História Hunter x Hunter o início de tudo - Capítulo 14


Escrita por: e killua_zol

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Hunter x Hunter, The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Alluka Zoldyck, Ban, Chrollo Lucilfer, Diane, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Feitan, Franklin, Gon Freecss, Gowther, Hisoka, Illumi Zoldyck, Isaac Netero, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kalluto Zoldyck, Killua Zoldyck, King, Kortopi, Kurapika, Leorio Paradinight, Machi, Mãe do Kurapika, Maha Zoldyck, Meliodas, Merlin, Nobunaga Hazama, Personagens Originais, Phinks, Rap Monster, Shalnark, Shizuku, Suga, V
Tags 7 Pecados Capitais, Amor, Aventura, Bts, Demonios, Deuses, Girl Power, Hunter X Hunter, Killugon, Leokura, Magia, Referencias, Yaoi, Zueira
Visualizações 66
Palavras 3.492
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shounen, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yo otakus bem eu queria trazer esse cap na terça mas eu decidi que vai ser assim a partir da PRÓXIMA semana ok

Aviso:eu escrevi esse cap por 2 dias, então se tiver válido a pena favoritem aí blz

Capítulo 14 - Oque x Vocês x Querem?



Narradora  (on)

Yuna,Gon,Leorio e Kurapika chegaram a região de Dentora na República de Padokea, onde vive Killua e Yuna.

Leorio: A base da sua família é aquela Montanha Yuna? *pergunta Leorio na janela do trem*
Yuna: Sim! É exatamente aqui eu me lembro não mudou nada! *fala Yuna animada*
Leorio: Parece bem assustadora
Kurapika: Sim
Yuna: Né nada e muito e bom

Leorio e Kurapika a olham confusos.

Kurapika começou a falar que assim que eles chegarem era melhor reunir informações.

Vendedora: Montanha Kukuroo? Vocês deveriam pegar o ônibus de turismo se quiserem ir pra lá.O touro só parte uma vez por dia, mas vocês terão um guia para lhes mostrar tudo *fala uma vendedora apontando para o ônibus que eles teriam que pegar*

Quebra de tempo (ônibus)//Narradora (off)/Yuna(on)

Nos 4 entramos no ônibus e no meio do caminho uma mulher CHATA começou a falar coisas que eu não preciso saber e a ignorei, assim como Gon já que ele não tirava os olhos da montanha.

Leorio: Olhem *fala Leorio olhando para trás  e Kurapika faz o mesmo enquanto eu e Gon continuamos ignorando*

A "chata" pede pra olhar a nossa direita onde estava a Montanha Gon parece que ficou impressionado com ela.
Enquanto ela falava eu percebi que Leorio estava dormindo que tava até babando e isso me deixou um pouquinho de nojo.
Eu reparei que a guia começou a falar dos membros da família e isso me interessou já que eu queira saber se eu ainda continuei na "lista".

Guia: A família Zoldyck e composta por 11 membros:
Um tataravô, um avô, uma avó, o pai, a mãe, e por fim, seis filhos uns deles nasceram gêmeos um menino e uma menina,mas dizem que a menina morreu quando tinha apenas 2 anos de idade, enquanto alguns falam que já até viram a garota matando pessoas por aí. Bem todos são assassinos!

Nessa hora eu me assustei já que eu percebi que talvez essas pessoas foram quem eu deixei viver, já que eu sempre revelei meu sobrenome para todos. Só que eu deixei essa escapar também foi um descuido já que eu AINDA sabia dar "misericórdia" para as pessoas.

Assim que chegamos a Montanha as pessoas começaram a ficar de boca aberta e tirar foto

Leorio: Que incrível
Guia:Esse é o portão da frente da Mansão dos Zoldyck. Tambem conhecido como portão do- *ela é interrompida por mim*
Yuna:Inferno, já quem entra nunca mais volta com vida *eu a olho já com um olhar meio assustador*
Guia: Pelo visto temos uma pessoa que sabe da história hehe, continuando para entrarem, vocês devem passar para porta ao lado daquela guarita.
Yuna: Só que essa área e privada então nem adianta passar por ela.
Leorio: Espera!Esse é o portão da frente? Mas a Montanha está lá na frente! *Leorio pergunta é aponta para frente do portão*
Guia:Correto, a família é dona da Montanha Kukuroo,assim como a terra em volta
Leorio:Todo esse lugar e o quintal da sua família Yuna? *o grande fala com um tom de decepcionado*
Gon:Hey, Stra.guia...
Guia:Hay?
Gon: Oque nos precisamos fazer para entrar?

