História I can not take it anymore (imagine Chanyeol) - Capítulo 9


Escrita por: e P_D_X

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, Got7, Huang Zitao "Z.Tao", HyunA, Jay Park, Kris Wu, Lee Sunmi, Lu Han, Wanna One
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, G-Dragon, Guanlin, Huang Zitao "Z.Tao", HyunA, Jackson, Jay Park, JB, Kris Wu, Lay, Lee Sunmi, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suga, Suho, T.O.P, V, Xiumin
Visualizações 441
Palavras 1.399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Por favor não crie expectativa!




~ Mensagem on ~

S/n: Tae,vou passar um tempo na casa da Sunmi,volto um dia antes do Natal,não precisa se preocupar,eu estou bem,e se por acaso o Chanyeol perguntar por mim,diga apenas que eu não quero falar com ele,não fale onde eu estou.Diga ao Yoongi que eu o perdôo pelo que ele disse,eu não estou triste mais triste por causa dele.Eu só estou indo para poder colocar a cabeça no lugar,organizar minhas emoções,eu também quero aproveitar meu tempo longe de toda essa "confusão" daí.Eu quero voltar a ser a S/n de antes,espero que entenda!

Tae❤: Tudo bem,eu entendo,aproveite a viajem! E é melhor você voltar mesmo! Não consigo imaginar nossa ceia de Natal sem você e principalmente sem suas comidas!Se cuida! Te amo!❤

S/n: Também te amo! ^_^ ❤

~ Mensagem off ~


Eu não gosto de mentir para o Tae, mas eu não posso contar a ele onde eu estou, ele com certeza viria atrás de mim, e me obrigaria a contar o que aconteceu.

Minha única preocupação agora era apenas ligar para a Sunmi, já que se o Tae ligasse para ela e perguntar sobre mim, meu disfarce iria por água abaixo. Liguei para ela, que só atendeu na décima tentativa.


* Ligação on *

Sunmi: S/n? O que aconteceu pra você estar ligando? -Ela tinha a voz sonolenta.

S/n: Eu só te ligo quando alguma coisa acontece?

Sunmi: Quando você só quer conversar comigo normal, você manda mensagem, você odeia ligação.

S/n: É verdade.-Falei sem muita animação.

Sunmi: Então,o que aconteceu?

S/n: Eu não posso te contar agora,mas eu gostaria de pedir um favor.

Sunmi: Fala.

S/n: Se o Tae te ligar perguntando por mim, pode dizer a ele que estou na sua casa?

Sunmi: Posso, mas quando eu chegar aí você vai ter que me contar essa história direito.

S/n: Eu vou contar. Agora uma pergunta aleatória, você estava dormindo?

Sunmi: Sim,eu fiquei de plantão a noite toda,cheguei as oito da manhã,e vou ter que voltar às 16:00.

S/n: Wow! Você deve estar muito cansada, vou parar de te atormentar, tchau, se cuida!

Sunmi: Tchau! Se cuide também, tome seus remédios!

* Ligação off *


-Meus remédios?! Como assim?! Eu não tomo mais eles! -Falei em voz alta, precisava pensar, e eu faço isso melhor quando falo em voz alta.

-Por que tomava remédio S/n?

-Guanlin?! -Me assustei ao vê-lo parado ao meu lado,ele me olhava curioso.

-Vamos subir,é o tempo que você me conta! -Ele me pegou no colo e me levou de volta para o quarto dele,que agora tinha várias coisas de hospital.

-Por que trouxe tantas coisas? -Perguntei enquanto ele me colocava na cama.

-Você perdeu muito sangue,está muito fraca, nem consegue ficar em pé sozinha, por isso eu trouxe a bolsa de sangue,e o soro! Outra pergunta, você tem medo de agulha?

-Não,eu não gosto,mas não tenho nada contra.-Falei e ele sorriu.

-Feche a mão e coloque força.-Foi isso que eu fiz,ele colocou a agulha e o sangue logo começou a descer.

-Você trouxe essa bolsa de sangue do hospital,como conseguiu trazer para casa com tanta facilidade?

-Meu pai é o cirurgião chefe,então eu tenho mais facilidade para conseguir essas coisas.-Ele fala sorrindo.-Mas voltando, por que você tomava remédios? -Ele me olhava fixamente e eu estava um pouco envergonhada, não gostava de falar as pessoas dos meus problemas.

-Eu...eu tomava antidepressivos. Depois que a minha mãe morreu eu comecei a tomar,parei no dia do meu aniversário de 14 anos,e agora acho que vou ter que voltar a tomar.

-Mas eu não entendi porque você estava falando disso.

-É que eu disse ao Tae que tinha viajado para a casa da Sunmi, uma prima minha que mora em Busan, por causa disso eu tive que ligar para ela, e pedir que ela falasse ao Tae que eu estava lá, até aí deu tudo certo, mas quando ela estava se despedindo, ela me disse para tomar meus remédios.-Eu falava tudo da forma mais calma que conseguia,Guanlin ouvia tudo com atenção.

