História I got you - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Camille O'Connell, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Elizabeth "Liz" Forbes, Enzo, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Malachai "Kai" Parker, Marcellus "Marcel" Gerard, Matt Donovan, Mikael Mikaelson, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood
Tags Klaroline
Visualizações 82
Palavras 2.827
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Hentai, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 25 - Amor


Fanfic / Fanfiction I got you - Capítulo 25 - Amor

Segunda-feira - 17 de abril

~Pv Klaus~

Ligação

"- bom dia - diz carinhosamente me fazendo sorrir

- bom dia, posso saber porque a senhorita não está do meu lado na cama ?- pergunto ela ri

- preciso trabalhar esqueceu ?- suspiro

- devia ter me acordado pra mim te dar um beijo de bom dia

- não se preocupe, eu te dei um antes de ir - diz em um tom provocador

- se aproveitando de mim enquanto durmo, que mal exemplo doutora Forbes - ela ri

- o que pretende fazer hoje ?- muda de assunto fazendo meu sorriso desmanchar

- procurar meu irmão e conversar com ele ?- pergunto

- boa sorte, ah eu deixei o carro aí, te amo até a noite - diz provavelmente satisfeita

- me liga que eu te busco viu ? Eu também te amo Love - digo e ela logo desliga"

Dou um sorriso me levantando da cama deixando o celular na mesma, vou até o guarda-roupa de Caroline que já tinha minhas coisas, pego uma calça preta, uma blusa polo azul escura vestindo, enquanto caminhava para meu quase antigo quarto sinto os pelos da minha nuca arrepiarem lembrando da linda loira de olhos azuis. Realmente ainda não concordava de ter praticamente trazido Elijah pra cá, mas depois de termos feito amor como pazes, conversamos e ela me fez entender o que Elijah falou, não preciso ficar mais seria bom pra todos nós nos vemos de vez em quando, principalmente agora que Rebeka está grávida.

Saio do meu quarto já com os tênis calçados, desço as escadas e pego a chave do carro na mesinha que tinha no pequeno corredor, olho pra porta tomando um pequeno susto. Elijah parece ter a mesma reação arregalando levemente os olhos, logo dando um pequeno sorriso, suspiro sorrindo forçado caminhando até a porta abrindo a mesma, ele dá um passo pra trás.

- já que não está com nenhuma mala, gostou mesmo desse lugar - diz enquanto eu fechava a porta

- tenho meus motivos - digo passando por ele começando a descer a curta escada

- Caroline eu presumo - diz enquanto me acompanhava

- quando você toca no nome dela até parece que a conhece - digo parando perto do carro me virando para o encarar

- eu tenho a impressão que ela parece se importar com você e se não fosse por ela não conseguiria o achar tão cedo - diz me fazendo sorrir de lado

- a agradeça hoje iremos buscá-la no hospital e finalmente se conheceram - digo enquanto dava a volta no carro

- no hospital ?- pergunta com uma das sobrancelhas erguidas

- sim, ela é médica - digo e ele parece ficar aliviado, abro a porta entrando logo a fechando - não vai entrar ?- pergunto, ele logo abre a porta do carro entrando, eu o olho com um sorriso de deboche

- médica ? Interessante - diz eu reviro os olhos começando a dirigir- onde está me levando ?- pergunta

- calma irmão não vou te transportar numa caixa pra New Orleans, Caroline ficaria aborrecida, vamos conversar eu acho que isso é o mais apropriado nesse momento - digo e vejo com os cantos dos olhos, sorrir enquanto balançava a cabeça

- essa moça, você parece gostar bastante dela olha que nem a conheci pessoalmente - diz me fazendo franzir as sobrancelhas e dar um sorriso convencido

- só não se apaixone ela é minha - digo o encarando rapidamente por causa da estrada

- por favor Niklaus - diz suspirando

- enfim quero falar de Rebeka, já sabem o sexo da criança ?- pergunto com um sorriso disfarçado

- infelizmente não. Porém dia 24 fará 4 meses e novamente Rebeka tentará ver o sexo, a doutora que está acompanhando a gravidez disse que provavelmente dará pra ver - diz com orgulho na voz, o que me fazendo rir fraco

