História Hybrid; JiKook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Abo, Bts, Híbrido, Hibryd, Jikook, Kookmin, Taegi, Taeyoonseok, Vmin, Yoonseok
Visualizações 169
Palavras 1.760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, eu pensei em esperar mais tempo para atualizar, mas acho que seriam melhor se eu não demorasse tanto.
Boa leitura, e boa noite.

Capítulo 2 - Capítulo 02


Fanfic / Fanfiction Hybrid; JiKook - Capítulo 2 - Capítulo 02

[Jeon JungKook]

Saí de casa e fui para escola um pouco em cima da hora, eu não queria me atrasar no primeiro dia, mas minha cama era tão confortável que parecia um ímã que me obrigava a ficar deitado. Eu estava nervoso com o colégio novo, sempre estudei em colégios comuns, com humanos normais nunca fui bem aceito, mas eu achava melhor, porque mesmo em um colégio com vários híbridos, eu sabia que era o único híbrido de coelho, então sempre seria diferente dos outros.

Chegando lá entrei em minha sala de cabeça baixa e me sentei atrás de um garoto de cabelos loiros, já que era o único lugar vago, e estranhamente ele me pareceu humano. Poucos segundos depois que me sentei, um professor entrou na sala. Até mesmo ele era um híbrido.

—Bom dia alunos, eu não senti a menor falta de vocês. Então não me digam que sentiram a minha! —O homem moreno disse arrancando gargalhada da maioria dos alunos, enquanto se sentava na mesa.

—Bom, como de costume, os alunos novos vão vir até a frente se apresentarem, e os veteranos fiquem calados, ou eu jogo o apagador em vocês. Deixe-me ver. Jeon JungKook e Park Jimin, podem vir até aqui? Eu sou o Professor Kim.  Podem falar o que quiserem aqui, mas cuidado com o horário. —Ele diz com um sorriso, e eu engulo em seco com o nervosismo. O garoto em minha frente também se levantou e assim como eu, ele parecia nervoso, já que ele tinha os dedos agitados.

—Podem se apresentar! Falar sobre vocês..o que quiserem, a aula hoje não vai ser nada além de conversas então sintam-se a vontade. —Ele sorri simpático e nos incentiva a falar. Vejo o loiro mexer nas mãos nervoso, ele provavelmente ia falar agora.

—E-eu sou Jimin, como já disse o professor Kim. E..eu sou um humano normal como dá pra ver..e..eu vim com a intenção de ser aceito.. já que nos outro colégios zombavam de mim por gostar de híbridos.. é só isso. —Ele abaixou o rosto novamente. Ele parecia tão fofo envergonhado daquele jeito, e o fato de ser um humano em meio dos híbridos, era exatamente como eu nos colégios, o único híbrido em meio de humanos.


Encontrei alguém que não se encaixa tão bem, assim como eu.

—Eu sou Jungkook. Vim porque eu não aguentava mais ser diferente em um colégio com apenas humanos, e vim ser diferente aqui, já que sou o único híbrido de coelho. E.. não estou nem um pouco bem com que estão dizendo sobre mim,a minha audição é ótima se querem saber. —Me curvo junto do loiro e me sento em meu lugar. Novamente ouvindo cochichos como "Que orelhas grandes", "Que Híbrido estranho" e até comentários sobre o humano.  

—Sua audição é mesmo tão boa? —Ouço uma voz aguda e mais próxima que as outras conversas, era o garoto na minha frente. Ele estava cobrindo o rosto com os dois braços, acho que era só para eu ouvir. Sorri com a dúvida dele e peguei meu caderno, escrevendo "sim" na primeira linha e entregando o caderno para ele. Que no mesmo instante se virou com um sorriso no rosto.

—Nunca vi nada sobre híbridos de coelho. —Me entrega o caderno de volta.

—Bom..você me vê, já é algo. —Sorri envergonhado.

