História Hunter Survivor - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural, The Vampire Diaries
Personagens Castiel, Dean Winchester, Katherine Pierce, Sam Winchester
Tags Crossover, Katherinepierce, Romance, Samwinchester, Spn, Supernatural, Thevampirediaries, Tvd
Visualizações 5
Palavras 1.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - Capítulo 19 - Dean e Caroline?


Fanfic / Fanfiction Hunter Survivor - Capítulo 19 - Capítulo 19 - Dean e Caroline?

POV Katherine Pierce:

— Não estou com vergonha... - Ele ri.

Eu o beijo. Porém ele não me corresponde.

— O que foi? - Pergunto.

Ele sai de perto de mim e se senta na cama.

— Você sabe que não podemos, Kath...

— Como assim não podemos? Só porque eu sou uma vampira? - Eu pergunto incrédula.

— Não só isso. O Dean... - Eu não o espero terminar e o interrompo.

— O Dean uma ova. Você é você, ele é ele, e ele não manda em você. Você já é bem crescidinho para fazer suas escolhas, Sam! - Respondo furiosa.

— Você sabe muito bem o que aconteceu quando eu fiz isso no passado.

— Eu sei, e sabe o que eu sei também? Que a gente não deve basear nossas experiências no passado. Eu não sou as mulheres que você já se envolveu. Para de ter medo de viver e se permita ser feliz.

Ele olha para mim assustado.

— Que garantia que eu tenho que você não irá ferrar com tudo? - Ele me pergunta.

Eu vou até ele.

— Eu sou uma pessoa diferente, ok? - Eu respiro fundo. — Alguma delas voltaram a viver depois que morreram? Porque você não tem um histórico muito legal... - Finalizo.

— Mais um outro motivo. Todas mulheres que eu me relaciono morrem.

— Eu sou imortal, Samuel.

Ele fica em silêncio e eu respiro fundo e me sento ao seu lado.

— Eu não vou ferrar com sua vida, Sam. Confia em mim da mesma forma que confiou agora pouco. - Eu falo.

Ele me olha surpreso.

— Você confiou em mim. - Eu sorrio.

— Confiei porque eu sabia que você não ia ir longe demais. E aliás, eu sou um caçador. Anos de prática me levaram à conclusão que eu posso tomar conta de uma vampira. - Ele sorri.

— Eu não sou da mesma espécie de vampiros que você está acostumado. Agora vamos parar de falar. - Eu digo.

Ele assente, aproxima seu rosto do meu e me beija. O beijo é calmo, porém vai se intensificando cada vez mais. 
Eu me sento no seu colo e retiro sua camisa xadrez.

— Tem certeza? - Ele me pergunta.

— Tenho.

Eu volto o beijar, dessa vez desesperadamente.

POV DEAN WINCHESTER:

Eu estou no bar do hotel bebendo todas. Ultimamente, eu tenho estado muito agitado e com essa estranha necessidade de estar tomando alguma coisa. Eu não sei o que está acontecendo, mas sei que não é bom.

— Aproveitando a estadia? - Uma mulher loira se aproximando meu lado. Eu a olho e percebo que é a garota loira vampira do Mystic Grill que estava acompanhada pelos seus amigos.

— Caroline, não é? - Bebo uma dose de vodca e aceno para o garçom pedindo mais uma rodada.

— Olha, ele se lembra. E você é o Daryl, não? - Ela se senta na banqueta. O garçom enche o meu copo e a loira aproveitando que ele estava ali, pede uma dose de tequila.

Eu a olho.

— Olha, sem querer ofender, eu não estou no clima de lidar com vampiros nesse exato momento. Então se quiser briga, espera eu ficar sóbrio pelo menos.

Ela ri.

— E quem disse que eu quero briga? Você é bem convencido, não acha? - Ela arqueia as sobrancelhas e em seguida respira fundo. — Só estou aqui para tomar um drink.

