História I Hate You and I Love You - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hentai, Imagine, J-hope, Kpop, Você
Visualizações 118
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"Eu voltei!!! E agora é pra ficar!!! " MINHAS DOÇURAS QUE SAUDADEEEE!!!
Me perdoem, a demora (e que demora em), pra postar cap novo. É que to atolada em em coisas pra estudar, mas vou voltar a atualizar a fic todos os dias ok? Boa leitura *~*

Capítulo 15 - Me perdoa?


Fanfic / Fanfiction I Hate You and I Love You - Capítulo 15 - Me perdoa?

Fomos todos pra minha casa e de Jung. Assim que cheguei meu celular tocou.
- Alô?
- ______?
- Sim. - reconheci a voz. - O que quer Taehyung?
- Por favor não desliga!
- Pode falar.
- Você já saiu do hospital?
- Sim.
- Eu queria te ver, e pedir desculpas de novo por tudo. Eu vou voltar pra Ulsan amanhã então... queria voltar sabendo que tenho seu perdão.
- Espera um minuto. - falei com Hoseok, e perguntei se era uma boa ideia ele vir me ver. Hobi não se incomodou só disse pra eu gritar se ele fizesse algo.
- Tá louco garoto? Dizer pra ela gritar é o mesmo que pedir pra que todas as coisas de vidros dessa casa se quebrem.
- Eu que o diga! Ela estourou meu tímpano quando um MV de um tal de Monsta X saiu. - Namjoon falou coçando a nuca e eu dei língua pra ele e pra Jung.
Voltei minha atenção ao celular.
- Taehyung...
- O que?
- Pode vir.
- Sério?
- Sim.
Desliguei o telefone e eu, Namjoon, Hoseok, Jimin e Jung nos sentamos no sofá da sala e começamos a falar de como as coisas tinham mudado.
- Acho que quem mais mudou foi a ______... - Jung disse brincando com as mechas acizentadas de Jimin.
- Concordo. Ela ficou mais séria... Antes vivia falando palavrão, hoje em dia mal vejo ela dizer. Só as vezes quando ela realmente se irrita... - Namjoon falou olhando no celular.
- Pois eu acho que quem mais mudou foi o Jimin.
- Quem é Jimin? Ah o Baleia!!! - Meu é por isso que eu te amo Namjoon.
- Porra! Até você Nam! Meu próprio irmão... - Jimin se lamentou colocando a mão no peito como se estivesse sentindo dores no local. - Agora só falta a Jung... me chamar disso...
- De que? De Baleia? - Jimin se jogou do sofá, fingindo estar morrendo e nós rimos.
- Levanta Jiminie... - pediu Jung manhosa e o garoto obedeceu dando um selinho demorado em Jung.
- Acho que o nome da minha mudança é Jung Hoseok... - Hobi colocou seu braço em volta do meu pescoço e Nam deu a velha e mortífera olhada maligna para Hoseok.
- Nam Oppa...
- Que foi pequena?
- Cadê a Lily?
- Tô falando com ela. Ela tá chamando a gente pra ir em uma balada do lado da casa dela as 22:00.
- Eu topo. - me pronunciei. Adoro uma farra.
- Mas você tá bem pra sair? - antes de eu responder a campainha toca.
- Eu atendo! - fui até a porta e Tae estava me olhando com cara de cachorro abandonado, com lindas orquídeas coloridas e uma caixa de bombons.
- Entra. - dei passagem e Tae entrou parecendo desconfortável.
Ele não agiu como se nada tivesse acontecido, ele realmente estava arrependido.
Sentamos no sofá e ele me estendeu as flores e o chocolate.
- São pra você.
- Obrigada Taehyung. - coloquei as flores em cima da mesinha e começei a comer o chocolate. Tava um silêncio ensurdecedor até Tae o quebrar.
- Eu quero pedir desculpas a todos vocês, principalmente ao Hoseok e a ______. Por favor me perdoem. - Eu e Hobi nos entreolhamos.
- Contanto que você não venha com conversinha pra cima da minha princesa de novo, tá de boa. - Tae deu um sorriso curto e me lançou um olhar triste.
- Você fez muita coisa errada em um dia só. Bateu no meu namorado e tentou me usar. Eu não sei se posso te perdoar.
- Entendo... - ele baixou a cabeça.
- MAS!!!!! - falei o assustando e trazendo sua atenção para mim. - todas essas burrices, não se comparam aos anos de amizade verdadeira que nós tinhamos. E Jão, cê trouxe minhas flores favoritas e uma caixa de bombons deliciosos. Eu te perdoo seu Alien. - ele deu um sorriso quadrado e abriu os braços.
- Posso?
- Pode. Só cuidado com as minhas costas por que agora eu sou uma velha caquética cheia de dores - Tae riu e me abraçou.
- Prometo pela nossa amizade, que nunca mais vai acontecer algo assim.
- É bom. Por que cê sabe que eu manjo na arte dos paranauê e não vou deixar barato. - todos riram e fomos tratar de fazer o almoço.
- A ______ faz o almoço dessa vez.
- Nossa Jung, obrigada. Eu mal saio do hospital, e cê vem querendo me explorar!
- É, mas pra ir pra balada você tá bem, não é? - eu ri e fui fazer o almoço. Começei a cantar Monster do EXO quando duas mãos me rodearam e eu recebi um beijo na bochecha.
- Oi amor!
- Oi Hobi!
- Fiquei com saudade de você e vim ver como você tá.
- Nossa Hobi, mal saí da sala, e você já tava com saudade?
- É por que não foi você que ficou 1 mês e meio esperando o amor da sua vida acordar de um coma. - me virei e dei um beijo nele.
- Quero ajuda Oppa. - ele assentiu e me ajudou a terminar o almoço.


Notas Finais


Nyaaaah! Tava quase morrendo de saudades de vocês. Novamente me perdoem. Sorry! Gomenasai! Mianhae! Amu vuxês ^3^
Beijinho ^*^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...