—Minha nossa, seus dentes! —Ele segura meu rosto e os aperta para ver meus dentes. —Eles são grandinhos, isso é adorável. Eita..eu fiz de novo! —Seu rosto se torna rubro.

—Jimin, eu disse para se controlar! —Um híbrido de raposa diz. Confesso que senti um pouco de medo do ruivo, mas ele parecia não ligar muito para minha presença.

—Taehyung, esse garoto é o único híbrido de coelho, eu não vou me controlar não, eu quero é saber mais sobre a espécie dele. Vocês dois..não vão se estranhar não? —Ele aponta para nós dois.

—Ele não parece estar com medo, ou parece?—O ruivo sorri para o garoto que me olhava, logo negando com a cabeça.

—Então podemos andar nos três, ele não vai conseguir se encaixar agora, mesmo.—O loiro diz animado.

—Jimin, assim você ofende ele! —O ruivo o repreende.

—Me desculpe, eu não sei me conter perto de híbridos, e ele ser um e raro, me deixa mais eufórico ainda. Você é um ômega, Jungkook? —Ele dizia tudo tão rápido que até me assustava um pouco.

—Eu sou um alfa, mas eu sou um coelho,então não sou um alfa no estilo..dele! —Aponto para o raposa com minha orelha, deixando o baixinho loiro mais entusiasmado.

—Você consegue mexer elas sozinho. Que incrível, posso passar a mão? —Ele diz já tocando minhas orelhas. Ao contrário das outras espécies, que o local sensível era a cauda, o meu eram as orelhas. O que me fez corar com o toque do novato.

—Jimin, tire suas mãozinhas do coelho, você é uma besta mesmo, ele não deixou e você mete a mão assim, parece que o que deixa ele sensível são as orelhas, olha como você deixou ele envergonhado coitadinho. —O ruivo dá um tapa na cabeça do loirinho que gemeu baixo com o tapa, fazendo um bico fofo com os lábios.

—Por sinal, sou o Taehyung. Estou responsável por ajudar esse doidinho, me desculpe pela ousadia dele, ele não pensa antes de agir, tenho que ajudar ele com as coisas do colégio, por serem diferentes dos seus antigos. —Ele sorri mostrando suas presas, seu sorriso tinha um formato diferente, e o deixava fofo.

—Tudo bem, eu posso responder as perguntas que ele fizer, desde que ele fale devagar, eu estou ficando perdido com tantas perguntas de uma vez só. —Digo vendo ele inflar as bochechas envergonhado.


Ele é tão fofo.

—Me desculpe Jungkook. Mas eu estou muito encantado com você, eu adoro coelhos. —Ele sorri gentil.

—Obrigado. —Sorri de volta. Ouvi chamarem meu nome e direcionei minhas orelhas para o lugar, e pude ouvir me chamarem de aberração.


Ainda que se repita, isso não é nada agradável de ouvir.

—O que foi, porque suas orelhinhas estão baixas? Eu fiz alguma coisa errada, ou falei? —O loiro parecia preocupado.

—Nã-não foi você, olha, eu não sou um híbrido  normal, e isso não causa reações tão legais em quem está  em volta, devem imaginar as coisas que estão dizendo, não dão exatamente as coisas que você diz. —Sorri fraco para o loirinho que me olhava com pena.

—Ei, você é diferente sim, mas é isso que te torna único. Olha aqui pra mim, você não está sozinho nesse barco, eu também  não sou igual a eles. —Ele sorri, me passando uma energia positiva incrível.


—Isso foi bem legal Jimin! —O ruivo diz sorrindo para o baixinho.


O sinal do intervalo entre as aulas tocou e o raposa se levantou, fazendo Jimin e eu nós levantarmos também. Provavelmente seguiremos todos seus passos.


