História I Can Feel It - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Bike, Boyxboy, Ed Sheeran, Hrvy, Larry, Larry Stylinson, Lgbt, Mpreg, Ned, Niall, Randy, Roadtrip, Shawn, Troye, Ziam, Ziam Mayne
Visualizações 134
Palavras 4.585
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ENTÃO ATT TRIPLA KKKKKKKKKKKK

Capítulo 2 - Un


Fanfic / Fanfiction I Can Feel It - Capítulo 2 - Un

- HAZZY?! PAPAI ZAZA?! PAPAI LEE?! SOCORRO - Louis gritava a plenos pulmões tentando chamar a atenção de qualquer um que estivesse em casa, o pequeno garoto estava com seu rosto tomado por lágrimas, seu nariz estava inchado e o rosto vermelho.

Louis havia entrado no Jardim dos animais -que Zayn estava reabilitando- sem a permissão do mesmo porque ele queria brincar com os bichinhos que haviam ali e ele acabou sendo atacado pelo filhote de tigre que havia sido resgatado de contrabandistas. O pequeno tigre apenas queria brincar com Louis, mas estava o machucando e o fazendo chorar.

Liam foi o primeiro a escutar o pequeno gritando por ajuda e correu até seu pequeno o encontrando no chão com o pequeno tigre tentando brincar de luta com o garoto, Louis estava todo arranhado em parte da face e carregava algumas mordidas fracas em sua perna, o Alpha sabia que o animalzinho não havia feito por mal, por ser ainda muito novo para se virar sozinho e por ter pouco tempo de convivência com a mãe e com os instintos de caça.

O Alpha abriu o portão que dava acesso ao cercado do pequeno tigre e pegou seu filhote no colo o acolhendo. Repreendeu o pequeno tigre apenas para fazer seu filho se sentir melhor, mas pediria a Harry para alimentar o mesmo com uma mamadeira e brincar com ele porque apesar de ser um animal solitário, o filhote tinha apenas 3 meses e era totalmente dependente de leite e sua mãe.

Assim que saiu do cercado do tigre com seu filho em seu colo, fechou o portão que dava acesso ao cercado do tigre e o portão que dava acesso ao jardim que Zayn não gostava que Louis entrasse sozinho

- o que estava fazendo lá Lou? Sabe que o papai Zayn não gosta que você entre ali sozinho, você sempre se machuca quando entra ali sozinho... cadê o Harry? Não estava na hora dele te ajudar com inglês? - Liam perguntou com toda calma do mundo enquanto acariciava as costas do pequeno e o levava para dentro de casa para fazer os curativos que ele precisaria.

Louis ainda com o rostinho inchado por causa das lágrimas, apenas olhou para o pai com um bico fofo nos lábios querendo se esconder da bronca que ele levaria, apenas voltou a deitar sua cabeça no ombro do mais velho escondendo o rosto contra o pescoço daquele que o carregava no colo.

- Lou só queria brincar... o Hazzy ainda não chegou - o pequeno falou de maneira manhosa e ficou acariciando os cabelos de seu pai - ele ainda tá com o Shawnie - falou fazendo um bico fofo e gigante para o pai.

Liam suspirou pesado porque atualmente Harry estava andando muito com essas amizades que ele havia feito no bairro onde moravam na Inglaterra e tinha sempre chegado atrasado para ajudar Louis com suas matérias, o que acabava pesando para Liam e Zayn se revezarem para dar aulas ao garoto que tinha apenas 14 anos.

- quando ele chegar eu converso com ele sobre isso, okay? Vamos cuidar dos seus machucados primeiro - o mais velho falou com calma. Ele entrou em casa pela porta dos fundos da cozinha de sua casa que era ligada ao consultório de Zayn, embora o moreno ficasse por mais tempo em seu hospital veterinário que ficava ali perto de sua casa para que pudessem estar sempre próximo dos filhos e facilitar na hora de os ensinar e dar-lhes aulas

Louis concordou com a cabeça para o mais velho em relação a ele conversar com seu filho mais velho sobre seus atrasos para suas aulas.

