1. Spirit Fanfics >
  2. I feel In Love With Criminal-Temptation. (Vkook-Taekook)ABO. >
  3. Complicações.

História I feel In Love With Criminal-Temptation. (Vkook-Taekook)ABO. - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


💬😶hey pessoinhas....💙😊...
..... desculpem a demora...
Bigado por lerem... até o próximo.
❤😊....

Capítulo 16 - Complicações.


Fanfic / Fanfiction I feel In Love With Criminal-Temptation. (Vkook-Taekook)ABO. - Capítulo 16 - Complicações.


Hosoek acordou bem cedo pois ainda tinha faculdade. Taehyung ainda dormia, mais com um ar totalmente diferente deixando Hosoek se aproximar de seu rosto inalando o cheiro doce e entorpecente, ainda não estava acostumado com aquilo, era fascinante como Taehyung poderia ter uma aura tão pura e inocente. Certamente o cio estava por vir. Saiu do quarto e trancou a porta, mesmo sabendo que aquilo não o impediria de sair.

Saiu do apartamento com sua mochila, tirando o celular do bolso começando a ligar para Yoongi. Taehyung era alguém bem difícil quando estava no cio, era bem mais forte que o habitual e suas habilidades não ajudavam muito, se queria algo, ele teria sem esforço algum. Apenas seguiu caminho tendo uma breve conversa com o Min.

No quarto, Taehyung estava por acordar com uma leve sensação que já conhecia muito bem. Seu corpo estava suado, sentia sua lubrificação natural deixando sua entrada molhada por atenção. Tentava manter a calma, retirou os lençóis de cima de se, sentando na beirada da cama. 


__ Hobi...- chamou, levantando da cama indo até a porta...- Hobi, abre essa porta..- forçava a maçaneta sem consegui abrir. 


Em meio a rodovia, Yoongi apressava seu limite velocidade, ainda estava com o pensar na conversa que teve com Hosoek pelo telefone, e o pior que, o que ouviu era pura verdade, estava dando atenção demais ao trabalho, e esquecendo que tinha assuntos bem mais importantes e que não precisava apenas de sua atenção. E com minutos na direção em devaneios paralelos, parou o carro em frente o prédio, saindo do mesmo com pressa fazendo apenas um aceno rápido para o porteiro, entrando no elevador em seguida.

No apartamento 852, Jungkook não conseguia manter tal concertação, estava impaciente com algo lhe incomodando já alguns minutos, mais não era algo ruim. Decidiu então sair, abriu a porta sentindo o aroma que o deixava uma tremenda confusão em seus sentidos. Seguiu o aroma que era tão familiar pra se, caminhando no curto espaço ficando frente a porta do seu vizinho.


__NÃO...- Yoongi gritou saindo do elevador vendo Jeon tocar a maçaneta...- Não abra essa porta.


__ Nem se quisesse, está trancada. Apenas fiquei preocupado o aroma está muito forte, daqui a pouco o prédio todo sente...- se afastou da porta .


__ Ok, mais acho melhor você voltar para dentro, com você aqui por perto...


__ Não se preocupe, tenho controle dos meus instintos, afinal, eu sou um policial senhor Min, sei lidar com algo.


__ Hmm, qualquer coisa se retire, não vou querer fazer algo a respeito....- diz enquanto procurava algo em seus bolsos.


Yoongi retirou algumas chaves, destrancando a porta, passou pela mesma dando passagem ao Jeon. Caminharam em direção ao quarto de Taehyung onde a porta estava trancada, mais logo viram as chaves no chão. Destrancando a porta deram de cara com Taehyung sobre a cama de olhos fechados. Jungkook chegou a prender a respiração ao ver a bela visão a sua frente, Taehyung deitado somente de peça íntima com seu corpo suado, o mesmo apertava os lençóis com força maltratando os lábios da mesma forma. Uma visão extremamente sexy para Jungkook que sentia o corpo se arrepiar só de ouvir a respiração do outro.


__ Mais que alto controle é esse que você falou que tinha...- olhava a expressão nervosa de Jeon.


__ Ele é diferente apenas isso...- tentou manter sua voz firme e sua mente ocupada.


__ Jeongukkie-ah...- virou seu olhar para Jeon com um sorriso.


__ Distraí ele por alguns minutos...- disse a Jungkook e saiu para um outro canto do quarto.


Jungkook apenas observou o outro levantar da cama vindo em sua direção deixando seu aroma ainda mais irresistível.


__ Não acha que está perto de mais...- ficou ainda mais nervoso com Taehyung bem próximo com um sorriso travesso nos lábios que estavam vermelhos e inchados.


__ Eu vejo em seus olhos...- prenssou Jungkook contra parede, apertando o pescoço do mesmo com uma das mãos...- Você me quer Ggukie-aaah...- sussurrou baixinho próximo ao ouvido de Jungkook, com sua voz rouca e arrastada.


__ Pronto, ele vai dormir um pouco também...- pegou Taehyung no colo meio sonolento, havia aplicado uma pequena dose de remédio...- você pode me aguardar na sala.


Jungkook apenas assentiu, não tinha forças pra falar, como assim estava a ponto de perder o controle¿. Deixou Yoongi no quarto com o irmão e foi para a sala respirando fundo. Sentou no sofá ainda com as palavras sussurradas de Taehyung em sua cabeça, nenhum outro o fez ficar assim, com os sentidos desnorteados. Apenas fechou os olhos e ficou ali. Aos poucos sentia o aroma doce ficando mais fraco ficando ainda mais relaxado. Logo ouviu passos, levantando do sofá vendo que era Yoongi.


