1. Spirit Fanfics >
  2. Husband >
  3. The death of Oliver Queen

História Husband - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


*Primeiro, eu me inspirei um pouco pra fazer essa ideia de fanfic por causa de uma fanfic gringa chamada "A Revelation of Truth" se você gosta do casal OliverXNyssa essa fanfic é ótima por mais que esteja incompleta, mas não estou copiando ninguém peguei algumas ideias e mudei o máximo possivel.

*Aqui Oliver com certeza vai morrer, não faz nem sentido ele ter sobrevivido a uma queda daquela, na minha opinião eles perderam uma chance foda de fazer alguma ressurreição digna do Oliver, ainda estou pensando como vou traze-lo de volta a vida mas com certeza não vai ser igual da série .

Boa leitura <3

Capítulo 2 - The death of Oliver Queen



 Um assassino entra pela porta e se ajoelha perante meu pai "Senhor, Oliver Queen está aqui, ele deseja falar com sua filha" olho pro meu pai esperando sua ordem

"O tempo acabou, espero que o Sr Queen seja um homem inteligente" Tomo isso como uma ordem e vou ver Oliver, por mais que eu não me permita observar isso Oliver Queen era um homem bonito, idiota porém bonito

"Cadê seu pai?" Olho pra ele surpresa, como ele sábia que meu pai estava aqui?

"Você acha mesmo que meu pai, Ra's al ghul, o Cabeça Do Demônio sairia de Nanda Parbat só pra ver você?" Ele somente deu um aceno de cabeça e respondeu

"Sim" Olhei pra ele fascinada, como alguém pode falar tão vagamente do meu pai? Algumas pessoa tem medo ate de falar o nome do meu pai com medo de atrair a fúria dele, nem eu tenho essa coragem de falar assim dele, e ele fala como se meu pai fosse só uma pessoa comum, Oliver Queen com certeza era uma pessoa única, não é tão difícil entender porquê Sara era apaixonada por ele

"Me siga" Viro de costas pra esconder o meu sorriso e olhar de fascino por ele.

===================================================

Oliver Queen, um sujeito interessante, faz algum tempo que ouvi falar do Sr Queen, a primeira vez que ouvi sobre ele foi quando ele começou a trabalhar com ARGUS, Depois por Ta-er Al Sahfer, Bratva, Kapushion, ele derrotou meu antigo cavaleiro Al Sa her e Slade Wilson, fiquei um pouco decepcionado quando soube que ele foi fraco em fazer a justiça que a mãe dele merecia, minha filha me disse que achava que ele estava escondendo quem matou Ta-er Al Sahfer fiquei irritado por alguém tão forte como ele ser tão idiota e agora meu assassino me diz que ele veio sozinho, se ele acha que minha palavra não é pra ser levada a sério provarei o contrário 

Ouço passo da minha filha que já estão decorados por mim e outros que julgo ser do Sr Queen

"Ajoelhe-se perante o Cabeça do Demonio" Ouço meu cavaleiro dizer, assim que ouço Sarab tirar a espada da bainha levanto minha mão, Sr Queen é teimoso isso pode ser bom ou pode leva-lo a se destruir

Me viro devagar em sua direção e o observo, não posso falar que não fiquei surpreso "Você é apenas um garoto" Olho nos olhos dele, vejo um garoto amadurecido pela vida, um sobrevivente, um homem que fazia o necessário, ele me surpreendeu, com apenas essa idade ele ja atingiu tanto "Sr Queen" Vou me aproximando olhando nos olhos dele "Você falhou em proteger essa cidade. Agora vai vê-la sangrar"

"Ninguém vai morrer na minha cidade hoje" Ele fala me olhando com certeza nos olhos, conheço esse olhar, dou a volta e fico nas costas deles, eu não precisava olhar nos olhos dele mais, eu ja sabia o que estava por vim

"Bem, só tem um jeito de isso não acontecer, você tinha que capturar o assassino de Ta-er Al Sahfar mas você veio sozinho" Sabendo o que estava por vim, olho pra minha filha, queria ver a reação dela, mesmo sabendo o que ela sentira

"Porque fui eu. Eu matei a Sara" Vejo ele olhando pra Nyssa em quanto ele falava isso, interessante

"Está mentindo, por que você mataria a mulher que você amava?" Minha filha olhava com raiva, decepção para ele, ela sempre deixava os sentimentos falarem por ela, por isso ela nunca vai ser minha herdeira

