História Can't Help Fall In Love - Byun Baekhyun (EXO) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Sehun
Tags Baekhyun, Chanyeol, Exo, Romance, Sehun, Você
Visualizações 544
Palavras 1.625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura❤😍

Fortes emoções aqui !

Capítulo 13 - Thirteen


Eu estava voltando para a cidade.


Eu não dormi nada, meu vôo foi às cinco da manhã. O que significa? que eu devo chegar ao aeroporto antes das quatro, e eu só fui informado sobre isso à meia-noite, graças a Baekhyun. Era um milagre que eu poderia arrumar minha bagagem, reservar um táxi e chegar ao aeroporto no tempo antes do balcão de check-in fechar. Eu fui o último passageiro a chegar aparentemente.

Mandei um pequeno texto para Baekhyun antes de abordar o avião, lembrando-o de me buscar, mesmo que eu tivesse certeza de que ele não esqueceria. Nós decidimos não deixar meus pais e meu irmão saber sobre meu retorno ainda porque queríamos passar o fim de semana juntos em seu lugar.

Nós dois sabíamos que, mais cedo ou mais tarde, precisamos dizer a Chanyeol sobre nosso relacionamento. Mas e se o meu irmão não aprovou o nosso relacionamento ou o que se o meu irmão aprovou, mas descobriu que nosso relacionamento não funcionou no final. Isso prejudicará sua amizade? Eu sabia que Chanyeol cuidava de mim tanto quanto ele cuidava de Baekhyun. Mas eu também sabia que ele não hesitaria em derrubar aquelas pessoas que se atrevem a colocar a mão sobre mim e me ferirem, incluindo Baekhyun. O pensamento de meu irmão doer Baekhyun, como ele fez no sonho que tive na semana passada, me deu um duro golpe no meu intestino. 

Se nosso relacionamento nunca for para o sul, eu sabia que não serei o único que acabou se machucando. Foi por isso que a preocupação se intensificou, porque, embora estivesse disposto a arriscar-me, a me machucar, ainda não queria que machucasse as pessoas com quem eu gostava.

Comecei a pensar que talvez deixar meu irmão saber sobre o nosso relacionamento não seria tão ruim. Se Baekhyun e eu estivéssemos apaixonados um pelo outro, não havia razão para que não estivéssemos juntos. Tanto quanto eu amo e respeito meu irmão, ele ainda não tem o direito de determinar com quem devo ou não deveria estar. Afinal, não podíamos ajudar com quem nos apaixonamos. Certo?

Eu finalmente decidi dizer ao meu irmão sobre isso e ouvir o que ele tem a dizer, mas só depois do fim de semana. Porque agora, não consegui pensar em nada além de Baekhyun.

O vôo levou menos de uma hora e desembarquei em Seul às seis e quinze. Assim que eu saí do avião, a primeira coisa que fiz foi verificar meu telefone para ver se Baekhyun respondeu minha mensagem e ele fez.

- Espero por você no portão da chegada. Não posso esperar para saborear seus lábios.

Eu buguei e desliguei meu telefone imediatamente. Meu pulso acelerou e meu rosto se aqueceu ao pensar nele. Acabei no banheiro para me refrescar, escovar os dentes e aplicar maquiagem para Deus saber o motivo. Eu até fiz um ponto para parar na loja livre de impostos , pulverizar algum perfume apenas para acabar sendo persuadido pela vendedora a comprá-lo.

Foi logo depois que eu terminei de pagar no balcão que meu telefone tocou. Eu sabia que era Baekhyun, então eu ignorei isso. Ele deve estar aguardando por muito tempo lá fora, eu me senti mal, mas não consegui me levantar daqui.

Sobre o que estou nervosa? Foi sua confissão na noite passada? Agora que estou consciente do seu sentimento por mim, fico mais nervosa ao vê-lo? Mas não deveria ser o contrário? O inferno está errado comigo? É melhor me reunir antes de me deixar sozinha no aeroporto.

Meu telefone tocou pela quinta vez e finalmente respondi.

- Onde está você? Por que você não pegou minha ligação? - Ele não pareceu feliz. Eu não ficaria feliz se eu fosse ele também.

- Eu estarei lá em um segundo. - Eu disse apressadamente e terminei a ligação quando ele estava prestes a dizer alguma coisa.

Respirando profundamente, fiz o meu caminho para o portão de chegada junto com a minha bagagem e as borboletas no meu estômago. Quando os portões se abriram; vi Baekhyun encostado na parede com o braço cruzado. Ele ainda não me viu enquanto ele estava fixando seu olhar em seus sapatos nike. Ele estava vestindo uma camiseta preta e um jeans rasgado. Lembrei-me de que a camisa estava solta sobre ele na última vez que o usava, como ele se acumulava tão rápido.

As borboletas no meu estômago ficaram selvagens enquanto eu tomava um passo lento para me aproximar dele. O barulho da roda da minha bagagem contra o chão chegou até ele e ele ergueu os olhos dos sapatos.

Ainda havia uma certa distância antes de poder chegar ao seu lugar, mas eu parei de andar enquanto nossos olhos se encontravam. Devo sorrir? Ou eu deveria agir normalmente? O último era impossível, não podia agir normalmente quando meu coração estava batendo tão freneticamente, assim, não havia nada a ser encontrado.

