1. Spirit Fanfics >
  2. I found my soulmate- Todobaku >
  3. Cap 8 - Ser suficiente

História I found my soulmate- Todobaku - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


-1 para mim pois está muito clichê ✋🏽🌈

Voltei para alegria de vocês (talvez não)

Capítulo 8 - Cap 8 - Ser suficiente


Fanfic / Fanfiction I found my soulmate- Todobaku - Capítulo 8 - Cap 8 - Ser suficiente

Recapitulando tudo que aconteceu.
Primeiramente Todoroki achou que Katsuki estava se afastando dele, mas simplesmente ele só não tinha muito tempo por causa de todo o seu trabalho.

Logo após isso foi possível ver o Bakugou surtando com o fato de que sua mãe queria que ele voltasse com seu antigo noivo, no caso Izuku Midorya.

Então Katsuki convenceu Shinsou a fingir ser seu namorado, mas o que Bakugou não esperava era que Tomura Shigaraki, faria Shinsou desmarcar o encontro para passar um tempo com os seus (namoradinhos que moram juntos) .

E assim Todoroki virou a cobaia da vez, tendo que enfrentar a mãe de Bakugou e mesmo assim parecer gentil!

Depois disso eles conseguiram convencer a mãe de Katsuki a desisti da ideia do noivado.

Para completar Tomura levou Dabi para casa de Bakugou, aparentemente as molas da cama vão balançar bastante durante a noite.

E aqui estamos, Bakugou e Todoroki dentro do carro em total silêncio.

- Você tá bem? Shoto perguntou.

- Sim, qual o motivo da pergunta? Bakugou falou.

- Você tá brincando com o papel higiênico! Todoroki disse.

- De onde isso surgiu? Katsuki perguntou para si mesmo.

- Você parece um idiota, se algo te incomoda é só falar! Todoroki disse num tom frio.

- Que merda, eu só tô irritado com hoje mais cedo! Bakugou falou e um tom elevado.

Sinceramente aquilo poderia ser muito para Katsuki, afinal a mãe dele só o achava últil para se casar e proteger essa pessoa.

- Certo, por qual fato? Sua mãe querendo que você voltasse com o Midorya ou o fato de que eu fingi ser seu namorado? Todoroki perguntou.

Finalmente eles estavam prestes a sair do carro.

- Uma mistura dos dois lados! Katsuki disse respirando fundo.

A companhia de Shoto era extremamente agradável, porém de uma maneira estranha.

- Foi tão ruim assim? Shoto estacionava o carro com cuidado.

- Meio termo! Katsuki saiu do carro.

Ele só precisava tomar um ar, sua mente estava a mil por hora, todos os problemas a sua volta.

Acompanhando Todoroki até o caminho da entrada da sua casa, Katsuki tentava se concentrar e relaxar!

- Vamos entrar! Todoroki abriu a porta e deu espaço para Bakugou entrar.

Shoto deixou Katsuki na sala e foi andando até o caminho do que aparentemente era sua cozinha, porém parou no meio do caminho quando sentiu um peso em seu ombro.

- Eu...... Eu sou tão inútil assim? Bakugou falou, é claro sua voz estava um pouco abafada por causa das roupas de Shoto.

- Sobre o que você está falando? Shoto permaneceu parado, não sabia se Katsuki queria que ele se virasse.

- Eu não sei..... por qual motivo o meu máximo não é o suficiente para as pessoas, elas sempre querem mais de mim, mesmo que eu não queira fazer! A voz de Katsuki parecia estar a um fio quase se quebrando.

Aos poucos Bakugou foi caindo no chão, sua respiração estava desregulada, seu corpo não parava de tremer.

Então finalmente Todoroki decidiu que era o momento de olhar para seu amigo. Ele não pensou duas vezes e deu um abraço caloroso em Bakugou.

- Eu acho que o seu Máximo é o suficiente para mim! Então eu não quero que você pense que está dececionando as pessoas! Esses conselhos era algo muito novo para Shoto.

Mas no fundo do seu coração, ele achou que era realmente importante dizer isso para pessoa na sua frente.

E lá estava Katsuki, jogado no peitoral de Todoroki, tentando conter as lágrimas, algo que foi difícil, seu corpo não parava de tremer, mas foi finalmente se acalmando quando Shoto o apertou mais forte nos seus braços.

Eles ficaram cerca de uma hora alí, na mesma posição, sem dizer absolutamente nada.

E finalmente após algum tempo Shoto percebeu que Katsuki havia adormecido alí, seria uma cena engraçada, se não fosse por toda aquela situação.

Todoroki decidiu que não iria acordar Katsuki, apenas o pegou no colo e levou para o quarto.

Após ele deixar Katsuki na cama, ele decidiu sair, mas como algo clichê tinha que acontecer, Bakugou acordou.

- Você pode ficar por favor? Eu sinto como se ainda fosse difícil respirar! Katsuki falou um pouco baixo.

Shoto apenas concordou e sentou na beirada da cama.

Mas aos poucos seu corpo foi desejando estar perto de Katsuki novamente, então ele logo se deitou e abraçou Bakugou como se sua vida dependesse disso.

A noite se passou tranquila desde então, mesmo dormindo Katsuki podia se sentir seguro e como se alguém o protegesse com unhas e garras.

Logo de manhã Bakugou acordou, lembrando aos poucos dos acontecimentos ele resolveu se levantar, para sua surpresa ou não Shoto não estava lá.

Mas ele ficou surpreso ao ver um envelope e um pequeno papel ao seu lado na cama.

Ao que tudo indicava aquilo era para ele afinal, seu nome estava alí, ele pegou e finalmente começou a ler.

" Bom dia, espero que não fique irritado, mas eu preparei uma surpresa para você, olhe o que tem dentro do envelope e depois termine de ler o que está escrito "

Katsuki abriu o envelope e viu duas passagens destinadas à Coreia do Sul.

" Bom eu acho que você precisa de um descanso...... então surpresa, eu saí para resolver algumas coisas no trabalho, afinal não pense que eu vou te deixar viajar sozinho, e o Tomura já arrumou suas coisas, até mesmo sua mala, então descanse para partimos no final do dia "

Após terminar de ler aquilo Katsuki se jogou na cama, como alguém poderia ser tão incrível. Ele estava tão feliz em poder ter um descanso.



Notas Finais


Oia gente não sei se tá bom
Mas obrigado por lerem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...