Eu olho pra Gon confusa já que ele em vez de pergunta pra mim ele pergunta pra chata.

Guia:Garotinho, você não ouviu minha explicação?
Yuna:Esquece Gon daqui a pouco eu explico para você ok *falo chegando perto do moreno me apoiando no ombro dele*
Guia:Como assim?
Gon:E que ela é-

Yuna:*Tampo a boca de Gon fazendo ele não falar*Se você falar pra ela simplesmente eu você, todos nós 4 estaremos perdidos *sussuro na orelha de Gon o assustando*
Gon: Né nada não rsrs *Gon faz um sorriso falso tentando esconder seu medo*
Guia: ok

Dois caras estranhos começam a falar:

Cara 1: E tudo uma farsa!
Guia: Oque?
Cara 2: Uma família de assassinos que ninguém nunca viu
Cara 2:Só uma foto com os rostos deles vale 100 milhões.
Leorio:SÉRIO?! *Ele me puxa e tipo me "abraça" só que impedindo que eu me solte*Yuna você pode esperar pra eu tirar uma foto sua e depois do Killua?
Yuna:N-Nani?! *eu o olho já irritada*
Cara 1: E só mais um caso de um monte de boatos que são confundidos com a verdadeira.

O cara grande arrebenta a porta e tira o "guarda" de lá de dentro e ameaçam ele pedindo a chave da porta, o vigia diz que não pode mas ele acaba dando a chave e o cara o joga para longe, nos fomos até o vigia para ajuda-lo.
Os caras entram e o vigia fala:

Vigia:Francamente... agora o Mike vai acabar lanchando, de novo
Yuna: O Mike? E mesmo o meu primeiro animal de estimação na verdade ele foi o único da minha vida  *entro em meus pensamentos e acabo acordando ouvindo gritos de dentro da porta*

Assim que eu ouvi aqueles gritos eu senti que era de dor já que eu percebi que seus corpos não existiam mais, meu olhos se arregalaram então eu usei minha corda mágica e puxei as almas deles *lembrando que as almas são brancas com formato de coração* Gon conseguiu ver mesmo eu tendo puxado o mais veloz que eu pude, ele apenas me olhou e voltou a olhar para a porta que se abriu que dali de dentro saiu uma pata com garras enormes segurnando apenas os ossos dos caras, todos ficaram assustados e correram para dentro do ônibus, eu aproveitei o momento e comi as almas fazendo uma pequena sujeira de sangue na minha boca.

Por um minuto meu corpo ficou completamente "ruim", meus olhos escureceram ficaram completamente pretos apenas minha pupila ficou amostra, meus dentes ficaram afiados, minhas unhas também, e meu rosto ficou com uma listra preta no meu olho direito, mas ainda bem isso foi temporário, o problema é que eu senti que meu corpo tava fraco só que eu tentei fingir que eu tava normal.

A guia começa a chama nós  só que Gon diz que eles podiam ir sem nós

Quebra de tempo (por do sol)

Velho:Entendi, então vocês são amigos do mestre Killua eu fico feliz em saber disso *o velho fala colocando chá no copo* eu trabalho aqui há 20 anos, e nunca vi um amigo o visitar.*Ele senta na cadeira* e você garota
Yuna:*eu o olho*
Velho:você achou que eu tinha me esquecido de você?
Yuna:*Meus olhos começaram a brilhar*
Velho:"Yuna Zoldyck" *emule da um sorriso de leve*
Yuna: Pelo visto sua memória ainda está muito ótima não é Velho? *falo num tô de brincadeira indo para perto dele*
Velho:Sim, minha memória ainda está ótima *ele abre os braços para me abraçar eu faço o mesmo, chego perto dele me agacho e o abraço*
Yuna: Tava com saudades do seu abraço Velho.
Velho:também tava, afinal oque aconteceu com seu olho pelo que eu sei ele era vermelho e não rosa, não me diga que...