Ok, acalme-se, apenas sorria ... Merda, eu juro que pareces estúpido.

Ele estava com uma expressão franzida para mim.

- Por que você está tão distante de mim?

- Uh ... - Não consegui encontrar uma palavra para dizer que engoli o nódulo na garganta e, hesitantemente, dei alguns passos em direção a ele.

- O que levou você demorar tanto tempo? - Ele perguntou, ainda franzindo a testa.

- Há quanto tempo você está esperando?

- Estou aqui desde as cinco e meia. Essa não foi a pergunta, perguntei o que levou tanto tempo, por que você evitou minhas chamadas e por que você não está olhando para mim quando falo com você?! - Ele pareceu quase irritado.

Ele estava aqui desde as cinco e meia? Merda isso foi quase duas horas atrás. Eu o fiz esperar aqui como um idiota por duas horas. Ele tem o direito de ficar bravo.

Mirei o meu olhar lentamente para encontrar seus olhos.

- Meu vôo ficou atrasado por uma hora. - Eu me amaldiço para dentro. Por que eu tenho que mentir para ele?

Ele bufou.

- Mesmo?

Eu assenti.

- Mesmo.

O maxilar de Baekhyun apertou.

- Tudo bem então, vamos.

Ele me mostrou um sorriso apertado e tirou a mala do meu aperto. Não entendi sua reação. Não deveria estar com raiva de mim? Ele realmente acreditava que o avião demorou ou ele já sabia que estava mentindo? Droga! Eu não deveria ter mentido.

Caminhamos em silêncio para a área de estacionamento do porão, a tensão entre nós era quase tangível. Paramos na parte traseira de seu Range Rover e fiquei atrás dele quando ele depositou minha bagagem no porta-malas do carro.

- O que você está fazendo? Entre no carro. - Ele virou-se depois de fechar a tampa do tronco.

- Baekhyun. - Eu liguei suavemente.

- Sim?

Eu respirei muito e devagar.

- O vôo não foi atrasado, desculpe por ter mentido para você. Eu estava muito nervosa para te ver, por isso que esperei por tanto tempo que me esqueci de você ... Não ... Eu quero dizer ... não esqueci de você o que eu queria dizer era eu esqueceu ... Ugh esquece. - Gemi com frustração.

Quando eu olhei para cima, ele estava sorrindo perversamente para mim.

- O que?

- Eu quero te beijar tão mal agora. - Sua voz baixou em um sussurro rouco.

E assim, ele pegou minha mão e me puxou para ele. Sem dizer uma palavra, ele me empurrou contra a porta de seu carro e começou a me beijar com ferocidade. Suas mãos estavam cavando no lado de meus quadris. Ele pastoreou os dentes através dos meus lábios, pedindo-me para abrir, então ele empurrou a língua na minha boca tão grosseiramente, fazendo-me gemer.

Eu o-agarrei, envolvendo meu braço ao redor de seu pescoço e tentando liderar o beijo, mas o movimento de sua habilidosa língua contra a minha estava muito desesperada que não havia como acompanhá-lo. Eu apenas acabei ofegante e sem fôlego quando ele quebrou o beijo.

- Seus lábios são tão doceoso.- Ele rosnou no meu ouvido.

Ele desliza de volta para copiar meu bum e ele se pressionou contra mim até que não havia espaço entre nós. Eu podia sentir seu esforço em esfregar contra minha virilha. Minha barriga espremeu e gemi contra sua boca.

- Baby, você está me deixando tão malditamente duro agora. - Ele pressionou os lábios no local abaixo do meu pescoço e gentilmente mordiscou. - Se não pararmos agora, eu vou te foder aqui mesmo.

- Baekhyun, por favor...- Eu precisava de mais, eu precisava sentir ele mais. Ele gemeu.

- Eu sei baby, mas não podemos fazer isso aqui.

O que? não não não não! Ele não pode simplesmente me deixar pendurado assim. Percebendo meu desapontamento, ele inclinou meu queixo para encontrar seu olhar.

- Tanto quanto eu quero, não posso. Eu não vou te deixar no estacionamento, você merece muito melhor do que isso. Sua primeira vez deve ser significativa, baby.


Oh ... Ok.


Baekhyun acariciou minha bochecha com o dorso do polegar.

- Eu quero que você fique nua na minha cama quando eu finalmente me enterrar dentro de você pela primeira vez, e eu vou amar você primeiro porque você merece tanto e então penso em muitas maneiras que eu posso fazer para foder você.

Meu músculo espasou com a idéia. Meus hormônios furiosos devem ter ferrado com minha mente tão mal. Como essas palavras sujas pareciam tão malditas nas minhas orelhas? Estou tão fodida. Eu balancei a cabeça freneticamente com incredulidade.

Baekhyun riu e me deu um último selar em meus lábios antes de se afastar de mim.

- Venha, entre no carro. - Ele disse enquanto abria a porta para mim.

Eu subi no banco do passageiro e ele arredondou o carro para entrar no banco do motorista.

- Para onde vamos? - Eu perguntei como fixado o cinto de segurança.

- Casa.

Eu sabia que era delirante, mas a maneira como ele dizia "casa" como se fosse nossa casa me fez sentir tão quente por dentro. Eu sorri.


Notas Finais


Desculpem se isso ficou tão pequeno!

E se houver algum erro também, beijos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...