História I found you - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Grey's Anatomy
Personagens Alexander "Alex" Karev, Alexandra "Lexie" Grey, April Kepner, Arizona Robbins, Calliope "Callie" Torres, Mark Sloan, Personagens Originais
Tags Arizona Robbins, Callie Torres, Calliope, Calzona, Greys, Grey's Anatomy, Serie
Visualizações 448
Palavras 4.214
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa noite!!
Falei que ia postar essa semana e ainda não deu meia noite então, cá estou...

Consegui escrever uma parte e ia escrever mais porém não ia dar tempo de postar tudo hoje então como esperaram bastante acho que vou matar um pouquinho da curiosidade de vocês com esse capítulo mas deixarei vocês ansiosas para o próximo hahaha... Sorry!
Espero que tenham aproveitado esse domingo... Amanha começa tudo de novo!
Beijos em todas é ótima leitura, perdoem os erros eu não revisei!
Obrigada pela paciência, de verdade!
😘😘

PS.: A foto do capítulo é como ela estava na tarde de autógrafos!

Capítulo 33 - O que houve Lexie?


Fanfic / Fanfiction I found you - Capítulo 33 - O que houve Lexie?

O relógio marcava onze da noite quando as duas entraram no quarto aos beijos.

Se beijavam com vontade tentando acompanhar o ritmo mas a pressa era tanta que Arizona já subia a camisola de Callie apertando sua coxa a fazendo soltar um gemido dentro de sua boca e em seguida parar o beijo por bater com tudo na porta devido ao empurrão que levou da loira.

- você quer acordar as meninas? – Callie a olhava tentando ouvir algum barulho vindo de fora

- eu quero que você tire logo essa roupa! – levantando a camisola e tirando por cima da cabeça da morena que sorriu pela urgência – agora melhorou! – segurando com vontade os seios dela que já estavam de fora apertando os dois de uma vez só – sabe quanto eu senti falta deles? – passando a língua entre os seios fazendo a morena fechar os olhos tamanha excitação- muito tempo meu amor...

A morena não teve a chance de responder pois já foi virada de costas apoiando as mãos na porta enquanto senti sua namorada abaixar sua calcinha lentamente, fechou os olhos e mordeu os lábios reprimindo um gemido mais alto que ia soltar ao sentir uma mordida em sua bunda. Olhou por cima dos ombros e tremeu por antecipação ao sentir apertar com vontade sua bunda e afastar suas pernas para ter livre acesso a sua intimidade.

- ah Calliope você não vai gozar tão rápido não... – passando dois dígitos pela intimidade da morena sentindo molhada – eu ainda quero aproveitar bastante essa noite

- eu não posso fazer nada se você me deixa nesse estado... – passando a língua nos lábios, sua boca estava seca e algo dizia que a loira estava falando muito serio em relação a aproveitar bem a noite

Sua cabeça tombou para trás quando sentiu a loira passar a língua por toda extensão de sua intimidade parando no clitóris fazendo a lingua circular lentamente sobre ele. Callie empinou ainda mais para ela que sorriu ao sentir a namorada tão entregue a ela daquela forma. A loira segurou firme nas pernas da morena quando sentiu que iriam se fechar, os movimentos ficaram mais ritmados e a sentia se movimentar tentando controlar o prazer que sentia. As mãos de loira se ocupara em arranhar a lateral do corpo de Callie enquanto ela apertava o próprio seio tentando amenizar o que sentia, mas era em vão... Arizona conseguia a deixar louca e pensou que ia enlouquecer naquele momento mas foi quando a loira introduziu dois dedos dentro dela não aguentou mais soltando um gemido longo sentindo o líquido escorrer por suas pernas. A loira ainda ficou ali por mais um tempo e depois de dar um beijo em cada parte de sua bunda subindo beijando o pescoço da morena que ainda mantinha os olhos fechados e um sorriso nos lábios surgiu mesmo ofegante pelo orgasmo que havia recebido.

- você é maravilhosa sabia? - a loira falava virando a morena de frente para ela e colando seu corpo no dela - maravilhosa... - mordiscando o lábio inferior

- voce que é maravilhosa - dando um beijo calmo sorrindo quando sente as mãos de Arizona subir pelo abdômen e se instalar em seus seios acariciando - mas já?