__ Ele está bem...


__ Sim claro,  não se preocupe com isso.


__ Creio que o julguei mal em pensar que era alguém como os outros.


__ Ele é um puro, dificilmente um alfa resistiria a ele. Mais convenhamos oficial, espero que seja esperto o bastante, Taehyung é bonito, sedutor com uma aura inocente e doce. Não queira ser apenas mais um, porque é apenas isso, nenhum será diferente, nem mesmo você.


__ Não me entenda mal senhor Min, não sou de joguinhos. Mais precisando estarei a disposição. 


__ Não será necessário mais agradeço desde já...- abriu a porta deixando jeon passar.


Estando do lado de fora, Jungkook deixou escapar um longo suspiro, mais se iria ser um brinquedo daquele ômega atrevido, que isso não fosse em vão.  Com retirada de Jungkook, Yoongi se permitiu relaxar, mas mal sentou no sofá e logo levantou saindo na direção do quarto de Hoseok. Abriu a porta entrando no cômodo em seguida. Poderia negar em voz alta, mais o seu interior gritava a falta que sentia do ruivo, se aproximou da escrivaninha pegando uma camisa que estava sobre a cadeira, apertando o tecido branco ainda com o cheiro que o fez sorrir. Queria Hoseok de volta.

Todas as suas reuniões e compromissos tinham sido cancelados, resolveu tirar o dia sem ter que assinar algum papel, e aproveitando que Taehyung estava dormindo, saiu para comprar alguma roupa já que estava de terno e estava longe de casa.

12:48.pm. Hoseok acabava de volta da faculdade e agora acabava de sair do elevador. Entrando em casa, ouviu um barulho vindo da cozinha, deixou sua mochila no sofá e foi atrás do barulho. Chegando a cozinha, viu Yoongi de costas olhando para alguma coisa dentro de uma panela, estranhando as vestes também, de converse vermelho, calça jeans e camisa preta larga, bem diferente do que acostumava ver.


__ A quanto tempo está aí. Não vi você chegar, espero que não se importe em está fazendo bagunça.


__ Não, claro que não, mais é o Tae.


__ Dormindo, estava até mais calmo, diferente de outros. Fiquei até surpreso.


__ Hmm, mais o que você esta fazendo aí...- passou por Yoongi olhando o que tinha na panela...- Pipoca.


__ Queria comer algo enquanto assisto vocês em ação.


__ Você parece diferente, aconteceu alguma coisa, se foi o que eu falei hoje cedo...


__ Não, você estava certo em me falar aquilo. Mais então, vamos logo com isso.


Ainda estava desconfiado, conhecia Yoongi tão bem que uma simples frase dita ou tom, já poderia sentir uma diferença. Mais agora não iria discutir, tinha um serviço em execução e nada poderia dar errado, já que estava sendo em plena luz do dia. O alvo no entanto seria um banco, um carregamento de pedras valiosas havia chegado e isso não passaria despercebido. Hosoek colocou dois notebooks em cima da mesinha de centro da sala, e com poucos minutos já tinha acesso a todas as câmeras do banco e fora dele.

Na rua da 5°avenida a duas quadras do centro da cidade, onde seria colocado o plano. Um carro preto blindado parou em frente ao banco, com três mascarados saindo do mesmo, Bae, Xian e Kwan. Os três logo entraram no lugar vendo que tinha alguns clientes.


__ Se ficarem quietos, ninguém morre...- Kwan apontava as armas para as pessoas em diversas direções. 


__ Vocês têm dez minutos para darem o fora..- Yoongi se comunica pela ponto eletrônico.


__ Olha, chefia está nos assistindo...- olhou direto para a câmera de segurança...- que honra.


__ Sem conversa, agora agilizem isso...


__ Certo certo, o senhor é quem manda.


Kwan visualizava todo o lugar com atenção vendo todos parados e com medo do que poderia acontecer. Xian estava no cofre, esse que mantinha alta concentração em abrir a caixa metálica, era perito em cofres e senhas e isso não demoraria. Do lado de fora, YB aguardava com o carro ligado monitorando tudo que se aproximava a poucos metros.


__ YB, sai daí agora...


__ O que, Hosoek e os outros, não vou deixá-los pra trás.


__ Não vai, apenas saia e fique em distância considerável. Tem carros se aproximando. 


Mesmo hesitando, fez o que foi pedido, YB saiu do local estacionando a poucos metros, passando a observar com cautela e logo ver três carros da polícia se aproximarem.

Dentro do banco. O cofre já tinha sido aberto e pedras das mais variadas cores e valores, eram colocadas em uma maleta.


__ Vamos dar o fora daqui agora...- disse mais ao se virar viu quatro policiais.


__ Parados, mãos ao alto o perímetro está cercado...- apontava a arma junto aos colegas.


__ Qual é,  que tal um trato, nos deixe sair e ninguém morre...- Kwan poderia esta com um sorriso sádico no rosto, mais a máscara o impedia de outros o verem.


__ Não pensem que irão escapar, se tentarem alguma coisa meus homens irão atirar.


__ Vocês devia ver essas palavras ditas...- se aproximou sem medo das ameaças...- afinal, vocês têm família...- riu, mais antes que pudesse elevar a mão com a arma, um tiro foi disparado. 


Algo que fez Kwan e Xian ficarem estáticos com a raiva os consumindo. Ato que do outro lado das câmeras de segurança não passou, deixando semblantes angustiados e desesperadores. 


__ Desgraçados, Yoongi e agora...- Hoseok ainda mantinha o olhar na tela.


__ YB, acabe com essas merdas, faça o que bem entender. Xian, Kwan, acabem com a vida desses miseráveis e tirem a Bae daí. Pra ontem estão me ouvindo.




Notas Finais


😶💬Jeon admitiu ser um brinquedo...kkkkk... ah não...🏃🏽‍♀️🏃🏽‍♀️🏃🏽‍♀️....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...