História HH - partir do enigma do Príncipe - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Harry Potter, Hermione Granger, Ronald Weasley, Sirius Black
Tags Harmione
Visualizações 138
Palavras 519
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Silêncio


Após arrumar o que era necessário na noite anterior, Harry acordou e rapidamente foi até o banheiro. Era necessário estar pronto antes que viessem busca-lo.

Levou suas coisas para a frente da casa, não queria passar sequer mais um segundo lá dentro, sentado em frente a porta, esperou a chegada de seus amigos.

Virou os olhos pro chão, onde mergulhou dentro de sua própria mente, pilhas de pensamentos formavam-se, ignorou tudo ao redor, como se fosse completamente transportado para o núcleo de seu cérebro, ficou assim por um tempo desconhecido, que pareciam horas

- Harry, estou falando com você! - Disse Rony, com um meio sorriso, achando cômico a situação que seu amigo se encontrava - você está bem? Parece até que ficou mais magro!

- Como se isso fosse possível! - Disse Jorge se aproximando.

- E isso nao é possível, definitivamente. - Falou Fred, enquanto parava ao lado de seu semelhante.

Como se despertasse de um sono profundo, Harry voltou à sí, assustado. Não havia notado que já não estava mais sozinho. E isso o confundia, há muito não falava sequer uma palavra.

Você está bem Harry? - Hermione perguntou de dentro do Varro Voador, agora estacionado.

- Estou sim, não havia visto vocês chegar - Disse com a voz rouca, devido ao tempo em que fingia de mudo em seu quarto.

-  Mas é claro, é bem difícil de ver um carro voador estacionar na sua frente com todos seus amigos dentro - Jorge disse

- Está precisando de um óculos novo, Potter. - Disse Fred enquanto o ajudava a colocar as malas no carro.

Ao entrar no carro, todos o olharam, por meio segundo, alguns sorrindo. Outros curiosos, e não disse uma palavra sequer até estarem no vagão do trem, pois lhe foi perguntado:

- Você ta muito pensativo, nem parece o Harry - Disse Rony em meio a uma risada curta.

- Você esta bem? Pode conversar com a gente - Hermione falou, com uma feição de preocupação em seu rosto, olhando-o.

- Estou sim, pensar é só que eu tenho feito ultimamente. - Harry pronunciou estas palavras com dificuldade, enquanto olhava através do vidro, o verde da paisagem movendo-se rapidamente pela janela, e com um leve reflexo de seu rosto no espelho, encarou os próprios olhos, se afundou no banco, e se afundou ainda mais em pensamentos; como derrotaria Voldemort?; como lidaria com a morte de Sirius?; e não sabia se conseguiria se concentrar mas aulas este ano.

Sentiu um vulto mover-se ao seu lado, e depositar a mão em seu ombro, cuidadosamente. Com rapidez, olho pra frente, Rony estava falando com ele, tentando anima-lo, havia tomado o lugar de Hermione, que agora estava ao seu lado.

- Entendeu Harry? - disse Rony.

Sorriu forçadamente para seu amigo

- Sim, sim, concordo com você.

- Assim que se fala - Disse Rony voltando sua atenção para a janela, e passou a admirar a paisagem escocesa.

- Você não entendeu uma palavra do que ele disse, certo? - falou Hermione, poucos decibéis acima se um sussurro.

- Pode apostar que não - Disse Harry.

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...