História Hyung, Eu Gosto de Você - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Jungkook, Umatentativadefluffy, Yaoi, Yoongi, Yoonkook
Visualizações 45
Palavras 1.522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - O1


Jungkook era o melhor amigo de Yoongi, Melhor e único amigo, afinal seu hyung não possuía vínculos tão grandes quanto tinha com ele.

Yoongi era calado, sério, muito reservado e observador, Mas por trás disso era um garoto carismático, gentil e muito carinhoso, pelo menos com seu dongsaeng, ele tinha um amor até então, fraternal pelo garoto, afinal ele tinha apenas dezenove anos e Yoongi já beirava os vinte e três, um pouco de diferença não os mata não é?!

Jeon estava saindo de sua escola de música, quando avistou yoongi com sua típica "carranca" que segundo ele, era apenas para assustar crianças, mesmo que fosse fofo. O mais novo estava acompanhado de Taehyung, o garoto qual estudava música consigo, Yoongi não gostava dele mas não poderia proibir Jungkook de ter amigos.

— Até amanhã Taehy - se despediu kook e o outro sorriu virando a esquina e sumindo do campo de visão deles - Yooni - kook sorriu infantilmente fazendo yoongi rir e balançar a cabeça para os lados.

Jungkook as vezes não parecia ter desenove anos, ele parecia uma criança gigante.

— Oi para você também Jeon - murmurou e ambos riram começando a caminhar em direção a casa do mais velho - Como foi as aulas de música pirralho?! - perguntou casualmente fitando o garoto.

— Pirralho não! - retrucou com uma falsa irritação, mas logo sorriu se esquecendo do "pirralho" dito por Yoongi - Bem foi legal, a mesma coisa de sempre, quer dizer.. Tem uma coisa - então sorriu de orelha a orelha, Yoongi estranhou.

— O que?! Anda Jeon desembucha - Yoongi era pavio curto, ele estava se irritando com a demora do garoto para dizer o que era.

— Professor Kim. Pediu para gente escrever uma música inspirada em alguém que amamos, não importa o que ou quem seja, apenas pediu - contou dando de ombros e fitando o chão por alguns segundos, Yoongi conhecia seu pequeno e ele parecia estar triste com isso.

— Uh, ah sim - sorriu agora ficando em silêncio antes de fitar Jeon, e como suspeitava, ele estava triste - por que está triste?! Não sabe para quem escrever? - Jeon o fitou e assentiu suspirando baixo.

— Não é esse o problema hyung.. - por fim chegaram na residência de Min.

Não entraram, apenas ficaram na porta, Jeon parecia pensativo demais e ele fitava as pequenas flores que cresciam no jardim do mais velho.

— Então qual é?! - Yoongi segurou na mão que era consideravelmente maior que a sua, e assim entrelaçou seus dedos aos dele, que sorriu com o ato.

— Eu não posso.. Você já se apaixonou não?! Sabe como é ter medo, se sentir inseguro.. - murmurou passando a língua sob seus lábios, a atenção de Yoongi rapidamente foi parar ali, não queria mas os lábios de Jungkook sempre fora chamativo demais.

— creio que nunca aconteceu comigo Gukkie - respondeu fitando agora os olhinhos cabisbaixos de seu saeng, aquilo fez seu coração partir em pedaços.

— Eu tenho a pessoa para qual escrever, eu sei exatamente o que sinto, mas creio que essa pessoa apenas me vê como uma criança, qual ela tem que cuidar e proteger..- soltou tudo por fim, soltando um suspiro um pouco aliviado.

— Ah essa pessoa é sortuda.. Você é incrível - Yoongi murmurou não dando continuidade no assunto, Jeon pareceu entender pois não disse mais nada.

A verdade era que essa pessoa é justamente Yoongi, Parece até mesmo algo clichê e muito óbvio, mas Jungkook era perdidamente apaixonado pelo garoto, mas este apenas o via como se realmente fosse uma criança, então no momento, era melhor que Yoongi não soubesse disso.

— Comprei seus biscoitos favoritos e aquele filme infantil que você tanto queria, o que acha da gente entrar e assistir?! Eu até deixo você dormir aqui e ficar com o Mr.Ingo - sugeriu vendo Jeon sorrir e assentir, esquecendo do assunto de minutos atrás.

— Okay! - foi tudo o que disse assim, ambos entraram dando inicio a tarde qual passaram comendo e assistindo.

Como sempre faziam para animar o mais novo, mesmo que Yoongi suspeitasse que a tal pessoa era ele, não questionou apenas tratou de animar Jeon e o distrair, como o bom Hyung que tentava ser para o garoto.

[...]

Jungkook havia dormido no segundo para terceiro filme, ele parecia estar cansado e como assistiram no quarto de Yoongi, ele apenas o cobriu e deixou um selar em sua testa antes de sair do quarto, claro que deixando a porta do mesmo entreaberta, caso precisasse.