"Ela me implorou, não é a primeira vez que ela escolhe a morte no lugar da Liga" Qualquer um acreditaria no que o Sr Queen estava falando mas eu não sou qualquer um e isso me insulta por ele achar eu eu sou um tolo

"MENTIRA" Minha filha grita, ela nunca soube controlar seus sentimentos, Sarab vendo isso tirou a espada da bainha e colocou perto do pescoço do Sr Queen, balanço a cabeça falando que não, eu queria ver a onde essa mentira iria, dou a volta e fico cara a cara com ele

"E vendo você agora não estou surpreso com a decisão dela" Fala me olhando nos olhos, ele é um bom mentiroso poderia enganar qualquer um, menos Ra's al ghul

"Eu deveria mandar Sarab arrancar sua cabeça, não por matar o amor da minha filha mas por pensar que eu sou um tolo" Ele me ignora e continua

"Pela lei da Liga eu tenho direito a desafiar você a um julgamento por combate" me aproximo dele olhando nos olhos, esse garoto é um tolo se acha que pode ganhar de mim, ele obviamente tem potencial mas eu sou Ra's al ghul

"Faz 67 anos que ninguém me desafia" Ele nem pisca "Você deseja tanto a morte assim?" Ele continua me olhando como se ele não tivesse assinado o contrato de morte dele

"Você aceita?" essa coragem vai leva-lo para morte 

 "Eu aceito" Se ele deseja tanto a morte assim, eu o levarei ate ela.
===================================================
Idiota! Era isso que Oliver Queen era, um maldito idiota, ele estava protegendo o assassino de Sara sem dúvida nenhuma, ele ainda tinha coragem de dizer que a amava, eu estava começando a ter uma pequena consideração pelo Queen e lá no fundo admiração por ele ter coragem o suficiente para desafiar meu pai, mas pode ter certeza que a única coisa sinto agora é vontade torturar ele até me dizer quem é o assassino da Sara mas eu sei que meu pai cuidará disso

Espero ate que todos assassinos saíam, meu pai sabia que eu teria uma conversa com Oliver, ficando só Oliver é eu 

"Por que?, Por que você esta mentindo sobre o assassino da Sara Oliver?, essa pessoa a matou" Falo irritada com ele por ser tão irresponsável, agora ele morreria pela lâmina do meu pai

"Eu ja disse Nyssa, eu matei a Sara" Fala com aquela maldita cara fria que esconde seus sentimentos "E não importa o que você acha, a culpa disso é minha, estou fazendo isso por ela" Por algum motivo acho que ele não estava falando sobre a Sara, estava ficando difícil conter minha curiosidade 

"Não sei por que você está fazendo isso e nem por quem, mas você vai morrer pelas mãos do meu pai, então me fala o nome da pessoa que matou Sara pra eu fazer a justiça Oliver" Depois que Oliver morrer nunca vou saber quem matou Sara, se ele quer morrer lutando com meu pai que seja eu só quero ter a chance de fazer a justiça para minha ex-amada e pra isso eu preciso de um nome, que só Oliver pode me fornecer "Quando você enfrentar meu pai serei obrigada a testemunhar, não desejo ver sua morte Oliver"

"Eu não vou morrer Nyssa, vou matar Ra's Al Ghul, depois disso nos poderemos ter nossa vingança, mas por agora, sinto muito por não te dar um nome" Fala isso como se pedisse desculpas por tirar minha escolha de fazer a justiça, não sei se Oliver é idiota o bastante pra achar que pode matar meu pai porém não posso negar que no fundo senti um pouco de esperança, poderia Oliver Queen o arqueiro matar Ra's Al Ghul o cabeça do demônio?
===============================================
Frio, era o que eu estava sentindo, meus dedos estavam congelando e mesmo com todas aquelas roupas eu estava tremendo sobre o vendo gelado do penhasco, eu ja conseguia ver a borda da montanha só precisava continuar, uma mão atrás da outra, subir a montanha com esse frio não era nada comparado ao que me esperava la em cima

Finalmente consigo subir até a borda, levanto logo apos deitar chão para descansar, o desafio ainda está por vim. Olhando em volta consigo ver Nyssa e Sarab parados perto de umas caixas cheias de espadas mas nada de Ra's Al Ghul

Deixo minha mochila perto de um pilar de pedra e vejo Nyssa caminhando em minha direção

