História I Guess I Need You (Imagine Yongguk) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias B.A.P, Bang Yong Gook
Personagens Bang Yong Gook
Tags Bang Yongguk
Visualizações 23
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


iai meu povo que come pão com ovo era pra eu ter atualizado a um tempão mas mano tava muito sem tempo a espero que gostem

Capítulo 3 - Descobrindo novas faces


Fanfic / Fanfiction I Guess I Need You (Imagine Yongguk) - Capítulo 3 - Descobrindo novas faces

Depois de muitas horas na estrada S/N e Bang Yongguk finalmente chegaram ao seu destino e S/N estava muito cansada pois não dormia a dois dias desde que tudo aconteceu, Yongguk ainda sem dizer nada desde que saíram pela estrada aparentava estar tão cansado quanto S/N. Chegaram em uma casa cheia de grades rodeando o local ela é grande e aparenta ser um pouco velha com dois homens na entrada cada um segurando um fuzil, Yongguk saiu do carro e pegou S/N no colo percebendo que ela não tinha condições de andar e entrou com ela , subiu as escadas até chegar em um quarto bem aconchegante, a deitou na cama e a fitou por uns minutos sentado na cadeira ao lado da cama.
Yongguk: está com fome?
S/N: N...ão menti mesmo sentindo meu estômago doer
Yongguk: Ok se você não morrer com uma bala no meio da sua cabeça morrerá de fome então me levanto prestes a sair do quarto.
S/N:
Espera... eu estou me sento na cama olhando ele por favor não me deixa aqui sozinha.
Yongguk: Eu preciso descer para preparar algo fique tranquila nada vai acontecer com você saio trancando a porta, olho pela janela me certificando que está tudo bem.

S/N

Após ele sair eu começo a chorar novamente, por fome, medo insegurança e principalmente saudades da minha vida normal, me levantei e olhei todo o quarto andando por ele, cheguei perto da janela e tentei abrir , porém, estava emperrada e eu não podia sai muito menos olhar lá pra fora. O quarto era gelado e um pouco sombrio o que me deixava mais assustada, comecei a ouvir passos e vozes no corredor, uma voz parecia ser a de Choi e a outra do de cabelos castanho.
Choi: Ela não vai falar então eu vou matá-la
Castanho:  e o Yongguk te mata sua anta... pare com isso vamos embora daqui antes que ele ouça

Os dois desceram as escadas e eu fui pro canto da parede me encolhendo e abraçando meus joelhos
- Seria esse mesmo o meu destino?

Yongguk

Estava preparando lamen quando ouvi a voz de Youngjae e Choi la em cima, terminei e peguei água , preparei suco quando os dois chegaram na cozinha discutindo, me bateeu uma curiosidade por não ver HimChan com eles mas então descobri que ele estava lá fora garantindo a segurança do local. Peguei uma pasta de fotos que estava na gaveta da mesinha na sala coloquei junto a bandeja e subi até o quarto de S/N, destranquei a porta olhando o quarto e a encontro encolhida no chão chorando reviro os olhos respirando fundo e me sento na cama.
- Levanta dai vem ca
S/N: me levanto chorando e me sento ao seu lado vão me matar eu ouvi.. não adianta mentir pra mim
Yongguk: não vão, come logo antes que você se mate pego a pasta com as fotos esta quente cuidado dou a bandeja a ela e me sento na cadeira ao lado da cama
S/N:
obrigado começo a assoprar e comer devagar o que é isso?
Yongguk: Fotos olho ela você vai olhar ela e ver se reconhece alguém
S/N: suspiro comendo um pouco nervosa tudo bem mas eu ja disse que não vi nada isso vai ser em vão
Yongguk: coma logo isso e vamos ao trabalho.

S/N passou uns longos minutos comendo, ao terminar respirou fundo colocando a bandeja ao lado e passando a mão no rosto, bebeu água e finalmente se sentiu pronta.
S/N: Ok vamos lá
Yongguk: Abri a pasta e comecei a mostrar as fotos uma por uma lentamente olhando suas expressões faciais
S/N: após olhar todas fiquei um pouco desapontada
sinto muito mas não é nenhum deles, nenhum deles tem.... Nada
Yongguk: Me levanto um pouco alterado Como assim nenhum deles tem certeza? eles não tem o que ? Olha de novo essas drogas de foto
S/N:  E...ei calma por favor... não é nenhum deles eles não aparentam ter... aquele sorriso
Yongguk: então você viu o rosto dele?
S/N: não eu não vi o rosto dele por completo eu só vi o sorriso demoníaco que ele dava ao atirar naquele homem apenas isso
Yongguk: Puta merda respiro fundo se você visse ele pessoalmente reconheceria?
S/N: Talvez mas não é certeza, eu não estou mentindo eu juro
Yongguk: ouço tiros lá em baixo merda fica aqui dou uma arma a ela se aparecer alguém que não seja eu ou algum daqueles que você viu é só apertar o gatilho!

Yongguk desceu e viu os dois seguranças da porta jogados no chão ensanguentados , HimChan e Youngjae tentavam conter o sangue de ambos enquanto Choi atirava no carro que havia ali e rapidamente Yongguk pegou um dos fuzil e começou a atirar no carro também.
Yongguk: QUE MERDA TA ACONTECENDO
Choi: ALGUMA EMBOSCADA TALVEZ ALGUÉM QUE QUEIRA MATAR ELA ANTES DE MIM
Yongguk: CALA BOCA SEU IDIOTA Atirando mato dois dos quatro que havia
Choi: começo a rir
e consigo acertar os outros dois que faltava.

Choi e Yongguk correram pra socorrer os dois homens que haviam sido atingidos, Youngjae chamou mais reforços enquanto HimChan ligou pra ambulância que rapidamente chegou e levou os dois homens que estavam alí. Ficaram um tempo discutindo sobre tudo o que estava acontecendo e Yongguk informou a eles o que S/N havia dito, nenhum dos homens da foto era o assassino, HimChan supôs que poderia ser um assassino de aluguel enquanto Youngjae complementava ser uma emboscada. Yongguk subiu as escadas e abriu a porta do quarto em que S/N estava logo se assustando com o tiro mal dado que ela deu.
Yongguk: AI PORRA SOU EU CALMA ele acabou dando um riso fraco enquanto os três Hyungs subiram as escadas correndo pesando que teria acontecido algo.
S/N:
droga me desculpe me levanto o que aconteceu?
Yongguk: Nada demais está tudo bem e você esta bem?
S/N: sim eu estou sorrio olhando todos você disse que eram seis, está faltando um então certo?
Youngjae: sim está, ele disse estar resolvendo uns negócios mas logo logo volta!
S/N: A .. entendi
Choi: Por que?
Himchan: Menos por favor
Yongguk: fiquei um tempo olhando ela sorrir pela primeira vez depois desses dois dias cheios de lágrimas ela apenas está curiosa assim como qualquer um ficaria.
S/N: pelo visto eu irei passar um longo tempo com vocês... meu nome é S/N e bom... eu... vou ajuda-los nisso eu so quero minha de volta após tudo isso acabar.

Os meninos sorriram fraco e Yongguk não parava de fita-la olhando seu sorriso, todos estão supondo ser uma emboscada e comentaram isso com ela que apenas concordava com tudo.


Notas Finais


ai jinsus kksksks espero que tenham gostado eu fiz nas pressas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...