História I Hate You, I Love You - Capítulo 22


Escrita por: e unicorncute1998

Postado
Categorias Jack & Jack, Magcon, Nate Maloley, Sam "Wilk" Wilkinson
Personagens Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson
Visualizações 61
Palavras 1.116
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heelloouu ❤

Aqui está mais um cap 😊

Boa leitura ❤

Capítulo 22 - Detonando Johnson no vídeo game


P.O.V Bia

Acordo com o maldito despertador tocando, me levanto e vou direto para o banheiro. Tomo um banho rápido, coloco o uniforme e meu All Star (N/A: eu amo All Star então ele sempre vai aparecer aqui). Passo uma maquiagem leve, pego minha mochila e celular.

Saio do quarto e desço a escada, meus pais já saíram para trabalhar então só pego uma maçã e saio de casa.

- Bom Dia moree. - digo vendo Ana me esperando e vou abraça-lá.

- Bom Diaaa coisa pequena. - ela diz toda animada.

- Quem você pegou dessa vez ?? - entrelaçamos os braços e fomos caminhando até o colégio.

- Ninguém. - ela responde rindo.

- Você só fica assim toda sorridente quando pegou alguém que você queria muito. Me contaaaaa. - faço a minha melhor cara fofa.

- Não adianta fazer essa cara. - ela aperta minha bochecha. - Só acordei de bom humor.

- Nossa acordar cedo para ir ao colégio nesse bom humor ?? Queria. - falo fazendo careta.

- Ah não sei se você viu mas os meninos mandaram mensagem lá no grupo e eles querem nós lá depois que sairmos do colégio. - ela diz enquanto olha o celular.

- Ah eu não vi, mas vou sim não tenho nada para fazer em casa.

- Eu só vou depois, vou no mercado com minha mãe mas o Sammy diz que vem buscar nós, aí tu vai com ele. - diz ela ainda vidrada no celular.

- Okaay.

Chegamos no colégio e fomos direto para o nosso armário para pegar apenas o necessário, logo depois indo para a sala.

*******

Saímos da escola e já vejo Sammy encostado no carro, me despeço de Ana e vou até ele.

- Oii - digo dando um beijo em sua bochecha e o abraçando.

- Oii baixinha - diz ele sorrindo e retribuindo o abraço.

- Então...vamos ?? - pergunto sorrindo.

- Vamos.

Entramos no carro, liguei o rádio e fomos para a casa dos meninos. Sammy estava muito falante, parece que ia rolar turnê da Magcon e estava estampado na cara dele o quanto estava feliz. Quando chegamos os meninos estavam todos espalhados pela sala.

- Oii meninos. - digo para geral e eles respondem em uníssono "Olaa". Vejo Jonhson emburrado no sofá e vou até lá e me sento do seu lado. - Porque está com essa cara emburrada ?? - pergunto cutucando ele.

- Ninguém quer jogar comigo. - ele aponta para o videogame.

- Ué, porque ?? - pergunto confusa.

- Porque esse filho da mãe não perde. - diz Matthew.

- Vocês que são ruins demais. - Johnson diz jogando uma almofada no Matthew.

- Eu jogo. - digo me levantando e pegando os controles, lhe entrego um.

- Sério ?? - ele pergunta sorrindo, concordo com a cabeça. - Tá vamos lá. - ele arruma o jogo e começamos a jogar. Este é fácil para mim pois eu tinha um amigo que era viciado nesse jogo e ele me ensinou. No final eu acabei ganhando.

- Nossa perdeu para uma menina. - Os meninos começam a zoar o Johnson.

- Foi sorte de principiante. - ele disse fechando a cara.

- Aceita que você perdeu. - digo rindo.

- Eu aposto que você não ganha a próxima. - diz ele me olhando.

- E eu aposto que eu ganho. - digo com confiança.

- Isso é o que vamos ver. - disse ele se virando para olhar a TV.

Começamos um novo jogo, Johnson estava bem determinado a ganhar mas como dá primeira vez eu venci.

- Isso é impossível. - ele diz me olhando indignado.

- Eu disse que ia ganhar. - dou de ombros.

- Pela primeira vez o Johnson foi derrotado no jogo. - diz Cameron rindo. - E foi por uma menina. - Continua rindo. - Mandou bem Bia. - ele vem até mim e fizemos um toque com as mãos. Vou para a cozinha e pego um pouco de Coca-Cola, quando volto para a sala me deparo com uma coisa que definitivamente me deixou surpresa, Ana estava beijando o Gilinsky na frente de todos. Então era isso, por isso que ela estava tão animada hoje de manhã, ela está pegando o Gilinsky e nem me falou nada.

- Vocês estão juntos ou o que ?? - Taylor pergunta surpreso assim como eu.

- Estamos só ficando, nos conhecendo melhor. - Gilinsky diz dando um selinho em Ana. Ela me vê e eu volto para a cozinha, depois de um minuto ela aparece.

- Eu sei, eu devia ter te contado mas foi algo tão imprevisível que eu nem pensei. - diz ela se sentando em um banco perto da bancada.

- Eu perguntei para você Ana, hoje de manhã e você mentiu para mim dizendo que não era nada. - digo chateada, não por ela estar ficando com o Gilinsky até porque eu gosto dos dois juntos mas pelo fato de ela ter mentido para mim, não ia custar nada ela ter me dito a verdade.

- Eu sei, eu sei mas agora você já sabe então para de fazer drama. - diz ela pegando um copo de água.

- Você mente para mim e eu estou sendo dramática ?? - falo e saio da cozinha, vou para sala, me sento na poltrona e cruzo os braços. Ana volta para a sala e se senta no sofá com o Gilinsky.

Os meninos estavam conversando sobre a turnê até que alguém bate na porta.

- Eu atendo. - Johnson diz se levantando e foi abrir a porta. - Ah oi Clara. - diz ele e vejo um garota muito vulgar parada na porta. - O que você está fazendo aqui ?? - Quem que é essa garota ??

- Vim ver você amorzinho. - diz ela tocando no braço dele. Amorzinho ??

- Clara nós tivemos um rolo e já acabou então vaza daqui. - diz ele batendo a porta.

Então ele tava com essa garota ?? Ahh eu sou mesmo uma retardada por achar que ele estava gostando de mim. Eu preciso sair daqui, sei lá preciso pensar e aqui eu não vou conseguir.

Me levanto, pego minha bolsa e vou indo até a porta.

- Eu vou indo pessoal, tenho umas coisas para fazer. - digo dando um sorrisinho.

- Quer que eu te leve ?? - Sammy pergunta.

- Não, eu quero ficar um pouco sozinha. - digo e abro a porta. Saio da casa dos Jacks, pego meu celular e meus fones e coloco a música Say You Won't Let Go do James Arthur e vou andando por aí, sem rumo.


Notas Finais


Esperamos que tenham gostado 😉

Comentem ❤

Até o próximo cap ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...