- não quero descanso agora, até porque nem começamos meu amor! - mordiscando o queixo de Callie que soltou uma risada - eu tô falando sério...

- você está animada hoje... - andando com a mulher até a cama

- ficaremos quatro dias sem fazer nada, eu quero aproveitar! - empurrando a mulher a fazendo cair na cama deitada - e quero aproveitar mais você, mais tarde será sua vez...

- eu só acho que você está muito vestida.... - arqueando a sobrancelha vendo a mulher ainda de pijama

- não seja por isso meu amor... - tirando rapidamente o pijama e sua calcinha, estava completamente nua em segundos fazendo Callie sorrir - melhorou?

- muito!

Arizona deitou em cima de Callie a olhando nos olhos, como poderia amar tanto uma pessoa a ponto de querer ficar perto a todo instante? amava cada detalhe da morena. Passou os dedos pelo rosto dela e sorriu, o rosto de Callie era tão lindo, sua boca, seus olhos... estava amando de verdade a mulher e tinha certeza absoluta que era com ela que queria dividir sua vida.

- o que está pensando? - Callie despertava a loira de seus pensamentos

- estava pensando em como tenho a sorte de ter você comigo... - dando um selinho na mulher - quero que seja pra sempre...

- e sera meu amor... - passando o dedo na ponta do nariz da loira - ninguém separa mais a gente...

- eu te amo... - acariciando os cabelos da morena - eu te amo tanto que eu não sei como eu posso amar tanto!

- que bom, pensei que só eu me sentia assim em relação a você! - sorrindo - eu amo você!

Se beijaram calmamente, Arizona acariciava o rosto de Callie em um carinho singelo enquanto a morena passava as mãos pela cintura da loira até parar em sua bunda e apertar aproximando suas intimidades a fazendo soltar um gemido dentro de sua boca a fazendo se movimentar lentamente, o que era um beijo apaixonado ganhou intensidade e agora se tornava tão erótico que Arizona se encaixou mais ainda para que suas intimidades estivessem mais próximas levantando uma perna da morena sem parar o beijo. Os movimentos ritmados da loira faziam as duas gemerem com vontade, fazendo a morena acompanhar o ritmo da loira que parou o beijo levantando o tronco para conseguir mais atrito passando as mãos pelos cabelos sentindo a onda de prazer a invadir. Callie agarrou com uma das mãos a coxa de Arizona apertando enquanto a outra se mantinha ocupada em um dos seios massageando com vontade fazendo a loira revirar os olhos sentindo o orgasmo a invadir sem demora e logo em seguida a morena também havia conseguido chegar mais uma vez.

Horas mais tarde depois de um cochilo, era a vez de Callie estar fazendo a loira gemer de prazer, a penetrava com um pênis que estava em uma cinta usada por ela. Arizona estava de quatro na beirada da cama enquanto Callie estava em pé com os movimentos de vai e vem lentamente.

- mais rápido Callie... hm... - sentindo a morena a penetrar com mais vontade - isso... assim...

A morena acelerava cada vez mais seus movimentos escutando os gemidos prolongados da loira que começava a ter espasmos, o orgasmo havia a invadido novamente a fazendo cair na cama exausta.

- você acabou comigo Calliope... - a loira mantinha os olhos fechados ainda sentindo o orgasmo que havia tido - nossa... eu tô exausta!

- não é pra menos... São quatro da manhã - indo até o banheiro para tirar a cinta - e tenho que estar no aeroporto às oito! - voltando entrando no closet para guardar a cinta

- você vai poder dormir no vôo! - levantando e indo até o banheiro parando na porta - eu terei que trabalhar e nem estou reclamando porque valeu a pena! - dando uma piscadela

- sim eu também acho que valeu a pena...- dando um selinho na loira - ainda acho que dá pra tomar um banho juntinhas

- só um banho amor, eu tô cansada! - sorrindo sentindo a morena a abraçar por trás - Calliope...

- só um banho... mas podemos namorar só um pouquinho? - beijando o pescoço da loira que solta uma gargalhada

- depois eu que sou insaciável né? - abrindo o chuveiro

- não posso fazer nada se você me deixa assim!

...

