História I don't want to hurt you - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Pretty Little Liars, Teen Wolf
Personagens Alison DiLaurentis, Emily Fields
Tags Alison, Emison, Pll, Pretty Little Liars Emily, Teen Wolf
Visualizações 39
Palavras 792
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Eu te amo


 

            Alison narrando

- Quer namorar comigo? - pergunto sentindo minhas pernas tremerem e sentindo o meu coração errar uma batida

- É claro que eu quero Alison  ela diz rindo, sinto meu corpo relaxar mais e um sorriso involuntario surgir em meus lábios, coloco os pingentes em cima da mesa me levanto e a pego no colo. Sua risada fica mais alta e a giro no ar juntando nossos lábios.

A coloco no chão e ela me abraça forte. 

- Agora explica os pingentes... - ela pede apontando para eles, me sento e a faço se sentar em meu colo.

- Você é o barco, - digo pegando-o - você é quem controla o nosso caminho, o com espirito de líder e quem vai navegar em minhas águas turbulentas... - ela me olha sorrindo e vejo seu rosto ficar levemente corado. Levanto seu cabelo e coloco o colar em seu pescoço e seu corpo se arrepia, - e eu sou a ancora, a que no meio da tempestade vai te deixar no chão, sou a que impedira que você enlouqueça vivendo a loucura que eu chamo de vida. - ela dá um longo sorriso, se vira para sentar olhando para mim, abaixou seus lábios até meu ouvido e cochichou:

- Eu te amo. - dou um largo sorriso mas não consigo dizer que também a amava. Em resposta, dou inicio a um intenso beijo.Nos levanto e a levo até o meu quarto, a coloco na cama e retiro a minha blusa, me aproximo do seu perfeito corpo e retiro sua blusa, ela sorri maliciosamente e retira meu sutiã, beijo seu pescoço e desço minha mão para seu short curto, brinco com seu clitóris e ela começa a gemer baixinho, mordo seu pescoço forte e sinto ela me dá um leve tapa, eu sorrio e enfio um dedo em seu sexo, ela rodeia seus braços em mim e sorri safadamente. Aumento a velocidade de meus movimentos e seus gemidos começam a ficar mais altos, deixo três chupões em seu pescoço e coloco outro dedo em seu sexo, ela deixa um gemdo alto escapar

- AALisonn - ela me chama com dificuldade - mmais rápido

   A obedeço e acelero meus movimentos fazendo-a morder o lábios para conter alguns gemidos, em poucos segundos sinto um liquido quente escorrer nos meus dedos e seu corpo relaxa. Retiro minha mão de seu sexo, tiro seu short e sua calcinha de uma vez do seu corpo e substituo pela minha boca. Bebo cada gota do seu gozo e logo me deito ao seu lado. Ela me puxa para deitar em meio ao seu corpo e pouco depois adormecemos.

       Emily narrando

Abro lentamente meus olhos e me vejo no meu quarto, o sol estava nascendo e eu não estava entendendo nada, até olhar para meu lado e ver um bilhete com a letra da Alison

Bom dia minha namorada, rs, sua mão ligou preocupada pra você ontem a noite então achei melhor te trazer pra casa... você tem o sono pesado sabia?! eu te vesti e você nem acordou kkkk, enfim tive que voltar pro apartamento, anda falta muita cosa pra arrumar, acho bom a senhorita ir se divertir hoje.

Bjsss

   Sorrio enquanto leio seu bilhete, sinto meu coração se encher de alegria ao saber que estou com ela...  O dia passa e eu fui pro parque de diversões com as meninas, passamos o dia inteiro lá, até que a Alison me chama pra jantar com ela em uma pizzaria que ela sabe que é a minha favorita... Chego primeiro que ela, me sento em uma mesa no fundo perto da lareira (e da cozinha), coloco a minha bolsa na mesa e pego meu celular para falar com ela.

- Estou aqui fora, tenho uma surpresa pra você... - sua voz soa animada

   Desligo o celular e vou até a porta, ela sai do seu carro branco com um lindo buque de rosas vermelhas em suas mãos acompanhadas do lindo sorriso em seu rosto. Ela vem na minha direção quase correndo mas o som de uma busina a fez parar no meio da estrada, seus olhos ficaram dourados e vejo pequenas presas formarem em sua boca.

- ALISON NÃO! - digo quando ela deixa as flores cairem, a empurro da frente do carro e sinto meu corpo ser lançado para longe e bater em algo duro.

- EMILY! - sua vox soa grossa porem percebo que ela estava voltando ao normal. Meu sangue começa a escorrer e não conseguia ver nada ao meu redor, ela me gritava mas eu ouvia como se ela estivesse longe de mim, sinto seu toque mas não a vejo. Tudo o que me redeava era a escuridão e minhas pernas? não as sentia;

                                                                                                                                       Continua?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...