- não me diga que está ansioso ?- pergunto ele me olha cansado

- não deveria ?- pergunta, nego com a cabeça achando graça

- um menino ou uma menina o que importa é que esteja com saúde - digo e o vejo me encarar - o que foi ?- pergunto o olhando por alguns segundos

- você sempre quis ter um menino como sobrinho - diz me fazendo rir

- claro já temos muitas mulheres complicadas na nossa família, mas se vim, mais uma pra nos deixar louco - ele ri, o que me faz sorrir satisfeito

- e sua namorada é mais uma mulher complicada pra família ?- pergunta eu o olho por alguns segundos com um sorriso de lado, vendo um pequeno sorriso em seu rosto

- com certeza sim - digo voltando meu olhar para frente

.

.

~Pv Caroline~

- ora, ora, além de um, agora tem dois bonitão vindo te buscar ?- pergunta Elena quando saímos para o estacionamento do hospital, passo meu olhar rapidamente em volta parando em meu carro não muito longe com Klaus e mais um homem conversando do lado de fora

- quem é ?- pergunto enquanto andávamos até eles, então a luz forte para do meu lado olho e vejo Damon tirar o capacete

- loira - ele me olha dando um sorriso forçado

- damonio - digo sorrindo do mesmo jeito o fazendo revirar os olhos

- nem comecem vocês dois, estou cansada e a senhorita, namorado esperando - ela aponta - tchau Care até amanhã - diz me dando um abraço e eu correspondo

- até - digo enquanto ela se afastava pegando um capacete da mão do Damon, que me mostra a língua. Reviro os olhos dando as costas a eles começando a andar até Klaus que estava bem embaixo de um poste de luz com o homem, escuto o barulho da moto se afastar.

- hey, desculpe sair um pouco mais tarde, hoje foi um dia corrido - digo parando em sua frente tentando dividir o olhar para ele e o homem que me encarava com um sorriso fraco nos lábios

- que nada Love sei como você é ocupada - diz me puxando pela cintura atraindo minha atenção toda pra ele, me fazendo sorrir abertamente. Klaus sorri me dando um selinho quente e demorado que me faz extremecer por inteira, me controlo tentando manter a pose perto do homem até agora desconhecido pra mim.

- Klaus, pare - eu o empurro envergonhada encarando o homem que desvia seu olhar para o chão, parecendo conter o riso. Klaus me olha com um sorriso chantagista, ignoro me afastando cruzando os braços, ele ri pelas narinas

- bom deve estar curiosa, esse é meu irmão Elijah - diz apontando pro homem que volta a me encarar estendendo a mão em minha direção, sinto meu rosto esquentar.

- ah Elijah - digo um pouco surpresa e vejo o sorriso no canto dos seus lábios se entender - Caroline Forbes prazer - aperto sua mão e sinto meu corpo arrepiar

- o prazer é todo meu, estava ansioso para conhece-la Caroline, posso chama-la assim ?- pergunta elegantemente afastando nossas mãos

- claro que sim - digo pondo algumas mechas a trás da orelha tentando desviar meus olhos dos seus.

- bom que tal irmos pra casa, se não se importa Love meu irmão nos acompanhará no jantar - diz Klaus me fazendo desviar meus olhos para os seus

- claro, na verdade pode ficar no quarto de hóspedes lá em casa - volto meu olhar para Elijah

- não, não precisa já me instalei em um hotel por aqui - diz me fazendo erguer uma das sobrancelhas

- eu insisto por favor - digo e o vejo encarar Klaus

- ela é insistente - diz pondo um dos seus braços encima dos meus ombros me puxando pra perto, Elijah parece querer hesitar

- okay - diz em um suspiro me fazendo sorrir abertamente

- ótimo, vamos - digo olhando animadamente pra Klaus que sorri daquele jeito meigo

- vamos - diz e sinto vontade de beija-lo porém os olhos atentos do irmão chegava a ser incomodador. Logo entramos todos no carro, os dois na frente e eu no banco de trás.

- então vejo que conversaram, fico feliz - digo quebrando o Silêncio que se instalou até a metade da viajem

- conversamos e bastante, assunto pra dois anos - diz Klaus me fazendo sorrir de lado, vejo Elijah me encarar pelo retrovisor interno do carro

- muito obrigado Caroline por se importar com meu irmão, e ter ido me procurar - agradece me fazendo bufar tímida

- não precisa agradecer, eu fiz isso porque seu irmão é muito, muito importante pra mim, não fiz nada pra receber agradecimento - digo me perdendo nos olhos verdes que também me encaravam pelo retrovisor interno, vejo um sorriso orgulhoso em seus lábios.