- tudo bem papai - sorriu largo para o mais velho que se afastou o deixando sentado na bancada e caminhou até o kit de curativos que ele sempre deixava por ali e voltou até seu pequeno.

- agora vamos cuidar desses machucados - o maior disse abrindo o kit e pegou um algodão e molhou com um pouco de água e sabão e passou nos ferimentos do pequeno limpando os mesmos e passou um algodão seco para secar os ferimentos. Por último passou o remédio que não ardia porque Louis havia resmungando com a ardência do sabão e por último Liam cobriu os ferimentos com uma pomada e com gases para que não ficassem infectados e colocou um band-aid grande de bichinhos em seus arranhões para que Louis sossegasse e parasse de falar para que fizesse curativos fofos.

Assim que Liam terminou os curativos do pequeno, Harry entrou em casa silenciosamente, andando de fininho como se ele nunca houvesse saído de casa, mas não deu muito certo, porque Louis já havia se machucado e Liam já havia dado falta de sua presença em casa.

- Sobe lá para o seu quarto que o papai Lee vai conversar com o Harry, okay? - Liam perguntou calmo e colocou seu filho no chão e guardou tudo que tinha usado e jogou fora os curativos sujos de seu filhote.

O pequeno de olhos azuis apenas assentiu com a cabeça e seguiu para seu quarto sem pestanejar porque sabia que seu pai iria acabar brigando com Harry e não queria que o mesmo visse. Assim que Louis subiu, Liam subiu até o quarto de Harry entrando sem nem ao menos bater e fechou a porta atrás de si.

Harry estava mais preocupado em esconder os chupões e colocar uma roupa que escondesse o cheiro do ômega que ele esteve ajudando sem o conhecimento dos pais que nem percebeu quando Liam entrou no quarto o olhando de maneira repreensiva

- então é por isso que não estava dando aulas para seu irmão? Para transar? para foder como se mais nada importasse? - Payne estava agindo de uma maneira tão calma que o cacheado pode sentir o frio subindo por sua espinha e o desespero bater em seu corpo. - você tem sorte que não foi Zayn quem veio ver como as aulas andam, não acha Hazzy?

O cacheado engoliu seco e olhou para aquele que chamava de pai porque Harry nunca chegou a ver ou conhecer seu pai biológico, mas para ele seu pai sempre seria Liam e isso não tinha discussão.

- Me desculpa pai, é que eu estou ajudando um amigo a passar pelo cio... - resmungou baixinho esperando pela reação negativa do mesmo.

Zayn sempre foi contra seu filho alfa ajudar outros ômegas em seu cio e também não aceitava que o mesmo recebesse a ajuda de ômegas em seu cio e tudo tinha ligação direta com seu passado e Liam não discordava porque a medida que foi conhecendo Zayn e sabendo mais de sua história, ele passou a utilizar parte da visão de mundo do moreno para ele e por isso sempre concordaram com tudo em relação à criação de seus filhos.

- Que amigo é esse Harry? já não explicamos um milhão de vezes que não gostamos dessas coisas? que não gostamos que você ajude outros ômegas assim como não gostamos que receba ajuda de ômegas... Você sabe o porque e eu não quero ter que explicar de novo. Você tem 17 anos, ainda está cedo para ter filhos como é o que geralmente ocorre no cio por causa do instinto, não queremos que ocorra uma marca precipitada e queremos que vá para a faculdade sem preocupação alguma e que aproveite a sua época jovem como está vivendo. Não ligamos que você tenha namorados ou namoradas, muito menos que tenha uma vida sexual ativa Harry, tudo o que pedimos é para que tome cuidado, não transe durante o cio e acho que isso não é pedir de mais. Não são todos os ômegas que são inocentes e bonzinhos assim como não são todos os alphas que são protetores e possessivos, já te dissemos que tem ômegas que engravidam de propósito durante o cio para prender o alpha. Não estou dizendo que é o caso do ômega que está ajudando, mas as más intenções não tem cara filho. Toma cuidado. - O castanho disse com toda a calma do mundo. ele não estava com cabeça para brigar com seus filhos quem dirá pensar.

