1. Spirit Fanfics >
  2. Hyoshun- Entre cavaleiros >
  3. Olá Japão, Eu voltei!

História Hyoshun- Entre cavaleiros - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Oi pessoal!

Espero que gostem do capítulo, desculpa a demora para postar, (10, 11,12 dias não sei bem quanto tempo fiquei sem atualizar essa fanfic)como eu disse no capítulo de recados, eu tô tendo que postar da outra fanfic que eu tô fazendo, e a escola também não está colaborando, mas vou fazer o possível para postar um capítulo dessa e outro capítulo da outra fanfic em cada semana, lembrando que eu não estou prometendo até porque eu não sei quantas tarefas os professores e professoras irão me passar então isso é só uma meta, e espero que eu consiga alcançá-la


Fiquem com o capítulo, espero que gostem
❤️🧡💛💚💙💜

Capítulo 7 - Olá Japão, Eu voltei!


Fanfic / Fanfiction Hyoshun- Entre cavaleiros - Capítulo 7 - Olá Japão, Eu voltei!

Pov's Shun


Ok... É um pouco estranho voltar para cá. Depois de tanto tempo... Tantos anos


Eu estava com saudades... De todos, do meu irmão, dos meninos, do Hyoga, até mesmo do senhor kido, que sempre foi tão gentil com a gente.


Entrei na mansão, com a urna da armadura de andromeda nas minhas costas, eu estava usando uma calça jeans branca, um tênis da mesma cor, e uma camiseta Verde


Andei um pouco até a recepção, e percebi que tatsumi, o mordomo da Saori, estava me esperando, quer dizer, ele não estava me esperando, mas estava ali para quem chegasse


Tatsumi: eu não acredito... Um bebê chorão como você voltou e uma ilha mortal como a de Andrômeda!?!- ele ri debochado- enfim, a senhorita kido quer falar com você- ele continua rindo


Ignoro ele, aparentemente ele não mudou nada, ele continua extremamente arrogante... Continuo andando até chegar em uma espécie de escritório onde se encontrava a senhorita Saori


 O que será que aconteceu com os outros?  Provavelmente  eu  fui  o  último  a     chegar... sera  que o Hyoga lembra de  mim? * Pare de pensar nele por um minuto por favor Shun, já se passaram anos, nós não somos mais amigos!...*


Entro no escritório, e me deparo com a neta do senhor mitsumasa


Saori: Shun... Fico muito feliz por vc ter voltado! Você trouxe a armadura? 


Shun: obrigado senhorita, e sim eu trouxe a armadura. Tatsumi disse que você queria falar comigo, sobre o que?


Saori: há sim, é sobre o torneio galático. Eu estive desenvolvendo uma espécie de torneio, todos os cavaleiros irão lutar nele, nós vamos ver quem é o melhor, e quem vencer esse torneio irá ganhar uma armadura de ouro, mas ainda infelizmente está faltando alguns cavaleiros, como cavaleiro de pégaso, de Fênix, e de cisne.


Shun: um torneio senhorita?! Não acho que devemos fazer isso, lutar entre si apenas para ganhar uma armadura?... Eu tenho escolha?


Saori: não Shun, você não tem, nós precisamos de no mínimo 10 cavaleiros, e até agora só tenho 7, E pelo que eu sei, apenas uns 15 ou 13 mais ou menos sobreviveram ao treinamento. Se sobrar cavaleiros, eu até posso te deixar fora.


Shun: entendo... Quando vai começar? Quando esse torneio vai começar?


Saori: amanhã. O Jabu  já lutou hoje*então o Jabu também voltou*, o torneio já começou, mas essa não será a sua luta, nós ainda teremos algumas batalhas antes da sua, então é melhor você se preparar e treinar o máximo possível.


Shun: sim...


Quando termino de falar com a Saori kido, saiu no escritório e vou até um quarto que ela havia me reservado. Aparentemente os outros cavaleiros estavam dando uma volta pela mansão ou pela cidade, pois eu ainda não os vi


Deixei as minhas malas e a urna do lado da minha cama, arrumo minhas roupas no guarda-roupa, coloco os meus Lençóis na cama, e tomo um banho. Ainda dentro da banheira, estava pensando em todas as coisas que me aconteceram esses anos, a morte de meus pais, quando eu entrei no orfanato, quando eu conheci os meninos e o Hyoga, quando me separaram de todos eles, a minha chegada na ilha de Andrômeda, meu treinamento, quando aquele Cosmo Rosa que naquela época do orfanato não sabia o que era foi aprimorado, e a minha chegada aqui no Japão, foram as coisas mais importantes e marcantes na minha vida, o que será que vai acontecer a partir de agora?


