História I Don't Need Love (Em Correção) - Capítulo 117


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Monsta X, SHINee
Personagens Jackson, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Joo Heon, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Taemin Lee
Tags Bangtan, Bts, Jikook, Jimin, Jungkook, Kookmin, Namjin, Vhope Abo
Visualizações 1.185
Palavras 996
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Entaaaaao
Esse é o ultimo OQNMEIDNL (eita parece macumba)

É um lemonzinho esquecido, entao ta bem mais ou menos
Ah, eu tinha dito q esse lemon foi na dia que a Yoona morreu, mas n foi nao gente, foi no dia do quase sexo KaiWoo hsuhauua
Vcs vao lembro do final do capitulo
Bjs de luz
Boa Leiturinha ♡

Capítulo 117 - O que não mostramos em IDNL 5


O que não mostramos em IDNL 5

●Jikook se pegando na cozinha de Namjin!(Dia em que o Jk pegou Kaiwoo se comendo jauhhaua)

-Esse filme tá’ chato pra caramba. -Jungkook reclamou, fazendo todo mundo revirar os olhos. -Vou tomar agua, vem comigo Jimin!

-Não gozem na minha mesa, por favor. -Jin disse alto, o que fez Jimin corar e Jungkook sorrir.

-Vou tentar desviar. -agarrou o braço de seu ômega e o arrastou ate a cozinha.

-Kook...não vamos fazer nada na cozinha do Jin! -o menor se soltou e passou na frente do marido, indo ate a geladeira. -Toma. -o entregou a jarra de agua e pegou um dos copos sobre a bancada.

-Obrigado. – pegou o copo que lhe foi oferecido e o virou de uma só vez. -Curti a ideia de te foder aqui. -sorriu.

-Nem pensar. -tomou o copo da mão do maior e seguiu para a pia. -Temos nossa casa para fazer essas coisas, não tem necessidade di...

-Só um pouquinho, Minie... -Jeon encoxou o menor, deslizando as mãos pelo corpo curvilíneo do mesmo. -Ninguém vai ouvir, eles estão longe e distraídos.

-N-Não insiste... -gemeu ao ter os dedos abeis do alfa em seu membro. -Jungkook...não....não pode-demos...

Não terminou de dizer, já que foi virado bruscamente e teve seus lábios tomados com violência e desejo. Sentiu seu corpo ser prensado cada vez mais contra a bancada da pia, enquanto Jungkook parecia querer sugar toda sua alma pela boca. Foi ágil ao desabotoar ambas as calças e baixa-las ate onde fosse necessário, expondo ambas intimidades , as quais pulsavam de excitação. Com certeza o proibido era mais gostoso, e o risco de serem pegos no flagra deixava tudo ainda maia intenso. Jimin grunhiu ao ser virado novamente, o que o fez revirar os olhos. As vezes a afobação de Jungkook o irritava. O alfa se estimulou , levando alguns dedos a entrada já um pouco lubrificada do ômega, o penetrando e o preparando de forma rápida. Respirou fundo e posicionou seu membro ereto na entrada do menor, que gemia a cada centímetro que o preenchia. Suspirou antes da primeira estocada, voltando a gemer após ter seu corpo socado contra a pedra fria que o apoiava.

-Gúkieh.... aah... – tentou conter o gemido mas era quase impossível, pelo prazer que estava sentindo. -Ma-mais rápido.

-E-eu... ah. – Jungkook aumentou violentamente a velocidade e revirou os olhos, cravando as unhas nas nádegas fartas do marido. -Vou gozar.

-Ah... – Pressionou os dedos com força na bancada, deixando as pontas dos mesmos esbranquiçadas. -Vamos .. juntos...

Após mais algumas estocadas, suspiraram aliviados e completamente suados. Jimin rosnou , tendo novamente sua consciência, lembrando de que estavam na casa de seu amigo e haviam acabado de transar na cozinha do mesmo.

