1. Spirit Fanfics >
  2. I hate loving you >
  3. Larinas

História I hate loving you - Capítulo 51


Escrita por:


Notas do Autor


°Boa leitura🌠❄⚡

Capítulo 51 - Larinas


Fanfic / Fanfiction I hate loving you - Capítulo 51 - Larinas

Tia Laura-Any! Any! Any,acorda,tá na hora de levantar.

Any-que? Já?-Ela assente.

Tia Laura-já arrumei suas coisas para você voltar para o colégio.

Any-como assim? 

Tia Laura-você vai para a escola,ué.

Any-depois de tudo o que aconteceu?

Tia Laura-qual é o problema? Lá têm pessoas para cuidar de você.

Any-eu sei disso...ah não vou discutir com você de manhã.

Tia Laura- só vamos.-Ela coloca a mão no meu ombro,mas eu me esquivo.-Any o que foi?

Any-eu vou sozinha,sei andar.

Tia Laura-mas você tá fraca,Any.

Any-realmente estou,mas se vou para o colégio,dou conta de andar.

Tia Laura-Any...-Vou na frente,abro a porta do carro,não falamos nada durante o percurso do hospital para o colégio.-Any...por favor,você tem que entender,tá sendo difícil pra mim também.

Any-é mesmo? Porque não parece. Eu mudo de país por sua causa,deixo todos meus amigos pra trás,chego aqui e logo vou para um internato,no fim de semana você teve plantão,não estava comigo na hora da crise,não ficou no hospital,quer que eu continue?

Tia Laura-eu sei que tá sendo difícil,mas eu prometo que vou passar mais tempo com você,meu amor.

Any-não prometa o que você não vai cumprir.

Tia Laura-Any...-Fecho a porta do carro e entro na escola,a primeira pessoa que encontro é o Josh.

Josh-Gabrielly,é você?

Any-eu mesma,em carne e osso,acho que eu ia morrer né?-Ele me abraça tão forte que acho que vou morrer sufocada.-Você tá bem? Certeza que não tá com febre?

Josh-eu nunca estive melhor,Gabrielly.

Any-também estava com saudades,Beauchamp.-Sabina e Joalin aparecem.

Sabina-minha brasileira!!-Ela quase me derruba no chão.

Joalin-isso Saby,manda ela pro hospital de novo.

Noah-Any que bom te ver.

Any-ai,gente eu sei que vocês não vivem sem mim.

Sina-não mesmo.

Hina-gente,e o trabalho de Geografia?

Any-que trabalho?

Sabina-bem,ontem antes de você sair o professor passou um trabalho surpresa de Geografia.

Any-sobre o que é?

Sofya-nós vamos ter que fazer uma apresentação em duplas sobre nossos países de origem.

Any-que legal,quais são as duplas?

Josh-Hina e Sofya; Sina e Pepe; Savannah e Noah; Andrey e Diarra;Joalin e Lamar; Heyoon e Bailey; Shivani comigo,Krystian com o Luís e por último: Hidalgo e Rolim.

Lamar-eu simplesmente amei essas duplas.

Heyoon-pra quando é o trabalho,mesmo?

Sina-hoje de tarde,no auditório.

Any-meu Senhor,vem Saby vamos começar logo.-Puxo ela e vamos para o seu quarto.-Então,no que você pensou?

Sabina-até agora em comida.-Pego o papel onde estava as instruções de como realizar o trabalho.

Any-terá duas partes, uma a gente vai ter que fazer um texto,na outra dançar.

Sabina-dançar o que,meu Pai?

Any-uma dança  de um dos países,no nosso caso México ou Brasil.

Sabina-vamos montar a coreografia,ou escrever o texto?

Any-acho que a coreografia primeiro,é o mais difícil.

Sabina-qual música?

Any-qual será o nosso país?