Min foi até sua preciosa sala de piano, fazia tanto que não entrava ali para tocar, apenas adentrava o local para limpar e deixar aberto nos dias de sol, fora isso não havia outra coisa que o fizesse entrar ali. 

Ao entrar ali puxou o ar com os pulmões e sorriu nostálgico, Lembrava diariamente que aquele era seu porto seguro, sempre tocava as vezes para ele próprio, as vezes para Jungkook, e com toda certeza ele amava fazer isso. Se sentou e abriu o piano respirando fundo, alongou seu pescoço e logo seus dedos percorriam pelas teclas do piano de forma calma e suave, Yoongi tocava com tanto amor que poderia seguir tal carreira que certamente faria sucesso.

Do outro lado, Jeon havia acordado e apenas apreciava seu hyung tocar, era inevitável sorrir, afinal sabia o quanto Yoongi amava tocar piano. Sem o consentimento de Jeon, lágrimas caíam de seus olhos o fazendo apertar Ingo em seus braços e suspirar pesado, Doía em seu coração não poder gritar aos quatro ventos o quanto era apaixonado por ele, Também doía lembrar que ao chegar em casa todos o olhariam com desprezo e nojo, apenas pelo fato do garoto ser gay, Ele de fato estava cansado. Um primeiro soluço alto escapou, fora o suficiente para Yoongi correr até o quarto acolhendo o agora frágil e sensível Jungkook.

— Não chore..- disse calmamente alisando seus fios castanhos, mas isso só serviu para que ele chorasse ainda mais.

— Estou tão cansado hyung.. Eu não aguento mais - murmurou sôfrego se aconchegando melhor em Yoongi, largando por fim o urso e agarrar a cintura de Min escondendo seu rosto no pescoço dele. - eu não quero voltar para casa, eu não quero mais guardar o que eu sinto.. - falou baixinho deixando que suas lágrimas molhassem o pescoço alvo do outro.

— Escute Gukkie.. Pode estar difícil agora, pode sentir o mundo desabar sobre sua cabeça e você se sentir tão pequeno que até um pequeno átomo se torna maior perto de você, mas lembre-se que isso não irá durar para sempre, Você irá superar, irá levantar seu rostinho e sorrir para tudo o que lhe faz mal, e enquanto eu estiver contigo, exatamente nada será impossível, pois farei o que eu puder para que seus desejos se tornem possíveis..- Min disse da forma mais sincera que podia, Sem parar com o cafuné nos fios de seu saeng.

Jungkook demorou um pouco, mas ele se acalmou agora sua respiração calma era a única coisa a ser ouvida por ali. Ele por fim encarou Min, que sorriu beijando as bochechas avermelhadas - por conta do choro - De Jungkook.

— Obrigado Yoonie - sussurrou manhoso arrancando uma risada de Yoongi. 

— De nada pirralho, agora sem choro uh?! Vou te dar um banho e te alimentar, para então você se animar - Min se levantou e pegou o menor em seu colo assim o levando para o banheiro.

Ao adentrar o mesmo, deixou Jungkook sentado no sanitário e foi ligar a banheira, deixou na água quente e em seguida ele foi para o quarto pegar roupas pro mais novo. Minutos depois voltou com um conjunto de moletom rosa em mãos.

Min se aproximou de Jeon e começou a despir o mesmo que não evitou sorrir constrangido, ao deixar o menor totalmente despido o pegou novamente no colo, assim o colocando dentro da banheira e se sentar na escadinha que havia ali, passando-a banhar Jungkook.

[...]

Logo após o banho, Min vestiu e secou os fios dele, para então ambos irem para a cozinha, optando por pedir pizza, já que nenhum dos dois queriam cozinhar. Assim que a pizza chegou, sentou com Jungkook no pequeno sofá e colocou um filme aleatório assim começando a comer juntamente com o menor.

— Jeon, o que acha de morar comigo? - Yoongi perguntou de forma casual atraindo então a atenção de Jeon para sim, que sorriu largo mostrando suas pequenas covinhas.

— Eu acho incrível Yoonie - respondeu descansado o rosto sobre o ombro do maior, havia se enchido muito rápido, apenas comeu duas fatias e já estava cheio. - Quando posso me mudar?! - perguntou baixinho com seus olhos fechados.

— Quando quiser - murmurou mas não obteve resposta, ao fitar Jeon, viu que ele havia dormido, sorriu e desligou o filme terminando de comer sua fatia.

Segundos depois se levantou e pegou Jeon no colo, que rapidamente o agarrou e se aninhou em seu colo dormindo como um verdadeiro bebê. Min entrou em seu quarto e se deitou com Jeon ainda agarrado em seu corpo, com facilidade cobriu ambos os corpos e fechou seus olhos, não demorando muito para dormir tranquilo, sem deixar de fazer carícias nos fios de seu "pequeno" saeng.



Notas Finais


Eu amei escrever?! Com certeza..espero que gostam, titia voltou ): até depois bebês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...