-Jungkook, eu não acredito que você me obrigou a fazer isso. -bufou, puxando a calça para cima. -Vamos pro banheiro.

-Ah, te obriguei? – o alfa perguntou indignado. -Então foi um estupro?

-Claro, eu disse que não queria e você foi lá e... -rosnou, entrando no banheiro, sendo seguido pelo maior.

-É...eu fui lá e... – bufou. -Toma no seu cu.

-Já tomei.

.

.

.

-Já estamos indo. -Jimin arrumava os cabelos enquanto caminhava entre os amigos jogados no chão.

-Espero que tenha matado sua sede, Kook! – Taehyung sorriu, jogando algumas pipocas na boca.

-Seu amigo disse que foi estupro, pergunta pra ele se vai querer denunciar. – Jungkook pegou sua jaqueta e a chave do carro, saindo irritado pela porta de entrada.

-Oxi. -Jin arregalou os olhos, encarando Jimin

-Jimin só fala merda. – Taehyung jogou uma pipoca no amigo, que bufou e correu atrás do marido.

-JUNGKOOK! – gritou ao ver a silhueta do alfa perto do elevador. -Amor!

-É bem chato ouvir essas coisas, Jimin! Você dizer que te obriguei a fazer algo, ou que foi forçado. – suspirou. -Eu não gosto de ouvir isso, você diz como se eu fosse um monstro.

-Me perdoa, eu não falei sério. Você sabe que eu te amo e nunca diria algo assim. -se aproximou , passando seus braços pelo pescoço do maior. -Me desculpa.

-Tudo bem, eu não consigo mesmo ficar brigado contigo. -sorriu. -Agora vamos logo para casa. -deixou um selar nos labios cheios do menor e o puxou para o elevador.

.

.

.

Eu sentia falta de sair com meus amigos...anda todo mundo ocupado ultimamente. - Jimin se remexia no banco do passageiro. -Tem algo cutucando minha bunda.

-Eita...se não sou eu,não sei o que é. - Jeon riu. Levou sua mão até debaixo da bunda alheia e retirou de lá seu carregador. -Não viu o carregador antes de sentar?

-Não, nem senti. - fez bico, guardando o objeto no porta luva.

-Ta' tão largo que nem sente mais nada na bunda. - a risada do alfa ecoou pelo automóvel.

-Nossa...se eu to largo é culpa sua. - cruzou os braços, como se estivesse bravo. -São mais de quinze anos abrigando esse seu pau aí.

-E você nem gosta.

-Vai se foder.

.

.

.

-Eles devem estar dormindo, faça menos barulho com essa merda, Jeon! - Jimin tomou a chave do alfa e abriu rapidamente a porta. -Viu...tudo quieto.

-A Tv ficou ligada, eles acham que a luz é de graça? - Jeon resmungava enquanto ia até o aparelho e o desligava. -Espera...

-O que foi?

-Joseph, Hyuna, Yoona... - rosnou, fazendo Jimin revirar os olhos.

-A luz da cozinha está acesa, pare de show, Jeon! - o ômega seguiu ate o cômodo, sendo acompanhado pelo mais alto, que bufou ao ver que o local estava vazio. -Droga...

-Eu vou...matar...aaaarrrrgghh..... - saiu a passos pesados, socando os pés escada acima, com Jimin em seu encalço.

-Amor....amor calma. - o menor tentava sem sucesso, segurar o alfa, que o arrastou até o terceiro andar. -Jungkook-ah....deixa de ser chato.

-Eles não podem estar fazendo isso...não....não E NÃO! - gritou tirando o ômega de sua cintura, ao parar na porta do quarto da filha.

-Jeo...

-MAS QUE PORRA TA ACONTECENDO AQUI?

-Pai?

-Merda.


Notas Finais


Esse é definitivamente o fim dos fins da fanfic
So vou postar mais um cap falando sobre mim, pq algumas pessoas pediram nem sei pq hsuahuah
E colocar finalmente terminado nessa bagaça
Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...