1. Spirit Fanfics >
  2. I am still learning >
  3. Desafio

História I am still learning - Capítulo 41


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 41 - Desafio


Camila Pov. 

Hoje é nosso segundo dia em São Francisco e também o último com atividades escolares, eu não poderia estar mais animada, o dia de ontem foi incrível a única coisa ruim foi o cansaço e não poder ver Lauren para dar boa noite, ela passou praticamente o dia todo planejando e comprando as coisas para a festa de amanhã e chegou tão cansada como eu, acabou que nehuma das duas conseguiu sair da cama pra dar boa noite então ontem dormimos juntas por chamada de vídeo; acordei hoje cedo com Shanw entrando no quarto e me puxando para o café da manhã, chequei a hora no meu celular e sorri ao ver uma notificação da Lauren.


"Você fica tão linda dormindo que não tive coragem de te acordar, mas to te esperando pro café da manhã, não demora, beijos.

-Lolo."


-Me deixa escovar os dentes primeiro -tentei ir até o banheiro mas Shanw me puxou pela cintura e me colocou em seu ombro- me larga Mendes.

-Se você deixar ela cair a Lauren te mata -Dinah disse indo na nossa frente em direção ao elevador, eu até tentei me soltar mas meu amigo é mais forte então eu desisti no meio do caminho. 

-É leve como uma pena -ele me soltou no elevador e eu revirei os olhos- vocês dormem demais.

-Conhece uma coisa chamada sono da beleza? -Dinah perguntou mas não deu chance do nosso amigo responder- com esse rostinho eu acho que não. 

-Eu vou ter que concordar -eu dei de ombros- eu preciso de no mínimo oito horas de sono pra manter esse rostinho. 

-Você é certinha demais -ele respondeu.

-Não sou não.

-É sim Mila, nessa eu vou ter que concordar com o Shanw -Dinah falou e a porta do elevador abriu- eu nunca vi você quebrar uma única regra da escola.

-Regras existem por um motivo -entramos no refeitório e eu procurei Lauren com os olhos.

-E por esse mesmo motivo devemos quebra-las, é normal do ser humano quebrar regras.

-Eu consigo quebrar uma regra, só não quero.

-Ta bom então, já que você consegue, vai fazer isso hoje -Shanw falou e seu celular tocou- vão comer, eu vejo vocês no ônibus -ele saiu praticamente correndo e eu fiquei sem entender nada.

-Eu acho que ele tem um caso com algum professor -Dinah começou com suas teorias da conspiração e eu ignorei quando chegamos na mesa da Lauren, minha amiga foi se sentar com seu namorado e eu me sentei ao lado de Lauren. 

-Bom dia linda -ela me deu um selinho e colocou um prato com frutas na minha frente- peguei pra você, come -ela colocou um morango nos meus lábios e eu mordi sobre seu olhar- docinho, não acha?

-Uma delícia -ela fez uma cara de sexy e eu sorri envergonhada.

-Você é a garota mais linda do mundo. 

-Aqui, cala a boquinha -coloquei uma framboesa na sua boca e ela mordeu meu dedo me deixando ainda mais envergonhada e com tesão.

-Atenção alunos -o direitor falou chamando nossa atenção- hoje é nosso último dia para estudar e como todos sabem vamos fazer as mesmas rotas, quero pedir aos alunos para ficarem todos sempre juntos, vocês são muitos e não podemos voltar pra Miami com um aluno a menos, nenhuma mãe vai ficar feliz com isso -a escola deu risada e ele continuou com o discurso- além de todos vocês, hoje vamos contar com a presença de uma escola local acompanhando nossas visitas, quero que todos se comportem com as visitas e por favor sejam educados.

Os professores responsáveis por cada sala começaram a chegar e eu praticamente engoli as frutas que Lauren pegou pra mim.

-Te vejo daqui a pouco -dei um selinho em seus lábios e levantei com Dinah assim que nosso professor chamou por nossa sala.


--


-Vem Camila -Shanw me puxou e eu perdi Lauren de vista- não podemos nos afastar muito.

-Desculpa é que eu acho que aquela menina ta dando em cima da Lauren -eu apontei pra uma garota ruiva que a cinco minutos atrás se jogou no colo da Lauren, literalmente. 

-Eu acho que a Lauren não tá nem ligando -meu amigo falou ao olhar na mesma direção que eu- coloque uma aliança no dedo dela e isso para. 

-De novo com esse assunto.

-É, vou continuar até você pedir ela em namoro.

-Vem, a Dinah tá chamando -puxei ele até onde Dinah está, um pouco afastada da professora- o que foi?.

-Te desafio a tocar nessa obra de arte -ela apontou para uma pintura com uma placa dizendo 'não toque' em letras grandes.