Sabina-vamos sortear.-Escrevemos os nomes em um papel,colocamos em um potinho,chacoalhamos e tiro o papelzinho.-Qual foi?

Any-Brasil!

Sabina-o que você sugere?

Any-não faço ideia,vamos perguntar pra Raissa.-Ligo por vídeo pra ela.

Raissa-oi Any,oi Saby.

Any-então,temos um trabalho pra fazer,só que não sabemos qual música brasileira dançar,ajuda a gente.

Sabina-estamos desesperadas,Raissa.

Raissa-bem,o que tá dando mais ibope no Twitter,é Barões da Pisadinha.

Any-ah,ouvi falar,qual música?

Raissa-"Tá rocheda"

Sabina-Senhor,que nome é esse?

Any-valeu,Rai,vamos fazer com essa.

Raissa-eu quero ver,hein. Grava o vídeo e me manda.

Sabina-combinado.-Desligamos.

Any-vamos ouvir essa música e montar uma coreografia.-Assim fazemos,ouvimos e montamos uma coreografia (https://youtu.be/I9nPlWR8LSw aconselho vocês verem antes para entenderem,lembrando que só estava a Any e a Sabina).

Sabina-minha nossa Senhora,que cansaço.

Any-nem me fale,agora o texto.

Sabina-a gente esqueceu o principal.

Any-o que?

Sabina-os figurinos.-Colocamos as mãos na cabeça.

Any-acho que conheço alguém que pode nos ajudar.

Sabina-quem?

Any-a Diarra,ela entende de moda,pode ajudar.

Sabina-verdade,vamos falar com ela AGORA!-Depois de horas de preparação,chegou o momento.Nós éramos as próximas.

Professor-muito obrigado,Krystian e Luís. Agora Any e Sabina,é a vez de vocês.-Saímos da coxia e entramos,primeiramente era o texto.-Podem começar.

Sabina-"Muito antes da chegada dos espanhóis, os astecas, toltecas e os maias ocupavam a região que atualmente corresponde ao território do México. O conquistador espanhol Hernán Cortés arrasou com a Civilização Asteca entre os anos de 1519 e 1521. A partir desse momento, o México passou a integrar o Vice-Reino da Nova Espanha. Sua independência foi proclamada em 1810 e, em 1824, já era uma república.

Guerra do México, Revolução Mexicana e ditadura
No ano de 1836, ocorreu a independência da região do atual estado norte-americano do Texas, e sua anexação pelos Estados Unidos, em 1845, o que resultou na Guerra do México. Já derrotado, o México perdeu ainda o Novo México, a Alta Califórnia, Utah, Arizona, Nevada e o oeste do Colorado.
A Revolução Liberal ocorreu em 1857, e o poder foi assumido por Benito Juárez. Em razão de sua política progressista, ele não foi bem recebido pelos conservadores, o que teria levado, assim, a uma guerra civil até 1861, quando foi vencida pelos liberais.
Após a vitória, Benito suspendeu o pagamento da dívida externa.
Em 1863, os franceses aproveitaram-se desse pretexto para invadir o México. Depois de quatro anos, a monarquia instalada pelos franceses foi derrubada e o imperador foi fuzilado.
Em 1876, o general Porfirio Díaz implantou uma ditadura e permaneceu durante décadas no poder. Como as eleições que lhe deram a vitória foram consideradas fraudulentas, os camponeses rebelaram-se e deram início à Revolução Mexicana.

Período atual do México
A maioria das empresas estatais mexicanas foram privatizadas em 1980. No ano de 1993, o México passou a integrar o Acordo Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta).
Em 1994, o México vivenciou uma crise econômica, a qual também afetou vários países. Essa crise ficou conhecida pelo mundo todo como “efeito tequila”. Em 2000, foi realizada a primeira eleição presidencial do México considerada sem fraudes.
Essa disputa eleitoral foi vencida pelo oposicionista Vicente Fox, que acabou com os 71 anos de governo do Partido Revolucionário Institucional (PRI)."

