História I Hate You, I Love You - imagine Yugyeom- (Repostando) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, Got7, Monsta X, Seventeen, TWICE
Personagens BamBam, Boo Seungkwan, Chaeyoung, Dahyun, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Hyung Won, I'M, Jackson, Jang Doyoon, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jeon Wonwoo, Jihyo, Jinyoung, Joo Heon, Jung Hoseok (J-Hope), Junghan "Jeonghan", Jungyeon, Ki Hyun, Kim Mingyu, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Mark, Min Hyuk, Min Yoongi (Suga), Mina, Momo, Nayeon, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sana, Seungcheol "S.Coups", Seungri, Shin Dongjin, Show Nu, Soonyoung "Hoshi", T.O.P, Taeyang, Tzuyu, Wen Junhui "JUN", Won Ho, Xu Ming Hao "THE8", Yao MingMing, Youngjae, Yugyeom
Tags Bts, Got7, Yugyeom
Visualizações 334
Palavras 1.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!^^

Capítulo 8 - Cap.7: Festa pt.3(final)


Fanfic / Fanfiction I Hate You, I Love You - imagine Yugyeom- (Repostando) - Capítulo 8 - Cap.7: Festa pt.3(final)

Eu não eatava acreditando que na minha frente estava a Jeongyeon, Dahyun, Lisa, Jisoo e os amigos de Yugyeom! Caralho mano do que eu estava sabendo era só uns convidados e a imprensa. Não imaginava que eles estariam aqui também. Aliás, o que eles estão fazendo aqui?

Bambam: Ai pra que gritar garota? Não ta vendo a gente aqui não? — ele viu que o Yugyeom tava olhando para ele sério então ele se enrolou todo — q-quer dizer, sim somos nós s/n! — sorriu nervoso

— Só queria entender, o que vocês estão fazendo aqui? — perguntei

Jisoo: Acho que não contamos mas nossos pais são amigos dos pais de Yugyeom e contaram sobre essa festa que teria pra assumir o namoro seu e dele — eu estava surpreendida ainda mas tudo bem

— Bom, os meninos eu até imaginava mas vocês não! Eu to passada gente...

Lisa: Ai s/n não é algo grande pra se ficar tão surpresa assim! Vamos comer, beber e se divertir um pouco! — falou começando a puxar eu e as meninas mas alguém segurou meu outro braço fazendo nós pararmos de andar

Yug: Temos as entrevistas ainda para fazer — revirei os olhos

— Ta bom, depois encontro vocês meninas — as mesmas assentiram e foram comer enquanto os amigos do Yugyeom ficaram pela casa dando em cima de umas garotas

Eu e Yugyeom fomos fazer as entrevistas e finalmente era a última entrevista e a última pergunta que a moça iria fazer

xXx: E a última pergunta é, vocês pretendem ter filhos em breve? — se liga moça eu sou menor de idade!! Eu não sabia o que responder por incrível que pareça eu realmente não sabia até Yugyeom resolver responder

Yug: Pretendemos sim mas ainda é cedo pois temos os estudos a terminar mas quem sabe mais para frente daqui uns anos — respondeu entrelaçando nossas mãos. Até que a resposta dele não foi ruim. A moça agradeceu pela entrevista e nós fomos para o quintal.

— Eu to morrendo de sono! — reclamei bocejando enquanto sentava em um banco que tinha lá, logo Yugyeom se sentou ao meu lado

Yug: Também estou! — encostou as costas no banco e olhou para seu relógio de pulso — ainda são 20:28hs — falou e bufou em seguida

— Até que horas eles pretendem ir com essa festa? Amanhã nós temos aula ainda!

Yug: Vamos lá e eu aviso seus pais que você quer ir embora, assim já acabam logo com essa festa e enfim eu me encontro com minha cama. Que tal? — falou se virando pra mim

— Ta bom vamos — me levantei sendo acompanhada pelo mesmo. Entramos na casa novamente e logo encontramos nossos pais conversando

Yug: É... Licença — falou e todos prestaram atenção nele — a s/n quer ir embora ela está muito cansada — falou me abraçando de lado mas ele olhou para meu appa que estava com olhar sério e me soltou só entrelaçando nossas mãos

Omma: Querida, fale com o motorista para te levar para casa 

M/Y: Nada disso — disse fazendo todos nós olharmos para ela — meu filho vai levar ela para casa hoje já que agora são namorados e devem querer privacidade depois de tantas fotos e entrevistas não é mesmo? — olhou para nós dois com um olhar malicioso. Esse povo pensa que eu já perdi minha virgindade? Porque tipo assim... EU AINDA SOU VIRGEM QUERIDOS SE AQUIETEM UM POUCO AÊ!!