Eu me separo dele e vou me afastando de perto indo para porta, fico parada até que aparece um vento e começa a fazer meu cabelo flutuar abro meus olhos e começa a aparecer do meu lado esquerdo um "clone" de mim,o clone era Yuny ela estava como sempre, os seus cabelos rosas seus olhos escuros sua boca rasgada e com seu sorriso ameaçador

Yuna:Essa aqui e Yuny o demonio da morte.
Yuny: Oi...*ela fala frio*
Velho: O-Oi *o velho acaba suando frio*

Gon e Kurapika  estavam assustados, enquanto Leorio estava pálido de tanto medo *já que nenhum deles viram uma coisas dessas*

Yuny labe seus lábios e encara Gon, que já ficou desconfiado.
Eu já fiz minha faca aparecer e a olho pedindo pra não fazer nada.

Yuny: Depois se falamos *ela some do nada virando pó*
Yuna:Ufa
Velho:Ela é muito parecida com você Yuna
Kurapika/Leorio:Sim
Yuna:Ela me disse que ninguem era igual a ela,so eu
Velho: Então ela é assim deste sempre?
Yuna:Sim... *olho pro Gon que estava um pouco distraido*

Yuna (off)/Gon (on)

"Por que ela me olhou daquele jeito? E por que meu corpo se paralisou com o olhar dela? Ela me da cala frios tomara que demore pra eu ver ela novamente" *vai achando bonitinho*

Yuna:Gon!

Acabo acordando com Yuna falando, eu percebo que meu corpo tava suando muito e eu tava tremendo muito.

Gon:N-Não liga pra mim não e-eu tô bem.

Yuna vem em minha direção fazendo uma flor branca aparecer.

Yuna:Come *ela me da a flor pra eu comer*
Gon:T-Ta *coloco a flor na minha boca mastigo ela e sinto um gosto doce e gostoso e logo engulo*wow onde você conseguiu está flor?
Yuna:Ela é plantada só no jardim dos deuses e dos demônios.
Kurapika:Eu já ouvi falar desse jardim! Dizem que lá tem todo tipo de flores: flor da cura, do relaxamento,da juventude e as mais importantes, a flor da vida e da morte.
Leorio:E SÉRIO!!
Yuna:Sim, só que nesse jardim existe muito mais flores do que essas,no total são mais de 8.000 "entendedores entenderão :3"
Leorio:Tem a flor da riqueza?
Kurapika:Essa flor existe sim*Leorio logo se anima* só que essa flor só floresse em 3.000 anos.

Leorio fica com a boca mais aberta do que uma porta

Velho:Uma coisa que eu não saberia antes de morrer *o velho fala dando uma risada*
Yuna:Bem, Leorio se você quer a flor da Fortuna você terá que esperar mais 1.000 anos
Leorio: Provavelmente nem você estará viva né Yuna?
Yuna: Depende né
Leorio:COMO ASSIM "DEPENDE"?!!
Yuna:Se eu for mesmo a próxima líder dos demônios eu poderei viver a vida eterna.
Leorio: E aí você deixará nos viver para sempre também? *Leorio fala com uma voz meio fofa*
Yuna:E claro! *dou um sorriso*
Gon:Agora eu acho que está na hora de voltar ao nosso assunto né?
Yuna:É mesmo rs *falo coçando minha cabeça*
Gon:Então, Str.Vigia você deixa nos entrar?
Velho: Infelizmente não posso garoto eu tenho ordens a obedecer
Yuna:Bem, então eu ordeno que-
Velho:eu não tenho ordens para obedecer você Yuna desculpa
Yuna:Mãe chata *abaixo minha cabeca e falo num tom de choro*
Velho: Mas, se quiser eu posso telefonar lá pra casa dos mordomos e pergunta se eles deixam
Gon:Faça isso por favor