- estão muito tempo juntos?- pergunta desviando o olhar do retrovisor

- dia 24 vamos fazer um mês - digo sem graça e vejo Elijah arregalar levemente os olhos, enquanto segura o riso

- que foi irmão ?- pergunta Klaus com um sorriso divertido nos lábios

- nada é que eu pensei que estivessem mais tempo juntos - diz

- love lembra que eu falei que minha irmã está grávida ?- pergunta Klaus mudando de assunto

- claro - digo franzindo as sobrancelhas

- dia 24 vai fazer 4 meses de gravidez - diz me fazendo sorrir

- agora tem dois motivos pra comemorarmos - digo animada e vejo novamente Elijah me encarar pelo retrovisor com um sorriso - desculpa é que eu gosto de comemorações - digo sem graça, Klaus sorri de lado.

- minha irmã também, então estou acostumado de que tudo que acontece de novo ser motivo para jantar comemorativo - diz me fazendo rir, logo ficamos em silêncio.

- ah esqueci de falar sua mãe me ligou agora a pouco, ela disse que chegou em casa - diz Klaus

- porque ela não me ligou?- pergunto com dúvida

- esqueceu que ficou o dia inteiro com o celular desligado ?- pergunta com uma das sobrancelhas erguidas me fazendo sorrir envergonhada

- esqueci - digo manhosa o fazendo sorrir de lado, então o vejo parar na frente de casa. Logo descemos e dou uma corridinha na frente entrando em casa primeiro.

- mãe ?- eu a chamo entrando na cozinha, vejo ela afastando os braços pra vim me abraçar mas antes seguro seus ombros.

- opa que foi ?- pergunta confusa

- o irmão do Klaus ta ai e vai passar a noite com nós - digo rapidamente e em um tom baixo

- senhora Forbes eu presumo - a voz de Elijah me faz afastar da minha mãe em um pulo, me virando pra ele que sorria levemente com as mãos no bolso da calça formal.

- não me chame de senhora, me chame de Eliz - diz mamãe simpática estendendo a mão em sua direção

- Elijah Mikaelson, muito prazer - ele beija a mão de suas costas a surpreendendo

- o prazer é meu - diz sorrindo sem graça

- cuidado ela é xerife - diz Klaus adentrando na cozinha me fazendo sorrir enquanto o encarava

- ei Klaus está animado - minha mãe o abraço com carinho - visita de irmão é bom né ?- pergunta levantando a cabeça o encarando ele sorri com uma das sobrancelhas erguidas pra mim e pra Elijah que sorri de lado - bom espero que estejam com fome, puis em prática as culinárias que Bobby me ensinou - diz mamãe parando do meu lado

- Elijah ?- pergunto o olhando

- claro estou morrendo de fome - diz fazendo minha mãe sorrir

- vem vamos nos sentar - diz indo até a mesa um pouco afastada, Elijah passa por mim dando um sorriso fraco acompanhando minha mãe.

- até agora não o enxeu de perguntas, o que aconteceu com minha Caroline ?- pergunta Klaus me abraçando por trás me fazendo sorrir, relevando meu corpo contra o seu

- ele é seu irmão não posso passar impressão de curiosa - digo o fazendo rir fraco contra meu pescoço

- estava com saudades - sussurra me fazendo arrepiar

- eu te amo - digo o olhando e ele sorri me dando um selinho demorado.

- e os pombinhos aí ?- minha mãe nos interrompe, nos fazendo se afastar

- estamos indo mãe - digo sem graça começando a andar até ela e Elijah que já se organizava na mesa......

