História Humans kai Animalium - Capítulo 53


Escrita por: e HuguinhoXD

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Furry
Visualizações 10
Palavras 934
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Opa, super pontual como sempre ksksks, foram precisos mais 2 pessoas para me ajudar a escrever isso
Boa leitura :3

Capítulo 53 - Missão parte 1: O começo de um final


Rodrigo On 

 

Sou acordado com um estrondo repentino, ainda de olhos fechados, reclamo mentalmente por essa mera perturbação de um longo voo de avião para o Iraque, ainda assim contra minhas vontades súbitas de ficar sentado ali dormindo, preciso levantar. Percebo que o movimento do avião parou então possivelmente já chegamos no local desejado, ainda na minha zona de pós sono, sou desperto de meus pensamentos vazios por uma voz... Calma... Podemos dizer assim. 

 

Luís: Acorda desgraça, o avião já vai decolar em 4 minutos, sem enrolação. 

Kaion: Eu dirijo um, no meu vem Leonard, Brian e David 

Luís: No meu vem o Bernardo e o Rodrigo, aliás, levanta logo Rodrigo. 

Rodrigo: Já tô indo. 

 

Me levanto rapidamente para não ter que suportar mais desaforos, entro no jipe e sento no banco de trás, escuto os motores sento ligados, sem tempo a perder Luís sai na frente e é seguido por Kaion com seus respectivos passageiros.  

Luís dirige por um certo tempo até que chegamos em uma área de bosques de palmeiras, provavelmente e aqui que acamparemos, estamos na província de Rahhaliyah, porém um pouco afastados da cidade (Autor: Se eu cometer algum erro geográfico me perdoem). 

O jipe diminui lentamente até finalmente parar completamente, já no local, descemos do  jipe e já começamos a arrumar, mais especificamente  eu e o Bernardo fomos arrumar a nossa barraca, o Leopold arrumando a dele e do Kaion e por fim o David arrumando a do dele com o Brian, enquanto  esses que não estavam aqui arrumavam o “centro de operações” que basicamente outra barraca com os equipamentos.  

 

Leopold: E o Luís? Vai dormir onde? 

Rodrigo e Bernardo: Aqui – Falamos apontando para a mesma barraca 

Bernardo: Estamos ímpares, agora que lembrei 

Rodrigo: JÁ VOU AVISANDO QUE EU VOU FICAR NO CANTO, não quero ser travesseiro de vocês! 

Bernardo: E eu no outro – Demos umas risadas e voltamos a arrumar as barracas  

 

Rodrigo off 

Brian on 

 

Kaion: Já esta tarde, vamos acabar logo com isso  

Brian: Já terminei de ligar os computadores, quem irá ficar de vigia no primeiro? 

Luís: Se quiser eu posso, tô bem descansado 

Brian: Eu fico depois então e o Kaion por último, eu vou testar um equipamento enquanto isso 

 

Depois disso o Luís se dirigiu para fora, provavelmente fazendo a ronda no perímetro enquanto Kaion foi dormir já que não precisaria ficar acordado, por fim eu pego meu equipamento e saio do acampamento, mas ao contrário de ir para as barracas eu vou um pouco para longe. 

 

Brian: Hora de testar vocês belezinhas  

 

Finco um objeto em forma de pedestal com um pequeno aparelho em cima que brilha quanto finalmente termino de encaixa-lo completamente no chão, pego meu tablet e o ativo, já vendo a mim mesmo pelo meio deste, quando finalmente termino vou para outro ponto e faço o mesmo novamente, quando finalmente termino de passar isso envolta de nosso acampamento. 

 

Brian: Será que um dia essa guerra vai terminar e poderemos viver em paz? 

 

Eu me perguntava enquanto olhava para as nuvens. Me lembro que mesmo se a guerra terminasse, eu ainda teria que achar minha amada amiga e os fazer aqueles caras pagarem por tocarem nela, com isso em mente, sorri para mim mesmo.  

 

Brian: Com isso poderemos manter nosso acampamento de “ferias” protegido, mas se bem que talvez não tenhamos problemas, melhor precaver. 

 

Termino minha fala finalizando a marcação do perímetro, me dirijo ao acampamento mais calmo. Entro nela e já começo a ligar meu notebook, iniciando todos os processos e programas das câmeras dos pedestais. 

 

 Brian: Bem, o tablet funfo, agora vamos ver se todas sincronizam.  

 

Então, início a sincronização e assim começa a gerar uma área 3D na mesa, um holograma do nosso acampamento, ou seja, funcionou. 

 

David: Brian? Como está indo?  

Brian: Se esse holograma completo do acampamento significa que funcionou, então, estamos muito bem.  

David: Não isso... Desde a chegada no acampamento, você parece tenso, aconteceu alguma coisa? 

Brian: Nada, só...Lembranças ruins, nada que me atrapalhe com meu trabalho de estrategista em campo, há ha.  

David: Fala como se fosse o bambam das estratégias - Após a fala ele também ri comigo. 

Brian: Bem, estamos totalmente sincronizados com o nosso acampamento em visão 3D, perfeitamente “seguros”, agora é apenas... Esperar. 

David: Bem, vou ali dormir, quer vim? 

Brian: Não, a próxima vigila noturna é minha. 

David: Tudo bem, tô indo - David se despede e eu vou saindo da cabana junto com ele, mas paro quando atravesso a porta e o vejo entrar em sua barraca 

Brian: Luís, já pode ir, ta no meu turno  

Luís: Vê se não explode a gente enquanto eu durmo – Disse ele descendo de onde estava e guardando seu rifle, eu volto a me abrigar perto da mesa da barraca central e aproveito o tempo lendo um livro. 

 

Brian off 

Luís on 

 

Me dirijo (Autor: Eu escrevo muito “Me dirijo” kkkk) até a barraca que imagino terem montado para mim e vou entrando vendo Rodrigo e Bernardo ambos dormindo distanciados, um em cada ponta da barraca. Me deito entre eles já me preparando para dormir quando sinto algo macio me abraçando, quando abro meus olhos vejo Rodrigo se deitando em mim, me usando de travesseiro, não me incomodo, apenas fecho meus olhos novamente pensando como seria o dia de amanhã, já que agora eu tenho uma família para quem quero voltar, mesmo com Leopold e Kaion sendo meio bagunceiros, Brian antissocial, Rodrigo carente e Bernardo, aquela pessoa grande que não sabe o tamanho de seu poder, mesmo com tudo eles são minha família, e eu devo protege-los. 

 

Luis off 


Notas Finais


Espero que o titulo não tenha integrado o que esta acontecendo hehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...