1. Spirit Fanfics >
  2. I Hate You >
  3. Se...

História I Hate You - Capítulo 147


Escrita por:


Capítulo 147 - Se...


Fanfic / Fanfiction I Hate You - Capítulo 147 - Se...

Já era noite quando Eren chegou na muralha. Tinha dois soldados no portão vigiando. Como estava escuro eles mal conseguiam ver ele se esgueirando pelos arbustos.

Foi moleza pra ele apagar os dois, foi em 10 segundos.

Conseguiu entrar sem ser visto, lá na frente conseguiu ver a vila, e ficou horrorizado ao ver que TODAS as pessoas estavam fazendo trabalho escravo. Até mesmo os idosos.

Eren-... Zeke... seu desgraçado...

Se esgueirou pelas casas até o local onde as pessoas estavam com as mãos acorrentadas e trabalhando com madeiras e pedras.

Tinha UM soldado de plantão ali, andando pelas pessoas com um chicote na mão, batendo nelas sempre que ficavam mais lentas no trabalho.

Eren-... posso derrubar esse...

Se escondeu atrás de algumas caixas entre duas casas, só esperando o cara passar na frente.

Mas o soldado ainda parou para acertar o chicote em um senhor de idade. Eren no mesmo segundo correu até ele e só faltou quebrar o pescoço dele quando lhe deu um chute e um soco no rosto.

Lara- E-Eren-Sama?!

Eren- Sssshhh!

Todos olhavam pra ele mas não diziam nada.

Eren- Senhor, está tudo bem?

Alfred- Sim, Meu rei. Estou bem.

Eren- Todos vocês estão?

Todos afirmaram.

Eren- ... Quantos guardas tem daqui até o castelo?

Robert-... acho que uns 7, senhor.

Eren-... obrigado... e não se preocupem. Logo vocês estarão seguros.

Eren fez o gesto Sasageyo para eles e correu em direção ao Castelo, derrubando todos os soldados que encontrava pelo caminho.

Decidiu não entrar no Castelo pelo portão principal, resolveu descer da Ponte indo até a praia lá embaixo e ir pelos fundos do Castelo.

Eren conseguiu subir pelo muro subindo em uma das Árvores. Quando caiu dentro, foi sorrateiramente até os cavalos, se escondeu atrás de um deles quando viu um dos homens chegando. Eren queria muito salvar todos evitando mortes, Mas era impossível chegar até eles sem matar alguém, então foi até o soldado de costas com sua navalha, que era a única arma que tinha agora.

Eren conseguiu cortar a garganta do homem com sua mão na boca dele para ninguém o ouvir. Assim que ele caiu no chão, o arrastou até o feno atrás dos cavalos onde estava escuro, tirou a jaqueta dele e a vestiu para se passar por um deles.

Assim que se vestiu, saiu andando com o capuz na cabeça, passou por vários soldados que não desconfiaram de nada.

Quando entrou no Castelo, pensou em ir diretamente para o calabouço, Mas tinha que pegar sua espada primeiro. Não sabia se alguém a pegou mas ele tinha deixado ela no quarto, tava rezando pra ela ainda estar lá.

 

.

 

Eren conseguiu chegar em seu quarto, entrou sorrateiramente pro caso de ter alguém ali.

E realmente tinha, mas esse ele conhecia.

Eren-... Blake?

Blake parou de varrer o quarto e encarou o "soldado" com raiva, Mas assim que Eren tirou o capuz ele ficou boquiaberto.

Blake- E-Eren-Sama?!

Eren- Ssshh...

Eren fechou a porta do quarto e se ajoelhou na frente dele, vendo as mãos algemadas.

Eren- Você está bem?

Blake- S-Sim, alteza. C-Como foi que entrou?

Eren- Foi fácil. Blake, Você sabe onde meus pais estão?

Blake- Sei, estão no calabouço.

Eren- Sabia. Algum deles está machucado?

Blake-... acho que só o Luther-Sama... ele tentou lutar com alguns soldados quando chegou, mas...

Eren- Certo... entendi... Blake, eu vou precisar da sua ajuda.

Blake- Claro alteza.

Eren- Você sabe onde está a minha espada?

Blake- Sei sim alteza. Está na sala da Hanji-San.