O cio de Zayn estava chegando e aquilo seria só mais uma preocupação para ele porque teria de tirar Harry de casa e manter seu cheiro por toda a casa para o proteger de alguma invasão de alphas, embora ele tivesse que se controlar para não o ajudar no cio, afinal eles não eram parceiros de vida. Ambos eram solteiros e moram juntos por causa das crianças e porque com o tempo se tornaram melhores amigos e achavam que assim seria melhor para ambos, embora vez ou outra eles acabassem realmente tendo algo, nunca durava por muito tempo e não deixavam que seus filhos soubessem.

- Tudo bem, eu vou pedir para outra pessoa o ajudar então, eu não quero que briguem comigo, eu só estava ajudando o Brook, porque eu realmente o considero muito como amigo e eu tomei todos os cuidados para não ter filho algum, não precisa se preocupar, okay? - o cacheado tentou acalmar o pai e de certa forma deu certo porque logo esse assunto foi esquecido e Harry foi liberado para dar aulas para Louis.

Louis estava resolvendo os exercícios de física e Harry estava o observando com um olhar no mínimo desejoso sob o pequeno mal fazia ideia da maneira que estava sendo observado por seu irmão. Assim que o pequeno terminou aqueles exercícios, entregou para que o maior pudesse corrigir, Louis não fazia ideia alguma de que seu irmão estava ajudando outro ômega em seu cio, aquilo poderia gerar uma discussão entre os dois já que o pequeno era ciumento embora os dois não tivessem nada um com o outro além da amizade de irmãos.

- depois que corrigir os exercícios do Lou, podemos assistir filme? - o pequeno pediu animado porque fazia tempo que não assistia filmes ou desenhos na TV com seu irmão e ele sentia falta da proximidade que tinham, porque agora Harry vivia com Shawn, Brooklyn, Rye e Troye. Aquilo irritava Louis em um nível que Harry não tinha noção alguma.

- Podemos sim, acho que dá tempo de assistir um filme com você antes do jantar - sorriu para seu pequeno e aquilo deixou o menor mais feliz e animado para assistir o filme com o irmão.

Harry terminou de corrigir os exercícios de Louis e o pequeno estava tão bom quanto com ele em exatas e ele conseguiria passar Harry se continuasse se esforçando dessa maneira em seus estudos e não demoraria para que ambos estivessem em uma faculdade renomada fazendo o que queriam.

Zayn estava exausto e o cio cada vez mais próximo só o deixava com mais vontade ainda de se deitar em uma cama e nunca mais sair da mesma, mas trabalhar com todos aqueles bichinhos e saber que eles precisavam de sua ajuda o motivava a sair da cama todos os dias qualquer horário que fosse preciso, o moreno estava vivendo seu sonho de fazer a diferença na vida selvagem. saber que todo aquele esforço seria recompensado valia mesmo a pena.

- Dr. Malik - uma de suas assistentes que tomava conta das ligações de casos de emergência correu atrás de si carregando uma expressão preocupada em sua face e então o moreno soube que não chegaria tão cedo quanto desejava em casa, ele odiava deixar que Liam fizesse tudo sozinho, mas às vezes era preciso por sua profissão, embora muitos não o julgassem como médico, Zayn se sentia tão importante quanto um médico de humanos.

- O que aconteceu, Camilla? - perguntou à alpha que o seguia a passos apressados.