"Tire a blusa" Começo a tirar minha blusa de frio e jogo no chão perto da minha mochila "Essa é sua ultima chance de desistir Oliver" Fala olhando nos meu olhos mas eu não  podia desistir, se eu fizesse isso Thea pagaria o preço e eu nunca deixaria isso acontecer, Nyssa vendo que eu não iria voltar a trás, um olhar estranho cruzou seu rosto "Escolha sua arma"

Olhei a grande variação de armas, preferi escolher duas não tão grandes porem não pequenas, eu podia ser um ótimo arqueiro e lutador mais minhas habilidades com lâminas não estavam no nivel de guerreiros mas eu também não era um iniciante tive ótimos professores, Slade e Talia eram exemplos disso

"Eu tinha 11 anos quando matei pela primeira vez" Olho pra trás e lá estava ele na beira da montanha, vou caminhando ate ele numa distância segura "Eu me lembro do olhar em seu rosto quando a luz se apagou nos olhos dele, uma mudança tão repentina, quase imperceptível" Sarab caminha em sua direção tirando o manto de Ra's do ombro dele "E eu senti vergonha, eu tinha roubado daquele homem o dom mais preciso do mundo: a vida, mas eu também senti outra coisa, orgulho. Porque eu tinha lutado com alguém que queria fazer mal à minha família, então eu percebi que eu fiz o necessário" Ele tirou os anéis e a blusa "Sabe, eu substitui o mal pela morte, e é por isso que a Liga existe. E eu matei milhões de homens desde então, e o mundo é melhor por causa disso" Termina ele se virando pra mim com uma mão nas costas

Eu não podia deixar ele ver que eu estava com um pouco de medo "Você tirou sua ultima vida" Mesmo perto da batalha começar ele estava calmo como se fosse um dia normal

"Não. Você viveu seu ultimo dia" Fala sussurrando

Sarab que estava com as coisas dele começa a vim na minha direção "Quando ver Akio, não diga o que o pai dele se tornou, por favor" fala Sarab passando por mim e se juntando a Nyssa

"Lute comigo, garoto" Ra's me chama com a mão

"Você esta desarmado" Falo se aproximando dele

"Eu vou pegar suas lâminas quando você não precisar mais delas"

Sem me dar tempo pra responder Ra's me da um soco forte na cara, juro ter sentido alguns ossos da minha boca quebrar, sem perder tempo tento uma sequência de golpes com as lâminas mas Ra's desvia de todas com as mãos atrás das costas, tento cortar o peito dele mas tomo um soco na barriga, eu não podia parar, não agora, levanto e tento acerta a lateral do corpo dele que acaba com ele torcendo meu braço e pegando uma lâmina, me recupero e tento acerta-lo na perna com a lâmina o que resulta em um choque das espadas, tento mais alguns golpes mas ele continua defendendo, eu não conseguia achar uma falha em sua defesa, ele me da outro soco na lateral do estômago que sinto meus ossos quebrando e uma dor tão forte que quase me derruba, Ra's parecia estar brincando comigo ele defendia sem esforço minhas investidas contra ele, ja perdi a conta de quantas vezes cai no chão mas eu não posso parar eu tenho que ganhar, por Thea.

Tento mais um golpe mas ele desvia e com sua lâmina faz um corte muito profundo no meu braço, na hora sinto meu braço ficar fraco não estava aguentando nem o peso da espada, troco a lâmina de mão pra poder não ocorrer o risco de eu deixar a espada cair, continuo com as investidas sempre tentando golpes diferentes mas ele consegue se defender sem dificuldades, as histórias que ouvi sobre Ra's eram verdadeiras esse homem era um guerreiro que ninguém poderia se igualar, mesmo com minhas habilidades que demorei anos pra aperfeiçoar todo meu treinamento que forjou meu corpo como uma arma era inútil contra Ra's, tenho que focar na luta não posso perder minhas esperanças agora.

Tento um golpe rápido mas acabo com a espada de Ra's no meu pescoço, ele estava me girando para a borda da montanha "Você deveria se orgulhar, sobreviveu mais do que a maioria" Eu ja estava na borda da montanha tinha que pensar em alguma coisa rápido, flexiono meu joelho pronto pra atacar e vejo ele dar um leve sorriso "Você tem alma de guerreiro garoto, você nunca desiste, você recusa a morte, talvez em outra vida você poderia atingir seu potencial" Ele me olha como se estivesse arrependido, não tenho tempo pra pensar nisso agora, bato com minha espada na dele jogando-a para o lado aproveitando que ele esta distraído dou um soco no nariz dele que tenho certeza que o quebrou, então, pego o braço dele o puxando para baixo, torcendo-o brutalmente, rasgando tendões e músculos quando a espada dele cai no chão.