Professor-Any,sua vez.

Any-"A História do Brasil é dividida, consensualmente e para fins didáticos, em três períodos principais: Período Colonial, Período Imperial e Período Republicano. Entretanto, tais divisões existem apenas para organizar esquematicamente os principais conteúdos sobre a formação do Brasil, tendo como ponto de partida o ano do descobrimento, isto é, 1500. Entretanto, é sabido que, no território em que se “formou o Brasil”, havia, antes, várias tribos nativas com aspectos culturais muito particulares. Mesmo antes da formação dessas tribos, houve também povos primitivos que deixaram os vestígios de sua cultura em vários lugares do território brasileiro há milhares de anos.

A esse período da História do Brasil cujo tema central é o estudo dos povos nativos, isto é, dos povos indígenas, dá-se o nome de Período Pré-Cabralino. Essa nomenclatura faz referência a Pedro Álvares Cabral, cuja chegada em terras brasileiras é considerada o marco inaugural da História do Brasil. A partir de então, de 1500 em diante, sobretudo a partir da década de 1530, teve início a fase do Brasil Colônia.

O Brasil começou a ser efetivamente colonizado em razão da preocupação que Portugal passou a ter com as ameaças de invasões das terras brasileiras por outras nações, como viriam a ocorrer décadas depois. O primeiro sistema de ocupação e administração colonial foi o das Capitanias Hereditárias, que, posteriormente, foi regido pelo Governo Geral, que tinha o objetivo de organizar melhor a ocupação do território, bem como desenvolvê-lo. O período do Brasil Colonial estendeu-se até o início do século XIX, especificamente até 1808, quando a Família Real veio para o Brasil e integrou-o ao Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves. Foi nesse período em que se desenvolveram a economia e a sociedade açucareira e, depois, a economia e a sociedade mineradora. Dataram ainda do período Colonial as várias Rebeliões Nativistas e Rebeliões Separatistas, merecendo destaque especial a Inconfidência Mineira.

Em 1822, teve início a fase do Brasil Império, ou Período Imperial. Desde a vinda da Família Real (1808) para o Brasil até 1822 houve intensas transformações políticas tanto no Brasil quanto em Portugal, que acabaram por conduzir as elites brasileiras e o Príncipe D. Pedro I a declararem o Brasil um Império independente. Após a estruturação do Império, seguiu o Período Regencial, período esse marcado pelo governo dos regentes daquele que se tronou o segundo imperador brasileiro, Dom Pedro II, que, à época em que o pai deixou o poder (1831), ainda não estava em idade hábil para governar o país. O Segundo Reinado só começou de fato no ano de 1840, estendendo-se até 1889, ano da Proclamação da República. Um ano antes, ainda sob a vigência do Império, foi decretada a Abolição da Escravatura.

A partir de 15 de novembro de 1889, teve início o período do Brasil República. Esse período caracterizou-se pela montagem de uma estrutura política completamente diversa daquela do Império. A busca pela efetividade dos ideais políticos republicanos, influenciados pelo positivismo, guiou a formação da república brasileira, que se dividiu, esquematicamente, entre República Velha (1889-1930), cujas rebeliões que nela ocorreram merecem destaque; Era Vargas (1930-1945), que foi marcada pelo longo governo do político gaúcho Getúlio Dornelles Vargas; fase da República Populista (1945-1964), que se situou no período inicial da Guerra Fria e caracterizou-se pela estrutura política baseada no fenômeno do populismo; e, por fim, a fase dos Governo Militares (1964-1985), marcada pelo Golpe Militar de 31 de março de 1964 e, depois, pelo Ato Institucional nº5, de 13 de dezembro de 1968, que estendeu o regime militar (com cassação de direitos políticos e liberdades individuais) até o ano de 1985.

