História I Can be your eyes - XiuChen-ChenMin - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Lay, Lu Han, Sehun, Xiumin
Tags Baekhyun, Baekyeol, Byun Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Chen, Chenmin, Exo, Hunhan, Kim Jongdae, Kim Minseok, Lay, Luhan, Oh Sehun, Park Chanyeol, Sehun, Xiao Luhan, Xiuchen, Xiuhan, Xiumin, Yaoi, Zhang Yixing
Visualizações 151
Palavras 916
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


[Desculpe os erros de português e outros erros]




~Boa Leitura

Capítulo 12 - Pulseiras


Ainda estavamos no caminho quando Luhan pareceu preocupado.

- Qual é o problema, Lu? - eu perguntei notando sua preocupação.

- Eu esqueci uma coisa... eu vou voltar para pegar... vocês podem ir... me esperem lá - ele saiu correndo deixando Min comigo.

- O que será que deu nele? - Min riu. Nós continuamos o caminho. Já na lanchonete avistamos Baek e Sehun sentados em uma mesa. Nós nos sentamos junto com eles.

- Que bom que vieram - Baek sorriu - Onde está o Luhan?

- Ele disse que tinha esquecido uma coisa e voltou pra buscar... daqui a pouco ele chega...

- Otimo... vamos esperar ele... - Sehun disse olhando para fora - Já querem pedir algo?

- Sim, sim, eu estou morrendo de fome! - Min se animou para escolher o que iriamos comer. Depois de decidirmos nós fizemos nosso pedido. Nosso pedido chehou depois de algum tempo. Nós comemos e bebemos ainda esperando por Luhan e Chanyeol.

- O que será que ele esqueceu pra demorar tanto? - Sehun parecia nervoso com o fato de Luhan estar atrasado.

- Tudo bem... ele já vem - Min acalmou Sehun. Ouvimos o som de um carro estacionar na frente da lanchonete. Chanyeol entrou na lanchonete. Todos olharam para ele.

- Fala sério... - ele se aproximou de nós. - Você disse que queria falar comigo, não com a "turma de desocupados" - ele revirou os olhos.

- Mas eu vou falar com você - eu olhei para ele.

- Eu pensei que se tratava de negócios...

- Chanyeol...

- Eu vou embora... - ele se virou para sair mas eu puxei a manga da sua blusa o impedindo de sair. - Me solta, Jongdae

- Espera Chanyeol

- Não posso esperar, eu tenho mais o que fazer... - ele virou o rosto evitando trocar olhares com todos nós.

- Chanyeol a vida não como você está vivendo... você só pensa em seu trabalho e em se isolar de nós... está tentando nos esquecer? - ele se virou para mim.

- Estou evitando vocês... vocês sempre foram uma má companhia para mim... - ele olhou para baixo e engoliu seco - eu sempre soube disso... mas ainda tinha dúvidas... mas minhas dúvidas acabaram quando... quando nós... fizemos isso... - ele apontou para Minseok que estava assustado.

- Vocês não fizeram isso! Fui eu que fiz!

- Mentira! Nós te ajudamos! E fomos idiotas suficientes capazes de não avisar nem tentar ajudar Minseok! - todos abaixaram a cabeça. Ninguém podia negar.

- Ninguém foi idiota! Mas... você está sendo agora... - ele olhou para mim com um olhar triste. - E... nos evitar... nos ignorar... não vai mudar nada do que aconteceu a dez anos atrás... - todos olharam para mim. - Você não pode viver na sombra da culpa... e ser um homem frio não vai mudar o fato de que por dentro você ainda é Park Chanyeol, o gatoto mais travesso que eu já conheci... depois de mim é claro... - ele riu.

- Não somos mais como eramos antes...

- Não importa! Sei que todos mudaram... mas... não precisamos mudar o fato de que eramos amigos... que eramos uma familia... - Sehun sorriu.

- Mas... eu fui tão...

- Idiota? Nós sabemos... mas você pode mudar isso... ainda há uma chance... - ele ergueu a cabeça. Ele respirou fundo.

- Min... - ele foi para perto de Min que apenas esperou que Chanyeol continuasse. - Você me perdoa... sabe... pelo o que fiz...

- Nenhum de vocês fez nada... e mesmo se tivessem feito... eu amo vocês... e os perdôo - ele sorriu. Chanyeol riu.

- Você é tão bonzinho...

- Ei Chanyeol... na verdade... - Min colocou um dedo nos lábios - Eu só te perdôo se... você voltar...

- "Voltar"?

- Sim... volte a ser nosso amigo! - Min pegou a mão de Chanyeol.

- Você não precisava pedir isso... - ele sorriu - Eu nunca deixei de ser amigo de vocês... apenas guardei isso... guardei isso em um lugar bem fundo no báu das minhas memórias... mas tudo ainda está aqui... não se preocupem...

- Isso é otimo! - Minseok sorriu e ficou animado novamente. Pela primeira vez senti o clima tenso ir embora... todos nós estavamos sorrindo, felizes por Chanyeol finalmente estar de volta. 

Ouvimos Luhan entrando na lanchonete e vindo até nós.

- Olha... - ele sorriu - Parece que tudo deu certo...

- Sim... - Chanyeol sorriu. Luhan trazia algo nas mãos.

- O que é isso? - eu perguntei apontando para o que Luhan tinha nas mãos.

- Era uma surpresa... mas... enfim... - ele mostrou: era uma pulseira. Na verdade... várias pulseiras, uma para cada um de nós.. elas pareciam antigas... e com pedrinhas decoradas elas escreviam o nome de cada um de nós. Ele entregou nossas pulseiras.

- Uau! Isso é antigo - Baek colocou a pulseira e sorriu - É tão nostalgico colocar isso de novo...

- Não é? Achei isso nas coisas do Min... - Minseok corou e sorriu. - Achei que isso poderia nos ajudar a lembrar em como eramos a dez anos atrás... não quero que isso morra... - nós sorrimos. Todos nós estavamos com as pulseiras, menos Min. 

- Eu te ajudo com isso... - eu peguei a pulseira de Min e o ajudei a coloca-la

- Obrigado... - ele sorriu e me fez sorrir com sua expressão infántil. Quando me virei para todos de novo....

Eles estavam sorrindo e olhando para nós com uma expressão estranha.

- O-o que? - eles olharam paras os lados disfarçando.

- Nada... - Chanyeol sorriu.

- Então... vamos comer! - Luhan se sentou na mesa. Nós passamos bastante tempo conversando. Nem vimos o tempo passar...


Notas Finais


*to be continued*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...