História I hate u/I Love u - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Tags Hot :v, Hot Bangtan, I Hate U, Inimigos De Infância, Taehyung Hot, Te Odeio
Visualizações 21
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem antecipadamente os erros ortográficos.
É o teclado de bosta.

Capítulo 3 - 3.Herói?


Cap. Anterior Tae 

-Oh essa palavra saiu agora tão facilmente,eu acho que você estava gostando,e aproveitando, certo?-falou com um sorriso cínico no rosto

-Aish...só vim ver se você estava bem.-Falei sem graça.


Cap3

-Está preocupada comigo?-Garoto filho da mãe.

-Ahhh...você também devia me agradecer,afinal,salvei seu appa.-falou,andou até mim,e me jogou na cama.

-O-o-brigada eu acho...-falei gaguejando.

-Não,Eu digo outro tipo de agradecimento.-Ele aproximou o rosto do meu,tentei virar mas ele segurou e me beijou,foi um beijo calmo,mas não podia mas ceder a isso,o empurrei,e ele fez uma expressão de dor.

-Ah Desculpa...ei você está ferido,deixa eu ver.-falei me levantando.

-Tá tudo bem,não tá fundo.-falou levantando a manga da blusa,realmente não estava fundo,mas poderia inflamar.

-Onde tem kit de primeiros socorros?-Iria tentar cobrir o ferimento.

-No banheiro lá de baixo,numa caixa em baixo da pia.-falou e saí do quarto.

     Entrei no banheiro,peguei a caixa e de dentro tirei o kit de primeiros socorros,quando me virei dei de cara com a praga.

-Aigoo...você me assustou...senta ali deixa eu fazer o curativo.-falei apontando para a banheira,ele,como provocação, tirou a blusa,a praga percebeu meu nervosismo,e soltou um sorrisinho.Enquanto fazia o curativo,não conseguia parar de olhar pra sua barriga definida.Terminei o curativo,como suporte usei suas coxas pra levantar,minha mão estava molhada,e escorregou em sua calça de couro,uma das minhas mãos tocou seu membro.

-Oh...Oh...me desculpa!-falei e ele segurou o riso.

-Aigoo...nunca mais faça isso...você me excita demais.-A primeira parte falou sério,por um momento achei que ele tinha tomado jeito,mas...depois falou aquilo e sorriu,fiquei tipo...cosplay de um tomate.

-Aish...me poupe praga.-falei e fui até a porta,mas ele me segurou.

-Olha eu deixo você dormir no meu quarto.-falou me segurando pela cintura.

-Como assim?Eu vou pra casa.-falei e ele riu.

-S/N...você é tão lerda...não lembra que uma árvore enorme caiu em cima dela?-falou e eu caí na real que iria ter que ficar,na casa da praga.

-Ahhh verdade...não eu durmo na sala.-falei tentando me soltar.

-Não você vai dormir no meu quarto,seu appa no da minha omma já que ela está viajando,e eu vou dormir na sala,e ponto final assunto encerrado,ah... e tranque a porta,ou hoje será uma looonga noite.-falou,e saiu sem me deixar falar uma palavra se quer.

        Okay,eu disse que gostava de Taehyung,mas no passado,porque estou me abalando com as palavras,toques e expressões que ele faz?Eu não posso mas me apaixonar por ele,pois não sei se ele quer apenas brincar comigo.

     Fui até a cozinha,e vi appa com Taehyung, já estavam almoçando,já eram quase 2:00 e nada da chuva passar,resolvi tomar um banho,subi até o quarto de Taehyung,entrei no banheiro e tirei a roupa encharcada que eu vestia,tomei um banho rápido,sai do banheiro e fui até o guarda-roupa,procurar alguma blusa que ficasse grande,senti algo como um saco ou pacote,já tinha até suspeitado do que fosse,era um pacote de preservativos,peguei uma blusa amarela,e ouvi um barulho,uma tosse.

