1. Spirit Fanfics >
  2. I Hate'U I Love'U - Jaehyun (NCT) >
  3. Prólogo

História I Hate'U I Love'U - Jaehyun (NCT) - Capítulo 1


Escrita por: MillaSeok_1992

Notas do Autor


Oii, não falei que iria ter história nova?
Dessa vez do Jaehyun!
Espero que gostem, estou tento muito trabalho escrevendo ela. Já tenho 13 capítulos escritos, se preparem para passarem raiva!

Capítulo escrito em: 23/12/2020

Capítulo 1 - Prólogo


Narradora pov's...

23 anos atrás...

Um grupo de seis crianças com idades próximas se aproximam de um parquinho perto de suas casas, as crianças são amigos desde que nasceram, seus pais também são amigos há muito tempo. As crianças são: Lee S/N que tem cinco anos, Jung Yoon Oh que também tem cinco, Kim Jung Woo que tem quarto, Lee Tae Yong que tem seis, Jung Whenin que também tem seis e John Suh que tem cinco.

O grupo é bem unido, as vezes tem aquelas brigas bobas, mas na mesma hora está tudo bem. Os que mais brigam são S/N e Whenin, Jaehyun e Johnny. Principalmente eles dois, os motivos? Sempre disputando a atenção de S/N. Já S/N e Whenin a briga é mais por parte da Jung, pois ela morre de ciúmes de seu irmão Jaehyun.

A verdade é que os mais calmo são Jungwoo e Taeyong, eles sempre tentam amenizar as brigas, mesmo Jungwoo sendo o mais novo é o que menos briga dos seis. Taeyong as vezes se mete em confusão apenas para defender sua irmã S/N.

Mesmo que Whenin ame provocar S/N, ela sempre tenta ignorá-la, porém as vezes é impossível ela vive em função de provocar S/N. S/N já chegou até conversar com sua mãe e a mãe de Whenin sobre isto. E a resposta sempre foi a mesma: "É apenas um fase, logo passa". Mas nunca parou.

8 anos depois....


Agora na adolescência algumas coisas mudaram, como: A forma de pensar e agir. Mas uma coisa nunca mudou e acho que nem vai melhorar é as brigas. Nem melhorou, e nem piorou. Porém ficaram mais pesadas.

Na adolescência acontecem muitas coisas, não é atoa que é a fase mais marcante para a maioria. São vários descobrimentos, alguns bons, outros bem tanto. E é nesta fase que começam os namoros, os conflitos sobre sexualidade, amizades e diversas outras coisas.

E foi aí então que Jaehyun começou a ver S/N com outros olhos, seu coração acelerava quando a via, suas mãos suavam e sentia as famosas borboletas no estômago. No começo não entendia bem isto e foi nestas horas que a internet foi sua maior aliada para estas descobertas.

S/N também começou a perceber que já via Jaehyun com os mesmos olhos, não via mais como um irmão. No começo pensou ser apenas uma ilusão por passarem tempo demais juntos, mas então começou a ficar mais forte, qua do ele viajava ela pensava que não conseguiria mais viver sem ele por perto.

S/N e Jaehyun não foram os únicos que se apaixonaram, Johnny se apaixonou por S/N  e Whenin por Johnny. Quando Whenin descobriu ficou com muita raiva, ela pensava: Até nisto ela me supera!" Dá pra perceber o quanto ela tem raiva da S/N,  sendo que a mesma nunca lhe fez mal algum. Era apenas inveja e S/N  finalmente começou a entender o porquê de Whenin lhe tratar tão mal, sem nunca ter lhe feito mal. Whenin morria de inveja dela.

  Depois de um tempo sendo encorajado por Jungwoo, Jaehyun finalmente resolveu se declarar para S/N. Ele estava muito nervoso, mas estava confiante que iria dá tudo certo. Treinou muito para não gaguejar na hora.

  E assim, na hora do recreio todos estavam na mesa menos Jaehyun e ninguém, além de Jungwoo sabia o motivo dele não está ali.

- S/A, você pode pegar meu caderno de desenhos na sala, por favor? - Jungwoo pede fazendo carinha fofo.

- Hum... Tá bom, você fica me devendo uma. -  Se levanta e vai até a sala de Jungwoo.

