História I hate ü, I love ü - Capítulo 53


Escrita por:

Visualizações 166
Palavras 794
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem-me as cardíacas!

Capítulo 53 - Mais mentiras


Fanfic / Fanfiction I hate ü, I love ü - Capítulo 53 - Mais mentiras

Cameron POV/53/
   Droga. 
   Eu deixei ela ir, não tive coragem de matá-la. 
   Mas o erro foi meu, eu menti para ela, minha mãe não está doente. Muito menos em um hospital. Max havia me chamado para liderar uma das deles. Só que ela não poderia saber, ou me convenceria a ficar.
   Ela está tão linda, seus cabelos cresceram. Seu corpo está bem mais bonito. Ela está linda, como sempre.
   Despertei do transe em que eu havia entrado quando a vi. Voltei para a festa e Gabriela veio até mim.
Gabriela- Pegou ela, amor?
Eu- Eu não consegui.- falei já sem paciência entrando no meu carro- 
Gabriela- como assim não conseguiu ?- veio me seguindo-
Eu- ela fugiu de carro, não consegui alcançar.- liguei o carro e ela entrou no mesmo- Gabriela? Vou voltar para Los Angeles.- ela me olhou surpresa-
Gabriela- Está ficando maluco ?- disse ela já gritando- Vai deixar meu pai aqui? 
Eu- Max não precisa de mim, Gabriela. Mas tem uma pessoa que precisa de mim lá. E eu não vou deixar esta oportunidade passar novamente! 
Gabriela- Vou com voce!- olhei para ela-
Eu- Não! Você não vai.-me olhou indignada-
Gabriela- como não? Sou sua namorada!
Eu- era.- estacionei o carro no jardim e subi para fazer minhas malas- 
•••
Helena POV 

   Chegamos a Los Angeles e eu estou exausta. 
    Vou voltar a morar aqui, afinal aqui é minha terra. Não iria aguentar muito tempo longe daqui. Já liguei para Lola mandando ela voltar para LA com a Joana e Sophia. Elas disseram que chegam pela manhã. Só preciso da minha cama agora. 
   Entrei na minha casa e fui direto para o meu guardo, tomei banho na banheira com tudo que tinha direito. Depois me sequei e coloquei uma roupa comum. Me deitei e dormi me livrando dessa longa noite. 
   ••••
Alexandra- Senhorita Carpenter ?- disse ela me acordando- 
Eu- Hum? - me remexi na cama- 
Alexandra- O senhor Dallas está lá fora, querendo falar com a senhorita. O que eu faço ?- perguntou ela se encostando no batente da porta- 
Eu- Dallas ? - abri meus olhos- Cameron Dallas ? - sentei na cama e ela assentiu- o que ele quer falar comigo ?
Alexandra- Falou que era só com a senhorita. Mando entrar?- assenti me levantando já- aconselho a senhorita a colocar um sutiã.
     Ela saiu do quarto descendo as escadas e eu olhei para minha roupa, não estava indecente. Meu seio não aparecia totalmente, só as laterais por conta que eu estou usando regata sem nada por baixo, e um short pra acompanhar. 
     Fui para o banheiro olhando minha aparência, nossa. Estou bem abatida! Joguei uma água na cara e prendi meu cabelo em um coque e desci.
      Ele estava na cozinha conversando com a Alexandra, acho que ela tem uma queda por ele. Só pelo jeito que ela joga o cabelo pro lado. Revirei os olhos e entrei na cozinha.
Eu- Vaza, Alexandra- falei e ela assentiu- Acho que ela tem uma queda por você!- falei enquanto colocava um pouco de vinho em duas taças- 
Cam- Des da época que eu vivia aqui!- o entreguei uma taça- 
Eu- Enfim, o que te traz novamente a minha Los Angeles?- ele me olhou e sorriu- 
Cam- Minha queda por você!- o olhei sem entender- ontem eu percebi que...- ele fez uma pausa, tomando  em um gole todo vinho- eu não fico muito tempo sem você!
   Ele puxou minha nuca, grudando nossos lábios, iniciando um beijo calmo, que não durou muito tempo e logo foi esquentando. 
   Ele puxou minha cintura, me fazendo ficar entre suas pernas. Ficando sentado no banco do balcão e eu em pé no meio das pernas dele. Ele com uma mão na minha nuca e a outra na minha bunda.  
Eu- Eu preciso de você.-larguei minha taça no balcão- Agora!- o puxei para a escada- 
     Subimos as escadas nos beijando, foi complicado, mas conseguimos. Chegando no meu quarto ela tirou minha blusa e me pegou no colo, fechando a porta logo em seguida. Me jogou contra a cama, ficando por cima de mim. Tirei sua blusa e ele parou, olhando meus seios. 
Cam- Fico alguns meses fora e eles ficam grandes e mais perfeitos ? Pra que isso?
Eu- pra você chupar, porra!- ele sorriu malicioso- 
    Beijou meu pescoço até descer para os meus seios, dando leves mordidas neles, os chupando logo em seguida. Soltei alguns gemidos fracos. 
    Ele arrancou meu short com a boca e minha calcinha foi junto. Logo tirou sua calça e sua box. 
Cam- eu preciso disso tanto quanto você!- sorrimos- 
     Assenti e ele penetrou em mim de uma vez só. Soltei um gemido que seria alto, se ele não colocasse a mão na minha boca.
Cam- Geme baixo, amor! 
 •••



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...