- Aconteceu um acidente na rodovia principal, um filhote de urso negro foi atropelado e não conseguiram ninguém que pudessem ajudar o filhote, eles querem saber se podem trazer para cá, parece que o filhote teve muitas fracturas. - ela falou um tanto afobada e exasperada esperando para uma resposta.

- Se o estado é de emergência ele já deveria estar a caminho. Mandem o trazer o mais rápido possível, eu irei pegar esse caso, não quero outro veterinário tomando conta disso e quero que chame a Dra. Hadid para cuidar da ortopedia e fisioterapia que o filhote precisará depois de ser examinado e curado. - O moreno falou em tom autoritário, por mais que ele tentasse prever qual seria o prognóstico do filhote, ele não conseguiria porque tudo dependerá da idade do mesmo, a velocidade em que o carro o atingiu, como foi a batida e ele só conseguiria saber se visse o filhote, por isso não conseguiria pensar em como planejar um possível tratamento em conjunto com Hadid.

Enquanto Zayn aguardava pelo filhote que chegaria, ele foi ajudar na parte clínica com exames de rotina em alguns animais e para avaliar alguns que retornavam depois de uma cirurgia ou outra para acompanhar a recuperação, não teria como ele operar uma ninhada de malamutes que havia chego aquela tarde para ele realizar o procedimento, mas ele conseguiria realizar após conseguir ver o estado do urso que chegaria.

Em quinze minutos o urso estava dando entrada no hospital, seria mais um animal para levar para sua casa para a reabilitação em sua casa e Zayn na verdade não se importava muito porque não demoraria para que ele soltasse alguns dos animais que estavam ali ou o levasse para algum zoológico e apresentasse o animal como um embaixador da sua raça.

- Camilla, faça a ressonância, tomografia e o raio X do ursinho para mim, eu vou só ligar para o Lee e já te encontro para fazer o ultrassom. - O moreno pediu a sua assistente e ela prontamente atendeu o pedido de seu chefe.

Malik pegou seu celular naquele curto intervalo que teve para respirar e discou o número tão conhecido por si e ligou para Liam rezando para que ele não estivesse ocupado com alguma tatuagem e que pudesse o atender.

- Hey, Z - Liam falou ao atender o celular no curto espaço de 10 minutos que tinha de intervalo antes de passar para sua próxima sessão.

- Hey. Lee - Zayn falou um tanto esgotado, mas ele estava feliz porque ele estava fazendo o que amava e nada daquilo apagava sua felicidade. - eu liguei porque eu queria te avisar que hoje eu volto tarde para casa, talvez eu nem volte hoje... - Zayn falou mordendo seu inferior porque ele sabia que era difícil e chato deixar tudo nas costas do alpha, mesmo que fosse apenas por uma noite.

- O que aconteceu? foi alguma emergência? você sabe que eu dou conta dos meninos sozinhos por uma noite, eu entendo que às vezes você tem que fazer esse tipo de coisa, okay? - Liam falou de maneira completamente compreensiva e carinhosa com o menor. - mas eu vou chegar em casa tarde também, melhor eu ligar e pedir para Hazzy pedir uma pizza para eles... eu estou trabalhando em uma tatuagem realmente muito grande e cheia de detalhes, vou precisar de pelo menos mais umas seis horas para terminar, mas lá pelas 21:00 já devo estar em casa...

- Acho que não tem jeito mesmo - o moreno sorriu fraco porque ele odiava deixar os filhos sozinhos em casa, principalmente pelo fato de os filhos gostarem um do outro. - Sim, acabou de chegar um filhote de urso atropelado, vou entrar em cirurgia agora e depois vou passar a noite vigiando ele e ainda tenho mais 10 castrações para fazer... o cachorro daquele amigo do Lou deu cria e os pais do Niall pediram para castrar os filhotes, pelo menos minha noite vai ser agitada - Zayn brincou rindo.

