1. Spirit Fanfics >
  2. I Feel in Love With My Father - Lee Minho (Know) STRAY KIDS >
  3. Prólogo

História I Feel in Love With My Father - Lee Minho (Know) STRAY KIDS - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meus queridos leitores , cá estou eu com mais uma fanfic. Espero que vocês gostem , fiquem com o capítulo ☺️.

- Estória de total autoria minha
- Plágio é crime
- Não haverá cenas hots detalhadas por eu ter muita vergonha de escrever esse tipo de coisa , mas não se preocupem , vai ter , só não vai ser detalhadamente.
- Só haverá cenas hots com aqueles que já são maiores de idade , não haverá nenhum hot com aqueles que são menores de idade.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction I Feel in Love With My Father - Lee Minho (Know) STRAY KIDS - Capítulo 1 - Prólogo

Acordei com o barulho do meu despertador e logo o desliguei e me sentei na minha cama. Antes de eu fazer qualquer coisa , vários pensamentos surgiram em minha mente. 


Como será que vão ser as aulas esse ano ? Será que esse ano eu finalmente vou conseguir parar de gostar do meu próprio pai ? Será que algo bom vai finalmente acontecer ? Será que vou fazer novas amizades ? 


Essas perguntas rodavam minha cabeça me fazendo ficar no mundo da lua , tanto que quando eu fui me levantar da cama , caí no chão batendo minhas costas. Ótimo Lee Hyelin , agora você vai passar a manhã toda com dor nas costas , muito inteligente você. 


Para você que não está entendendo nada do que eu estou falando/fazendo/pensando , pode deixar que eu vou explicar tudo direitinho. 


Meu nome é Lee Hyelin , eu sou filha de Lee Minho um compositor bastante famoso aqui na Coreia do Sul , e de Im Nayeon que era uma grande modelo mas infelizmente minha mãe faleceu a cinco anos atrás , quando eu tinha treze anos de idade. Meus pais me tiveram quando eram bem novos , minha mãe se estivesse viva iria fazer trinta e três anos , e meu pai vai fazer trinta e quatro anos. Quando eu tinha dez anos quase onze , eu comecei a sentir coisas estranhas quando ficava perto de meu pai, depois de um tempo quando eu tinha quatorze anos para ser mais exata , minhas amigas Yuqi , Soojin , Shuhua , Soyeon , Miyeon e Minnie me disseram que eu estava apaixonada pelo meu pai. No início eu não quis acreditar muito nisso até por quê , quem consegue se apaixonar pelo próprio pai ? Era o que eu pensava antes de perceber que isso realmente tinha acontecido. É muito errado por justamente sermos pai e filha , além do mais tem os dezessete anos de diferença entre nós dois. Para falar a verdade , eu sinto nojo de mim mesma por gostar do meu próprio pai , mas o que eu posso fazer ? Nós não escolhemos quem vamos gostar , nosso coração é quem faz isso por nós e sinceramente , ele é bem filho da puta quando quer. Já perdi alguns amigos e amigas por conta disso e foi realmente ruim para mim , mas fico feliz por ter amigos de verdade e que continuaram comigo mesmo depois de saber disso e ainda por cima me apoiaram , não sei o que seria de mim sem eles. Soojin , Shuhua , Soyeon , Miyeon , Minnie , Yuqi , Jungwon , Sunoo , Niki , Sunghoon , Heeseung , Jay , Jake , Yeonjun , Soobin , Beomgyu , Hueningkai , Taehyun , Yuju , SinB , Eunha , Yerin , Umji e Sowon , eu realmente amo vocês. 


Mas tá , já chega de falar sobre minha vida. Me levantei do chão já começando a sentir minhas costas doerem , fui em direção ao closet do meu quarto. Peguei meu uniforme do colégio e fui para o banheiro tomar meu banho. 


