História I hate u I love u(Jack Grazer, Asher Angel, Jacob Sartorius) - Capítulo 28


Escrita por: e Fireheart_

Postado
Categorias It: A Coisa, Stranger Things
Visualizações 17
Palavras 1.512
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpe qualquer erro, até lá embaixo

Capítulo 28 - Egoísta?


Fanfic / Fanfiction I hate u I love u(Jack Grazer, Asher Angel, Jacob Sartorius) - Capítulo 28 - Egoísta?

P.O.V. Anna

Mais uma semana e as aulas começariam, mais um ano inteiro e finalmente adeus colégio! Não que vá fazer muita diferença porque ainda tem a faculdade... Melhor nem pensar para não me estressar. 

Eu e o Jack tínhamos marcado de ir no shopping hoje, eu iria comprar meus materiais escolares. Levanto da cama e começo a organizar meu quarto que estava uma bagunça. Desço e preparo uma panqueca com morango e leite condensado. Enquanto como, faço uma chamada de vídeo com as gurias.


Calma on

-Eae lindas, alguma coisa pra hoje? - May diz

-Vou sair com o Jack, mas depois disso nada

-Eu vou ajudar a Diana com as malas, nem tô acreditando que ela vai embora- Emilly diz

-Então deixa pra amanhã, beijos- Eu digo

-Tchau- Elas falam juntas

Call off


Esse ano tem que ser perfeito, esse é o último ano do ensino médio. Ano passado o passeio foi cancelado por causa dos formandos idiotas, e esse ano tudo tem que dar certo. Asher e Emilly tinham planejado um passeio incrível, íamos para um safari, que tinha parque aquático. Ia ser muito legal mas né! 

A direção disse que devido ao mau comportamento dos alunos do terceiro do médio não iríamos, e claro o Finn estava junto nessa. Desde que eu e o Jack voltamos, Finn nunca mais tentou reatar a amizade. Eles eras melhores amigos, e às vezes me sinto culpada por causa disso. 

Agora que o Finn saiu da escola, não sei se vou ter algum mínimo contato, e sinceramente agradeço por isso. Foi bom enquanto estávamos juntos, mas o amor só é eterno enquanto dura. 

Joe também saiu da escola, May não me contou se ele vai tentar fazer faculdade ou vai seguir outra carreira, mas espero que dê tudo certo para ele.



P.O.V. May

Estava no meu quarto, podia jurar que o Joe tinha dormido aqui noite passada, ou eu estou me confundindo por ele estar aqui frequentemente.

Estava em ligação com as gurias, e pelo visto hoje vai ser só eu e ele de novo. Ergo, coloco uma roupa confortável e desço para comer alguma coisa.

-Bom dia meu amor! - Joe diz da cozinha, pelo jeito preparando alguma coisa no fogão

-Eu achei estranho você não estar lá no quarto, achei até que eu estava sonhando que você dormiu lá- Digo enquanto sento

-Claro, você sonha comigo até acordada- Ele diz se gabando

-A.T.A. Joe, me poupe 

-Que que deu que já tá estressadinha- Ele diz me provocando

-Você me deixa estressada- Retruco

-Achei que te deixava molhada- Ele fala

-Meus deus tirou o dia pra me tirar né? - Falo erguendo as mãos

-Relaxa  amor, admite que dói menos - Ele diz me beijando


P.O.V. Emilly

Essa seria minha hora favorita agora, hora do almoço, mas só de pensar que será minha última refeição com a Diana antes de ela entrar no avião já me dá um embrulho.

Vou até a casa do Asher logo depois da ligação com as gurias, estamos arrumando as malas até agora. Revisamos três vezes e agora estamos descendo para comer.

-Oi princesas- Asher diz

-Oi amor - Digo lhe dando um beijo

-Pronto pra ficar sem mim Asher? - Diana pergunta

-Nunca - Ele diz e vai abraça-la

-Vamos comer- Pai do Asher diz

O almoço foi cheio de nostalgia, falamos de vários momentos que quero guardar comigo para sempre, ficamos juntas apenas por 3 meses e parecia que faz mais de anos, prometi para mim mesma que só ia chorar no aeroporto.

Subimos para pegar as coisas e ela me pede para sentar na cama.

-Você sabe que se algum dia precisar de lugar pra ficar em Washington pode pedir pra mim né? - Ela diz sorrindo com lágrimas nos olhos

-Não chora Diana, a gente ainda vai poder se ver - Digo a abraçando

-Tomara - Ela diz 

-Vamos gurias que já está na hora- O pai do Asher grita lá de baixo

-Estamos indo- Respondo

Pegamos as coisas e entramos no carro. Eu e a Diana fomos atrás, estávamos olhando nossas fotos e eu vou sentir saudade dessa guria. Depois de uns 20 minutos chegamos, o aeroporto era longe mas por sorte estava sem trânsito. Descemos do carro, mais cinco minutos e ela teria que fazer o check-in.