- tem certeza que não quer trocar essa roupa ? Aqui tem umas roupas do Klaus, só não sei se as camisas vão servir - digo revirando o guarda-roupa

- love meu irmão já disse que está bem - diz Klaus cansado, o olho vendo encostado no batente da porta com os braços cruzados

- muito obrigado Caroline, mas eu estou bem assim - diz Elijah encostado na parede com os braços também cruzados

- okay - solto um suspiro fechando a porta do guarda-roupa - bom, boa noite se precisar de alguma coisa meu quarto é logo a frente - digo me virando para os irmãos cruzando igualmente os braços

- tenha uma boa noite irmão - diz Klaus enquanto passávamos pela porta - e qualquer coisa, não nos chame - diz baixinho para mim não escutar, enquanto fechava a porta

- Klaus - exclamo o dando um tapinha no ombro, ele sorri de lado acabando de fechar a porta

- já estava começando a ficar com ciúmes com a preocupação sobre meu irmão - diz me puxando pela cintura colando nossos corpos

- ciúmes ? Está doido ?- pergunto erguendo uma das sobrancelhas o encarando com um sorriso - só estava sendo atenciosa - digo alisando seus ombros, ele sorri de lado

- você também dizia que só estava sendo atenciosa comigo - diz me fazendo rir

- você é diferente - digo encarando seus lábios dando um sorriso provocador, ele tenta alcançar meus lábios porém desvio o rosto segurando sua mão - aqui é o corredor amor - digo o puxando ele sorri de lado, logo entramos no quarto e eu fecho a porta.

Me viro de frente pra ele com um sorriso malicioso o atacando com um beijo feroz, sinto suas mãos desfazerem meu coque deixando as mechas de cabelo cair sobre meus ombros, logo descerem para minhas costas a alisando a mesma lentamente, enquanto uma de minhas mãos invadia seus fios de cabelo com os dedos e a outra agarrava firmemente sua nuca aprofundando o beijo. Separamos nossas bocas com dificuldade, nem tenho tempo pra pensar quando vejo Klaus já passava minha regata pela minha cabeça, logo jogando a roupa no chão atacando meu pescoço me fazendo bater as costas contra a parede, ele beija meu pescoço lentamente com desejo me fazendo extremecer e suspirar com os toques da sua boca quente contra minha pele. Uma de suas mãos seguravam o lado direito do meu pescoço aprofundando ainda mais seu rosto no mesmo me fazendo morder os lábios com força soltando alguns suspiros, enquanto a outra descia lentamente pela lateral esquerda do meu corpo até chegar no meu quadril, sinto-a deslizar até minha nádega esquerda a apertando com força sobre a legging preta, dou um gemido alto afastando minhas costas da parede.

- eu te amo caroline - sinto sua respiração bater contra a minha, abro os olhos lentamente vendo-o me encarar, mordo o lábio inferior atacando sua boca.

No meio do beijo o ponho contra a parede impressionando meu corpo contra o seu, sentindo suas mãos agarrarem firmemente minhas nádegas fazendo alguns movimentos fazendo minha intimidade latejar. Separo nossas bocas e ele tenta recuperar meus lábios mais eu o paro tirando sua blusa e jogando contra o chão, ele sorri e volta a tomar meus lábios, no beijo tiro o cinto da sua calça fazendo a mesma descer até o chão. Suas mãos deslizaram pras minhas coxas as agarrando com firmeza, em um pulo fico em seu colo, ele anda e me joga contra a cama separando nossas bocas.

- seu irmão - sussurro mordendo o lábio inferior quando ele ponhe meus pés contra seu peito

- o que tem?- pergunta sem muita importância me ajudando a tirar a legging com agilidade, ele tira sua cueca

- ele está no quarto ao lado, minha mãe..- tampo a boca me controlando quando ele desliza minha calcinha lentamente pelas minhas pernas, até tirá-la

- ninguém vai ouvir eu prometo - diz pondo minhas coxas contra seu quadril se encaixando no meio das minhas pernas - agora não seu você - diz entrando de uma vez me fazendo gemer alto e prazeroso, ele cobre minha boca com seus lábios me dando um selinho carinhoso enquanto eu envolvia seu pescoço fechando os olhos - eu te amo, love, nunca vou deixar de ama-la - sussurra separando lentamente nossos lábios me olhando com paixão e carinho

- eu também te amo Klaus, muito - digo tomando sua boca pra um beijo carinhoso e profundo começando a senti-lo se movimentar com carinho me fazendo pensar que seria impossível deixar de ama-lo.


Notas Finais


Estou pensando aqui, será que Elijah vai se apaixonar por Caroline ? Quem sabe.... Kkkk

Xoxo ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...