História I Can't - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, K.A.R.D, TWICE
Personagens BamBam, Chaeyoung, Jackson, JB, Jin, Jinyoung, Jiwoo, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Got7, Jaebum, Jin, Kpop
Visualizações 7
Palavras 761
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi gente,mais um capítulo.Espero que gostem.^^
Boa Leitura

Capítulo 5 - Fourth


Fanfic / Fanfiction I Can't - Capítulo 5 - Fourth

Não posso acreditar nisso,ela realmente acha que eu preciso de uma baba?Quantos anos essa garota deve ter?

Olho para ela que estava observando o movimento das pessoas pela janela do carro.

Se depender de mim,a sua vida nessa empresa será o caos

Eu decido falar algo para quebrar esse silencio perturbador dentro do carro.

"Então..". Eu digo a observando esperando que ela também diga algo.

"Então..."Ela diz tirando os olhos da janela os voltando para mim.

 "Você não deveria me perguntar alguma coisa?Talvez meus horários?"

Acho bom você me responder com algo que seja maior que uma única frase.Essa sua calmaria me irrita.

"Ah sim,eu já peguei toda a sua agenda,eu preferia falar sobre isso quando chegássemos mas se você prefere falar agora não tem problema".Eu a analiso por mais alguns segundos e vejo sua postura ficar ereta.Olho para frente e sorrio ao imaginar que ela possa estar incomodada apesar de transparecer calma.

Não demorou muito para chegarmos ao flat que Min Hee selecionou mas assim que entramos pedi a S/n para que me acompanhasse ao shopping para comprar uma suposta jaqueta.

Tão boba

Quando chegamos ao shopping fui direto para uma loja que já conheço muito bem.Preciso que ela confie em mim para começar a estragar a sua pequena paz.

"Eu pensei,em talvez uma jaqueta.Você tem alguma sugestão?"Pergunto já parado em frente a vitrine da loja escolhida.

"Nada em mente".Ela diz sem expressão alguma em seu rosto.

Como você pode fazer isso?Vou continuar tentando,Você não me escapa.

"Vamos lá,eu estou tentando puxar assunto. Você parece legal então não precisa ser assim.Se vamos trabalhar juntos devemos ter uma boa relação não acha?Eu sorrio para ela.Um sorriso forçado mas que me ajudará.

"Concordo.Devemos ter uma boa relação,profissional."Ela responde com um sorriso irônico estampado em seus lábios.

Nada fácil você S/n. Diferente.Até interessante.

"Claro,você tem toda razão".Eu retribuo com um sorriso de canto,olhando-a nos olhos.

"Vamos escolher a jaqueta então?"Ela pergunta desviando seus olhos para a vitrine.Entramos na loja e ficamos alguns minutos escolhendo roupas e quando ela estava distraída disse que iria ao provador. Um provador bem longe dali.Esperei alguns minutos,fique observando-a de longe para ter a certeza de que poderia sair dali pela porta dos fundos sem ser visto.Vi quando ela se sentou em uma poltrona e ficou analisando a loja,ela é quieta e misteriosa.Não posso negar que isso me despertou certa curiosidade mas é algo que ficará para outro dia porque hoje eu só quero me divertir.

Sai daquela loja e peguei um taxi para uma boate no centro de Seul.Estava cedo para beber mas quem se importa.Encontrei Mark e Jackson,contei sobre essa nova manager e eles disseram que estou exagerando e não deveria descontar nela as minhas frustrações mas eu não estou fazendo isso.Só quero irrita-lá.

 

Algumas Horas depois

A música alta machucava meus ouvidos,eu já estava completamente fora de mim.Meu corpo já não me obedecia mais.Havia muitas garotas bonitas naquela Boate,muitas delas me queriam mas tinha uma que...Quando eu percebi já estava com ela no banheiro daquele lugar.Não me importei com a aparência ou com o cheiro forte que saia do ralo eu só queria foder ela,ali mesmo e de qualquer jeito.Ela também queria aquilo.

Eu a pressionei contra a parede e beijei-a com força,pude sentir uma de suas mãos percorrerem meu tórax até chegarem dentro da minha calça e a outra segurava meus cabelos.Puxei seu vestido,que era menor do que qualquer pedaço de pano que você possa imaginar,para cima e a mesma entrelaçou suas perna em minha cintura então penetrei-a com força.

Ela gemia meu nome e era bom ouvir isso,sua boca estava próxima ao meu ouvido e apesar de meus sentidos estarem atordoados por conta do álcool aquilo eu conseguia sentir muito bem. Eu cheguei ao meu ápice e a morena em minha frente também eu coloquei-a no chão e beijei-a com vontade

"Você é muito boa S/n."Disse um pouco tonto.

"Quem é S/n?" A morena perguntou e aí percebi que não era S/n.Eu sabia que não era ela desde o inicio mas no fundo eu queria que fosse.Arrumei minha calça e sai dali tonto e cambaleante,largando a mulher para trás.A música alta já não conseguia mais ouvir,escutava apenas alguns sons distorcidos.Senti meu corpo bater em alguém mas não liguei,continuei andando e sai pela porta dos fundos que dava em um beco e me joguei ali mesmo,no chão,perto de alguns sacos pretos de lixo.Minha cabeça doía e meu membro latejava,não conseguia enxergar muita coisa com a luz baixa que vinha da rua e entrava no beco mas adormecia ali mesmo.   

O que você fez comigo S/n?


Notas Finais


O que acharam?Quero saber as opiniões kkkk
Um beijão gente.
Muitas coisas ainda acontecerão kkkk.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...