-Sabe...mexer nas coisas dos outros também é falta de educação.-falou andando em minha direção,parou até me prender contra a parede,nossos corpos estavam colados,minhas mãos estavam segurando minha toalha,mas minha vontade era de me segurar em seu pescoço e não soltar mais.Seu rosto veio em direção ao meu,meus olhos não saiam de seus lábios.Ele me beijou,minhas mãos foram até seu pescoço,e as suas mãos foram descendo de minha cintura até minha bunda,a apertando,não se via mais minha toalha,sua mão foi até minha coxa,a carregando pra cima,e com a outra finalmente me carregou,colocou-me na cama.Seus lábios foram até meu pescoço,suas mãos foram até meus seios os massageando,depois abocanhou um deles,e assim fez com o outro,fez uma trilha de beijos até minha intimidade.

-PUTA QUE PARIU.-falei tentando me afastar mas ele segurou minhas pernas,e me beijou novamente,foi um beijo calmo e intenso.Desceu novamente até mibha intimidade,depois de um tempo,minhas mãos já estavam em seus fios de cabelo,sua boca estava me deixando louca,sua língua trabalhava com rapidez,fazendo movimentos de cima pra baixo,a penetrando de vez em quando em minha entrada,penetrou-me um de seus dedos fazendo movimentos lentos.

-Taehyung?ahhhh...eu sou vi-virgem.-falei com a voz falha.

-Eu sei!E não se preocupe não vou fazer isso...agora...mas quando eu for serei cuidadoso-faliu e apoiei-me em meus cotovelos,e Taehyung voltou a molhar minha intimidade com sua saliva,ora chupava meu clitóris,ora dava beijos e passava a língua em meu ponto sensível.Levei a mão até os fios escuros de Taehyung,o pressionando contra minha intimidade,sua língua rodeava minha entrada,a penetrando algumas vezes,segurou minhas coxas me deixando totalmente exposta à ele,minha respiração já estava acelerada,gemidos inevitáveis saiam,uma vontade súbita de fechar as pernas me atingiu,mas Taehyung as segurou fazendo continuar exposta,seus dedos foram até minha intimidade abrindo os lábios e passando a língua vagarosamente.

-Ahhhh...Taehyung...eu amo...-assim que falei isso,ele parou e arregalou os olhos já em pé.-...sua língua.-terminei de falar,e ele me olhou meio que decepcionado.Hey...nunca fui de perder uma aposta...Eu amo sim...É...posso amar Taehyung...agora tenho certeza que amo essa praga,a minha vida toda eu esperei por isso.

-Pega...-falou jogando a blusa em minha direção.-Vai descansar...por hoje é só...-falou e dói em direção a porta.

-Como assim?Você...-realmente estou confusa.

-"Como assim" o que?-falou,parecia chateado.-Cara...você não acredita em mim,não é?Desse jeito você me faz sofrer demais,não acredita no meu amor por você?Você pode confiar em mim,eu sei que te fiz mal...te fiz sofrer mas eu...te amo...Eu tô cansado de amor unilateral relacionado à você...me dá uma chance?-disparou,e fiquei perplexa.-Só uma...-falou e foi em direção à porta.

-Taehyung?Eu te dou uma única chance...-falei e ele sorriu.

-Já basta...não irei desperdiça-la.-falei ainda sorrindo,com aquele sorriso quadrado que só ele tem,que me conquistou por inteiro,me fez amá-lo,que me fez desejá-lo e perdoá-lo,pelas coisas ruins que me fez.

   Me vesti,e resolvi tentar dormir,já eram 21:42,e estava exausta.


[...]


-ACORDA!ACORDA!PREGUIÇOSA!ACORDA SE NÃO EU VOU COMER O SEU CAFÉ DA MANHÃ!-era Hoseok e Jimin me acordando aos gritos,e em coro ainda por cima,e me empurrando da cama.-VAMOOOO!-vou adicionar mais isso a minha lista que acabei de inventar,porque tenho trauma desses meninos.Me levantei,esfregando com a costa das mãos os olhos.

-Vai descer desse jeito?-perguntou Jimin,e franzi o cenho.

