1. Spirit Fanfics >
  2. Hubris >
  3. O quê?

História Hubris - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - O quê?



- Hey Shawn! O que houve? - pergunto chegando perto dele mas o mesmo desce do capô e entra no carro

- Shawn! Vai ficar me ignorando? - pergunto mas mesmo assim ele não fala nada, entro no carro e decido perguntar o que está entalado na garganta.

- Foi por causa do que o Sr.Thompson disse? - pergunto e ele me olha irônico

- Eu? Acha que eu tenho ciúmes de você,  Hailey? Por favor, né? - ele fala com sarcasmo e eu sinto uma enorme humilhação me tomar por inteiro.

Sinto um nó em minha garganta e nego pra mim mesma, não posso dar esse gostinho para o Shawn.

Antes que ele comece a colocar o carro para andar, abro a porta e saio do mesmo, ando em direção ao ponto de táxi mais próximo e ignoro as buzinadas que ele dá.

O Shawn foi um filho da puta agora, na moral.

Vejo um táxi e dou com a mão, ele para e eu entro dentro dizendo meu endereço e relaxando no banco.

Burra, burra, burra.

Eu fui me martirizando até chegar em casa, não sei como eu fui me deixar levar por essa porcaria, o Shawn agora está se achando no céu só porque começou a ser popular.

Pago a corrida e corro até meu quarto, preciso tomar um banho e relaxar, vou assistir muitas vídeo-aulas hoje, não preciso da ajuda daquele filho da mãe.

Termino meu banho, meus pais haviam chegado em casa mas já tinham saído de novo, deixaram o almoço pronto, desço até a cozinha e coloco minha comida

Depois de almoçar, vou até meu quarto, pego meu notebook e começo a ver os vídeos sobre a atividade, começo a respondê-la, de repente tudo começa a ficar mais claro e eu consigo aprender.


****


Depois que faço minha atividade, ouço a campainha tocar repetidas vezes, reviro os olhos e vou até a porta, daqui a pouco a pessoa derruba a casa na minha cabeça.


Abro a porta e...


- O que quer, Shawn? - falo revirando os olhos, nem em casa não tenho paz


Vejo que ele encara meu corpo, e percebo que é por causa da roupa que estou vestindo, um short curto, um cropped, e descalça.


- Vim me des...


- Não quero saber das suas desculpas, Shawn Mendes. - falo mudando o peso do pé esquerdo para o direito.


- Ainda quer ajuda com a lição? - Agora você se preocupa? Filho da put#


- Não. Não preciso da sua ajuda, e se era só isso pode ir embora. - falo com os braços cruzados e o olhando com desdém


- Podemos conversar? - ele fala com uma voz triste e eu quase cedo... Quase.


- Não tenho nada para falar com você, Shawn.


- Por favor. - ele meio que suplica e eu bufo, abrindo mais a porta para ele entrar.


- Entre.. - falo apenas isso, tranco a porta e corro até meu quarto


Me sento na cadeira giratória que havia na mesa que fica meu notebook e ele senta na cama.


- Diga. - falo apenas isso e o encaro seriamente.


- Olha me desculpa por...


- Não quero saber, Shawn Mendes. Já disse.


- Olha eu fiquei daquele jeito porque... - Ooo, tá ficando interessante.


- Por que...? - o encorajo a continuar e ele parece estar envergonhado demais para falar.


- E-eu não tenho coragem... - arqueio a sombrancelha


- Shawn, eu sou sua amiga. Fale logo.


- Eugostodevocê - ele fala muito rápido e meu coração começa a bater forte


- É o quê?


- Eu gosto de você, Hailey. - ele finalmente admite, cabisbaixo.


- Shawn... - falo mas ele me interrompe.


- Eu sei que você nunca me viu dessa maneira, eu sei disso. Mas eu gosto de você desde que eu era um nerd gordo, a razão para eu ter mudado foi você, Hailey. - ele fala e eu me aproximo dele


- Shawn, isso... - Ele me interrompe novamente


- Não se preocupe. - sem saber muito o que fazer, o abraço e fico sem graça, como vou corresponder aos sentimentos do meu melhor amigo se eu não o vejo assim?


Preciso explicar para ele.


Ouço um barulho no andar de baixo e deduzo que meus pais tenham chegado, se eles descobrem que o Shawn está aqui, eu estou morta


Eles já disseram que não é para mim ficar com um garoto sozinha.


- Shawn, você precisa pular a janela. - falo e ele me olha confuso


- Por quê? - ele pergunta


- Meus pais chegaram, e se eles te pegam aqui, é o fim da minha existência. - falo batendo a mão na testa e ele assente, fazendo o que eu pedi.


Quando ele finalmente some de minhas vistas, procuro pela casa e realmente meus pais chegaram até mais cedo hoje


- Mãe? O que houve? Por que chegaram cedo? - pergunto e ela me olha assustada


- Filha, não saia de casa hoje! Os Slayers já mataram mais 3 pessoas, eles não estão brincando, e o pior é que não são mais a pessoas que estudaram com eles. - ela fala passando a mão sobre o cabelo e eu assinto indo até meu quarto

Fico um tempo pensando no que o Shawn disse e em tudo o que está acontecendo. 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...