O velho vai até o telefone e liga para a casa, e o telefone atende

~Ligação~

Velho: alo então é o Zembro? "sei lá o nome dele, foda-se eu vou colocar assim msm"
Então tem 3 amigos de Killua aqui e também tem a *ele começa a falar baixinho* Yuna ela está aqui oque eu faço eles querem levar o Killua-
Zembro:deixe só a Yuna entrar
Velho:Mas...
Zembro:E uma ordem! *desliga o telefone*

~Ligação encerrada~

Velho: Bem meninos parece que vocês não poderão entrar
Gon:Por não?!
Velho:E difícil de explicar,mas Yuna você pode entrar que o Zembro falou
Yuna:Por que só eu?
Velho:não sei dizer também
Gon:Então, Yuna você entrar vai até o Killua e trás ele de volta
Yuna:Então quanto vocês?
Velho:Eu cuido deles e aproveito logo e os treino
Gon: nos treinar?
Yuna:Sim se vocês quiserem ficar fortes terão que pelo menos abrir o primeiro portão o Velho aí explica
Gon: Então tá!
Yuna:Se eu demorar vocês entram ok
Todos: Ok!!

Vou até o penúltimo portão
Todos ficam me olhando

Yuna:*respiro* Vamos lá!! *começo a empurrar o portão até que ele começa a abrir*

Todos se impressionam, o velho parece que está contente por isso.

Yuna:*O portão se abre por completo* Até pessoal!!
Todos:ATÉ!!

\O portão se fecha de uma vez/

Yuna: eu acho que eu consigo abrir o último portão da próxima vez, agora cadê o Mike?
MIKE!!

Dou um grito chamando o nome de Mike, e ele atente rápido

Yuna:Mike! *dou um salto até Mike e começo a fazer carinho nele* "não me perguntem como"
Olha Mike *faço aparecer um pedaço de carne gigante e arremesso para Mike que logo começa a comer* Mike você cresceu tanto rs, bem depois nos brinca agora eu tô indo ver minha família.

Já faz tanto tempo que eu não via o Mike

"Kikyo: YUNA!!sai de perto dele ele vai te matar!!
Illumi:E não matou ainda não?
Yuna:Haha muito engraçado Illu,e mama ele não vai me matar não ele é bonzinho *Mike começa a lamber meu rosto e eu começo a rir*
Kikyo:Minha filha você não pode brincar com ele você tem coisas muito mais importantes para fazer *ela me pega no colo*
Yuna:Tipo oque?
Kikyo:Se importar com suas roupas, suas armas e suas unhas que é o mais importante
Yuna:Aff.
Illumi:Yuna,cadê o Killua?
Yuna:Eu acho que ele está conversando com a nova empregada
Kikyo:Eles não podem se conhecer
Illumi:Eu vou indo onde ele está.
Kikyo:Ta meu filho.
Yuna: OLHA OQUE VOCÊ VAI FALAR PRA ELE OUVIU!!
Kikya:Yuna!
Yuna:Brincadeira mama *dou uma risada fofa*"

Yuna:Minha mãe nunca deixava eu brincar com Mike, mas eu sempre ia kk *olho pra frente e vejo Canary uma dos mordomos pelo visto ela já estava me esperando, ja que pelo rosto dela ela não parece muito surpresa*

Canary: Oi Stra.Yuna
Yuna:Só "Yuna" ok
Canary: Hm... ok?

Passo por ela, sem falar mais nada no meio do caminho vejo a casa dos mordomos eu não quis passar lá, continuei seguindo em frente
Até que aparece um garoto com roupas antigas, seu cabelo e liso até o pescoço e com uma franja na testa. (Pra mim tava mais parecendo uma garota, so que sua alma tava dizendo que e uma garoto)

Yuna: O-Oi?
Kalluto: Oi, irmã
Yuna:Hm? "Irmã" *repito a pergunta confusa*
Kalluto:Meu nome é, Kalluto eu sou seu irmão mais novo.
Yuna:Eu não acredito eu tenho mais um irmão! Prazer meu nome é Yuna
Kalluto: O prazer e todo meu, já que eu nunca conheci minha irmã e alguém mais forte que eu
Yuna:Ja sei Illumi falou de mim né?
Kalluto:Sim, agora me siga eu vou te levar para casa *ela vai andando e eu o sigo*

Quebra de tempo (Mansão Zoldyck)