  Chegou lá e procurou a mochila dele, mas na mesma hora escutou a porta sendo fechada. Olhou rapidamente e viu Jaehyun, ela estranhou o fato dele está nervoso.

- O que está fazendo aqui? - Ela pergunta, ele não diz nada, apenas se aproxima em silêncio.  E para em sua frente.

- S/N e-eu quero te dizer isto há um bom tempo, mas me faltou coragem. - Faz uma pausa. - S/A de uns tempos pra cá comecei a te ver de uma forma diferente, procurei em vários sites o motivos disso e descobri que estou perdidamente apaixonado por você Lee S/N! - Respirou fundo, era agora ou nunca. - Lee S/N você aceita ser minha namorada? - Estende uma flor para ela.

- Claro que sim, Jung Yoon Oh! - Ela o abraçou forte, eles se soltaram e ficaram se olhando por um tempo até que Jaehyun se aproxima e a beija. Era o primeiro beijo dos dois e foi com a pessoa que gostavam. Estavam muito felizes. Quando Whenin soube surtou, mas colocou na cabeça que conquistaria Johnny.

3 anos depois...


  Agora com todos no ensino médio, algumas coisas mudaram completamente, como: as brigas. Eles agora quase não brigam, eles cresceram não precisam brigar por coisas bobas.

Johnny desistiu de tentar conquistar S/N, mas ele ainda a ama. Whenin as ainda provoca S/N, já que ela namora seu irmão.

  Todos do grupo atualmente namoram, Johnny mesmo amando S/N está namorando uma colega de classe, Jungwoo namora com uma garota desde o nono, Taeyong também está namorando desde o primeiro ano e até mesmo Whenin está namorando, mas ela é um pouco possessiva.

Jaehyun e S/N são um exemplo de casal, amorosos, carinhosos, brincalhões um com o outro, mesmo que as vezes briguem continuam sendo um exemplo para todos. Eles se amam muito, apesar de serem novos eles são muito maduro. Com personalidades um pouco parecidas eles se dão bem sempre. Por mais que Johnny ame S/N, ele torce pela felicidade de sua amada.

  Os outros casais são bem de boas também, Jungwoo namora com uma garota chamada YongSung, mas ela prefere que a chamem de Solar. Ela é uma pessoa maravilhosa e fofa, combina com ele. Taeyong namora uma garota chamada Hyejin, ela é meio louca e não tem medo de falar o que pensa, apesar de terem personalidades um pouco diferentes se dão muito bem.

Johnny namora uma garota chamada Moonbyu, ela também não bate muito bem da cabeça, porém é uma pessoa muito legal. E Wheein namora um garoto chamado Yuta, que apesar de ter uma expressão fria e não fale muito é legal. Mesmo Wheein sendo um poucopossessiva, eles tem um relacionamento estável.

  (•••)

No meio do segundo ano do ensino médio, Jaehyun foi informado pelos pais que iria embora para o Canadá. Eles apenas teve que aceitar, afinal ainda era menor de idade. Mal ele sabia que a viajem foi ideia de sua irmã. Na cabeça dela seria a oportunidade de separar seu irmão da "fingida" da S/N.

A viajem nem é tudo, ela preparou outra coisa para abalar totalmente o relacionamento dos dois, ela planejou tudo passa a passo como uma verdadeira psicopata!

(•••)

Dois dias antes da viajem de seu irmão, ela começou a colocar seu plano em prática. Enquanto Jaehyun terminava de arrumar suas  malas, dentre de algumas horas iria se encontrar com S/N e contá-la sobre a viajem, ele estava nervoso iria propor relacionamento a distância. Não sabia se ela iria aceitar já que ela odeia distância, estava torcendo pra ela aceitar.

S/N estava em seu quarto arrumando algumas coisas, ontem seus pais e seu irmão viajaram e ela aproveitou e chamou Jaehyun, eles assistiram filmes e conversaram bastante. Só que ela percebeu ele nervoso, ela sabia quando ele ficava assim queria lhe dizer alguma coisa. Ela perguntou e ele propôs que tivessem sua primeira vez, ela ficou sem reação, mas aceitou e naquela noite se amaram pela primeira e única vez!