No dia seguinte, Arizona e Callie levaram as meninas para o colégio e como a viagem estava marcada na parte da manhã, depois de se despedir de Lara, seguiram para o aeroporto onde encontraram Mark e Lexie e a pequena Mia.

- se acontecer alguma coisa você não deixe de me ligar hein...- Callie falava pela enésima vez para a loira que revirava os olhos

- eu sei Calliope, você já me falou isso milhares de vezes! - a loira reclamava por ouvir aquilo novamente

- é que eu nunca sai assim sem ela para tão longe! - abraçando a cintura da loira

- eu posso imaginar mas fique tranquila, ela vai para a escola e depois sairemos para alguns lugares que já escolhi durante esses quatro dias, não se preocupe! - dando um selinho demorado

- quero fotos de tudo sim? - beijando o rosto da loira

- e você me liga assim que chegar lá ta bom? - entrelaçando as mãos no pescoço da morena

- ei casal! – Mark falava chamando atenção das duas – estão chamando o vôo!

- tenho que ir amor, se cuida ta? - passando o nariz pelo rosto da loira que fecha os olhos

- você também meu amor! - dando um sorriso

Depois de se despedirem, Mark e Arizona seguiam para o estacionamento, a pequena Mia no carrinho já estava rendida ao sono quando entraram no elevador para chegarem a seus respectivos carros.

- ela parece ser bem tranquila ne? – olhando a menina que dormia tranquilamente

- isso é apenas agora, você precisa ver quando junta cm o irmão, eu nem sei como vou fazer para aguentar quatro dias sem a Lexie com esses dois...

- ficarei com duas também, não faça drama Mark! – sorrindo para o homem que sorriu também – e vai passar rapidinho, assim espero!

- eu já estou com saudade dela sabia? Quase não nos vimos essa semana que passou devido aos preparativos da viagem e do meu trabalho

- essa viagem vai ser muito boa para a Callie e consequentemente para a Lexie também!

- sim eu sei, é para o bem dela só espero que passe rápido – abrindo a porta traseira para acomodar a pequena no banco – qualquer coisa me ligam posso estar com dois mas lido bem com a Lara!

- pode deixar que qualquer coisa eu ligo pra você sim!

Os dois se despediram e Arizona seguiu para seu trabalho, o dia prometia muitas coisas e teria que correr contra o tempo para conseguir organizar tudo em um dia apenas.

...

Algumas horas de viagem e finalmente estavam em Paris. O clima da cidade era fresco e as duas seguiam para o hotel em um taxi olhando as ruas movimentadas em que passavam, com certeza paris era uma cidade mágica mesmo.

Chegaram ao hotel e assim que terminaram de fazer o check in, seguiram para seus quartos que ficavam um ao lado do outro, todo que callie queria era descansar mas não tinha tempo naquele momento pois já teria uma reunião com a editora. Colocou as malas no quarto e abrindo pegou uma roupa para seguir para o banheiro. Olhando ao redor o local era enorme e sabia que custava muito caro, nunca imaginaria que seus livros chegariam ao sucesso que se encontrava. Tomando um banho rápido, se vestiu e abriu a porta para Lexie que estava apressando a morena como ninguém.

- Callie não da tempo de falar com a Arizona agora, o pessoal esta esperando! – Lexie falava enquanto colocava um brinco em sua orelha – não deve demorar muito a reunião e ai você liga para ela

- queria apenas falar que cheguei Lexie, não demora nem cinco minutos! – tentando ligar mas o Arizona não atendia e só caia na caixa postal – droga... ela não atende!

- ela deve estar com as crianças ou trabalhando! Coisa que deveríamos estar fazendo mas você esta ai, sentada tentando ligar pra ela!

- meu Deus Lexie, isso tudo é falta do Mark? Me diz que você transou antes de ficar esses quatro dias aqui comigo... - não acreditava que a amiga estava tão mal humorada daquela forma

- você esta falando do Mark, você acha mesmo que iamos ficar sem transar antes de vir pra cá?! Eu transei e muito! - falando como se fosse o obvio

- então é o que? O fuso horário? TPM? Não me diz que é TPM porque vou la no saguão agora pedir para me colocarem em outro andar...

- deixa de ser besta... - dando um tapa no braço da morena que riu - eu apenas estou, nervosa! Você tem noção que estamos em outro pais Callie? Que seu livro esta fazendo sucesso em outra língua?