Yuna: Pelo visto não mudou nada *falo entrando na mansão*

Aviso: olha eu não sei como é por dentro da Mansão então eu não vou fazer esta parte muito bem*

Kikyo:Minha filha!! *fala minha mãe me abraçando muito forte deixando eu sem ar*
Yuna:O-oi Mana!
Kikyo:Me perdoe por ter feito aquilo e que eu tinha medo de simplismente ver você matando seus irmãos
Yuna:Mama não se preocupe eu te perdo só me solta!
Kikyo: Claro minha filha! E eu pensando que você nunca controlaria este demônio, mas pelo visto vocês são até amigos
Yuna:Nem tanto
Kikyo: eu posso ver?
Yuna:Mama ela não gosta de ser interrompida ela só gosta de aparecer quando é pra lutar até a morte ou pra matar alguem
Kikyo: e uma pena que não tem nenhum empregado agora, mas deixa pra próxima, aposto que você está muito cansada por isso eu pedi pra arrumar seu quarto
Yuna:Sério?!
Kikyo:Sim.
Yuna:que b-

Acabo me batendo em Illumi que me abraçou logo em seguida, levo um pequeno susto e olho para o rosto de Illumi

Yuna:Hm...Oi?
Illumi:Como vai?
Yuna:B-bem
Kikyo: que fofos, e uma pena que são irmãos se não fossem seriam um belo casal "Hey Illumi é meu!!"

Eu coro na hora e tento esconder meu rosto com meu cabelo, enquanto Illumi só revira os olhos.

Nos 3 fomos até o meu quarto e a mama pede pra eu abrir

Yuna:Certeza mama?
Illumi:O quarto e seu Yuna
Yuna:Entaaao tá *empurro a porta e vejo uma luz invadir meus olhos quando eu me acostumo com a claridade eu fico surpresa com o meu quarto.

Ele era completamente vermelho forte, o chão de madeira escura o teto era forrado e pintado de branco, bem no meio do quarto tem um lustre dourado, do lado esquerdo tem uma penteaderia de parede preta com três espelhos e duas gavetas nos dois lados em cima tem uma escova, e uma caixinha com um lacinho rosa eu decidi que iria ver oque tinha lá dentro depois. Enquanto no lado direito tem um banheiro que tem uma banheira uma pia com um espelho que tava mais para uma TV. Voltando pro quarto, a minha cama é  de casal "não sei pq ela é solteira ;-;" a colcha e preta "dnv" com uns tons vermelhos com aparência de sangue, a cama é  uma cabeceira preta "também :')"
No meio do quarto tem um tapete vermelho claro, é bem no cantinho do lado direito do quarto tem uma porta onde fica o closet "não sei se tá certo" lá está cheio de roupas que eu tive que me encostar na parede se não eu cai.

Kikyo:Então gostou ?
Yuna:Eu amei mama tá demais o meu quarto eu nem sei o que eu faço primeiro.
Illumi: Primeiro você toma banho troca essa roupa e vai comer
Yuna:Tem razão
Kikyo: Então tá estaremos te esperando na sala de jantar
Yuna: Ok, espera eu já tinha até esquecido!
Kikyo: Oque?
Yuna:Cadê o onii-chan?
Kikyo:Ele está bem assim que você comer nos iremos ve-lo tudo bem?
Yuna:*aceno com a cabeça concordando*

Fecho a porta e vou até o banheiro, ligo a banheira tiro minhas roupas jogo no quanto do banheiro e doou um salto na banheira

Yuna: isso sim que é vida *me deito na banheira e dou uma relaxada*

Assim que terminei meu banho procurei uma roupa pra mim vestir e pego uma blusa preta de mangas longas um short cinza escuro não apertado e uma blusa de mangas curtas cinza escuro também, pego um tênis preto com branco e volto ao banheiro pra escovar meus dentes.