- Boa sorte com sua noite agitada, depois me conta como foi o encontro - Liam devolveu a brincadeira rindo - eu tenho que desligar, preciso voltar para a tatuagem, mais tarde eu te ligo para ver como você está - o maior falou realmente preocupado, ele se importava mais do que deveria com o moreno, em sua cabeça eles nunca sairiam daquele título de friendzone.

Harry havia acabado de encerrar a ligação com o pai alpha e olhou para Lou sorrindo de leve para ele e acariciou seus cabelos com carinho.

- Lou, porque não vai tomar banho para a gente assistir filme? O papai Lee vai chegar tarde em casa hoje e o Papai Zaza disse que não sabe se vem para casa hoje, eles estão tendo um dia cheio, vou pedir Pizza para a gente comer, Okay? - perguntou acariciando os fios do mais novo se certificando de o explicar com calma, apesar de Louis ser extremamente inteligente e diligente com os estudos, ele às vezes ainda parecia entender as coisas como se fosse uma criança, por isso Harry sempre tomava cuidado com a forma como conversava com o pequeno.

- Hmm, a gente vai ficar sozinho aqui? o Papai Lee vai demorar muito? - o menor não gostava de dormir sem os pais em casa, embora depois que eles cresceram se tornou mais frequente

- Vamos sim... - Harry falou com calma e ficou o olhando - ele vai chegar depois das 21:00 - o cacheado tirou os fios dos olhos de seu irmão mais novo e beijou sua testa com carinho. - Agora vai tomar um banho e volta com um pijama quentinho, tudo bem? - perguntou o olhando nos olhos e o pequeno concordou com a cabeça.

O de olhos esverdeados fez o pedido da pizza metade frango com catupiry e metade pepperoni por serem os sabores preferidos da casa e aproveitou para tomar um banho enquanto as pizzas não chegavam.

Louis tirou suas roupas após entrar no banheiro e fechar a porta atrás de si. O pequeno ligou o chuveiro e deixou que a água morna molhasse seu corpo e ficou enrolando um pouco sob a água gostosa antes de começar a se lavar com calma e lavar todo seu corpo da maneira que seus pais o ensinaram.

Já Harry começou a se sentir um pouco estranho após entrar em seu banho. A água parecia mais quente que o normal, seu corpo parecia estar quente e seu baixo ventre repuxava um pouco e aquilo era anormal para ele, ele sempre ajudava Brooklyn em seu cio quando o mesmo precisava, mas aquilo nunca havia acontecido. O cacheado resolveu ignorar aquilo e terminou seu banho com calma e se secou vestindo apenas uma calça de moletom, exibindo seu tronco recheado de tatuagens que haviam sido feitas todas por seu pai alpha.

O de olhos esverdeados desceu as escadas ao escutar a campainha. Harry desceu as escadas correndo às vezes descendo dois degraus de uma só vez, tomando cuidado para não cair, pegou o dinheiro no aparador que ficava próximo a porta de entrada de casa e caminhou até a porta a destrancando e sorriu ao ver que a pizza havia chego. Pegou a caixa de pizza da mão da garota que estava a sua frente, praticamente hipnotizada, a menina só acordou quando ele bateu palmas chamando sua atenção. O maior pagou pela pizza e depois que a garota voltou para sua moto, ele fechou a porta e caminhou calmamente até a sala e colocou a pizza sobre a mesinha de centro e foi até a cozinha onde pegou uma garrafa de coca e dois copos e ajeitou tudo na sala para ele e Louis comerem juntos e assistirem o filme que o mais novo queria.

- LOOU, DESCE O FILME VAI COMEÇAR - o cacheado gritou pelo irmão e se sentou no sofá esperando que o pequeno descesse e arrumou o filme os guardiões da galáxia para assistirem porque era um dos filmes preferidos do seu pequeno gatinho.