Sai dos meus devaneios e também do meu banho, coloca um short jeans , meias brancas e longas, e uma camiseta branca, e foi dormir um pouco. Acordo mais ou menos umas 6 horas da tarde com barulhos de conversa e de passos, não consegui reconhecer de quem eram as vozes, até porque eram muitas vozes diferentes ao mesmo tempo, eu nunca havia sentindo aqueles cosmos, então eu apenas fiquei em alerta.


Foi quando eu ouvi alguém bater na minha porta


Shun: espera um minuto!


Coloquei bem rápido, uma calça e fui atender quem é que estava me chamando, me surpreendo ao ver quem era, ou melhor quem eram


Seiya: olha ele, parece que cresceu e ficou mais bonito!-ele ri- não vai me dar um abraço Shun?


Abraço o Seiya


Shiryu: Eu também estava com saudade verdinho!-rimos


E eu lá, em estado de choque, parecia que minha cabeça não estava no controle das coisas, só senti lágrimas rolarem e meu rosto, e meu corpo automaticamente ir de encontro aqueles dois, os abraçando


Jabu: É...realmente foi uma surpresa. Quando o tatsumi disse que você havia voltado- ele ri- eu pensei que ele estava bem grogue né!-ichi, ban, nachi riem do que ele fala


Shun: Jabu, por que nós não podemos simplesmente parar com isso? De novo essas idiotices de infância! Chega, qual é o problema, o meu jeito por acaso Muda alguma coisa na sua vida? Qual é Jabu! Olha para sua idade! quantos anos você tem? Cinco anos? Porque é isso que parece! Chega por favor!


Meninos:...


Seiya:# tomaram sermão do Shun, cara!#-e ri baixo

 

Só vejo os garotos olhando mortalmente para Seiya, que apesar de ter surrado, sabia que todos ali presentes conseguiriam ouvir.


Jabu: ha... Chega, eu tô cansado, realmente acho que não tem porque a gente ficar fazendo isso!


Ban: é... Eu acho que dessa vez ele tá certo, a gente só perde tempo fazendo isso


Shun: amigos?


Jabu:...-ele pensa- Não, só colegas


Shun: tudo bem, já é o suficiente para mim.


...


Shun: vocês me acordaram só para isso... A gente não vai fazer nada não, só ficar se encarando?


Seiya:-gargalha e eu me assusto, mas logo todos nós começamos a rir, eu não sei se for pela gargalhada do Seiya, ou pelo meu comentário- Shun, que que te deram na ilha de Andrômeda?


Shun: nada! Eu sou assim mesmo!


Jabu: não é não-ele ri mais


Shun: ué gente que que fiz errado?!?


Eles riem mais


*Socorro, eu estou no meio de um grupo de doidos, que que eu fiz?*


Shiryu: é que nunca vimos você falar assim Shun.


Shun:... Eu sempre falo assim... Ah enfim, vamos conversar, fazer alguma coisa. Eu estava com muita saudade de vocês! Eu quero passar um tempo com vocês. 


Seiya: okay, vamos dar uma volta na cidade?


Todos: sim!


A gente passou a tarde andando pela cidade, fazendo algumas compras, e alguns meninos pararam em bares, mas logo saíram de lá, sabendo que eu não ia entrar lá, e chegamos novamente na mansão, 9 horas da noite, jantamos e fui para o meu quarto, mas ouço novamente a minha porta bater, eu atendo e vejo que era Shiryu


 Pov's Shiryu


Shiryu: Olá Shun, posso entrar?


Shun: Claro Shiryu! Fique à vontade.


Shiryu:-eu entro e ele fecha a porta- quanto tempo né?


Shun:sim, eu estava com saudade!


Shiryu: Eu só vim aqui, para, te falar que tá tudo bem. Ouvir você falando algumas vezes do seu irmão que ainda não apareceu, e do Hyoga, mas eles são garotos muito fortes, eles vão voltar não precisa se preocupar, toda vez que você tocava nesse assunto, o seu semblante entristecia!- eu o abraço


Shun: muito obrigado! eu sei que são realmente muito fortes, mas eu me preocupo, Eu amo muito eles, também amo muito vocês, mas eles não voltaram ainda, e isso me deixa muito preocupado.


Shiryu: tudo bem mas não se prenda a isso, só vai fazer mal a você.


Shun: sim Shiryu, muito obrigado, mas não vai embora agora não! Vem cá, senta aqui no sofá, eu vou fazer um chá, aí pelo menos a gente pode conversar como foi nossos treinamentos, a propósito como foi lá na China?