Yuna:Hm... Meu cabelo está um pouco grande "UM POUCO GRANDE ELE ESTÁ QUASE BATENDO NO CHÃO MENINA!!" já sei! *faço aparecer uma tesoura e vejo onde eu devo cortar*
Bem aqui *Prepraro a tesoura fecho meus olhos e corto*

Abro meus olhos de novo e vejo os fios do meu cabelos virando pó, eu logo me assusto que já que penso que meu cabelo também ta virando pó

Yuna:Ufa pensei por um minuto que meu cabelo ia embora *começo a olhar meu cabelo é vejo que o corte ficou com até*gostei do meu cabelo até a minha bunda rsrs *dou uma ajeitada e vou até a sala de jantar*
Kikyo: pensei que nem vinha mais minha filha
Yuna:Foi mal mama acabei esquecendo rsrs
Milluki: Olha se não é a praga desta casa *chega Milluki meu outro irmão mexendo na minha cabeça*
Yuna: Olha se não é o meu irmão mais odiado desta casa

Nos começa a trocar olhares ameaçadores

Illumi:Cortou o cabelo Yuna?
Yuna:Você notou onii-chan? Gostou?
Illumi:tá melhor assim
Yuna:Valeu!
Silva: Oi pessoal desculpa pela demora eu tava resolvendo umas coisas ali
Kikyo:Silva querido olha quem voltou
Silva:Yuna?
Yuna: Oi papa. *dou um sorriso fraco*

Silva vem até minha direção e me abraça, sem querer eu deixo sair uma lágrima.

Silva:Ta chorando filha?
Yuna:S-Sim *começo a chorar abraçando mais forte meu pai*
Silva: Desculpa isso nunca mais irá acontecer *ele fala em meu ouvido e dando um beijo em minha cabeça*
Kikyo:E-então vamos jantar ?
Todos: SIM!

Depois que comemos eu, Kalluto e a mama fomos até onde onii-chan estava

Kikyo:Kalluto...
Kalluto:Sim *ele destranca a porta*

Killua:*Killua levanta a cabeça* Mana?
Yuna: ONII-CHAN!! *falo correndo ate Killua o abraçando*oque aconteceu por que está cheio de sangue?
Kikyo:Castigo, por ter fugido oque mais seria?
Yuna:Mama por favor solte-o nos precisamos ir
Kikyo: Mais vocês não podem sair
Yuna:E porque não?
Kikyo:Por que vocês são assassinos e não podem sair da família assim.
Yuna:Mas, eu vivi 10 anos longe da família ou seja eu não sou uma assasina.
Kikyo: mas, você tem o nome e o sangue de uma Zoldyck e por isso você é nem o Kill podem sair.
Yuna:Só que você não pode mandar em mim
Kikyo:Querendo ou não eu sou sua mãe e você tem que me obedecer
Yuna:Só se vc me obrigar, GOLPE DAS MILS-

Sou interrompida por Illumi que aparece na minha frente me ipnotisando.

Illumi:Você não pode atacar sua mãe,você não pode correr, você não pode lutar...
Yuna:N-Não...
Killua:Illumi! Não!! *Killua tenta se soltar só que Kalluto da um soco forte nele que ele não consegue se soltar*
Kikyo:Illumi, prende ela agora!
Yuna:N-Nani?! *Illumi me segura pelo braço me jogando num buraco fundo  que estava no canto da sala*
Illumi:Me desculpe Yuna, mas isso é para o seu próprio bem *ele me joga dentro do buraco*

"P-porque isso... está acontecendo? O que deu em mim? Por que EU tive medo do meu irmão que é mais fraco do que eu? Será que ele aprendeu os códigos do livro? Provavelmente "sim" ele deve ter conseguido, ele usou uns dos meus pontos fracos que é me controlar usando alguém da minha família, e esse "alguém" foi logo minha mãe... Será que apenas essas horas eu acabei amando ela?"

Essas são perguntas que estão invadindo minha mente, so que acabo acordando por causa da queda eu acabei caindo em cima do meu braço o quebrando

Yuna:Aí! Agora vem o motivo,por que... Será que ele me querem eu não os devo nada *falo olhando pra cima do buraco tentando entender o porquê disso tudo* SERÁ QUE... Eles querem Minas mágia?!










Continua...

















Notas Finais


Bem pessoal espero que tenham gostado, se tiverem gostado favoritem pra me ajudar, por que eu estou passando por uns momentos difíceis e só vocês podem me alegrar

Motivo: Tô quase entrando em depressão =(


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...