—Meninos, vocês dois tem que saber, que a cada aula tem um intervalo de quinze minutos, e sim, isso torna as aulas maiores, mas antes desses quinze minutos, temos que estar na sala, ou eles podem diminuir nossa nota e a frequência, e eu estou dizendo de muita coisa dependendo da matéria e do professor. —Ele dizia, enquanto eu anotava tudo mentalmente para não me esquecer. Jimin também parecia atento a tudo que o nosso “mentor” nos dizia. Notei que o ruivo envolvia sua cauda na mão do mais baixo de nós três e me perguntei se aquilo tinha algum tipo de significado.


—Tae, finalmente achei você, precisamos conversar. —Um outro híbrido de raposa aparece e beija o ruivo enquanto Jimin e eu nos olhamos confusos.


—Hyung! Esses são Jungkook e Jimin. —Ele diz apontando para cada um de nós. —Meninos, esse é Hoseok! —Sorri fraco.


—Uh, um híbrido de coelho, e, um humano, isso é bem inédito. Ficou responsável por ajudar eles é? —Ele cruzou os braços e encarou nós dois.


—Na verdade só pelo Jimin, mas agora quero ajudar o Jungkook também. Você sabe como tratam quem é diferente, não é? —Eles se encaram. Aquilo era meio assustador, porque os dois eram alfas e ambos tinham uma presença dominadora.


—Taehyung, temos que ir para a sala antes do professor, vocês podem conversar outra hora? —Jimin diz pegando na cauda do nosso raposa. O que fez o outro encarar o humano com raiva, ao ponto de até rosnar.


—Hoseok, eu não..não queria fazer isso, é que eu..por favor, não quero roubar seu parceiro, isso foi reflexo, o Taehyung estava tão focado em você, me desculpe tocar nele, eu só queria a atenção dele. —O baixinho diz dando um sorriso forçado. O aparentemente mais velho de nós sorriu e afagou os cabelos do loiro.


—Gostei de você, garoto. Conversamos depois Tae! —Ele se vira e vai para a direção oposta da nossa sala.


—Não queria fazer isso na frente do seu namorado, é que você sempre pega minha mão com sua cauda, foi meio que algo automático, desculpe Taehyung.—Jimin diz com a cabeça baixa.


—O Hoseok não é meu namorado, e você não tem que me pedir desculpas, suas mãos são pequenas e eu gosto de segurar elas assim, é confortável. —Ele diz simplista, dando de ombros.


Algo me dizia que o Taehyung gostava muito desse Hoseok, mas não era assim em ambos os lados.


—Você é o alfa submisso? —Digo chamando atenção dos dois ao meu lado.


—O que? —O ruivo pergunta com a atenção voltada para mim.


—O Hoseok é dominante a você, não é? —Abaixo uma orelha para diminuir o barulho que tinha pelo corredor.


Às vezes essas coisas me incomodavam.


—É..o fato de eu ser mais novo, faz ele achar que sou bobo e ele faz de mim gato e sapato, mas infelizmente, não temos nenhum tipo de trela.—Suas orelhas se abaixam, mas ainda sim Jimin e eu ficamos confusos.


—Trela é digamos que uma aliança entre raposas, quando elas estão juntas. O que Hoseok e eu de fato não temos, mas eu gostaria de ter, eu gosto muito daquele ruivo idiota de sorriso encantador. —Jimin sorri fraco e o abraça de lado, acariciando seu braço.


—Tudo bem Taehyung, você vai ter a chance de encontrar alguém que goste de você da mesma forma que você goste dele, ou dela, não vai ser difícil para alguém como você. Não posso dizer algo sobre o Hoseok, porque não o conheço, mas se for preciso para ver um sorriso com presas fofas, eu me aproximo dele. —O loiro diz animado me deixado um pouco sem graça. Ele parecia gostar de híbridos, mas eu não tinha nem presas e nem cauda, e isso não dispersava a atenção do baixinho. Eu pensei que pelo menos esse humano fosse gostar de mim.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...