Depois de arrumar seu quarto recebeu uma mensagem de Wheein, ela estranhou totalmente. Era a primeira vez que recebia uma mensagem dela, na mensagem dizia "Vamos nos encontrar no parquinho onde brincávamos". Mesmo receosa respondeu um "Ta bom", vestiu uma roupa mais arrumada e foi em direção ao local.

Ela encontrou Wheein sentada mexendo no celular, S/N se aproxima.

- Olá Wheein, o que aconteceu? - S/N pergunta.

- Jaehyun me mandou te dizer algo. - Fala fazendo a expressão mais triste que conseguia.

- E o que é? Que ele mesmo não pode falar?

- Olha S/N  por mais que eu tenha muitos ciúmes de você com meu irmão, ele foi muito idiota por me mandar dizer isto. - Faz uma pausa. - Ele me pediu para dizer que quer terminar tudo com você, porque ele vsi embora para o Canadá. E que só te pediu em namoro por causa da nossa mãe, e não quer ter olhar mais na sua cara. Me desculpa mesmo pelo idiota do meu irmão. - Termina seu discurso, a única coisa que S/N faz é sair correndo.

Estava despedaçada, o homem que mais amou faz isto e todos as juras de amor? As declarações? Presentes? E a noite que passaram juntos? Tudo foi mentira, fingimento? Não podia acreditar nisto! E ainda sequer teve a decência de terminar pessoalmente, como pôde amá-lo um dia?Como ainda pode amá-lo depois do que Wheein disse?

A Jung volta para casa sorridente, mas na hora mudou a expressão para uma séria quando viu Jaehyu saindo de casa, correu até ele.

- Vai se encontar com a S/N? - Pergunta.

- Sim, por quê?

- Acabei de vim da casa dela, ela mandou dizer que quer terminar com você. No caso ela disse que não quer mais nada com você, ela pediu pra se encontrar comigo. - Fez uma pausa. - E disse que arranjou outro e estava com medo de terminar. - Fez uma expressão de raiva. - É por isto que eu nunca apoiei vocês dois! - Ela olhou para seu irmão que tinha lágrimas descendo por seu rosto. "É melhor assim" pensou.

- Eu nunca mais quero vê-la, NUNCA MAIS! - Gritou furioso. É por isto que ela estava hesitante ontem na nossa primeira vez. Ela só queria me usar. - Sentou na calçada chorando.

- Espera, vocês dormiram juntos? - Pergunta perplexa.

- Sim! Wheein eu estou decidido, vou embora amanhã e eu prometo nunca mais pisar meus pés aqui, só para não ter o desprazer de topar com LEE S/N! - Entrou em casa chorando e bateu a porta do quarto com força, as empregadas se assustaram afinal Jaehyun nunca bate a porta do quarto, nem quando briga com seus pai.

Ele ligou para Jungwoo e contou tudo, até mesmo da viajem antecipada. O mesmo estranhou está atitude vinda de S/N, quando Jaehyun fosse embora iria até a casa dela saber o que aconteceu, não confiavaem Wheein sabia o quanto ela nunca gostou de S/N. E sabe mais se S/N quisesse terminar com Jaehyun iria chegar para ele e falar e o mais entranho é que foi depois da primeira vez deles. Isto é realmente muito estranho!

Depois de conversar com Jaehyun, foi dormir e se preparar para amanhã. Seu melhor amigo agora vai morar tão longede si, vai ter que arranjar outro parceiro para sair até visitar Jaehyun. Fazer o que não é?

No outro dia Jaehyun viajou, as pessoas estranharam o fato dele querer viajar um dia antes e principalmente S/N  não está lá. Perguntaram o que tinha acontecido e ele apenas respondia que não era nada. Jungwoo estava triste por isto, e o pior não foi nem isto, foi pior ver Wheein sorrindo quando Jaehyun falava que não tinha acontecido nada.

Jaehyun estava destruído por dentro, passou a viajem inteira chorando. Ainda não podia acreditar que seu primeiro amor o trocou por outro, é como diz a música do Astro: "O primeiro amor nunca dá certo!" Esta com toda certeza é sua música.

