História I Found You - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Zayn Malik
Personagens Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Beatrice, Fanfic, Romance, Sofia Carson, Zayn
Visualizações 27
Palavras 1.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá! Mais um capítulo da fic...Espero que gostem.

Capítulo 2 - It Much Have Been Love


Fanfic / Fanfiction I Found You - Capítulo 2 - It Much Have Been Love

Beatrice P.O.V.

- Se eu chegar atrasada na gravadora por sua causa, eu juro que vou arrancar cada fio do seu cabelo. ANDA LOGO, CLAIRE! - Eu disse da sala aos gritos para a minha melhor amiga e companheira de apartamento que está demorando pra se arrumar.

-Calma aí, estressadinha! Eu preciso estar bonita. - Ela disse saindo do quarto enquanto arrumava a bolsa no ombro.

-Só pra ir ao shopping? Seja menos desnecessária. -Disse revirando os olhos e peguei as minhas coisas pra sair do apê.

-Não sei porque você ta nervosinha. Na verdade eu sei...Falta de sexo! -Ela disse enquanto entrávamos no elevador e eu revirei os olhos em resposta.

Se tem uma coisa que eu odeio em toda a minha vida é chegar atrasada em algum compromisso, ou nesse caso, no trabalho. Ter saído da casa dos meus pais na Flórida e vir pra Califórnia já foi difícil e mesmo que eu tenha vindo acompanhada da minha melhor amiga louca, isso não ajuda em muita coisa.

Claire e eu nos conhecemos desde os três anos e sempre gostamos de fazer tudo juntas, exceto a escolha do que cursar na faculdade: eu escolhi música, Claire fotografia.

- Eu sei que você ta "atrasada", mas, não nos mate no meio do caminho. - Claire disse sendo dramaticamente chata pra variar.

-Eu esqueci que você é bonita demais pra morrer. Pode deixar que a gente não vai morrer hoje, ainda mais porque isso vai acabar com toda a minha felicidade do dia. -Disse enquanto ligava o carro e saia do estacionamento.

-E você está estranhamente feliz por qual motivo? - Ela me perguntou enquanto ajeitava os óculos escuros em frente ao quebra sol.

-Não sei, só acordei feliz e sentindo que algo bom vai acontecer. É estranho, eu sei! - Disse antes que ela me olhasse achando que estou louca.

-Eu hein, você fala como se fosse conhecer o amor da sua vida. Apesar de que se isso acontecesse seria legal, só assim pra você parar de ser meio vaca. -Ela disse e eu tirei uma das mãos do volante só pra mostrar o meu dedo do meio.

-Até porque você sabe bem sobre o que é ser inteiramente vaca. -Eu disse antes de parar o carro em frente ao shopping.

- Melhor ser uma vaca que sabe aproveitar a vida do que uma encubada igual a certas pessoas. - Ela disse me mandando beijos antes de abrir a porta e eu puxei o cabelo dela só pra irritar. - Ai sua puta!

-Também te amo, agora deixa eu ir antes que eu chegue atrasada. Culpa de quem mesmo? - Disse sorrindo ironicamente pra ela e liguei o carro novamente, seguindo para a gravadora.

Quinze minutos depois e eu finalmente cheguei na gravadora. Já fazem quase dois meses que eu estou fazendo estágio na RCA Records e não me arrependo de ter escolhido fazer carreira como produtora musical.

Eu ainda não tive a oportunidade de conhecer pessoalmente algum artista contratado pela gravadora, mas, tudo tem seu tempo. Passo pela recepção assim que entro e vou diretamente para sala onde Frank, um dos principais produtores e tecnicamente meu chefe costuma ficar. Ao chegar perto da porta, ouço uma pessoa cantando e a voz me parece conhecida só não sei de onde.

- Could it be that it's a lesson. That I never had to learn? I looked at it like a blessing. And now it's just a curse.I don't know why. I don't know why. It's you. It's you. It's you. It's you. It's you.

O garoto está tão concentrado cantando que nem percebe a minha presença. Minha única reação é aplaudi-lo, o que faz com que o mesmo levante o rosto meio assustado e quando eu noto que ele é nada mais nada menos que Zayn Malik eu acabo sorrindo e seguindo na direção dele.

-Uau, tenho que admitir...Você não parece o mesmo Zayn da boy band super famosa e sim o que eu sempre quis conhecer. Prazer, Beatrice Parker. - Digo estendendo uma das mãos.

Ele ficou olhando pra mim de um jeito estranho, parecia estar em choque. Eu estava quase sacudindo-o quando ele começou a falar.

- Oh, me desculpe! Eu me distrai aqui. Muito prazer, Zayn...Mas você já sabe. -Ele disse meio nervoso.

- É, eu sei quem é você! E como eu disse, eu gostei muito dessa música que você estava cantando. É sobre a sua ex? - Perguntei e ele me olhou um pouco chateado. - Me desculpa, eu sei que ainda é difícil falar desse assunto.

-Não tem problemas. E sim, meio que essa música é sobre ela, mas... -Eu o interrompi.

-Não precisa explicar, tenho certeza que a música já diz tudo. - Disse me sentando na cadeira ao lado dele. -Ah qual é? Vocês namoraram por um bom tempo e ainda iriam casar. Mesmo que tenha acabado de um jeito trágico é notável que ela foi importante pra você. - Completei e ele olhou pra mim sorrindo.

- Ela foi importante sim, mas, isso ficou no passado.- Ele disse e suspirou.

-Se você diz quem sou eu pra contrariar? -Levantei as mãos em forma de rendição e ele riu.

Eu ia começar a falar quando Frank chega na sala.

-Aí está você, senhorita Parker! Vejo que conheceu o seu ídolo. -Ele disse olhando pra mim e eu fiz cara de chocada.

- Não sei do que você ta falando. -Me fiz de desentendida e ele me olhou rindo. - Quem liga que Zayn Malik era o meu preferido na banda? Pronto, falei.

- Cuidado hein Zayn? Você já corre perigo com as fãs lá fora imagina aqui dentro. - Frank disse apontando pra mim e eu revirei os olhos. - O que os dois estavam aprontando na minha ausência?

-Nada, só estávamos falando da música que ele escreveu. Acredite é muito boa. - Eu disse olhando na direção de Zayn.

- Eu não sei se acredito que você esteja falando como uma futura produtora musical talentosa ou uma fã psicótica. - Frank disse me zoando e eu lhe mostrei o dedo.

Zayn parecia estar bem entretido com as brincadeiras de Frank até pegar o celular que estava em cima da mesa de som.

-Aí Frank eu tenho que ir! Ryan me mandou uma mensagem e me chamou pra sair, então...- Ele cumprimentou Frank com um toque, se levantou olhando pra mim e sorriu. - Foi um prazer te conhecer Beatrice.

-Tchau, Zayn.- Me despedi e ele saiu em seguida. Me ajeitei na cadeira e suspirei.

-Acho que alguém viu o passarinho verde. -Frank disse sorrindo e eu fiquei sem entender.

"E, sim, era verdade que eles não se conheciam muito bem, mas diante do pouco tempo que haviam estado juntos, ele havia descoberto o suficiente para saber que poderia amá-la para sempre. - Nicholas Sparks" 


Notas Finais


Esse foi o segundo capítulo da fic. Espero que tenham gostado. Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...