Louis estava triste, mas ao mesmo tempo animado para ter um tempo sozinho com seu irmão, ele estava triste por seus pais não poderem estar em casa, mas ele sabia que era natural que isso ocorresse, aos poucos ele ia perdendo toda aquela inocência que ele ainda carregava consigo. O Os pés descalços de Louis tocaram o chão de madeira da sala de estar e ele correu até o sofá se sentando ao lado de seu irmão.

- Já cheguei não precisa gritar - resmungou manhoso olhando para o mais velho que acabou rindo baixinho e se ajeitou direito no sofá colocando play no filme.

A embalagem da pizza foi aberta por Louis que pegou um pedaço com a mão mesmo e ele serviu seu refrigerante e o refrigerante do maior. O pequeno de olhos azulados se sentou com perninhas de índio no sofá e levou um pedaço da pizza até sua boca se deliciando com aquilo prestando atenção ao filme.

Harry estava de certa forma hipnotizado por seu irmão. O pequeno estava usando um de seus casacos de moletom de banda como pijama, ele não imaginava que quando disse para que o menor usasse um pijama confortável ele vestiria justo um de seus moletons, ficando extremamente adorável e sexy.

O cheiro de cítrico de morango misturado à baunilha que Louis havia mudado há algum tempo , dando espaço para um cheiro sensual de flores que Harry não sabia decifrar, o cheiro da baunilha que Louis ainda tinha era fraco, mas o cheiro de flores cítricas era presente e se tornava cada vez mais intenso para Harry.

O corpo de Harry continuou esquentando e tudo estava se tornando mais intenso, as fisgadas em seu baixo ventre, seu membro estava quase que implorando por atenção, ele estava suando e seu corpo parecia que iria explodir ou entrar em ebulição, o cacheado sempre ficava sem saber como descrever seu cio, principalmente por não poder receber ajuda, mas dessa vez Louis estava ao seu lado e ele estava nervoso.

Louis podia sentir o cheiro de Harry ficando mais intenso e por mais que ele ainda não tivesse uma casta definida aquilo estava mexendo com ele, o pequeno estava comendo sua piza de forma inquieta e não conseguia parar de se mexer ao lado do irmão, ele não entendia muito bem aquela necessidade que estava sentindo de se sentar no colo do irmão e fazer coisas que ele nunca nem sequer tinha pensado que poderia fazer.

O cacheado umedecia seus lábios constantemente com sua língua, ele estava nervoso e não conseguia se mexer direito porque não queria fazer nenhuma bobagem, mas ele sabia que ele não conseguiria se controlar ao lado de Louis, aquele aroma gostoso floral cítrico que vinha do menor misturado ao fraco aroma de baunilha estava o inebriando, ele estava se embriagando daquele aroma que vinha de seu irmão mais novo.

Harry estava impaciente e mexia suas pernas de maneira nervosa, seu membro estava doendo e ele não queria e muito menos podia se aliviar ali na frente do pequeno e aquilo estava o deixando cada vez mais impaciente. Ele estava suando cada vez mais e sentia sua consciência indo e vindo, aquilo era realmente perigoso porque logo Harry não teria controle algum sobre o seu corpo ou suas ações.

A consciência de Harry sumiu e somente seus impulsos e instintos o controlavam, o cacheado se levantou e se livrou de sua calça na frente de seu irmão mais novo, no exato momento em que o pequeno se virou para perguntar o que estava acontecendo com o cacheado.

Os olhos de Louis dobraram de tamanho ao ver seu irmão se despindo na sua frente, agora com seus 14 anos ele sabia que aquele ato implicava outras coisas como o sexo como Zayn e Liam já haviam sentado para conversar e explicar ao garoto que havia começado a sentir esses impulsos sexuais recentemente o que denunciava que estava cada vez mais próximo de seu primeiro cio, e aquilo realmente deixava Louis nervoso porque a maioria de seus amigos já havia passado pelo primeiro cio.