Enquanto Jaehyun fazia sua viajem, Jungwoo foi até a casa de S/N, tocou a campainha e Taeyong quem atendeu.

- Olha se veio defender seu amigo, pode ir embora. - Taeyong fala, Jungwoo o olha confuso.

- Eu não vim defendê-lo, apenas quero entender o que aconteceu entre os dois. Posso entrar? - Pergunta, Taeyong abre um pouco mais a porta. - Com licença.

Subiu as escadas da casa enorme de S/N, caminha até o último quarto do corredor. Bate na porta, mas como ela estava só encostada entrou.

- Eu não quero comer Tae, me deixa paz! - Sua voz sai abafada.

- Não é o Taeyong é o Jungwoo. - Na mesma hora ela levanta a cabeça.

- Se veio defender ele, pode ir embora.

- Eu não vim aqui para isto, eu vim escutar sua versão.

- Hum... Wheein me falou que ele queria terminar tudo comigo, que não quer mais olhar na minha cara e que vai embora para o Canadá! - Jungwoo a olhava surpreso, as versões não se encaixavam, com toda certeza ela armou isto tudo, ele não irá deixar assim ele torceu muito para dar certo e agora tudo desanda por causa da Wheein.

- Me desculpe por ele, eu torcia bastante por vocês. Isto tudo vai ser esclarecido, você vai ver. - Ele a abraça, não iria contar daria um jeito da própria Wheein confessar. Não compesa ele contar nenhum vai acreditar. Mas ele vai dá um jeito.

- Obrigada por me apoir Jungwoo, você é um anjo na minha vida.

- De nada! - Beija a testa dela.

12 anos depois...

  Atualmente...

Jaehyun pov's...

Há doze anos não piso meus pés na Coréia e nem pretendo pisar, atualmente com 28 anos de idade, sou um empresário bem sucessido e infelizmente viúvo a três anos. Eu tenho uma filha de seis anos chamada Sarah, ela é adorável assim como sua mãe era. Hoje eu agradeço por esquecer S/N, a única coisa que sinto por ela é raiva e ódio!

Mas ela é passado, a única coisa que importa agora é minha pequena Sarah. Sua mãe se foi quando ela tinha 3 anos, ela faleceu em um acidente de carro, eu sofrir muito com sua perda. Ela se chamava Giselle Evans, ela era amorosa e gentil e foi graças a ela que esqueci Lee S/N.

Com o tempo acabei me acostumando com sua ida, Sarah as vezes pergunta por ela e eu sempre tenho que dizer que ela está em uma longa viajem.

Dos meus amigos o único que mantenho contato até hoje é Jungwoo, durante estes doze anos ele veio me visitar várias vezes e em uma dessas vezes o escolhir como padrinho da Sarah. Ele ficoh muito feliz por isto a tem como filha e a madrinha é a minha cunhada.

Os outros dois nunca mais os vi, só fiquei sabendo que se casaram, aliás Jungwoo também se casou com a namorada dele do ensino médio. Eles se casaram no cívil, pois só vão se casar na igreja quando eu for para a Coréia, ou seja, nunca.

(•••)

Estava no meu escritório quando recebo uma ligação de Wheein, logo atendo.

- Olá, irmã! O que deseja?

- Jaehyun você tem que vir o mais rápido para a Coréia!

- Wheein sabe que prometi nunca mais voltar aí.

- Jaehyun nossa mãe está doente, só lhe resta alguns dias de vida! - Nem esperou eu dizer nada, desliga.

E foi assim, que depois de 12 anoz coloquei meus pés novamente neste país que me trás memórias boas, porém memórias ruins também. Eu não estava preparado para voltar, eu nem pretendia voltar, acabei de quebrar uma promessa bem importante.

Cheguei de surpresa em casa, mais minha maior surpresa foi encontrar minha mãe em seus últimos momentos e encontrar a garota que quebrou meu coração de todas as formas possíveis, chorando ajoelhada no chão ao lado de seu irmão e Johnny. Eu não estava preparado para este baque em minha vida tão de repente!



Notas Finais


Parabéns se você leu até aqui!
Esse prólogo ficou enorme, mas ele é necessário!
Estamos oficialmente começando I Hate'U I Love'U!
Nós vemos no próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...