- eu as vezes não consigo acreditar, então por isso não fico tão nervosa quanto você mas, estamos caminhando e você esta comigo nessa!

- eu fico muito feliz em acompanhar isso de perto... de verdade! - abraçando Callie

- eu também! Agora vamos antes que eu chore e borre a maquiagem! Mais tarde eu ligo para Arizona

...

Em Seattle Arizona havia acabado de buscar as meninas no colégio, as duas iam conversando sobre algumas brincadeiras da escola enquanto a loira dirigia rumo a uma lanchonete.

-  pra onde estamos indo mãe? Nossa casa é para o outro lado - olhando a rua que custumavam entrar para irem para a casa

- vamos parar na lanchonete e comemorar que você já pode comer algumas coisas - olhando a filha pelo retrovisor

- serio? – sorridente – pode ser milkshake?

- pode... mas do pequeno ok? Não quero abusar também - ligando a seta para entrar na rua

- ta bom... e você Lara vai comer o que? - olhando a menina que estava ao seu lado

- eu queria ir para a casa, essa hora eu assisto um desenho que só tem esse horário! Podemos ir para casa? - olhando para Arizona

- ah Lara, o desenho tem sempre, depois você vê a reprise! - Alana falava sincera

- mas eu gosto de ver na hora! - chateada pela resposta da loirinha - Arizona vamos!

- vamos fazer o seguinte: vamos comprar nossos lanches e ir para a casa sim?

- ah mãe, eu queria ficar comendo la!

- amanha vamos sair novamente e ai ficamos um tempinho la pode ser?

- ta bom! - Lara havia se conformado em fazer o que Arizona havia dito a deixando mais calma

Arizona havia conseguido contornar a situação e achou ate tranquilo em relação a isso, esperava que Lara não fizesse nenhuma de suas mãnhas perto dela pois não saberia o que fazer caso isso acontecesse. Chegaram na lanchonete e Lara logo pegou na mao da loira para entrarem juntas no local que não era muito grande porem estava cheio. Fizeram seus pedidos e se sentaram para esperar.

- o que vamos fazer amanha? - olhando para a mãe esperando a resposta

- surpresa! – sorrindo – vamos acordar um pouco tarde , tomaremos café fora e vamos ficar na rua o dia inteiro!

- mas e minha roupa? Ficou na minha casa! - preocupada

- sua mãe deixou a chave comigo Lara, não se preocupe, ela pensou em tudo... - acariciando os cabelos da menina

- eu queria ir com ela... - falou triste

- eu também queria mas não tinha como, você tem a escola e eu trabalho... mas na próxima iremos

- podemos ir pro Havaí na próxima ne? Eu amo praia! - sorridente

- vamos ver como vai ficar nossas férias ne?

- as férias em Montana foi bem legal! Eu gostei!

- também gostei muito, foi la que vocês começaram a ser amigas lembram?

- a Alana me salvou... – dando um sorriso para a loirinha que sorriu de volta – eu nunca vou esquecer!

- o pedido ficou pronto! – olhando a senha no visor – fiquem aqui!

...

- você viu a cara do editor daqui? ele ficou chocado com a quantidade de pessoas que falaram que vão no lançamento! - as duas entravam no quarto de Callie depois de terem uma reunião com a filial de Paris

- ele ficou realmente chocado... - sorrindo fechando a porta quando a amiga passou

- chocado?! Callie vão destribuir senhas para você autografar porque senão você ficaria morrendo de dor na mão, tem noção? - sentando na cama

- não tenho noção disso ainda Lexie... sinceramente eu não sei como consegui isso!

- como não sabe? com toda sua criatividade, esforço e dedicação Callie! você merece muito, tudo isso que está aí e o que ainda vai vir!

- obrigada Lexie, eu não conseguiria sem você também! - abraçando a amiga - vai querer comer alguma coisa?

- ainda estou cheia da comida da editora, acho que vou ligar pra casa e dormir um pouco... podemos mais tarde andar pela cidade mas não podemos ficar muito tempo, amanhã o tempo vai ser bem corrido...

