1. Spirit Fanfics >
  2. I Hate You >
  3. É o que eu acho que é?

História I Hate You - Capítulo 124


Escrita por:


Capítulo 124 - É o que eu acho que é?


Fanfic / Fanfiction I Hate You - Capítulo 124 - É o que eu acho que é?

Já era de manhã, John já tinha explicado a todos o que aconteceu.
Estavam todos sentados na mesa do lado de fora da casa, conversando e almoçando. Eren fazia todas as crianças rirem com histórias e John entrava na brincadeira. Porém, Kira estava quieta na mesa, até ria de alguma coisa que Eren falava mas não tava prestando muita atenção. Ela viu LÁ no fundo da vila, Marley sair de uma das cabanas, checar se seus pais estavam o olhando e só foi para dentro da floresta lá no fundo.
Kira-...
Levi- Kira, não tá com fome? - Perguntou vendo que ela parou de comer.
Kira- hm? A-Ah, não, eu tô satisfeita... eu... eu vou levar a Furiosa pra fazer as necessidades dela ali no fundo, tá bem?
Levi- Tá certo, mas não vá muito longe, viu?
Kira- Sim papa. - Disse saindo da mesa.
Lynn- Levi-Sama, Que história é essa que o Senhor está grávido mas é infértil?
Levi-... eeh...

Kira não ficou pra ouvir a conversa, foi até perto do cercado onde ficavam as ovelhas, Hunter e Furiosa estavam deitados no chão perto delas.
*Confiança tem que ter pra largar dois LOBOS GIGANTES perto das coitada das oveia*
Kira- Furi... vem, vem comigo.
Furiosa lambeu ( beijou ) o rosto do pai que estava dormindo, ficou de pé e foi andando ao lado de Kira em direção a floresta do fundo.
Assim que passaram por algumas árvores, Kira subiu em cima dela.
Kira- Furiosa, vá pra frente... mas sem fazer barulho.
Furiosa então começou a andar tranquilamente pela grama e folhas secas seguindo o cheiro de Marley.
Kira sabia que seja lá o que ele foi fazer não era da sua conta, mas a curiosidade falou mais alto, isso ela puxou de ambas as avós.

.

Marley estava usando uma capa vermelha escura enquanto andava pela floresta, como havia muito mato e planta no caminho, ele a usava como "escudo" para não ficar se coçando ou encostar em um espinho ou coisa assim. Furiosa podia encostar numa planta venenosa que nada ia acontecer, pois seu pelo era muito grosso e suas patas eram grandes.

