História How you make it up? How you fake a love? - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Lil Peep, Lil Pump, Lil Xan
Personagens Lil Xan, Personagens Originais
Tags Amizade, Drama, Revelaçao, Romance
Visualizações 24
Palavras 1.410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amiglos! Estão bem? Qualquer sugestão ou crítica só deixar aí! Boa leitura! ❤️

Capítulo 1 - Piloto


Fanfic / Fanfiction How you make it up? How you fake a love? - Capítulo 1 - Piloto

Acordei com o sol no meu rosto. Me espreguicei e me dei conta que era sábado, o que resume que eu não faria absolutamente nada. Não que eu seja a anti social e sem amigos, mas o decorrer da semana é tão corrido que uma cama sempre é bem vinda. 

Me chamo Melinda. Tenho 21 anos e atualmente moro no Canadá. Tudo começou quando terminei meu ensino médio e decidi sair do teto dos meus pais. Curso Fotografia e trabalho numa boate famosa daqui. Por ser uma boate, os homens normalmente acham que você é qualquer uma e te desrespeitam, mas nada que alguns seguranças não resolvam. 

Me levantei da cama, preparei um café e liguei a Tv. Nada de interessante. Do nada meu celular vibra e vejo que é meu chefe.

 

- Alô Melinda! Bom dia. Sei que hoje é sua folga... mas, hoje irão vir alguns rappers aqui, e eu precisava de mais funcionários para que o atendimento fosse excelente!
     - Marcos, você sabe que esperei por essa folga há semanas...

  

Ele me interrompe:

 

 -Eu sei... e estou disposto a pagar mais pra você, contanto que venha. Esses rappers são famosos e caso eles gostem a boate pode crescer muito mais.

 

 Acabei concordando. Eu gostaria muito de ficar em casa assistindo série, porém um dinheiro extra era bem vindo. 

 

 

 

            X

 

 

 Eram exatamente 20:15 e eu estava terminando de me arrumar para mais um noite longa e cansativa. Olho meu celular e há uma notificação da Ananda. Ananda é uma colega de trabalho, que encanta a maioria dos homens que vão a boate. Simpática, prestativa e bastante bonita. Totalmente diferente de mim.

  

 “Mel!!! Não acredito que hoje vão os maiores rappers na boate! Estou tão animada! Será que o Marcos irá achar ruim eu ser uma fã louca e pedir uma foto? “ 

 

Acredito que não. Mas Ananda, não se iluda, esses rappers são uns babacas e normalmente vão querer te levar para cama”

 

“Nossa Melinda, você deveria parar de ser tão amarga”

 

 Bloqueei a tela do celular e terminei de me arrumar. Eu não era amarga, apenas realista o suficiente para saber que realmente eles são assim. 

 

 

           X 

 

-Vamos pessoal! Vamos! Façam mais drinks! - Marcos falando correndo de um lado pro outro enquanto eu e Ananda preparávamos bebidas.

-Melinda, será que o Pump vai vim com eles? - Ananda falava entusiasmada 
          -Ananda, não faço a mínima ideia de quem esse ser seja.

 

Ela arregalou os olhos, enquanto me sacudia. Ananda começou me contar sobre ele, sobre um tal de Lil Xan e sobre um Lil Peep que eu já havia ouvido falar bem pouco.

 

-Atenção pessoal! Eles chegaram! Não esqueçam de serem prestativos, e de serem educados! Meu negócio esta na mão de vocês! - Marcos estava animado, e eu entendo que ele estava contando com isso para que a boate vendesse mais.

 

 Eu e Tyler saímos para pista de dança com bandejas cheias de bebidas. Tyler era um amigo, eu diria que o único que confio. Desde quando comecei a trabalhar na boate, nós fazíamos tudo juntos. Ele era meu companheiro, e o único que sabia quase tudo sobre mim. As meninas caiam em cima dele, mas também com razão. Ele era alto, cabelos pretos lisos, um sorriso encantador e olhos verdes. Ananda já tivera relacionamento com ele, passageiro, porém hoje somos quase um trio de amigos.

Entramos no salão principal, com pista de dança. Haviam dançarinas semi nuas, com corpos bonitos, dançando perto de vários homens. Todas as vezes que tem essas dançarinas imagino como minha mãe reagiria se soubesse que eu trabalho aqui. Logo vemos uma mesa com os “famosos” rappers. Marcos aparece do meu lado me guiando para a mesa.

 

      - Boa noite! Como estão? Essa é Melinda e Tyler que ficarão responsáveis por servi-los e tratá-los da melhor forma possível! 

-Melhor forma possível? - olhei para quem tinha dito e era um menino com dreads coloridos, com cara de safado enquanto fumava seu cigarro.
- Tem como ficar com só com ela e aquela loirinha nos servindo? - se referindo a Ananda - bom, é que ela é mais bonita que ele - disse um menino com touca rosa, e com cara de bebê. Juro que cerrei os olhos para ter certeza que ele não era uma criança.