- vou dormir um pouco também mas vou ligar para Arizona né? se ela brigar comigo por não avisar que cheguei a culpa cairá para você, sabe disso né? - vendo a amiga sorrir indo em direção a porta

- pode falar com ela que a culpa foi minha, mas você que se atrasou para se arrumar! - dando lingua sorrindo fechando a porta

...

Depois do final da tarde com as meninas em casa, as duas fizeram seus trabalhos, tomaram banho, viram televisão e agora já estavam dormindo pois já se passava das onze da noite. Agora a loira olhava alguns emails antes de dormir e sentiu seu celular vibrar atendendo logo quando viu de quem se tratava.

- oi... - continuava a mexer em seus emails

- oi meu amor... acabei de chegar de uma reunião, eu nem pude falar com você e já saí correndo pra lá... tudo bem por aí?

- sim, tirando o fato que fiquei preocupada... poxa Callie custava me ligar?

- amor não deu tempo, desculpa! eu cheguei agora e tomei um banho e vou tentar dormir um pouco.... me desculpa?

- tudo bem... como foi a reunião? - não queria brigar com a mulher

- ótima! amanhã vai lotar, muitas pessoas já marcaram presença e vão ter que distribuir senhas porque senão vai ter muita gente... não vai dar vazão

- nossa amor, que ótimo! você precisa descansar para amanhã

- sim, eu estou morrendo de sono, uma certa pessoa não me deixou dormir muito bem na noite passada

- mas você bem gostou né? - sorrindo lembrando da noite anterior

- eu amei... - sorrindo - cade a Lara?

- são onze da noite aqui Calliope, ela está dormindo... perguntou por você e disse que queria um telefonema seu...

- poxa eu esqueci do fuso que é diferente... avisa a ela que ligarei amanhã sem falta! - dando uma pausa - como está sendo ficar com ela?

- tranquilo... hoje ela queria ver um desenho e fomos tomar milkshake na lanchonete aí compramos e viemos pra casa, Alana queria ficar... combinamos de amanhã ficarmos pra lanchar calmamente, tenho que dividir as coisas

- ela sempre vê esse desenho... não deixe de me ligar se ela fizer alguma pirraça ou algo do tipo..

- pode deixar...

- eu vou tirar um cochilo agora, mais tarde vamos dar uma volta na cidade

- que inveja...

- seria mais divertido com você aqui comigo!

- queria muito estar com você ai, quem sabe na próxima?

- com certeza você vira! - sorrindo - durma bem sim?

- cuidado aí hein Calliope...

- pode deixar! eu te amo!

- também te amo meu amor!

Depois de desligar, a loira ainda viu alguns e-mails e desligando o computador, seguiu para sua cama, o dia seguinte poderia dormir até um pouco mais tarde mas com duas crianças duvidava que ia dormir até tarde.

...

- Callie voce vai comer isso tudo mesmo? - vendo a mulher entregar o cardápio para o garçom logo após de fazer seu pedido

- eu estou com fome! - se ajeitando na mesa olhando para a vista do terraço onde estava, que noite!

- você e o Mark comem tanto que eu fico impressionada, pra onde vai essa comida toda? - entregando o cardápio para o garçom também - credo...

- eu gasto bastante energia Lexie... e depois de ontem virando a noite transando eu ainda não me alimentei o suficiente!

- me poupe dos detalhes por favor! - revirando os olhos impaciente - você não pode ficar alguns minutos sem falar sobre sexo não?

- ue, você perguntou o motivo de comer tanto, estou apenas respondendo você! - bebendo um pouco de água - ainda acho que você deveria transar mais, tão mal humorada!

- pode ser a TPM que está pra chegar!

- espero que demore mais um pouco, Mark tem que aturar isso, não eu! - dando os ombros - poxa eles iam amar isso aqui! - olhando novamente para o céu e vendo a lua cheia que iluminava a cidade

- sim... até as crianças iam gostar, viu que tem alguns parques bem legais próximo ao hotel?

- aham, Lara ia gostar muito! - dando um sorriso - quem sabe a próxima férias a gente consiga trazer todos pra cá?

- sim, é uma possibilidade! - sorridente - espero que os pedidos não demorem, estou com fome também!

