História I (Don't) Hate You - Byun Baekhyun - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun
Tags Baekhyun, Exo
Visualizações 147
Palavras 765
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Genteeee
Fiquei tão feliz com os comentários no último capítulo que resolvi postar essa surpresinha 🤗 Vocês são demais! ❤️
Espero que gostem!
Boa leitura! 😘

Capítulo 3 - Apaixonada? Eu?


Fanfic / Fanfiction I (Don't) Hate You - Byun Baekhyun - Capítulo 3 - Apaixonada? Eu?

Taeyoung: S/A! Você precisa iiiiiir! -Insistiu.

 S/N: Não, Tae, sério! Eu tô muito desanimada para ir em festas...

 Taeyoung: Mas é aniversário do Channie, S/A! Ele é seu amigo, poxa!

 S/N: Tae...

 Taeyoung: Eu não estou te entendendo ultimamente! Desde que você foi para a casa do Baek fazer o tal trabalho, você anda diferente, estranha... Deprimida...

 S/N: Eu não sei do que você está falando, Taeyoung...

 Taeyoung: Sabe, sim! Aconteceu alguma coisa lá que você não quer me contar! Poxa, S/N! Eu sempre digo que estou aqui para o que você precisar! Por que não me conta o que aconteceu? Eu tô preocupada com você!

  E então, sem nem ao menos saber o motivo, comecei a chorar. Ela tinha razão. Já era quinta, e posso dizer que passei os últimos dias (desde segunda) totalmente deprimida e chateada.

  Byun Baekhyun.

  Houve aquela época que eu não conseguia nem pronunciar esse nome sem sentir raiva.

  Tudo nele me irritava: os olhares provocantes, a voz atraente e o sorriso aparentemente inocente.

  Mal conseguia olhar para o mesmo no colégio.

  Então por que quando eu chegava em casa sentia tanto a sua falta? A falta dos olhares provocantes, da voz atraente e do sorriso aparentemente inocente.

  E tudo isso começou quando eu conheci aquele outro lado dele, um lado mais tranquilo, calmo... Acredito que tenha começado a enxergar Byun com outros olhos, e agora isso estava me acabando.

  Por quê? Porque agora nem olhar para minha cara, ele olha.

  Contei tudo isso para Taeyoung e, no final, ela sorriu. Isso mesmo, A FILHA DE UMA ÉGUA SORRIU! Não entendo esses mortais e essa mania de ficar feliz com a desgraça dos outros...

 S/N: Tá rindo do quê? Tô com cara de palhaça?

 Taeyoung: Não, miga! Se você estivesse com cara de palhaça, eu choraria. Você sabe que eu tenho medo. -E riu mais.

  Deitei em sua cama e bati o travesseiro em suas costas.

 S/N: Então qual é a graça, hein?

 Taeyoung: Eu sabia que isso ia acontecer! Eu te avisei!

 S/N: Isso o quê?

 Taeyoung: Você está apaixonada pelo Baek! -Sorriu.

 

 

 

 

  Apaixonada?

 

 

 

 

  Pelo Baekhyun?

 

 

 

 

 S/N: VOCÊ ESTÁ LOUCA, TAEYOUNG?!

 Taeyoung: Não estou, e você sabe disso.

  Mas não, ela não estava. Era verdade. Por mais que eu não quisesse admitir isso, era a mais pura verdade.

  Eu caí na armadilha de Baekhyun. Mas não iria me entregar facilmente.

 S/N: Isso não importa, Taeyoung. Eu não quero nada com ele.

 Taeyoung: Ah, S/N, você não acha que está exagerando?

 S/N: Exagerando? Ele nem olha mais na minha cara! E eu nem fiz nada pra ele!

  Taeyoung suspirou, o que significava que ela estava sem argumentos.

 Taeyoung: Eu só queria entender o motivo... Ninguém passa a ignorar uma pessoa por nenhum motivo aparente.

 S/N: Mas o Byun não é uma pessoa comum... ELE É UMA BESTA!

  Tae segurou para não rir, mas ficou séria novamente.

 Taeyoung: Amiga, se você não fez nada, só nos resta uma opção: descobrir o que o Baek está sentindo!

 S/N: E pra que a gente vai fazer isso?

 Taeyoung: Pra vocês se acertarem, óbvio.

  Inspira. Expira. Inspira. Expira. Inspira. Expira.

 S/N: Tae?

 Taeyoung: Sim, miga?

 S/N: EU NÃO QUERO NADA COM O BYUN!

 Taeyoung: Mas que saco vocês dois! Você quer, sim! Só não admite...

 S/N: Aff... Não vou discutir com você.

 Taeyoung: Ótimo! Agora pegue sua bolsa, pois vamos ao shopping!

 S/N: Pra quê?

 Taeyoung: Comprar roupas para o niver do Channie!

 S/N: Eu já falei que...

  Taeyoung me puxou, descendo as escadas correndo. Eu não sabia se gritava ou se tentava não cair, optei pela segunda opção. Entramos em seu carro e fomos para o shopping.

 

 • Quebra de tempo •

  Havíamos escolhido nossos vestidos (acabei comprando o meu depois que Taeyoung me ameaçou, dizendo que eu iria na festa nem que fosse de pijama - E eu obviamente preferi não discutir) e estávamos nos encaminhado para a praça de alimentação.

  Chegando na mesma, avistamos Chanyeol ao longe. Ele acenou para nós e fomos até onde ele estava.

 S/N: Nossa, quanta coincidência...

 Taeyoung: Então, amiga, eu meio que mandei mensagem para o Channie chamando-o para vir enquanto você experimentava o vestido.

  Então minha própria amiga me fez de vela sem que eu soubesse. Muito que bem.

 S/N: Ah, claro, tudo bem! -Sorri.

  Sentamos e conversamos um pouco com Chanyeol.

 Chanyeol: Então, eu chamei alguns amigos, mas acho que eles não...

 Xx: Toma seu hambúrguer, Chanyeol. -A voz que eu tanto conhecia interrompeu.

  Olhei para ele assustada e a expressão em seu rosto não estava muito diferente da minha.

  Pois é, era Baekhyun.


Notas Finais


E então? Gostaram? ☺️
Agradeço novamente pelo carinho, os comentários me motivam demais 💕

Gostaria de convidá-las a conhecerem minha história com o Luhan, eu particularmente estou amando muito escrevê-la e investindo muito nela 🤗
https://www.spiritfanfiction.com/historia/catch-me-when-i-fall--luhan-13896808

Obrigada pela atenção! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...