1. Spirit Fanfics >
  2. I fall in love - Percabeth e Solangelo >
  3. Annabeth descobre a verdade

História I fall in love - Percabeth e Solangelo - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Annabeth descobre a verdade


Pov Annabeth Chase – 07:45 am ~ Terça-feira 14/02/2019

Eu e Piper estávamos indo até o dormitório de Calypso quando ela falou que precisava voltar para o seu dormitório porque havia esquecido o seu celular, eu continuei andando até encontrar com Lee — Oi Annabeth — ele disse na minha frente.

— Oi Lee — eu falei tentando passar, mas ele se colocou na minha frente de novo — Será que você pode sair da minha frente? — Eu falei semicerrando os olhos.

— Sabe Annabeth — Ele falou se aproximando de mim e eu dei um passo para trás — Você tem um cheiro tão bom — Talvez eu estivesse assustada a essa altura, eu me afastei dele novamente.

— Obrigada eu acho, mas agora eu realmente preciso ir — Eu falei um pouco nervosa e ele me encarou rindo e segurou meu pulso — Você tá louco?! — Eu falei puxando meu pulso mas sem sucesso, eu vi o rosto dele o olhos dele ficaram preto e presas cresceram e eu gritei tentando me soltar dele novamente eu lhe acertei um chute onde o sol não brilha e ele afrouxou o aperto e eu me soltei e corri mas ele tentou agarrar minha cintura quando eu vi ele cair com uma flecha na sua nuca, e eu me virei encontrando Will, meu corpo todo tremia e eu encarava Will um pouco assustada, ele segurava um arco dourado.

— Annabeth eu posso explicar — ele falou se aproximando de mim — Mas antes a gente tem que sair daqui — ele falou ouvindo os passos no corredor e me puxou pra um dos quartos que eu vi ser o da Drew e Rachel, eu ainda estava assustada e Will me sentou na cama e se sentou ao meu lado — Annabeth tá tudo bem okay?

— O que era aquilo e desde quando você atira?! — minha voz saiu trêmula.

— Desde de que tinha 5 anos, pelo menos comecei a treinar com está idade — ele falou — Nós precisamos conversar com Luke — ele disse e eu o encarei — Vamos dizer que o seu irmão também mate vampiros, pelo menos os malvados — ele me explicou como se eu fosse uma criança — Desculpe é assim que contamos aos novatos, você também deveria saber matar um vampiro ou lobisomem que não seguisse as regras, mas Athena nunca te contou nada pra te proteger — Ele falou se encostando na porta um pouco nervoso.

— Annabeth nós precisamos falar com o seu irmão, ele te explica melhor — Ele me puxou e abriu a porta olhando o corredor — Se o Nico ou o Percy estávamos ferrados.

— Por que? Você não confia no Nico? — eu perguntei e ele soltou um suspiro.

— Confio, mas vamos dizer que tenha coisas sobre Percy, Thalia, Nico e mais alguns dos nossos amigos que você não saiba — ele falou nos guiando para fora do corredor feminino — E tem coisas sobre mim e Piper que eles ainda não saibam, mas tô planejando contar pro Nico pelo menos sobre mim.

— Que coisa sobre o Percy eu não sei? — eu perguntei — E a Piper também está envolvida nisso? — ele resmungou um “você já foi mais inteligente” e eu o encarei irritada.

— Okay você não culpa por não saber — ele falou revirando os olhos — Sobre Percy não é o momento certo pra te contar, e Piper não é como eu ou você, ela é uma feiticeira só que ela também não sabe a verdade — ele disse — E o termo mais correto para nós é Nefilim, filhos ou herdeiros de anjos.

— Mas e o Percy?! — ele me encarou e bufou.

— O Percy é um vampiro — o meu coração acelerou — Só que um vampiro bonzinho do tipo que te protege de cara como o Lee e do tipo que ajuda nós Nefilim a proteger os humanos — eu suspirei aliviada — Mas ainda assim Athena não gosta da relação de vocês, e sobre a sua mãe ela é a estrategista do clã e seu pai o líder o que faz de você princesa — eu arfei — Não fique metida eu também sou importante! — ele falou como se quisesse me contar isso desde de o início — Eu sou se uma das famílias nobres do clã e o meu pai é o braço direito do seu, e quando você ou Luke se tornarem rei ou rainha eu vou ser o seu braço direito — ele falou.

— Mas e Malcolm? — eu perguntei — ele também é um Nefilim?

— É mas vacilou e sua mãe tirou ele da linha de sucessão, apesar de seu pai ser o líder quem manda mais é Athena — ele disse e abriu a porta do dormitório de Luke que estava dormindo— Luke acorda, tentaram matar sua irmã — ele pulou da cama e me viu.

— Ah você tá bem — ele suspirou aliviado e me abraçou.

— Não ela não tá bem — Will falou separando a gente — Lee era o outro vampiro e acabou de tentar matar ela ali no corredor e agora ela já sabe sobre Percy e todo o resto — Luke me encarou.

— então vamos ter que contar sobre você, por mais que eu não goste do Percy acho bom você avisar a ele do que já sabe e vamos ter que contar a Piper também — Ele falou e me abraçou — Não queria envolver você nisso maninha — ele falou todo protetor e carinhoso — Mas agora temos que iniciar seu treinamento e descobrir sua habilidade ou habilidades — ele falou — Você tem poderes, tipo o Will ele pode curar, e eu só posso me teleportar — Ele falou decepcionado — Espero que você não tenha nenhuma grande habilidade, porque se não você vai herdar a liderança do clã, o mais forte fica no comando, os vampiros também tem habilidades além dos poderes que já ganham se tornando ou nascendo vampiro aqueles que você ouve em lendas, velocidade apesar de alguns terem ainda mais velocidade, força e imortalidade — ele falou e pegou uma adaga no armário — Nós nefilim morremos por isso temos armas especiais, e essa vai ser sua adaga — ele falou — Ela não tem um nome mas nosso avô prendeu um anjo dentro dela — eu peguei a arma um pouco assustada.

— Luke você tá explicando rápido demais — Will falou colocando a mão no meu ombro — Eu fui cuidadoso a menina tem sentimentos e acabou de descobrir tudo isso não acha melhor você ir aos poucos também?

— Okay mas eu só não quero que ela corra risco de vida — ele falou mas minha mente ainda tentava entender tudo aquilo — Ah e também tem os demônios eles no matam, com eles não tem acordo como com os vampiros, lobisomens ou feiticeiros.

— Luke cala a boca — Will falou e ouviu passos apressados — Olha acho que o teu namorado tá te procurando — Will falou — Aliás ele é bem poderoso e também é um príncipe — eu corei e ignorei Will.

— Eu vou lá ou me escondo aqui — Eu perguntei e os dois pensaram por um momento.

— Você e Luke vão lá, eu ainda não contei nada pro Nico e não quero estragar meu relacionamento que mal começou! — ele falou me empurrando para fora do quarto com Luke do meu lado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...