Não demorou muito para os pedidos chegarem e elas comerem enquanto conversavam sobre o dia seguinte. Callie teria que acordar cedo para fazer maquiagem e cabelo já que ia começar sua saga por Paris entre tarde de autógrafos, entrevistas e aparições na televisão. A morena se dava conta de que realmente a coisa havia tomado proporções que ela sequer conseguiria pensar um dia chegar até onde estava mas queria manter seus pés firmes no chão pois aquele sucesso estava aparecendo rápido demais, seu medo de ter uma queda grande se "voasse" demais. Após comerem andaram passeando por algumas lojas e comprando algumas coisas para elas e para seus filhos, não sabia se teria aquele tempo novamente devido a agenda lotada. Quando se deu conta, já estava no hotel tomando um banho, olhando o celular uma mensagem de Arizona desejando boa noite, em Seattle já era madrugada e decidiu responder apenas no dia seguinte, se ajeitou para dormir, o dia prometia.

...

- vamos meninas! entrem logo no carro! - Arizona pedia pela terceira vez enquanto as duas vinham com caras de sono com seu patins e Lara com o skate

- estamos com muito sono mãe! - Alana colocava o patins dentro do carro para em seguida entrar

- pensassem antes de ficarem rindo vendo vídeo até a madrugada... - vendo as meninas a olharem incrédulas - pensam que não escutei as gargalhadas de vocês?

- é que a gente estava feliz de dormir juntas, né Lara? - Alana coçava os olhos e bocejava

- Depois eu falo Alana, quero dormir - olhando para o lado de fora do carro fazendo Arizona sorrir, Callie era exatamente a mesma coisa quando acordava, não gostava de muito assunto

- certo meninas, vamos começar nossos passeios do dia que vai ser bastante movimentado! - ligando o carro

- você não disse pra onde vamos! - Alana falava colocando o cinto

- agora vamos na pista de skate e depois é surpresa, já disse! - saindo do estacionamento quando o portão se abre - prontas?

- sim... - Alana dizia empolgada enquanto Lara apenas balançou a cabeça afirmando que estava contente porém ainda com sono.

...

- já olhou a quantidade de pessoas que estão na fila? gente deve ter mais de mil pessoas ali! - Lexia falava entrando no camarim improvisado feito pela editora na livraria onde aconteceria a tarde de autógrafos

- não me deixe mais nervosa do que estou Lexie! - suas mãos suavam, já tinha visto a fila na hora que chegou mas ainda estava pequena - já vai começar?

- sim, vim te buscar para irmos até lá, vamos?

- vamos! - suspirou fundo andando pelo corredor, suas mãos tremiam, nunca havia sentido algo do tipo. Entrando na livraria escutou gritos e sorrisos seguidos de flashes de todas as partes, se sentia uma artista e sorriu acenando para as pessoas que continuavam a gritar seu nome. Depois do alvoroço, se sentou em uma cadeira, era hora de começar seu trabalho e logo um tradutor ficou ao seu lado, queria pode trocar algumas palavrinhas com seus leitores e não sabia francês. - vamos começar!

Logo que começou, perguntava o nome para o leitor, sorria e tirava as fotos, estava indo bem. Lexie organizava pedindo para colocarem em um post it o nome e colando no livro para facilitar a escrita da morena. Durante uma hora ela autografava e conhecia alguns rostos que falavam o quanto gostavam de seus livros e o quanto estavam felizes de a conhecerem pessoalmente, era meio louco saber que havia se tornado conhecida aquele ponto. Mas algo começava a dar errado quando viu Lexie vir com cara de espanto próximo a ela.

- o que houve Lexie? - olhando para a amiga

- não temos livros suficientes e... o pessoal está querendo invadir Callie você vai ter que sair daqui agora! - a amiga falava nervosa - agora Callie

- Calma Lexie, me explica direito isso...

- não dá tempo! eles quebraram um vidro da porta mais atrás, não tem senha para todos e ainda faltam algumas pessoas, Callie no caminho eu conto mas precisamos sair daqui!

Tudo aconteceu de forma muito rápida que nem Lexie teve tempo de gritar, uma multidão corria em direção a morena que só deu tempo de puxar a amiga e seguir correndo para o camarim e olhar pra trás ver os seguranças tentando conter as pessoas vendo a porta fechando e sendo trancada, viu o segurança a puxar com força seu punho escutando um estalo forte seguido de uma dor aguda a fazendo gritar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...