História Hybrid - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Lobisomem, Romance, Vampiro
Visualizações 11
Palavras 696
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 17 - Fuga (parte 1)


— Parem — Corei um pouco e fui olhar se vinha alguém — Entenderam o plano?

— Sim, vossa majestade belíssima.— Edward continuou e Luke o olhou bravo.

— Sim, Luana.— Luke revirou os olhos para Edward, suspirei fundo e andei pelos corredores, um pouco insegura do que iria fazer, olhei para os lados e não vinha ninguém, era estranho, o que os vampiros planejavam tanto que estavam todos trancados? Fui para a cozinha e procurei Diana, ela era minha única amiga ali, entrei numa sala qualquer e todas as "empregadas", ou submissas, como queiram chamá-las, estavam com máscaras como se fosse acontecer um baile.

— Diana? — Olhei para todas aquelas garotas que pareciam assustadas, me pergunto se elas eram lobas ou vampiras, porém, tanto faz, Diana logo tirou sua máscara e pegou em meu ombro, levando-me para outra sala.

— O quê? — A mesma pegou uma máscara e me deu.— Nem vou perguntar por que está vestida assim, entretanto, faça, nós tire daqui. — Diana assentiu com a cabeça e sorri para ela, peguei uma bandeja com quatro xícaras de café e sai da cozinha, olhei para meus braços e eles estavam quase  roxos, parei numa mesinha qualquer e deixei a bandeja ali, coloquei minha máscara e olhei para um corredor de onde vinha sussuros, fui ver o que era e me deparei com Edward e Luke dando tapinhas um no outro, bati o pé no chão e eles pararam, voltei a mesinha e peguei a bandeja, suspirei e fui para a sala, minhas mãos tremiam e minhas pernas estavam bambas. Comecei a pensar no fato disto realmente ser loucura, mas, eu não estava fazendo isto por mim, era por Diana, bati na porta devagar e ela se abriu, suspirei e andei pelo meio de tantos vampiros, todos me olhavam feio, ou como se eu fosse um pedaço de carne, cheguei a mesa do " grande rei " e deixei a bandeja ali, o mesmo puxou meu braço e olhei para trás, ele me puxou com tanta força que cai sobre as pernas dele.

— Vocês querem essa? — Kyon falou e sua voz ecoou pelo salão, os vampiros assentiram com a cabeça e Kyon pegou em minha cintura me colocando em seu colo, praticamente, ele deslizou ambas de suas mãos por debaixo de minha saia, me arrepiei toda ao sentir ele tocar minha intimidade. — Isso vai doer, e muito.

O mesmo enfiou um dedo em minha intimidade, me fazendo gritar, todos me olharam assustados e Kyon continuou a alisar minha intimidade, eu tremia muito, senti algo entre minhas pernas, uma ereção? Merda! Tentei sair, mas, ele me segurou e colocou em seu colo novamente, mordi o braço dele e cai no chão, tentei correr e fui puxada por Thaylor.

— Luke! — Gritei e logo Thaylor me virou, arrancando minha máscara.

— Lua? — Todos me olharam estonteados.

— Sai da frente, porra! — Luke entrou na sala com sua forma de lobo e esperou Edward "Vem" o mesmo sussurrou.

— Ah… desculpe.— Edward entrou e coçou seu braço, acho que… deveríamos atacar, né ?

Luke automaticamente pulou em alguns vampiros e os arrancou a cabeça, Edward encostou-se na parede e os vampiros voaram em cima dele, corri para a estante de livros e procurei aquele livro do rei, passei a mão pela estante empoeirada e vi um espaço vazio, deduzi que fosse o livro, olhei para Luke e Edward que combatiam os vampiros ferozmente e dei sinal para Edward pôr chamas em tudo, Luke e eu corremos para fora enquanto Edward continuará o serviço.

Me " transformei" em loba e corri para a cozinha.

— Vão, corram! — Gritei para as garotas e elas fugiram, tornando-se lobas ou dragões. Procurei as masmorras daquele lugar e lembrei que elas ficavam do lado de fora.

— Lua, está indo a onde? — Luke me seguiu.

— As celas, elas ficam perto do precipício, não são aquelas!— Corri para o precipício e vi Thaylor e Milo com a chave da cela.

— Lua!— Mike pulou nas grandes.

— Solta eles!— Gritei e Thaylor fez sinal para que o atacasse, dei um passo a frente e Luke segurou meu ombro, ele me olhou fixamente e suspirou.

Continua…

(Pois estou sem imaginação hihi)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...