntou saindo de cima de mim.

- N-não... Claro que não. – Respondi me levantando e ajeitando meu cabelo – Além do mais foi culpa minha. Acabei esquecendo-me te mostrar como frear. – Cocei a cabeça um tanto envergonhada.

- Pelo menos eu aprendi o jeito errado de parar um skate – Amanda disse fazendo nós duas rir. – Você gostaria de ir tomar um sorvete comigo? Aliás, é por minha conta, pois me sentiria culpada se não pudesse te agradecer de alguma forma.

- Já que você insiste, eu aceito. – Eu até que gostaria de continuar andando um pouco mais na rampa, mas o sorriso e simpatia da loira acabaram me convencendo.

- Tem certeza que está bem? Sua cara está um pouco vermelha. – Ela comentou olhando fixamente pra mim.

- Deve ser o calor! Nada que um sorvete não resolva. – Menti indo pegar meu skate, pois não queria que ela notasse minha cara corada. – Vamos?

- Sim, vamos! – Amanda disse me acompanhando.

No caminho até a sorveteria fomos conversando, então pedi que Amanda me contasse como foi à viagem até o druida e tenho que admitir que ela é bem mais durona que eu pensei. Acho que vamos nos dar super de agora em diante... Quem sabe até ganho uma parceira skatista! Espero ter dias tão divertidos quanto esse com ela.

P.O.V Choi

-Por hoje chega,vocês devem estar bem exaustos,como a noite já está chegando,nos encontramos aqui de novo amanhã no mesmo horário.-Michael fala e todos concordam.

-Vamos Choi.-Michael diz pra mim com um sorriso encantador...Espera,o que ?

Ao chegarmos em casa,Michael fala que vai tomar um banho e se dirigi ao banheiro.

Não sei ao certo o que passa em minha cabeça em relação à Michael,mas eu me preocupo mais com ele do que com os outros,ele me faz sentir coisas que até agora não havia sentido,o que é isso ???

Vou até meu quarto,deito em minha cama e fico mexendo no celular por um tempo,até que escuto alguém me chamar,quando olho para a porta...era Michael,ele estava apenas com uma toalha enrolada no quadril e um pouco molhado ainda,tenho certeza que devo estar parecendo um pimentão agora.

-Choi,eu odeio dizer isso Mas,eu não trouxe muitas roupas na minha mochila,então poderia me emprestar alguma ?- Michael fala com muita calma e gentileza.

-C-cla-claro,vou pegar pra vo-você.-Falo gaguejando muito,que Merda!Por que isso acontece comigo ?!

Pego algumas roupas pra ele,o mesmo agradece e vai ao banheiro se vestir,parece que essa semana vai ser longa !


Notas Finais


Como prometido galera,aqui está o vídeo do Michael :

-> https://youtu.be/iGBBwf1XCHw

Não esqueçam de comentar oque acharam e tbm falar quem vcs querem no próximo vídeo ok ? Até a próxima ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...