— Dia difícil? - Pergunto.

— Pode se dizer que sim. O meu encontro às escuras foi péssimo.

— Encontro às escuras? Você não tem cara disso.

Ela me olha com um semblante triste.

— Por que está atrás de um encontro? - A questiono.

— Depois que eu perdi meu marido, eu acabei ficando sozinha. E agora, eu finalmente decidi que deveria seguir em frente.

— É assim que se fala. - Sorrio e ela corresponde.

— Por que está andando com a Katherine? - É a vez dela me perguntar.

— Eu não estou andando com ela. Ela apenas está me ajudando em um caso.

— Um caso? - Ela franze a testa.

Silêncio.

— Ai, meu Deus! Você é um caçador! - Ela me olha com os olhos arregalados.

— Bingo! - Reviro meus olhos. — Meu nome é Dean.

— Winchester?

— É... como sabe disso? - Pergunto com curiosidade.

— Eu já ouvi falar sobre vocês. São bastante famosos no mundo do sobrenatural. Fiquei sabendo que você e o Sam causaram o apocalipse, é verdade?

Rio.

— Mais de uma vez. — Tomo a minha bebida.

— Espera aí, anjos realmente existem? Eu sabia que existia o inferno, porém nunca foi mencionado o nome do Lúcifer.

— É, tudo isso existe.

— Uau! Isso é...

— Uma tragédia? É, pode se dizer que sim. — A interrompo.

Depois de uns minutos em silêncio.

— Como seu marido morreu? Se não for problema perguntar... - Pergunto.

— Ele se sacrificou para matar a Katherine. - Ela abaixa o olhar.

— E como se tornou vampira?

— Katherine. Ela me matou no hospital enquanto eu estava com sangue de vampiro no organismo.

Eu suspiro.

— Que vadia! - Ranjo os dentes.

— Desculpe, mas é meio que óbvio. Ela sempre foi assim. Eu não sei como você consegue ficar no mesmo ambiente que ela. Desde quando eu a conheci, ela tem feito a vida dos meus amigos e a minha um inferno. - Ela se exalta.

— Ela é o diabo em pessoa.

— É... - Ela sorri.

POV KATHERINE PIERCE:

Flashback ON:

— Como sei que não está mentindo de novo? - Elijah me pergunta com um olhar intenso. — Katherine Pierce enganando outro homem.

Eu coloco uma caixinha com a cura em sua mão.

Porque eu falei sério quando disse o que sinto por você. - Eu respiro fundo. 
— E eu gostaria de pensar que você também sente algo por mim. - Eu o olho.  — Eu preciso que você confie em mim. Assim como estou confiando em você.

Flashback OFF:

Acordo em um quarto todo escuro. Olho para o lado e vejo Sam, com o cabelo no rosto, dormindo. Isso aconteceu.

Eu sorrio. Ele dorme tão serenamente.

Levanto-me da cama, pego meu celular e vou até o banheiro. 
Desbloqueio o aparelho e me deparo com 4 novas mensagens do Dean e 1 do Damon. Estou até agora me perguntando como que esse sujeito descobriu meu número. Talvez tenha sido a Bonnie.

Abro a conversa com o Dean.

///

     Irmão chato do Sam.

23:16- Katherine.

23:17-  Estou há uma hora mandando mensagem pro Sammy, porém ele não atende nem a porcaria da ligação.

23:17- Eu quero q vc fale p/ ele q eu vou dormir fora.

23:18- Caso ele pergunte, fale q eu estou com a Caroline, a gatinha miss.

///

Mas que droga é essa? Dean e Caroline? Não é possível.

Abro a conversa com o Damon.

///

     Irmão do Téfinho.

04:20- Eu espero que você mantenha distância.

///

É impressão minha ou ele pensou em mim durante a madrugada? Não de uma maneira boa... Porém, eu sempre suspeitei que ele fosse louco. Agora tenho certeza.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...