História I Don't Like You Okay? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 140
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, essa é a primeira fanfic que eu posto no site.
Espero que gostem! ^u^
*se floppar, floppou*

Capítulo 1 - Detention


Fanfic / Fanfiction I Don't Like You Okay? - Capítulo 1 - Detention

Terminava meu desenho traçando cada detalhe com meu lápis, concentrada somente naquela obra, nem percebi que a professora de história tinha me chamado quatro vezes, quando todo a cara do papel veio a mulher totalmente furiosa na minha frente.

-___!!! Já que é tão inteligente que nem precisa presta atenção na aula, pode me responder por qual motivo parentes se casavam com parentes no século XIX?

Engoli seco, todos da sala olhavam para mim, lógico que sabia a resposta e não iria perde a oportunidade de deixar isso bem claro pra aquela megera não é mesmo?

-Eles se casavam pois nessa época, o casamento fazia alianças políticas e financeiras, então se pessoas com laços de sangue tivessem também laços afetivos, isso manteria a fortuna e a nobreza da família. - disse olhando nos olhos dela a desafiando - Posso voltar para meu desenho agora? Ou a senhora vai me atrapalhar  com mais alguma pergunta?

A classe inteira como a professora ficaram mudos. Ela se inconformou com a insolência que ficou furiosa, muito puta mesmo, ela saiu do fundo de sala onde ficava minha carteira e foi bufando para mesa dela, sentou lançou um olhar mortal em minha direção e apontou para a porta. Já tinha entendido o recado, peguei minha bolsa e fui para sala do diretor.

Entrando na sala de espera para conversa com o diretor, quem está lá sentando com cara de bosta também? Ele o famosinho da minha sala senhor Park Jimin, eles e seus amigos, de outras  salas, eram os mais "fodinhas" da escola, e todo mundo, principalmente as piranhas, amavam eles.Aquilo era tão fútil e ridículo que me dá nojo.  

Ele estava aqui desde de que começou a aula de história, tinha falado para a professora volta a cuidar dos gatos dela e parar de encher ele, confesso que a cara dela foi engraçada.

Quando sentei em uma das cadeiras, percebi que o moço me encarou discretamente, fiz o mesmo gesto esperando que ele não tenha notado. Aquele menino é realmente muito bonito, os músculos definidos dele era uma perdição, mas você acaba desencantado, quando ninguém mais do 2 C tinha uma aula de educação física normal, sempre tinha meninas na quadra olhando para ele.

-E por favor faça isso na sua casa...

Dizia o diretor enquanto acompanhava um aluno até a porta. Quando viu eu e Jimin sentado esperando riu baixo, olhou para mim sorrindo torto.

-Quem você fez chorar hoje hein ___?

Devolvo um sorriso sarcástico, lembrando das vezes que já vim aqui.

-Hoje ainda ninguém, mas amanhã é um novo dia.

Deu um risinho e voltou sua atenção para Jimin, que acompanhava tudo em silencio.

-E você eu não vou nem gastar saliva Park.

O mesmo devolveu um sorriso entretido espreguiçando  na cadeira.

-É bom te ver também senhor Lin.

Sr.Lin olhou para nós dois, que levantamos no mesmo instante.

-Como eu sei que não adianta dar sermão pra vocês dois, só vão ganhar umas horas de castigo ok? -ele dizia com um voz cansada, espera, vou ter que ficar duas horas depois da aula na sala? Eu e o Jimin? Merda. -Uma hora hoje e uma amanhã tá bom? Podem volta para sua sala.

Assentimos juntos e fomos, foi um percurso silenciosos.

As outras aulas passaram e o sinal já tinha batido.Só restou eu e o Jimin na sala. 

Na lousa estava escrito as  regras do castigo, mas, como não tinha nenhum professor com a gente, não  tinha regras. 

Eu e ele estavamos sentados próximos , para não ficar desocupada comecei a desenhar, Jimin me encarava e encarava o desenho, quando acabei guardei as coisas e voltei a olhar para o nada.

-Isso aqui vai ficar mais cu do que já tá se a gente não conversar. - disse Jimin, para meu espanto, o bad boyzinho fala com a raça inferior. - Quer conversar pra ver se o tédio diminui?

Ele se levantou e sentou na cadeira da minha frente, o que esse menino quer?

O tédio talvez,  não aumentaria ? -disse ironicamente.

-Lógico que não. - Jesus que menino chato, já cansei. - Quem ficaria entediado comigo?

- O seu ego quem sabe?

Respondi na lata, esse jeito arrogante que ele é seus amigos tem me irrita profundamente.

Após ouvir as palavras a reação de Jimin foi totalmente inesperada . Ele olhava para cada centímetro do meu rosto com uma expressão que eu não consegui identificar, e um sorriso malicioso.

-Você é bem inteligente princesa.

Puta que pariu,  PRINCESA? Sério mesmo?

-Primeiramente, eu não sou as biscates que você pega todo dia então me chama de "princesa" de novo que eu juro que enfio o princesa no seu cu. - falava com raiva no olhar e fazendo aspas com os dedos - E olha já são 16:00, tchau.

Peguei minha coisas e sai da sala, andando pelo corredor consigo ouvir Jimin gritando.

-ATÉ AMANHÃ REVOLTADA!

Ainda tem amanhã, merda, mas pelo menos esse pesadelo acaba




Notas Finais


Espero que tenham gostado...
-Desculpe se tiver errinhos de português-


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...