1. Spirit Fanfics >
  2. I hate you, I Love you - (Jikook) >
  3. 22 Cap.- Mas uma chave!

História I hate you, I Love you - (Jikook) - Capítulo 23


Escrita por: e K_Army_16


Notas do Autor


Acho q ninguém ainda pegou o negócio das chaves...

Nem a dos nomes...

Nem a das fotos...

Nem a dos brinquedos...

Esperamos q gostem 💞

Desculpa os erros 🖤

Boa leitura 🖤

Capítulo 23 - 22 Cap.- Mas uma chave!


Fanfic / Fanfiction I hate you, I Love you - (Jikook) - Capítulo 23 - 22 Cap.- Mas uma chave!

*NO ÚLTIMO CAP*

- Eu não posso ir com as roupas de um príncipe, eles vão achar estranho!- concluiu e o msm apontou para uma poltrona do quarto, em cima da mesma havia uma muda de roupa "normal", podemos dizer assim, logo também percebo que o mesmo já estava vestido com roupas um pouco parecidas com as que estavam em cima da poltrona, logo Jimin se virou e saiu do quarto, pregador nem indireção a cozinha do Castelo.

Me levantei da cama e fui logo me trocar, pegando a muda de roupa e indo até no banheiro, alguns minutos depois saiu do local da vestido. Uma coisa não para de passar pela minha cabeça, como é que eu vou entregar aquela caixa para o encapuzado? Bem... Só se eu... Fui em direção do closet de Jimin, lá dentro procurei entre meio as roupas, sapatos e outras coisas, procurei algo que eu podia usar para levar descretamente aquilo comigo. Nossa do guarda-roupa havia uma mochila, a qual eu peguei ia foi em direção a lareira, saindo do closet, peguei a caixa e pus dentro da bolsa, logo a fechando e a pondo em minhas costas, logo depois a porta do quarto e aberta, revelando Jimin com uma bandeja com nossa refeição encima.

*JM:* Pq essa mochila?- perguntou deixando a bandeja em cima de uma mesinha de centro em uma das partes do grande quarto, logo geleia, mas respondi.

- É que eu pensei em passar na minha casa, talvez tem algo lá que eu possa trazer para cá, só para ter uma lembrança de casa enquanto eu fico aqui!- respondo para o msm q concorda desconfiando, tbm... Q merda de mentira, em Jungkook!

*JM:* Ok, vamos comer?

*CONTINUANDO...*

_ _ Mundo Real/Demoníaco _ _

•×•×• Pov. Jungkook •×•×•

Aviamos acabando de passar pelo portal, foi até fácil de encontrá-lo, agora estávamos no meu mundo, o mundo cujo para mim é real, o mundo a onde as pessoas/cidades de Wanab, o Reino de Jimin, dizem ser um local de demônios... Não posso questionar e disser que é mentira, pois depois de tudo q eu vi, mesmo q seja pouco, eu sei q pode ser real.

*JM:* Para onde vamos primeiro?- o mesmo me perguntou, curioso. Eu também não sabia, a muita gente que eu quero visitar e saber o que aconteceu quando estiver fora, saber o que falaram sobre o sumiço meu e de minha avó. Mas talvez tem um lugar que eu quero visitar antes de todos, na verdade eu tenho certeza que eu quero ir neste lugar...- Então?- insistiu ele.

- Vamos até a minha casa! Tem coisas que eu tenho que ver lá, quero saber o que que houve depois que eu sumi!- falei para o mesmo.

(*AT's:* Só um avizinhos meus amores, o tempo que corre tanto no reino de Wanab, q é o do Jimin, quanto o tempo que corre no mundo real/Demoníaco, são os mesmos tempos, não há nenhuma diferença, então o dia em um lugar é o dia no outro, o mesmo vale para ano e mês, etc. Espero que tenha entendido!!)

*JM:* Ok ok, vamos direto para sua casa!!- concordei com o mesmo e logo seguimos em frente, saindo da floresta que ligava o meu mundo com o mundo de Jimin, logo dando para ver a rua de minha casa e seguimos pela mesmo.