-Vou!O que tem? -falei e ele sorriu de jeito sacana.

-E se eu te disser que você tá me excitando só com essa blusa?Tá bom pra você?Veste uma calça do Tae,tem visitas na sala.-falou cinicamente.

-Aish...saiam daqui demônios...-falei,os empurrando pra fora do quarto,e eles só fizeram rir.Procurei um short que não ficasse muito grande em mim...e achei um short que eu havia dado à ele,no seu aniversário de 9 anos...acho que deve dar em mim,mas por que não doou ou algo do tipo,fica só ocupando lugar,com certeza ele não usa mais isso.

    Desci e vi o resto do bondinho de Taehyung,e Seokjin...Bom falei Seokjin separado,porque nunca o considerei igual a Taehyung,e pra fazer parte do bonde dele teria que ser igual ele...

    Meu appa havia ido trabalhar,e só tinha eu e eles em "casa"...aspas porque a casa não é minha e sim a moradia da praga...

-SEOKJIN!-gritei correndo em sua direção e pulando em seus braços.-QUE SAUDADES DE VOCÊ!-falei e Taehyung apareceu.

-Aigoo...porque não fui recebido assim?-perguntou entrando e fechando a porta de entrada.

-Porque não merece.-jin falou e sorriu.Sentei me no sofá,e Jungkook e se sentaram do meu lado um de cada.Começaram a me beliscar...Como sempre os dois juntos...Deus...ainda vou descobrir o que esses dois tem.

-Aigoo...para...para...aiii Jungkook eu vou te dar um soco...PARA HOSEOK!-implorava enquanto beliscavam minhas pernas,braços,minha barriga,tentei bater,mas eles desviaram.

-Aigoo...parem de atormentar o amor da minha vida.-Taehyung brotou não sei da onde,e me puxou,e grudou nossos corpos,fiquei da cor de um tomate...sempre bancava durona na frente dos meninos.Assim que ficamos colados ouvi só um coro de "wooooooow",o que me irritou,e fui até as escadas.-Hey!Amor...aonde vai?-falou e segurou meu pulso.

-VAI SE FUDER TAEHYUNG!-falei e mostrei o dedo do meio.

-Seria melhor se eu fodesse você...amor.-não sei se essa conversa de amor,é de verdade...

   Subi,e fui pro quarto,ouço a porta ser aberta.Era Seokjin,como sempre me ajudando com a praga.

-Está tudo bem?-perguntou se sentando ao meu lado.

-Sim...-falei e ele me abraçou.

-Pode contar comigo...okay?Se quiser de ajuda com Taehyung eu posso con...-foi interrompido,por Taehyung que entrou no quarto,parecia chateado com o que viu.

-Se vão se pegar...por favor longe do meu quarto.-falou sério.Eu realmente não entendo Taehyung...ele é mais confuso que eu...

-Não íamos nos pegar idiota!-falei e ele pegou algo em sua escrivaninha.

-Tanto faz...o almoço tá pronto...-falou saindo do quarto e batendo a porta com força.

-Err...vamos comer...eu tô faminta.-falei e descemos.Fomos direto pra cozinha e nos servimos.

[...]

-Hey!Vamos jogar verdade ou desafio?-sugeriu Taehyung...e todos aceitaram...mas eu não. 

-Eu não quero...vou só olhar vocês...-falei e Taehyung ergueu uma de suas sobrancelhas.

-Tá com medo s/n?-perguntou a praga,estreitando os olhos.

-Quer saber...agora eu vou brincar...e não tava com medo...só sem vontade.--falei e ele sorriu,e começamos a brincar,Hoseok começou.

-Humm...eu escolho Jungkook...verdade ou desafio?-Esses dois com certeza deve ter algo...cara tudo é eles dois...o que?ele vai desafiar a dar um beijo nele mesmo?

-Te desafio a ligar pra Lee...e dizer que ama ela é que quer voltar.-Quem é Lee?Deve ter acontecido várias coisas,enquanto estive fora.



Notas Finais


Obrigado por leeeerr!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...