- H-Hazzy? - o menor perguntou com a voz calma gaguejando ao chamá-lo pelo nome. Estava claro na face de Louis que ele estava assustado e que não entendia o que estava acontecendo, mas os instintos de Harry sabiam muito bem o que estava acontecendo e quais eram suas intenções.

Louis sentiu seu corpo esquentar, seu rosto parecia queimar por causa da timidez e da vergonha. O corpo de Louis reagia ao cio de Harry. Seu baixo ventre repuxou e ele sentiu aquilo ficar mais forte aos poucos e aquilo era totalmente novo e estranho para Louis, mas o pequeno de olhos azulados não imaginava que aquele não era seu cio.

- Lou... O Hazzy precisa de você - a voz rouca e arrastada de Harry tomou todo o cômodo arrepiando o pequeno garoto completamente, embora ele ainda não compreendesse a dimensão daquelas palavras, ele assentiu com a cabeça lentamente fitando o de olhos esverdeados nos olhos sem saber realmente o que fazer.

O cheiro do pequeno se tornou ainda mais intenso às narinas do alpha o levando ao delírio de certa forma. O cacheado puxou Louis para seu colo pelas coxas fartas do pequeno soltando um gemido sôfrego ao ter as nádegas do pequeno contra seu membro. O mais alto não pensou duas vezes antes de tomar os lábios do pequeno em um beijo intenso e necessitado que foi prontamente correspondido pelo pequeno.

Já se passava das 21:30 quando Liam finalmente fechou seu estúdio de tatuagem e seguiu de carro para casa. Ele sabia que Louis estaria emburrado pela demora do mesmo para chegar em casa, até porque o pequeno ainda era muito ligado aos pais e dependente também embora não parecesse.

Liam estava com uma caixa dos chocolates preferidos de seu pequeno no banco do passageiro que havia comprado do walmart antes de finalmente chegar em casa, ele tinha planos de ir visitar Zayn depois no hospital para ver se ele precisaria de alguma coisa.

O carro foi estacionado na garagem de casa. O castanho retirou seu cinto e pegou os chocolates do pequeno antes de descer do carro. Pegou a chave na ignição e desceu do carro e seguiu para a porta de casa. Liam estava sentindo algo estranho, ele estava tendo um pressentimento estranho e quando ele abriu a porta entrando em casa, fechou a porta atrás de si e colocou suas chaves no aparador que ficava ali e depois de tirar seus sapatos seguiu para a sala onde estava escutando o barulho da TV e abriu um sorriso bobo esperando seu pequeno vir o cumprimentar com um abraço, mas isso não aconteceu, a sala estava vazia, a TV ligada e nenhum sinal de seus filhos.

O alpha mais velho podia sentir o cheiro de seus pequenos no andar de cima e aquilo de certa forma fez com que se desesperasse, porque se Louis tivesse entrado em seu cio, ele estava sozinho com Harry, mas o cheiro de seu filho mais velho que predominava a casa. O mais velho subiu as escadas lentamente esperando encontrar de onde vinha aquele cheiro.

Já no andar de cima, Liam seguiu até o quarto de seu filho mais novo, mas estava vazio sua reação foi ir até o quarto de Harry, a porta estava trancada e era possível escutar gemidos vindos de dentro do quarto.

O coração do alpha estava disparado, procurou por toda casa a chave extra do quarto das crianças e quando encontrou, correu até o quarto de Harry e quando abriu a porta, seu coração parou momentaneamente, o chocolate caiu no chão e ele não sabia como reagir.

Liam estava paralisado.

 


Notas Finais


Então gente vamos falar sobre esse cap lindo e maravilhoso...

Gostaram de como a história está se desenvolvendo?

O que acham sobre Ziam? vão acabar juntos?

O que acham que vai acontecer com o cio do Harry e o Lou?

Espero que tenham respostas kkkkk bom é isso
beijinhos, durmam bem e se cuidem até o próximo cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...