Demorou uns 5 minutos, Marley chegou em uma parte da floresta em que a grama era baixa, não tinham árvores tão perto uma da outra dificultando a passagem e um rio córrego lá na frente, haviam algumas pedras perto da água e algumas empilhadas como se fosse uma toca de algum animal pequeno.
Marley parou em frente a essas pedras, bem perninhas do Rio. Se ajoelhou na grama e começou a tirar uma pedra de cada vez daquela "toca"
Kira conseguiu alcançar ele sem ser notada, furiosa parou do lado de uma árvore e Kira ficou tentando ver o que ele estava fazendo, mas estava de costas e na frente das pedras.
Kira então apoiou as mãos na loba e desceu, infelizmente pra ela, Marley ouviu seus pés pisarem nas folhas, imediatamente tirou seu arco e apontou uma flecha para ela, Kira nem teve a reação de pegar sua espada, só ergueu as mãos de susto, Furiosa rosnou forte para Marley e ameaçou atacá-lo.
Marley-...?! O-O que tá fazendo aqui?!
Kira-... eu... vim... passear? - Deu um sorriso sem graça.
Marley-...
Kira-... tá, tá bom. Eu te vi saindo e fiquei curiosa. Pode parar de apontar isso pra mim agora?
Marley respirou fundo e parou de usar o arco, Kira deu leves tapinhas nas costas de Furiosa mostrando que tava tudo bem e ela não precisava atacar.
Kira- Calma garota... tá tudo certo.
Marley-... volta pra casa, princesa. Eu tô ocupado. - Disse virando de costas.
Kira deu um sorriso curioso, colocou as mãos atrás do corpo e foi caminhando até Marley.
Kira- Tá fazendo o que?
Marley-...?! Eu não disse pra voltar?!
Kira- Por que? O que tá escondendo?
Marley- Nada! Volta logo! Seus pais vão te procurar!
Kira- Que que tem? Eles sabem que eu tô com a Furiosa.
Marley- Se eles vierem eles vão ver o... - Parou de falar.
Kira-... o?
Marley-... hmf...
Kira- Ei, eu sou a princesa. Exijo que me diga o que está escondendo.
*Olha a audácia dessa anã... minha filha, só pode*
Marley- Eu sou mais velho e mais alto que você.
Kira- Já briguei com um do seu tamanho, não tenho medo de você.
Marley- Pois devia. - Disse sem olhar pra ela colocando as pedras de volta.
Kira se agachou do lado dele e agarrou seu braço.
Kira- Para de ser chato! Me conta o que tá escondendo!
Marley- Não! Isso não é da sua conta!
Kira fez aquela carinha de brava que a Agnes faz em meu malvado favorito.
Kira- Se você não me contar eu volto correndo pra casa e conto pros seus pais que você tá escondendo algo aqui!!!
Marley segurou Kira e cobriu a boca dela com a mão.
Marley- SSSSHHH!!!
Kira-... mmhmhmhhfjdhdd...
Marley largou ela e a encarou com uma cara de tédio, enquanto ela dava um sorriso IRRITANTE por ter vencido.
Marley-... hmf... você tem que JURAR que não vai contar pra ninguém! NEM pros seus pais, amigos ou qualquer outra pessoa! Ninguém!
*Kirido, Ela é uma criança de 8 anos...*
Kira- Eu prometo! - Disse fazendo o gesto Sasageyo.
*SASAGEYO!!!!!*
Marley-... certo...
Ele então voltou a tirar as pedras daquele "montinho", enquanto as tirava, Kira olhava ansiosa e curiosa.
Quando ele tirou todas as de cima, tirou uma coisa de lá, era maior que as pedras que a escondiam e era do tamanho de duas mãos juntas, por isso ele teve que segurar com ambas as mãos.
Kira-... é uma... pedra?
Marley revirou os olhos.
Marley- Não é uma pedra! Olhe direito.
Kira-...
Marley-... é um ovo de dragão. - Disse baixinho.
Kira-.......... dragões não existem mais. Estão extintos.
Marley- Sim... menos esse aqui.
Kira- Como pode ter certeza que é um ovo de dragão e não de um porco?
Marley- ave Maria... primeiro que porcos não botam ovos, segundo que, Olha o tamanho disso! É pesado e parece que ele inteiro é feito de escamas duras. Isso é um ovo de dragão.
Kira-... Onde você achou isso?
Marley- Aqui. Eu estava pescando aqui um dia e vi isso preso naquelas pedras ali no riacho. Quando peguei eu vi que era um ovo de dragão.
Kira-... e porque você não leva pra casa?
Marley- Tá louca?! Meus pais me matariam se soubessem disso. Ninguém pode saber, entendeu? NINGUÉM!
Kira-... tá bem, mas... porque você deixa logo aqui bem pertinho do Rio? E se cair outra vez na água?
Marley- Por isso eu cubro ele com essa "toca" de pedras, sempre coloco feno e palha lá dentro e acendo o fogo para manter o ovo aquecido.
Kira- Você vai acabar é cozinhando o ovo, mal tem espaço pra ele aí dentro, claro que ele fica em cima do fogo.
Marley- Ovos de dragão não queimam, garota. São DRAGÕES! E olha. - Deu uns soquinhos leves no ovo - Isso aqui é duro demais. Ele não vai queimar e nem quebrar com facilidade. Por isso escondo ele aqui porque ninguém nunca vem nessa parte do Rio e esses montinhos de pedra são comuns aqui. As crianças da vila sempre fazem pra brincar.
Kira-... entendi... posso segurar?
Marley-... pode, mas toma cuidado, é pesado.
Kira pegou o ovo com cuidado, de fato pesava mais que sua espada e era um pouco menor que sua cabeça!
Kira-... Quando ele nascer, O que você vai fazer?
Marley-... ele provavelmente é o último... não posso abandonar ele assim... eu vou cuidar dele.
Kira- Como vai fazer isso sem seus pais verem?
Marley- Eu já deixei a "rotina" de sempre vir pra floresta alguma hora pra "treinar", mas na verdade venho cuidar dele e ver se tá tudo bem.
*Essa É pra quem é Potterhead*
Kira-... e Quando ele crescer?! Pode ser um dragão norueguês! Um Rabo Córneo Húngaro! Um dragão negro das ilhas hébridas! Você sabe o tamanho de um dragão das ilhas Hébridas?!
Marley- Eu sei que ele não vai ser pequeno pra sempre!... mas eu... não posso simplesmente largar ele sozinho...
Kira-...
Marley- Eu o encontrei e vou cuidar dele... se algum dia eu puder voar com ele, vamos sair por aí pra procurar seus pais, e se ele não for o último?!
Kira-...
Marley-... eu falei mais do que devia... mas eu não vou "jogar ele fora"... é apenas um bebê...
Kira-...


Marley acendeu o fósforo e colocou fogo nas folhas dentro da pedra, Kira quis ajudar e colocou um pouco de grama lá também. Depois que fizeram a pequena "fogueira" dentro do círculo de pedras, Marley colocou o ovo de volta e os dois foram fechando com as outras pedras que tiraram.
Marley- Vai queimar por 10... 15 minutos. A noite eu volto pra colocar mais fogo.
Kira-... entendi... e você já sabe um nome pra ele?
Marley- Não... ainda não.
Kira-... me avise quando escolher.
Marley- Certo... lembra do que prometeu? Não pode contar pra NINGUÉM!
Kira- Eu fiz até assim! - Fez o gesto Sasageyo.
Marley- Ótimo.
Marley deu uma cuspida na própria mão e a estendeu para Kira.
Kira-.........
Marley- Vai... você também.
Kira ficou meio sem jeito, juntou saliva em sua boca e ficou a um fio de cuspir na mão dele.
Marley- Não Baka... é na sua mão.
Kira-... ah.
Kira cuspiu em sua mão, Marley então a agarrou em um aperto de mão. Marley deu um sorriso e Kira deu um sorriso torto mas com uma carinha de nojo.
*Se você nunca fez o acordo da saliva, não sabe o que selar um contrato com magia negra impenetrável, quebrar esse contrato dava morte!*
Marley- Vamos voltar, Já demoramos muito.
Kira- h-hai. - Sorriu sem graça limpando a mão na árvore do seu lado.
Kira foi até furiosa e subiu em cima dela.
Kira- Vem, sobe aí.
Marley mexeu os ombros, subiu sozinho em cima da loba, cruzou os braços e só esperou ela andar. Mas Kira era capetinha e fez a loba correr! Obrigando ele a se agarrar nela pra não cair.
Marley- Sua LOKA!
Kira- VOCÊ NÃO VIU NADA! - Riu.
Enquanto furiosa corria no meio das árvores desviando com velocidade e Kira gritava "UHUUUULL", Marley sorriu, teve que admitir que foi divertido.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...