História I hate you, my baby - VHOPE - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Baby, Bts, Hate, Hobi, Hope, Hoseok, I Hate You, Jikook, Lemon, My Baby, Otp, Shipp, Shipp Bts, Surubangtan, Tae, Taehyung, Taetae, Vhope, Vkook, Yoonseok
Visualizações 321
Palavras 708
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura meus amores!
Trailer da Fic nas notas finais.

Capítulo 3 - Eu não quero Jungkook!


Fanfic / Fanfiction I hate you, my baby - VHOPE - Capítulo 3 - Eu não quero Jungkook!

... Ele me põe de joelhos na sua frente, abaixa sua cueca box vermelha e segura firme no meu cabelo, e com mão força minha cabeça para por a boca em seu membro totalmente duro, meu me recuso, afinal nunca tinha feito aquilo, era sempre ao contrário com todos os caras que eu já fiquei, eu hesitei mais ele não me deixou alternativa, acabei cedendo e abocanhei seu membro sem saber o que fazer na prática. Ele começou a fazer movimentos rápidos segurando minha cabeça ditando oque queria que eu fizesse, eu comecei a me engasgar com seu membro, entre ânsias de vomitos eu chorei, aquilo era horrível e Jung estava me machucando muito, senti o gosto do seu semi-gozo e tentei tirar minha boca de la, foi ai que ele forçou seu membro na minha garganta com toda força que conseguiu e gozou na minha boca, a sensação foi horrível eu queria ir embora, aquele líquido quente e salgado na minha boca tinha um péssimo gosto, não aguentei minhas lágrimas e comecei a chorar

- pare de chorar e saborei meu doce sabor! - levanta meu rosto para que eu o olhe diretamente

- e-eu quero ir embora - me levantei e fui caminhando meio desnorteado até a porta

- eu não terminei mocinho. - vai atrás de mim me puxando pelo braço

- Jungkook deixe-me ir! - disse meio que engasgando com as palavras, ele era mais forte que eu por incrível que pareça

- claro que deixo querido - sorri se aproximando de mim, passando sua mão em meu rosto - mas só depois de eu me satisfazer

Novamente Jung me puxa dessa vez bem mais forte sem se importar em me deixar marcas. Ele tira o resto de minha roupa e me empurra pra cima da cama. Medo, era a palavra que me descrevia naquela hora.

Ele manda eu me deixar virado de costas para ele, eu já sabia Oque me aguardava mais quando tentei sair daqui ele me segurou pelos pulsos e me jogou na cama de novo, me deu vários tapas fortes em todo meu corpo.

Quando ele finalmente saiu de perto de mim pra buscar lubrificante eu vi uma chance pra pedir ajuda, peguei rapidamente meu celular e risquei o número do hobi

Tu... Tu... Tu...

Porque ele não me atende???

~sua chamada foi encaminhada para caixa postal...

Tu... Tu..

- alô

- hobi?! Me ajuda

- oque houve?

- eu tô aqui com o Jungkook e..

- esta com ele? Que ótimo, aproveite então.

[Chamada encerrada]

Jungkook chega e pega o celular da minha mão, mas Hobi já tinha desligado

- Oque estava fazendo tae?

- n-nada. Me deixa ir embora

- ainda não - sorri olhando cada pedaço do meu corpo

Então ele me vira me pondo de quatro na cama, ele loga lubrificante em minha entrada e um pouco em volta, e sem nenhuma cerimonia ele penetra seu pênis de uma vez, eu grito bem alto, era uma dor horrível muito ruim mesmo, ele começa a me dar estocadas rápidas e bem fortes eu grito de dor mas ele parece não se importar de jeito nenhum, lágrimas correm por minha face, eu me sentia tão culpado por tudo aquilo. Me senti um verdadeiro lixo!

Eu acordo no dia seguinte muito dolorido

- bom dia meu amor!! - Jung entra no quarto com uma bandeja com um café da manhã

- oque aconteceu ontem? Porque ainda estou aqui? - pergunto confuso

- oras, não lembra? - sorri - coma logo, precisa se alimentar

- obrigado mas, só quero ir pra casa - me levanto e começo a me vestir com certa dificuldade

- ah tudo bem então - sai do quarto mas deixa a bandeja encima da cama

Eu faço de todo o possível para sair o mais rápido de la, me despeço de Jung que estava muito meigo, não parecia o monstro de ontem.

Eu ainda não conseguia acreditar no que havia acontecido, meu cérebro deu um nó. Fui para casa e corri pro meu quarto, deitei e comecei a chorar lembrando de tudo, aquelas dores no meu corpo não me deixavam esquecer do que tinha acontecido.

[Na universidade - intervalo ]

[Jung Hoseok]

- Hoseok né?

- sim, quem é você ?

- sou amiga do Taehyung, você sabe porque ele faltou hoje?


Notas Finais


Link do trailer: https://youtu.be/wFg4dZR138o
Hehe, se leu até aqui, comenta o que achou vai..
O próximo cap. sai hoje de noite 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...