[ ... ] 


Depois de alguns ( lê-se muitos ) minutos , eu saí do banheiro já pronta. Saí do quarto e logo desci a grande escadaria para ir a cozinha. Cheguei lá e pude ver meu pai sentado em seu lugar da mesa tomando seu café da manhã. 


- Bom dia pai - falei e me sentei no meu lugar que era ao seu lado quase , já que ele sentava na cadeira do centro norte da mesa - 


Minho : Bom dia Hye - falou me cumprimentando com um sorriso , e que sorriso meus amigos - 


Logo comecei a tomar meu café da manhã também. 


Minho : Ansiosa para o primeiro dia de aula ? - perguntou me olhando - 


- Um pouco - falei bebendo um pouco do meu suco de morango - 


Minho : Eu já terminei meu café da manhã , se apresse porque eu que vou te levar para o colégio hoje - falou se levantando da mesa - 


Tratei de comer mais rápido já que eu não posso me atrasar , e nem meu pai. Não demorou muito para que eu acabasse de tomar meu café da manhã , saí da mesa e fui para meu quarto pegar minha mochila e escovar meus dentes. 


Depois de fazer tudo que era necessário , eu saí novamente de meu quarto e fui em direção a sala e assim que cheguei lá pude ver meu pai sentado em um dos sofás enquanto mexia no celular. 


- Estou pronta - falei chamando a atenção dele , que assim que me viu se levantou do sofá - 


Saímos de casa e entramos em seu carro. Alguns minutos se passaram e nós chegamos em frente ao grande colégio no qual eu estudo. Antes de que eu pudesse sair do carro , meu pai fez a mesma coisa de sempre que ele vem me trazer , me desejou um bom dia de aula e deixou um selar em minha testa. 


Saí do carro e entrei no colégio , e por incrível que pareça , não demorou para eu encontrar meus amigos. 


- Oi gente - falei quando cheguei perto deles , logo uma criatura chamada Shuhua se joga em cima de mim me abraçando - 


Shuhua : Dongsaeng , eu estava com saudades - falou com uma voz engraçada , típico de Shuhua - 


 - Eu também senti sua falta Shuhua - falei e logo separamos o abraço - 


Jungwon : Hyelin - falou me abraçando , Jungwon é como se fosse meu filho naquele meio alí - 


- Oi meu bebê - falei o abraçando de volta - 


Yerin : E aí , como foram suas férias ? - perguntou me abraçando de lado assim que eu e Jungwon nos separamos - 


- Digamos que ao mesmo tempo que foi legal , foi ruim - falei olhando para a mais alta - 


Hueningkai : Por que ? - perguntou com seu jeito curioso de sempre - 


- O bom foi que eu e meu pai aproveitamos bastante durante essas férias , foi muito divertido , mas a parte ruim é que Tzuyu estava lá também - falei revirando meus olhos fazendo meus amigos rirem - 


Beomgyu : Você não gosta dela mesmo não é ? - perguntou rindo - 


- Não - falei simples - 


Eu não falei ? Meu pai tem uma namorada chamada Tzuyu , eu simplesmente detesto ela justamente por ela ser namorada do MEU pai. Sempre que meu pai diz que vamos viajar , eu me iludo achando que vai só nós dois , mas quando chega na hora , eu vejo que aquelazinha também vai. Juro , eu fico com tanta raiva que vocês nem tem ideia. Ainda por cima eu tenho que ficar em um quarto sozinha quando algum de meus amigos vai comigo , porque Tzuyu fala que quer ter privacidade só dela e meu pai , aí sempre diz para eu levar algum de meus amigos para ficar comigo em outro quarto para eu não ficar sozinha. Ela acha que eu não sei o porquê dela querer ter essa privacidade com meu pai , coitada , deve achar que eu ainda sou virgem. 


Eu e meus amigos ficamos conversando mais um pouco sobre eu não gostar da víbora , mas infelizmente o sinal tocou e nós tivemos que ir para nossas salas.




Notas Finais


Espero que tenham gostado.

Vejo vocês no próximo capítulo ☺️.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...