História Hug Me - Capítulo 1


Escrita por: e Shipper_Hyung

Postado
Categorias EXO
Personagens Chen, D.O
Tags Chendo, Chensoo, Cute-cute, Fluffy, Kyungdae, Shipp Flop Pq Sim
Visualizações 28
Palavras 598
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Calorzinho gostoso


 

Kyungsoo simplesmente odiava sentir o frio passar por entre si e o deixar completamente arrepiado, odiava sentir como seus dedos congelavam no inverno, na sua opinião, a sensação era completamente horrível

Mas, para todo problema se deve ter uma grande solução, e a de Kyungsoo tinha nome e sobrenome, Kim Jongdae, seu namorado quentinho, que sempre estava o acolhendo num abraço quentinho e apertado, o fazendo suspirar de prazer pelo calor gostosinho que sentia quando o outro o abraçava

E as vezes os amigos de ambos comparavam o Do como um Coala quando o frio começava a se aproximar, andando pelos corredores do colégio agarrado a Jongdae, que retribuía de muito bom grado

Se alguém perguntasse ao Kim o que ele mais gostava do abraço, ele poderia dizer uma lista enorme sobre isso, ou simplesmente que achava adorável como o outro ficava nesses momentos, era como ver um filhote de gato se agarrar a si. Sentia os braços curtos o apertarem na cintura com força, o rosto ser escondido em seu peitoral ou no pescoço, soltando resmungos ou ronronados em meio ao abraço 

Não importava como, o Do sempre conseguia alguma forma de aquecer a si mesmo, nem mesmo adiantava mais Jongdae comprar suas blusas de seu tamanho, pois Kyungsoo arrumava uma forma de se enfiar dentro e se agarrar no outro, por este motivo o Kim começou a comprar moletons que o outro conseguia ficar mais a vontade quando se enfiava dentro das blusas

- Dae - A voz manhosa chamou

- O que foi? - Perguntou e olhou para baixo, vendo o rosto vermelho do outro aparecer um pouco pelo buraco da blusa de moletom, podia sentir também as mãos pequenas em suas costas lhe acariciando

Jongdae não foi lá muito capaz de deixar o outro o responder a pergunta, já que no momento seguinte começava a encher aquele rosto fofo todo corado, sentindo a maciez do lugar junto do gostoso cheiro de sabonete

- Dae, eu quero um chocolate quente - Disse, retribuindo os beijos que recebeu pelo rosto, mas os deixando por uma trilha aleátoria pelo pescoço até as bochechas do mais velho

Logo em seguida o maior se levantava no sofá, onde estava jogando uma partida online no Xbox, enquanto o mais novo estava grudado em si cochilando, o Do continuava agarrado ao Kim, agradecendo sempre por ser menor e o outro ser forte, pois assim o outro andava pela casa tranquilamente, não se importando pelo peso extra que levava

Preparou calmamente o que o outro tanto lhe ficou pedindo durante aquela tarde, recebendo mútiplos beijos quando enfim o outro recebeu o que tanto desejava, mas é claro que, o Kim aproveitou o outro em seu colo para apalpar um pouco da bundinha macia e cheia que tanto adorava, ouvindo os barulhos prazerosos saírem pelos lábios carnudos

- Dae - Ouviu novamente o outro lhe chamar manhoso, o apertando mais por debaixo do moletom, logo pausou o jogo e olhou na direção do menor

- Quer mais algo, bebê? - Perguntou sorrindo, notando o sorriso em formato de coração no mais novo

- Não - Negou, soltando as pernas enroladas na cintura do Kim, se ajoelhando no sofá, e passando as mãos até o couro cabeludo do maior, arrastando as unhas curtas de leve por entre os cabelos castanhos claros - Eu quero um beijo seu

- Seu pedido é  uma ordem - Logo atacou os lábios a sua frente

O Do realmente odiava o frio, e agradecia a Deus por ter lhe ouvido e ter lhe levado até um ótimo namorado quente
 


Notas Finais


Comentários?? -^-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...