Olho pra forma ajoelha de Ra's pronto pra matar o homem mais mortal do mundo quando vejo pelo canto de olho Nyssa, a linda e intocável Nyssa, ela olhava chocada e assustada como se não acreditasse que sei pai poderia morrer ali, lembro de quando Slade matou minha mãe na minha frente, lembro o sentimento que senti de raiva, horror, culpa , tristeza que tomaram conta de mim naquela hora, eu não queria que Nyssa sentisse isso por mais que as vezes não nos damos bem sinto que Nyssa entende como é ter um pai que decidiu sua vida por você, paro por um segundo pra olhar nos olhos dela que por trás daquele choque e susto demostravam felicidade, ansiedade e esperança. Ela queria que eu matasse o pai dela? mas por quê? 

Tomada a decisão, abaixo a espada com o objetivo de cortar a cabeça de Ra's mas ele rola pro lado como se tivesse a minha idade, tento um golpe quando ele se levanta mais ele segura a espada com a mão cortando-a e com um ataque tão rápido ele esmagando minha Laringe, levo minhas mãos pra minha garganta sem conseguir respirar, sentia minha garganta queimando com uma dor insuportável antes que eu tenha tempo pra pensar sinto um corte no meu lado esquerdo perto da barriga se isso não era o suficiente ra's me da uma cotovelada no nariz quebrando-o mais ainda, eu sentia dor em tantos lugares que não consegui ficar de pé acabo me ajoelhando em sua frente "Não tenha medo meu filho. A morte vem para todos, só podemos fugir dela por apenas um tempo" Lutava pra respirar mas cada vez ficava mais doloroso "Considere essa uma saída" Eu esperava um dor incomparável mas tudo que senti foi uma sensação de vazio, queria poder pedir desculpas a todos por falar que eu iria voltar, que eu mataria Ra's de alguma forma, sinto meus pulmões se encherem de sangue, logo começo a me engasgar com meu próprio sangue

Olho pra Nyssa pedindo perdão por tudo, por dar esperança que eu poderia matar o pai dela, por defender Malcolm quando ele era o culpado de tudo, não pude nem deixar ela se vingar de sua amada, sera que ela descobriria que foi Malcolm que matou Sara? ou esse verme ficaria livre agora que eu morri? eu esperava que Nyssa desse o que ele merecia, peço perdão pela minha fraqueza e incapacidade de matar o pai dela e acima de tudo por dar esperança que eu poderia. Fico aliviado quando ela me devolve um olhar que sei que ela entendeu minhas desculpas e tinha aceitado elas

Virando meus olhos pra Maseo peço perdão por não salvar Akio, seu eu não tivesse hesitado talvez ele ainda estivesse vivo. Peço perdão por não salvar ele dessa vida, por minha causa ele entrou pra Liga, por minha causa a família dele acabou, eu espero que um dia Amanda Waller sofresse com o que ela fez a gente sofrer, vejo que ele também entendeu por que estou me desculpando, ele me olha com lagrimas nos olhos assentindo, sei que ele nunca me culpou mais eu precisava dessa confirmação. Pelo menos eu consegui perdão de dois amigos antes de morrer, ainda falta muitos mas eu não tenho tempo.

Sinto Ra's puxar minha cabeça na direção dos olhos dele entendendo o que eu estava fazendo "Não tenha medo da morte garoto, abrace-a" Tento falar alguma coisa mas minha garganta estava com muito sangue fora a dor que eu estava sentido "Perdoe-o e tenha misericórdia dele, desculpe-o e o perdoe, que sua recepção seja honrosa. Proteja-o da punição do túmulo e do tormento do fogo" 

Sinto o pé dele no meu peito me empurrando para morte fria e solitária, o vento me congelava como se a morte estivesse me abraçando, meus olhos se fecham mesmo com meus esforços para deixa-los abertos, a ultima coisa que sinto nessa vida e um baque antes de morrer.


Notas Finais


Esse capítulo ainda se passa no episódio 3x9, terceira temporada, no próximo capítulo as coisas ja vão começar a ficar diferente da série

Obrigado por ler <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...