Yug: Está bem omma, vou levar ela para casa. Tchau até mais tarde — nos despedimos deles e ele foi pegar a chave da moto. Sim, moto! Eu acho que nunca andei de moto antes e por isso to um pouco nervosa mas fora isso to de boa... Eu acho.

Quando ele chegou me entregou o capacete e fomos em direção a moto. Subimos na mesma e colocamos os capacetes em nossas cabeças. Antes de ligar a moto ele me perguntou

Yug: Você já andou de moto antes? — neguei com a cabeça — então me abrace firme assim você não sente medo — falou e o obedeci abraçando suas costas. Ele ligou a moto e começamos a ir para minha casa.

Até que foi tranquilo, as vezes dá um friozinho na barriga mas é divertido. Quando chegamos o convidei para entrar pelo menos para se aquecer um pouco já que estava muito frio hoje.

— Eu estou indo tomar banho, pode ir para a sala e assistir algo na tv, já volto — ele assentiu indo para a sala e eu subi as escadas entrando em meu quarto para tomar banho no banheiro de lá. Eu nunca usava o banheiro do corredor porque o do meu quarto tinha tudo o que eu precisava e tem uma privacidade a mais então gosto mais o do meu quarto mesmo. Me despi, tirei as lentes de contato, entrei no box e liguei o chuveiro. A água estava tão quente que me fez relaxar e fazia tempo que não relaxava assim, o dia hoje realmente foi longo e cansativo. Eu queria passar mais tempo no banho mas lembrei que o Yugyeom estava lá em baixo então desliguei o chuveiro e sai enrolada na toalha até meu quarto. Fui ao guarda-roupa e peguei um conjunto de lingerie preta, um shorts jeans curto, um moletom preto que chegava mais ou menos na metade do shorts e um par de meias e os vesti em seguida.

Desci as escadas indo para a sala vendo que Yugyeom estava quase dormindo mas me viu e desligou a televisão me olhando em seguida de cima a baixo, fiquei meio desconfortável mas mesmo assim me sentei ao seu lado.

Ficamos em um silêncio não muito agradável mas que depois de minutos Yugyeom o encerrou 

Yug: É...sabe...eu to querendo tirar uma dúvida...posso? — falou coçando a nuca

— Pode — respondi 

Yug: Quando nos beijamos... toda vez eu sinto uma sensação estranha e queria saber se você também sente a mesma coisa...? — perguntou envergonhado

— Sim... Eu sinto — ele me encarou nos olhos — meu coração começa a acelerar e sinto 'borboletas' no estômago... É estranho mas é bom ao mesmo tempo — falei ainda o encarando nos olhos e podia jurar que estou muito corada

Yug: Eu acredito que isso seja... — fez uma pausa desviando o seu olhar do meu mas logo voltou a me encarar e a falar — amor! Eu sei, talvez seja estranho, mas nesse curto tempo de estarmos fingindo um relacionamento eu não consegui parar de pensar um minuto sequer em você.

— Eu também... não consigo parar de pensar em você — ele soltou um sorrisinho de lado e eu também. Nossos rostos começaram a se aproximar e quando estávamos perto ele parou me olhou e me puxou pela nuca me dando um beijo necessitado mas com calma e delicadeza. Quando o beijo foi esquentando ele foi deitando em cima de mim. Ele estava por cima de mim e eu deitada no sofá em baixo dele. A falta de ar se fez presente e separamos nossos lábios nos encarando. Quando voltamos a respirar normal voltamos a nos beijar só que ferozmente.

Ele segurou minha cintura a apertando e eu puxei seus cabelos da nuca. Ele passava suas mãos por todo meu corpo até parar novamente na minha cintura só que dessa vez subindo minha blusa. Ele subia devagar a blusa enquanto eu só sabia pensar...






"Será agora que eu perco a virgindade meu Deus?"







Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado e desculpa se houve algum erro.


Até o próximo capitulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...