-Dinah isso pode ser considerado crime -eu falei e ela revirou os olhos e me empurrou um pouco em direção ao quadro.

-Anda Camila, aproveita que não tem ninguém olhando.

-Eu não vou fazer isso -olhei para meus amigos que reviraram os olhos e me empurraram mais em direção ao quadro.

-Eu te desafio -Dinah disse e cruzou os braços esperando meu ato inconsequente.

-Vai logo, prova que pode quebrar uma regra -Shanw falou e tirou o celular do bolso, ele apontou a câmera na minha direção e eu virei para o quadro a minha frente. 

Eu estiquei a mão para tocar na pintura e comecei a imaginar várias maneiras que o meu simples toque pode prejudicar uma obra tão antiga e feita por alguém que provavelmente já morreu.

-Eu não consigo -eu falei puxando meu braço de encontro ao meu corpo- desculpa, não dá. 

-Você me deve vinte dólares -Shanw falou para Dinah que negou na hora.

-Ainda não acabou a viagem -ela deu de ombros e ele guardou celular- ela vai quebrar alguma regra, eu confio em você Camila.

-Vocês são péssimos amigos -dei as costas e fui em direção a nossa professora, não sem antes olhar em direção a turma da Lauren e encontrar ela sorrindo para a ruiva, a garota tocou seu rosto e ver alguém tocando Lauren fez meu corpo queimar.

-Eu só tenho olhos pra você -Calvin falou atrás de mim e eu não respondi nada- não esquece, quando ela te decepcionar e vou estar aqui.

Ele saiu andando e eu fiquei só olhando as duas conversando e rindo, uma muito perto da outra.


Lauren pov.

Ontem Chris e eu passamos o dia todo organizando o luau de amanhã, tudo tem que estar perfeito então fizemos questão de conseguir autorização da prefeitura e também de todos os professores, a parte mais fácil foi falar com Simon, nosso diretor, ele não nega absolutamente nada que meu irmão pede, ser o capitão do time tem suas vantagens, e a parte mais difícil foi falar com os alunos, ninguém veio preparado para um luau, mas como amanhã estamos de folga todos vão ter tempo o suficiente para se preparar.

-Laurs -Veronica falou baixinho no meu ouvido- vai ter uma festinha clandestina no apartamento do seu irmão hoje.

-Eu sei -eu falei da mesma forma já que nosso professor está falando.

-Chama sua amiga, assim ela leva a amiga dela -ela disse insinuando algo e eu revirei os olhos.

-Chama você a amiga dela.

-Você me deve essa -ela disse brava e eu suspirei, a verdade é que eu devo várias para minha melhor amiga, ela sempre conseguiu os números das meninas e meninos pra mim.

-Ta bom -eu caminhei até a menina da outra escola e toquei seu ombro, Sophie me olhou com seus olhos azuis e sorriu de um jeito fofo pra mim, estamos quase no final do dia e ela ficou bastante ao meu lado, ela é uma garota legal e se eu não estivesse com Camila definitivamente eu tentaria algo com ela- oi.

-Oi -ela disse baixinho e seu olhar se perdeu pelo meu corpo.

-Vai ter uma festinha no apartamento do meu irmão hoje, e seria legal se você fosse, pode levar sua amiga -apontei para garota morena que Veronica ficou interessada.

-A gente vai sim -ela disse e me estendeu seu celular- coloca seu número e depois me manda o endereço. 

-Claro -peguei seu celular e entreguei o meu pra ela, trocamos nossos números e eu logo voltei para Veronica.

-Ela vai?.

-Vai sim -minha amiga comemorou um pouco alto demais e professor nos olhou bravo- desculpa, o senhor sabe que ela tem problema.

-Veronica você foi a melhor aluna no bimestre passado, não me decepcione -ele falou e minha amiga concordou. 

-O que sua amiga online vai achar dessa sua animação para conhecer outra garota?.

-Lucy e eu somos apenas amigas.

-Então descobriu o nome dela?.

-Sim -ela deu de ombros- mas só o primeiro nome, sem um Instagram ou um facebook.

-Achei que gostasse dela.

-E eu gosto, mas tem trezentos e setenta e oito quilômetros entre a gente, nunca daria certo.

-Você estava tão animada Vero.

-Eu realmente estava, mas você me conhece, eu não tenho coração. 

-Vero você tem o coração mais bonito do mundo, tem o coração azul -eu falei o que seu pai fala pra ela e ela sorriu pra mim.

-Só esquece essa garota, vamos focar naquela garota -ela apontou para Sophie e sua amiga conversando e eu revirei os olhos.

-Você não presta.

-O que aconteceu com o coração azul?.

-Você escondeu ele em uma caixa -dei de ombros e segui meu professor para a próxima e última exposição. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...