Ainda há a fase do Brasil Atual, que é estudada de acordo com as pesquisas mais recentes que são feitas sobre a conjuntura política, sociocultural e econômica do Brasil dos últimos 30 anos."

Sina-mano,eu ainda não acredito que a Saby tá vestida de tacos e a Any de coxinha,tá muito bom.

Professor-agora vocês têm 5 minutos para organizar a próxima apresentação.

Pov Sabina

Em poucos minutos estávamos nós com nossas roupas,dançando Barões da Pisadinha,nunca me senti tão viva como agora,eu amava dançar e cantar,e ver todos rindo e nos filmando,tentando cantar junto com a gente era muito engraçado(foto do capítulo). Acabamos nossa apresentação, tínhamos que esperar um tempo para saber nossas notas,enquanto isso fomos para a lanchonete.

Krystian-gente,sem palavras para a apresentação da Saby e da Any.

Noah-simplesmente perfeito,eu AMEI.

Josh-estava melhor que minha vida.

Sabina-eu sei,a gente arrasou.-Fazemos um high-five.

Any-vocês também arrasaram,nossa bebê Hina quebrou o palco dançando.

Sina-e a Sofya? Sem comentários.

Diarra-todos arrasaram.

Any-obrigada,de novo,Di.

Diarra-por nada.-O professor vai nos chamar para dar as notas.

Professor-como vocês sabem,o trabalho valia 10,então vou entregar as folhas dos textos com as notas.-Ela entrega para todas,nós somos as últimas.

Sabina-no três a gente olha.

Any e Sabina-1...2...3....Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh.

Josh-que isso gente.

Noah-vou morrer surdo.

Shivani-quanto foi?

Sabina-10!

Joalin-10?

Any-aham 10!!!

Heyoon-gente,sabe o que eu acabei de perceber: as duas são latinas.

Noah-mano,é verdade.

Sofya-como é? "Larinas"?-Todos nós rimos pela tentativa da Sofya de falar Latinas.

Sabina-tá aí,agora só vou te chamar assim: Larina.

Any-somos as Larinas!!-Nos abraçamos e começamos a pular.

Pov Any

 Como estávamos cansados e não podíamos sair,decidimos comemorar na lanchonete mesmo. Estouramos até champanhe. Umas horas depois cada um foi para o seu quarto. Nunca me senti tão feliz assim. Sentei na minha escrivaninha e comecei a escrever no meu novo diário,primeiro senti todas as páginas e o cheiro do papel,sim eu faço isso,depois peguei uma caneta e comecei a escrever:

"Não querido diário,hoje foi diferente,foi inexplicável realmente nunca me senti tão viva e feliz como naquele palco,cantando,dançando com a Saby. Foi o primeiro dia que não senti tristeza,o que sinto desde que meu pai morreu,foi a primeira vez em muito tempo que me senti livre pra voar,livre dessa tristeza que não tinha fim..."

Eu dormi em cima do diário,literalmente,só acordei no outro dia com o Josh entrando pela porta.

Josh-anem,eu ia te dar um susto.

Any-não vai mais.-Levanto e sento na cama.

Josh-desde quando você dorme na escrivaninha?

Any-desde quando eu dormi escrevendo.

Josh-bem,eu vim te chamar para um passeio.

Any-onde?-Digo com sono.

Josh-você vai ver.-Ele me venda e vai me guiando.

Any-nada de gracinhas,Beauchamp.


Notas Finais


Gente,não sei se deu para entender,mas na hora do texto,a Saby tava vestida de taco e a Any de coxinha,depois para a dança,elas trocaram de roupa.
To fazendo esse capítulo deve ter umas 2 horas kkkk,amei de paixão ele.
Será pra onde Joshua Kyle Beuachamp Deinert vai levar Any Gabrielly Rolim Soares? Não faço ideia,ainda vou pensar.
Meus dedos estão doendo tanto,mas é por uma boa causa
Beijos e até o próximo 😍🤩🤗🥰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...