-Cla-a-aro! Ananda vem aqui! - disse Marcos logo empurrando Tyler que revirava os olhos
Não acredito! Lil Xan, Pump, Malone! - Ananda dando pulinhos de alegria.

 

Revirei meus olhos enquanto colocava as bebidas na mesa. O menino com Dreads, o tal de pump segurou minha mão, fazendo carinho. Afastei a mão o encarando bem. Enquanto Ananda pulava de alegria, o menino com cara de bebê me encarava, e eu pensava como alguma menina podia gostar daquela cara dele de brisado. Sai da mesa e voltei para pegar mais bebidas, e Tyler veio na minha direção. 

-Toma cuidado com aqueles babacas Mel. Eles acham que qualquer mulher é objeto.
Normalmente não caio nas lábias deles. E não vi nada demais.

 

Uma música alta começou a tocar, e ouvi algumas meninas falarem que era do Malone. Olhei em volta e vi todas meninas caídas em cima deles, enquanto Pump beijava e passava a mão em uma das dançarinas, e o tal de Xan fazia Ananda rir. À noite continuo e eu servi mais algumas bebidas a eles. Já eram 4 da manhã, e somente eu e Tyler estávamos na boate organizando. Recolhi o lixo, e sai pelas portas do fundo, enquanto caminhava direção ao metro, ouvi alguns gemidos. Ignorei e continuei andando. Quando virei em direção ao beco que me levava a estação vi apenas dois vultos. Uma loira apoiada na parede enquanto um menino com touca rosa penetrava nela. Ananda. Ananda e o Xan. Ela gemia feito louca, como se estivessem num lugar privado enquanto ele colocava com força dentro dela. Coloquei meus fones e segui para meu destino. 

 

         X

 

Era domingo, enquanto eu banhava para mais um dia de trabalho. Meu cabelo ruivo estava desbotando, e minhas olheiras estavam imensas. Resolvi pintar meu cabelo novamente, e fazer uma maquiagem. Eu não era muito boa com isso, mas iria tentar. Coloquei uma calça preta, minha blusa preta de uniforme e um vans. 

Cheguei na boate e vi Ananda sorridente, acredito que pela noite anterior. Como havia chegado cedo, me sentei nos bancos fora da boate. Estava escutando Congralutions do Malone, que havia sido tocada na boate na noite anterior e eu acabei gostando. O sol estava se pondo e acabei observando o céu. Senti alguém sentando do meu lado mas continuei observando as cores do céu.

 

-Oi, você não é a moça que nos atendeu ontem? - era o cara com cara de bebê, cheio de tatuagens no rosto. 
-Sim. 

 

Ele desviou o olhar de mim e olhou para o sol se perdendo do céu. Eu o observei. Estava com capuz preto, e seus cabelos eram ondulados. Os olhos eram verdes e ele tinha uma boca que... meu Deus. Ele olhou para mim e logo desviei o olhar.

 

-Acho bonito o por do sol. As cores do céu se misturam... fica bem legal né? - ele disse encostando na parede atrás de nós. 
          -É. 
          -Seu nome é Melinda não é? Nome bonito.
          -Sim.

 

Ele chegou mais perto de mim e ficou me encarando. Me afastei, e ele chegou perto novamente. Eu tirei meus fones de ouvidos e com raiva já disse:

 

-Qual seu problema? Porque está chegando tão perto de mim?
            -Só acho que você tem cheiro doce - ele sorriu
         -Não faço ideia quem você seja. Na verdade faço ideia sim. Humm, como é mesmo? Lil Xan? Rapper? Acostumado a ter todas meninas que quer, jogando suas cantadas baratas. - falei dando gargalhada de ironia
         -Normalmente não preciso jogar cantadas. 
        -Realmente. Tem idiotas que caem no seu papo, e riem das suas piadas sem graça. Enquanto você na verdade, no fim só quer usá-las.

 

 Pela primeira vez o vi sério. Ele me encarou, chegando perto do meu rosto, e acreditei por alguns segundos que ele iria me bater, mas ele soltou uma gargalhada enquanto acendia seu cigarro.

 

-Você é sempre assim? - dizia ele enquanto soltava fumaça pelo ar
            -Assim...? 
            -Ranzinza?
            -Apenas com gente mesquinha como você.

  Me levantei enquanto ele fumava e sorria pra mim. 

 - aonde você vai? 

 - Não interessa a você. - parei de andar e me virei - A propósito, sua foda no beco ontem é digno de pornô. 

 

 

 

 


Notas Finais


Eitaaa!! Será que Melinda vai continuar tão mal humorada? Será que teremos um casal Ananda e Xan? Deixe seu comentário! ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...