Eren- Obrigado, por favor, venha comigo.

 

.

 

Eren entrou na sala de Hanji sem fazer barulho, ela não estava ali agora. Mas Eren conseguiu ver sua "scar" em cima da mesa. Foi até ela e a pegou.

Eren- Até que enfim...

Blake-... e agora, alteza?

Eren- Quantos caras tem no calabouço?

Blake- Acho que só dois. Um na entrada e outro em frente a cela.

Eren- Certo... quem leva a comida pra eles?

 

.

 

Um pouco mais tarde.

Eren desceu as escadas até o calabouço com uma "mesinha" com rodas embaixo, que era a que Petra costumava usar pra servir o jantar. Blake estava escondido embaixo da mesa, Ninguém o veria pois tinha um pano branco cobrindo as laterais da mesa.

Descer a escada com aquilo foi dureza, mas deu certo. Em cima dela tinha uma bandeja de prata grande com uma tampa em cima. Eren bateu na porta de madeira e um soldado abriu.

Eren- ... Zeke-Sama pediu que eu trouxesse comida para as rainhas. - Disse tentando esconder o rosto no capuz.

Phill-... vai lá.

Eren conseguiu entrar e andou uns 3 minutos até chegar lá no final, que era onde todos estavam em uma única cela.

Quando Eren virou o último corredor, viu o soldado recostado na parede segurando a espada e olhando os prisioneiros.

Todos da família real estavam em uma única cela.

Eren-... mãe... pai...

Eren parou de sentir pena deles por hora, continuou empurrando o carrinho com Blake até lá.

Eren- ... olá.

Flitz- ... oi.

Eren por pouco não entrega que era um soldado falso, pois quase fez o gesto Sasageyo sendo que Flitz fez o gesto de colocar a mão na testa saudando o outro.

*Não tenho a menor ideia do nome*

Os outros na cela olharam pra Eren mas como estavam cansados nem raciocinaram a voz dele.

Eren- É chato ficar aqui vigiando?

Flitz- nossa... muito.

Eren- imagino. - Disse parando o carrinho. - Por mim esses reis de terceira não comeriam carne de cervo.

Flitz- Carne de cervo? Tá de brincadeira?

Eren- Olha você mesmo.

O cara foi até a mesa pra ver.

Flitz- É sério mesmo? - Perguntou já indo tirar a tampa.

Eren- sim, haha... - Assim que ele tirou a tampa, Eren tirou sua espada e a deixou no pescoço dele - Quietinho, vai pra parede.

Os outros na cela olharam sem acreditar e sem entender porque aquele "soldado" fez isso.

Assim que Flitz ficou na parede com as mãos pro ar, Eren bateu a parte de madeira da espada em sua cabeça, fazendo ele desmaiar.

Blake saiu de baixo da mesa e Eren se virou para os outros, quando tirou o capuz todos ficaram boquiabertos.

Carla- ERE-

Eren- Ssshhh... Fiquem calmos, eu vou tirar vocês daqui.

Blake foi até Flitz e enquanto procurava a chave nos bolsos dele, Eren foi até a grade e todos vieram perto dele, Carla segurou sua mão e ficou com os olhos cheios de lágrimas.

Carla- Eren, que bom que você tá bem.

Eren deu um beijo na mão dela e acariciou seu rosto.

Eren- Tô aqui mãe.

Eren olhou pro rosto de Luther e viu todos os machucados.

Eren- Luther, Você está bem?

Luther- ah, a Gente vai levando, né.

Eren sorriu. Agora ele olhou para sua segunda mãe e viu que, apesar dela estar feliz por vê-lo e por sair dali, ele sabia que ela queria saber do Levi.

Eren-... Levi está seguro, Kuchel-San.

Kuchel-...! Ele veio com você?!

Eren- Não, ele não pôde... ainda não está recuperado. 

Joseph- E o bebê? Também está a salvo?

Eren- Sim, e vocês não vão acreditar. Levi deu a luz a Dois bebês.

Todos- O QUE???!!!

Eren- SSSSSHHHHHH!!!!

Joseph- Dois?! M-Mas... Mas é impossível!

Eren- Nem eu acreditei quando vi. Mas aconteceu. Se chamam Minato e Sayuri.