-Eu vou pegar um carrinho pra por suas malas- Pai do Asher disse

-Não precisa, é só 2 malas- Diana responde

-Precisa sim, vou lá pegar- Ele diz saindo

-Então, como vai ser a vida sem mim agora? - Diana pergunta para mim e para o Asher

-Diana calma, não tamo indo pro teu velório! - Asher diz

-Hahahaha dramática - Eu digo

-Aqui- Pai do Asher chega com o carrinho

-Preparada?- Pergunto, Diana morava na mesma cidade que a gente junto com sua mãe, porém com toda confusão sua mãe preferiu pedir transferência pra Washignton

-O suficiente - Ela diz, abraça cada um de nós, pega suas malas e vai


P.O.V. Anna

-Vamo Anna, não precisa se empiriquita pra ir pro shopping! - Jack diz 

-To descendo- Eu nem estava exagerada, coloquei um short jeans  azul claro, uma blusa rosa pastel e um tênis branco.

-Vamos então? - Ele disse

-Vamos- Digo saindo de casa com ele logo de atrás

-Então, combino alguma coisa com as gurias hoje? - Ele me pergunta

-Amanhã vamos combinar alguma coisa, por quê? - Eu digo

-Queria combina alguma coisa com os guris já que é a última semana de paz

-De noite eles não tem nada pra fazer que eu saiba

- Não, deixa só a gente, essa noite meus pais não estão em casa, alguma idéia? - Ele pergunta malicioso

-Eu deixo você escolher- Resondo

-Aí sim - Quando vejo já estamos no shopping, ele estaciona e vamos comprar meus materiais.

-Qual loja? - Ele pergunta

-Gosto daquela última lá do andar de cima

Subimos e depois de algumas voltas achamos a loja, eu adoro escolher caderno, marca-texto, caneta, post-its, sério é muito bom. Jack disse que ia pegar só uns 7 cadernos e as coisas básicas.

-Já dá pra ir embora? - Ele pergunta

-Ta apressado pra ir pra casa Jack? - Pergunto me fazendo de tola

-Você nem imagina

- Vamos pagar as coisas, aliás tô a fim de um sorvete- Falo rindo da sua casa e indo para o caixa

-A gente pode comer em casa- Ele responde, já estamos nos caixas

-Eu quero sorvete, eu sei o que você quer comer- Quando olho pra frente, o atendente está com uma cara com uma definição entre irritado e com nojo.

-Oi Finn- Jack diz, claramente envergonhado

-Relaxa, eu sou só o moço do caixa. Podem continuar com seus pensamentos impróprios - Ele diz com irônia - Voltem sempre 

-Tchau cara- Jack fala pegando as compras e saíndo

-Tchau Finn- e saio também, como é que eu consigo ser tão azarada?


P.O.V. May

Já era sete horas da noite e ainda estamos em casa. A gente estava parecendo velho. Convido Joe para dar uma volta e ele aceita desde que eu vá pegar a carteira dele. Ele é meu vizinho, foi assim que nos conhecemos. Já que ninguém estava em casa eu entro apenas com a chave reserva que fica embaixo da pedra. Assim que ponho o pé para dentro o cachorro do Joe já pula em mim, ele ganhou de natal, se chama Dominic.

Entro no quarto com a cama totalmente bagunçada e pego a carteira de cima da escrivaninha, eu a abro para ver se a carteira de motorista está ali dentro, e acabou encontrando algo que eu concerteza não esperava. 

Apresso o passo e vou para casa, eu espero que tenha alguma razão para isso. Um presente, qualquer coisa.

-Joe, eu quero sinceridade- Ele olha para minha mão e ele muda totalmente de feição.

-Eu queria te contar, mas queria esperar pra depois das férias e... - Eu o interrompo no meio da frase

-Então me explica o que é essa passagem de avião! Junto com esse maldito contato de empresa - Falo torcendo para não ser o que parece

-Me contrataram para jogar no time base do Burnyglei. Eu não podia jogar fora essa oportunidade, você sabe o quanto eu me dedico

-Eu achei que essa coisa de futebol era um hobby, se você tivesse me avisado eu ficaria feliz por você! Mas você vai ir embora daqui cinco dias e não me contou porque você é um egoísta! - Falo gritando

-Eu egoísta? Você está brava por eu ter ganhado a maior oportunidade da minha vida, e eu que sou egoísta!? - Ele diz chegando perto

-Por que você não me contou? - Digo começando a chorar

-Eu queria que a gente aproveitasse os nossos últimos dias - Ele se aproxima mais

-E quando chegasse a hora você simplesmente ia jogar isso na minha cara? - Falo chorando mais ainda

-Eu te amo May, e pensei que já que era seu último ano na escola. Depois disso nada disso poderia nos atrapalhar- Ele diz olhando fundo nos meus olhos

-Eu nunca iria abandonar toda minha vida por isso, eu te amo, mas eu me amo mais. Assim que você pegar aquele avião, não existirá mais um nós. Não quero que você perca essa oportunidade, mas eu não vou me prender a você

-Eu te amo - Ele diz me abraçando

-Eu também 




Notas Finais


Então, o que acharam? Bjs Duda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...