História HH - partir do enigma do Príncipe - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Harry Potter, Hermione Granger, Ronald Weasley, Sirius Black
Tags Harmione
Visualizações 154
Palavras 342
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Sirius


Através da janela na parede, entravam escorregando nas asas da luz do sol, milhões de brilhantes embaixadores da manhã, iluminando o fundo quarto.

Harry abre os olhos com dificuldade, há poucos dias havia perdido seu padrinho. Sentia seu rosto pesado, as pernas fracas, não conseguira comer na noite anterior, não sentia fome, apenas um enjôo forte e exaustivo.

Levantou-se da cama em silêncio, pois não queria acordar seus tios -caso ainda estivessem dormindo-  ele não precisava as palavras de ódio que diariamente eles lhe dirigiam. O contato do piso gelado com seu a ponta de seu pé fez percorrer-lhe um calafrio até o ultimo milímetro de sua espinha, e com um tremor, arrepiou-se e encolheu os ombros

Ainda era difícil de aceitar, ele se foi. As vezes, pego no esquecimento, aguardava ansiosamente ver Sirius novamente, e ao lembrar do ocorrido no ministério, um desânimo percorria pela sua mente, ele sentia os efeitos químicos da tristeza e solidão profunda saíem de seu cérebro e investigarem cada centímetro de suas entranhas.

Ao descer as escadas sorrateiramente, percebeu que foi o ultimo a acordar, os três parentes mal-humorados estavam junto à mesa, que ao o verem entrar ma cozinha, o sorriso em seus rostos sumiram mais rapidamente que uma mera vida humana na imensidão da Terra.

Rapidamente pegou alguma comida e voltou para o quarto, se conseguisse comer, certamente falharia na frente de seus tios e primo.

Apos comer cerca de um terço da pouca comida que havia recolhido, recusou-se, dar sequer mais uma mordida o levaria a vomitar. Uma Coruja entra pela janela escancarada aos gritos, fazendo Harry se assustar, notou um bilhete amarrado junto a Coruja.

O bilhete era seu melhor amigo, Rony, avisando-o que a carta de Harry havia sendo enviada por engano para a Toca, que amanhã iria busca-lo, para embarcar no trem juntos.

Ao passar os olhos rapidamente pelas letras escritas rapidamente por tinta em um pergaminho, sentiu uma leve felicidade, há muito não sentia sequer algo assim, seus pensamentos voltaram-se, a partir daí, em voltar para escola de magia.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...