-Ela deve ter dito isso por causa da sua voz, ela está triste e desanimada, mesmo quando você fala de coisas felizes e animadas, sua voz ainda soa triste e desesperada, parece que seu corpo está pedindo ajuda só pela forma como você fala.-Eu o olhava perplexa."Como ele conseguiu perceber tanta coisa nesse pouco tempo?".

-É tão óbvio assim? -Perguntei olhando para o meu braço esquerdo,que era onde a agulha estava.

-Sim. Olha, eu sei que é um assunto difícil pra você,mas pode me contar o que aconteceu? -Guanlin segurava minha mão direita,seu olhar transmitia esperança.

-O que aconteceu é que eu gosto do Chanyeol,mas ele não gosta de mim,e ele está namorando.-Falei cabisbaixa,eu estava triste,mas não iria chorar.

-Nossa...eu imaginava que você teria feito isso por causa de um amor não correspondido.

-Não você não está entendendo,eu vou contar desde o começo.Talvez demore um pouco.

-Não tem problema.

-Quando eu tinha sete anos,o Chanyeol se mudou para cá,e a mãe dele logo fez amizade com a minha,e eu era muito apegada a minha mãe,então sempre que a mãe do Chanyeol ia lá pra casa,eu estava com a minha mãe.Só que minha mãe gosta muito de sair,e ela sempre saia com a mãe do Chanyeol,e me deixava com eles.Tudo começou quando o Chanyeol estava com problemas de relacionamento,nossas mães tinham saído,e ele ficou lá em casa.

-E ele não ficava sozinho em casa?

-Não,a mãe dele não gostava,e nesse dia em especifico,eu também ficaria sozinha,então nós ficamos fazendo companhia um para o outro.Nesse dia o Chanyeol estava mandando muitas mensagens de texto,e também resmungava toda hora,então eu perguntei a ele o que tinha acontecido,de primeira ele não queria contar porque eu era apenas uma criança,mas depois de algumas tentativas ele contou.Eu o aconselhei,e ele consegui terminar de forma amigável o quase namoro dele.Depois desse dia ele sempre me pedia conselhos,e eu tenho um QI mais alto do que a média,então apesar de ser criança,minha mentalidade era de um adolescente quase adulto.Um ano se passou,eu tinha oito anos,e poucos dias depois do meu aniversário minha mãe faleceu,foi muito difícil para todos,mas eu das pessoas que mais foi afetada foi eu,por causa da morte dela,eu tive depressão,ainda tenho,eu me cortei muito,não me alimentava direito,eu vivia no hospital,fui internada várias vezes. Eu comecei a ir no psicólogo e também comecei a tomar os remédios,nesse meio tempo o Chanyeol estava sempre comigo,ele que mais me dava forças.Por causa disso nós começamos a ficar muito amigos,quando eu tinha 10 anos o Chanyeol me chamou de melhor amiga pela primeira vez,era Natal e eu estava deprimida,o Natal era minha data favorita,a minha e da minha mãe,então quando ele chegou eu não fiquei feliz,eu só pensava na minha mãe,e foi o Chanyeol que me fez ficar feliz,me fez esquecer todas as coisas ruins que eu estava sentido,ele me fez viver outra vez! E desde que eu tenho dez anos eu sou apaixonada por ele,mas ele só me vê como uma irmã.

-Nossa...é muita informação de uma vez.Eu preciso de um minuto.

Depois de quase dez minutos Guanlin finalmente falou alguma coisa.

-Ele já fez alguma coisa estranha?

-Você tem que ser mais específico,o Chanyeol no geral é bem estranho.

-Estranho do tipo, te olhar de forma...eu não diria maliciosa...te olhar com desejo. Ele já te olhou com desejo? Ou então já disse algo de forma mais...quente ou então romântica?

-Sim,muito pra falar a verdade,desde os meus 14 anos ele sempre faz isso,muitas pessoas acham que somos namorados.

-Sabe S/n,eu não quero te encher de esperanças,mas pelo jeito como ele age com você,parece que ele gosta muito de você,e não é como amiga e muito menos como irmã.

-Eu acho bem difícil, mas de qualquer forma, ele tá namorando.

-E ele te contou?

-Não,ele mal fala em namoro.

-Eu acho que ele não queria que você soubesse, mas o porquê disso eu ainda não sei, mas vou descobrir!

-Guanlin,esse assunto é muito incomodo para mim,podemos parar de falar no Chanyeol?

-Sim,você deveria dormir.

-Por quê?

-Seus olhos estão pesados,e sua expressão é de alguém que está com muito sono.

-De novo,você está certo.-Falei e sorri fraco.

Guanlin deitou ao meu lado e dormiu primeiro que eu.Eu estava com sono,mas as palavras de Guanlin não saiam da minha cabeça.





"Será que o Chanyeol gosta de mim? E se ele não gostar e eu estiver apenas criando esperanças que não deveria?
S/N POR FAVOR NÃO CRIA EXPECTATIVA!"




Notas Finais


Desculpem pelo capítulo sem graça,mas precisávamos de explicações.Desculpem também pelos erros.
Espero que tenham gostado,até o próximo capítulo!Bjs😙😙😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...