Conversamos muito e 11:30 mais ou menos eu foi para o meu quarto, e ele aparentemente foi tomar banho e dormir


Dia seguinte


Pov's Shun


Eu me arrumei, coloquei a minha armadura, e fui com os meninos para o Coliseu, lá teve a primeira luta entre Seiya e Geki, fiquei surpreso, aparentemente, Seiya era muito poderoso, fiquei muito feliz por ele, por ele ter evoluído daquela forma.


Depois da luta, os meninos voltaram para a mansão comer alguma coisa, e eu decidi ir ao shopping, comi um monte de porcaria,*meu Deus, foi só chegar aqui no Japão que eu comecei a ficar mal acostumado kkkkk* comprei alguns doces, e roupas, Eu nunca fui de gastar muito, mas tanto tempo em uma ilha mortal, treinando para ser um cavaleiro, odiando lutar, ficando com saudades da sua terra natal e de seus amigos, e mais um monte de coisa, me fez pensar em poder me dar um mimo!


Eram mais ou menos 3:20 quando voltei para mansão, coloquei minhas compras lá, e foi até a praia treinar, depois de um tempo treinando entrei um pouco na água, e comecei a sentir um alívio muito bom, acho que fazia tempo que eu não sentia isso, ele estava muito feliz, não sei exatamente o porquê, mas eu estava, fiz diversos chafarizes na água com meu cosmo, não ligava que meu cabelo meus sapatos minhas roupas estivessem cheias de água e sal, aquilo estava me fazendo bem, e eu iria continuar, um bom tempo depois, eu voltei para mansão ainda bem úmido, com um sorriso enorme no rosto, e uma bolsa cheia de conchas em minhas mãos


Tatsumi: mas que merda é essa garoto, você não vai entrar na mansão desse jeito, você vai sujar todo o tapete da senhorita, sem falar que se alguém visse você entrar dessa maneira aqui nem sei o que iriam dizer


Saori: tatsumi! Deixe-o entrar


Tatsumi: claro senhorita


Eu finalmente passo, e comprimento a senhorita Saori com um beijo na mão, ela me olha intrigada, como se não entendesse o motivo da minha felicidade, quer dizer nem eu entendia


Os meninos já estavam me olhando, o Seiya rindo de mim, o Shiryu estava com um sorriso e com olhos que transmitiam dúvida e estranheza, e o Jabu e os outros meninos rindo também estranhando a minha situação, fui direto para o meu quarto e de lá para meu banho, lavei as pérolas e as conchas, coloquei apenas uma camiseta larga bem leve e branca(e a roupa íntima, é óbvio), o clima estava ótimo no Japão então eu não sente frio, fiz uma vitamina, tomei ,escovei os meus dentes, e fui dormir pensando na luta de amanhã, quem será que era o cisne? Eu acho que ele ainda não tinha chegado,a armadura de todos os garotos não se pareciam nada com cisnes-rio um pouco-... Hyoga, Ikki, por que ainda não voltaram, eu estou com saudade de vocês!


E acaba por dormir pensando nisso


Dia seguinte (novamente (. ❛ ᴗ ❛.) )


Estava me sentindo estranhamente bem após acordar, não sei o que era, era quase a mesma sensação que eu tive a entrar na água ontem, mas dessa vez estar mais forte, o que será que vai acontecer comigo? Esquece as vezes eu só estou me sentindo feliz mesmo, coloco uma bota marrom, uma calça jeans branca com um suspensório, e uma camiseta verde escuro, e vou ao Coliseu conversando com os garotos, o tal cisne iria lutar contra o Hydra, e novamente um frio na barriga estranho e ao mesmo tempo gostoso apareceu, eu estava estranhando aquelas sensações mas continuava achando que era apenas um efeito das minhas brincadeiras de ontem, quando havia entrado na água do mar, então eu entrei no Coliseu, o Hydra já havia subido no ringue, E aparentemente o cisne estava atrasado, mas logo ouço uma voz, não conhecia aquela voz, Será que era realmente um garoto do orfanato? Me enganei seriamente em pensar que reconhecia a voz de alguém que vi a 6 anos atrás, mesmo que eu pensasse diversas vezes nele, ele não era mais um menininho de 9 anos, era um garoto, um garoto de 14 anos. Quando o vi ele descendo aquelas escadas, meu coração disparou... Era ele, era o Hyoga!







Continua


Notas Finais


Oi espero que você tenha gostado do capítulo, o próximo capítulo será mais na visão do nosso querido Russo!


Desculpa a demora para postar 😅

❤️🧡💛💚💙💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...