Kuchel e Carla quase berraram de fofura.

Kuchel- E-E ele está bem mesmo? Tem certeza?

Eren- Sim, Ele está com uns amigos meus, Hunter e Furiosa também estão com eles.

Carla- Graças a Deus... graças a Deus...

Blake- Eren-Sama. Eu não encontro às chaves...

Eren-... devem estar com o cara na porta... fique aqui com eles, Tá bem? Eu vou buscá-las.

Blake- Hai.

 

 

Eren voltou com as chaves em 3 minutos, conseguiu apagar o cara com facilidade agora que tinha sua espada.

*"Apagar" né*

Eren voltou e abriu a cela, Carla e Kuchel foram ao mesmo tempo até ele e o abraçaram.

Eren deu um beijo na testa de cada uma enquanto os outros saiam. Joseph e Grisha tinham que ajudar Luther a andar já que sua perna estava machucada.

Meredith- O que fazemos agora?

Eren- Vocês vão ficar escondidos enquanto eu salvo os outros.

Joseph- Outros?

Eren- Sim! A Petra, Marco, Erwin, Mike, Hanji, todos.

Grisha- Depois disso, vamos fazer o que?

Eren- Ainda pergunta? Eu vou matar o Zeke e a Mikasa, recuperar nossa casa e libertar o reino.

Luther- É, coisa fácil. Esqueceu que ele tem vários guardas?

Eren- E o Kiko?

Carla- Você não tá pensando em fazer isso sozinho, né?

Eren-...

Kuchel-... Mas de Jeito nenhum!

Eren tocou no ombro das duas mães e disse:

Eren- Me escutem... saindo da muralha tem a floresta, se vocês forem seguindo para o Norte vão acabar chegando em uma Vila depois de algumas horas, é lá que o Levi está seguro... eu vou lutar com o Zeke e com os soldados... mas se eu não sobreviver...

Carla-...

Eren-... Eu quero que fiquem lá com o Levi e meus filhos...

Kuchel-... Eren...

Eren- Se eu não vencer, Levi com certeza vai tentar vir terminar o que eu comecei... e ele vai terminar com certeza, salvar o reino que eu posso não conseguir... mas no momento ele precisa de repouso absoluto... o médico que cuidou dele disse que agora é definitivo... Levi não pode engravidar outra vez.

Kuchel-...

Eren-... Eu quero que cuidem dele até ele melhorar... ajudem ele com os bebês, principalmente o Minato...

Carla-... por que o Minato?

Eren-... ele nasceu com esquizofrenia...

Todos ficaram mudos.

Eren- ... Ele e Levi vão precisar de vocês... se eu morrer... por favor... cuidem dos meus filhos e do meu marido...

Grisha-... Eren, não pode fazer isso sozinho... nós tentamos todos juntos e não conseguimos. O que te faz pensar que vai conseguir sozinho?

Eren-... porque eu sei que vocês e eles estarão seguros... sei que se acontecer algo comigo o Levi vai vir aqui e salvar quem eu não Consegui... Se ele despertar esse tal de instinto Ackerman eu tenho até pena do Zeke.

Kuchel, Luther e Joseph sorriram.

Eren-... estamos ficando sem tempo... Blake vai levar vocês até os fundos do Castelo sem ninguém ver.

Blake-... hã?

Eren- Você vai com eles Blake. Eu disse que salvaria quantos eu conseguir.

Blake- Mas alteza-

Eren- Você é amigo da minha filha Kira, não é?

Blake-... S-Sim...

Eren- Ela vai precisar de você.

Blake-...

Eren-... vão... irei até vocês assim que tudo aqui acabar.

Carla e Kuchel começaram a chorar e o abraçaram novamente. Joseph e Grisha também. Meredith se curvou pra ele Luther fez o gesto Sasageyo.

Eren-... cuidem do Levi - Repetiu o gesto.

Luther-... Nós iremos... Alteza.

Eren sorriu e ficou observando Todos se afastarem rapidamente para fugirem para a vila onde Levi estava.

Eren pegou o corpo de Flitz e o arrastou pra dentro da cela e o trancou lá, o outro soldado que ele "apagou", o arrastou para a cela ao lado de Flitz.

Eren-... pronto... é agora ou nunca...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...