Depois de uma curta caminhada chegamos na frente do local que eu vivi por quase toda minha vida, uma pequena casa de dois andares dá cor rosa bebê, na frente da mesma havia cadeira de balanço de minha avó aonde mesmo ficava todos os dias esperando voltar da escola, ao ver aquilo depois de algum tempo, mesmo que fosse alguns dias que se passaram desde que eu deixei meu mundo, entrar agora como eu estava entrando em minha casa, tinha uma sensação de saudades e uma imensa tristeza, Já havíamos atentado na minha casa estava na sala, logo senti meu olho marejado e pequenas gotas de água escorrerem pelos meus olhos, que saudade daquela casa e que saudade da minha avó... Oh vó Chin... Q saudades... E chorei, chorei de saudades agachado na sala de minha casa com as lembranças da minha vida circulando e circulando pela minha mente, chorei de saudades, de tristeza e até mesmo de culpa pelo desaparecimento da minha avó, mesmo eu tendo fugido daquela casa... A casa de sua amiga... Logo senti alguém me abraçar, seus braços fortes envolveram meu corpo em seus braços me apertando contra seu peitoral, me esquentado, me protegendo, me... Amando? Encostei minha cabeça em seu peitoral, senti sua respiração como uma pequena brisa passar por mim, senti seu carinho em meus cabelos... E senti um selar ser desferido em minha cabeça.

*JM:* Vai ficar tudo bem, eu estou aqui! Eu sempre estarei aqui, com você, para vc, no q der e vier... Kookie!- tá feio o mesmo com sua doce voz calma e suave.

- O-obrigado J-Jiminie...- agradeci para o mesmo gaguejando pelo choro.

*JM:* De nada anjo!- respondeu me apertando mais em seus braços. Levantei meu rosto e olhei em seus olhos, ficamos nós olhando fixamente um para os olhos do outro, logo nossos rostos começaram a se aproximar cada vez mais, até q Jimin se afastou de mim, me tirando de seus braços e levantado.- Não podemos fazer isso... Não podemos...- pronunciou andando de um lado para o outro.

- Oq? Como assim Jimin? Pq?- perguntei confuso.- Oq ouve? Vc não gosta de mim?

*JM:* Não é isso...- disse se sentando um uma poltrona da sala.

- Oq é? Pq vc sempre se separa quando vamos nos beijar? Então pq vc me ignora sempre quando envolve isso? Oq tá acontecendo? Pq vc não intendo q eu te am...- fui cortador pelo mesmo q se levantou do sofá em desespero.

*JM:* Não fala isso!!- ordenou.- Por favor, não fale isso em voz alta e em minha frente!!- pediu.

- Pq? Pq Jimin?- questionei revoltado.

*JM:* Depois eu te conto, quando chegarmos em casa, Jungkookie.- respondeu.- Por favor, tenha paciência.

- Ok né.- respondi suspirando, logo caminhei até o quarto de minha vó.

*JM:* Onde vai?- disse preocupado.

- Eu.. Só preciso pensar...- adentrei o quarto e fechei a porta, logo me escorei na msm.- Queria entender oq vc esconde príncipe Jimin!- pronunciei em um sussurro.

Andei pelo quarto que era de minha avó, olho em volta do mesmo e sentir a nostalgia bateria, passei minhas mãos pelos móveis chegando até a pequena estante um pouco maior que eu, que havia no local, olha aí para mim mesma, havia poucas fotos, mas a mais que me trazia atenção era a foto de minha avó com meu Appa, desde que meus Appas morreram minha vó só me mostrava a foto do meu Appa, ela sempre dizia e nunca escondeu q não gostava de minha Omma! Como era pequeno quantos meus Appas faleceram, nunca soube como era minha Omma, era isso q me entristecida.
Peguei o pequeno porta-retrato em minha mão e olhei a foto de meu Appa, um grande homem com seus estranhos olhos vermelhos e cabelos pretos e brancos, e minha avó, uma linda moça de cabelos pretos, olhos pretos e pelo albina, os dois juntos nem pareciam Omma e Filho, e sim irmãos... Mas isso não importava agora, senti uma textura em minha mão, atrás do quadro, virei o objeto e me deu a vista de uma pequena chave, uma chave preta, uma pequena chave preta, logo toquei na mesma e do nada ela se transformou...

- Oq?

.

.

.

Continua...?


Notas Finais


Esperamos que tenham gostado 🖤

Até o próximo cap 🖤

Bjsss 🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...