História I have a son?! - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias 2NE1, Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS), Big Bang
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Personagens Originais
Tags Abo, Alfa, Amor, Beta, Bts, Ceo, Chefe, Empresário, Filhos, Hot, Jeonjungkook, Jungkook, Lupus, Nandamarstriad, Ômega
Visualizações 224
Palavras 3.120
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa leitura amores

Capítulo 9 - Hoje eu sou sua Jeonggukie!


Fanfic / Fanfiction I have a son?! - Capítulo 9 - Hoje eu sou sua Jeonggukie!

⚠️ CENAS 18 EXPLÍCITAS⚠️

A porta do apartamento de luxo de Jeon foi aberta com brutalidade e fechada num baque alto e forte,mas o casal não se importou,a única preocupação era beijar os lábios um do outro.

as mãos de Jungkook apertavam com força e possessão a cintura dela,enquanto ela apertava seu braço e nuca o trazendo mais perto de sí.não era necessário palavras naquele momento,Jungkook e Nanda vinham se agarrando desde que entraram no elevador.

o alfa logo pega a mulher no colo a segurando pelas coxas,apertando aquela carne enquanto a ouvia arfar.sorriu entre o beijo,aquela mulher era uma tentação.

puxou seu lábio interior entre os dentes a fazendo gemer baixinho,mas logo voltou a atacar com fome aquela boquinha carnuda e vermelhinha da ômega.

Nanda gemeu manhosa ao sentir o membro semi ereto dele roçar em sua bunda e não foi diferente com o alfa que arfou ao sentir o contato com seu membro.

Jungkook então,saiu caminhando pela casa,subiu as escadas com calma ainda tendo os lábios dela contra os seus,e abriu uma porta entrando e logo a fechando novamente,tudo isso com a ômega no colo.

Deitou-a na cama,sorrindo sacana ao ver seus cabelos espalhados e a respiração descompassada.

olhou dentro dos olhos dela e passeou com suas mãos por seu corpo, tão bela, tão única, tão tentadora.

Ele estava a tanto tempo esperando por isso,esperando pelo momento em que a teria por completo,para vê-la sem todas aquelas roupas,ah mas ele realizaria todos os seus desejos.

sorriu maliciosamente aperando a cintura fina da ômega, levantou o corpo dela levemente só para alcançar o zíper to vestido caro deslizando lentamente o mesmo até a base.

a ômega o olhou dentro dos olhos do alfa sorrindo ao sentir o vestido escorregando para fora de seu corpo.

a cada pedaço de pele revelada o lobo de Jeon ficava ainda mais descontrolado e claro seu membro pulsava dentro da calça social.

logo Jungkook lançou o vestido sobre o chão e observou faminto o corpo curvilíneo ofegante sobre a cama.

partiu para cima da mulher,beijando seus lábios com fome e força.Nanda adorava esse lado bruto dele de a beijar.ela aperta os braços do alfa por cima do blaser preto que ele usava, gemendo baixinho ao sentir um aperto forte e prazeroso em sua coxa.

separou-se dele tratando de tirar o blaser que ele usava,conseguindo com sucesso e logo partido para a blusa também preta.

virou-o na cama se sentando em cima de seu membro desperto,gemendo em seu ouvido ainda desabotoando a blusa.

Nanda rebolava o arrancando suspiros,beijando seu pescoço pálido e cheiroso, até que pôde perceber que a blusa dele ja estava totalmente desabotoada.

Jungkook a ajudou a tira-la de seu corpo atacando os lábios dela no processo.os olhos da ômega brilharam ao observar seus braços musculosos e as tatuagens alí presente.

ela não esperava por isso,mas aqueles desenhos eram muito bonitos ao seu ver,o deixavam ainda mais sexy.

em seu ombro direto havia alguns planetas como um sistema solar, até mesmo estrelas e meteoros e em seu antebraço algumas rosas,nada colorido,somente preto e branco.Nanda fez questão de apertar aquela área podendo sentir os músculos do alfa.

— gostou? —era uma pergunta obvia.

— eu adorei,Jeongguk —sussurra manhosa o que enche o alfa de tesão.

ele não perde mais tempo,espalma as mãos na bunda farta da ômega,apertando aquela carne com toda sua vontade ouvindo-a gemer um pouco mais alto.

— ah Jeonggukie —arranha sua nuca, jogando sua cabeça para trás ao mesmo tempo que sua intimidade era pressionada contra a do alfa.

Jungkook sorriu,nunca ninguém havia chamado ele assim,mas ele gostou tanto que poderia ouvi-la chama-lo assim para sempre e não se cansaria.

a deitou novamente na cama se levantando para tirar sua calça,tirou o cinto e a ômega mordeu o lábio inferior,ele queria a prender com aquele objeto mas decidiu esperar uma próxima oportunidade.

e ele faria existir essa próxima oportunidade.

o olhar da ômega estava preso em suas mãos fortes que desabotoavam a calça e abaixava o zíper, somente para deixa-la cair aos seus pés após empurra-la para baixo.

e aquele homem era tão lindo,a ômega apertou suas pernas uma contra a outra,sua intimidade pulsava pelo alfa,sua loba ansiava pelo lobo do alfa,seu cheiro combinava perfeitamente com o dele.

Jeon subiu na cama,ficando por cima dela tomando seus lábios.sua língua se enrolava a dela de uma maneira tão gostosa,pareciam feitos um para o outro.

O alfa passa a descer seus beijos.deixou um selar sobre seus lábios,selou seu maxilar,selou seu pescoço para logo chupar de um jeito forte,selou sua clavícula e então parou de frente aos seios dela.

Jungkook sorriu maliciosamente antes de rasgar a peça branca com brutalidade.aquilo foi excitante aos olhos dela,aquelas mãos de Jungkook eram tão fortes e as veias aparentes eram tão belos aos olhos dela.

a peça rasgada foi jogada em algum lugar do quarto,tomou os dois seios dela em suas mãos massageando com calma e devoção.

— ooohh Jeon —gemeu ao sentir a boca quente dele contra seu seio.

aquilo era tão bom,a mão dela foi logo aos cabelos do alfa, apertando os fios num pedido mudo para ele não se afastar.

O homem estava amando ouvir seus gemidos manhosos,enquanto ainda a acariciava com a língua,mas não se demoraria alí,seu objetivo era outro lugar,ainda mais apetitoso.

fez o mesmo processo com o outro seio,logo descendo seus beijos pela barriga dela,Nanda era bem magra,tudo por genética,mesmo depois do nascimento de MinSeok ela continuou magra juntamente porque seu biotipo era esse.mas não se engane,mesmo sendo magra tinha suas curvas e suas farturas nos lugares certos.

Chegou até a intimidade dela deixando um beijo por cima do tecido par da peça de cima que ele havia rasgado.Nanda ofegou baixinho olhando aquela cena,era bem parecida com a de seu sonho mas Jungkook tinha cabelos com um corte diferente.

olhou suplicante para o alfa,com seus dentinhos prendendo seu lábio inferior,pedindo só com o olhar para ele não rasgar a calcinha.

Jeon sorriu de lado,abaixando a calcinha lentamente a olhando nos olhos.beijou suas coxas,chupando a parte interior delas a torturando enquanto a via pedir por mais contato e então partiu para o que realmente lhe agradava.

aquela sim era sua cobiça de dias,ele queria sim apertar a bunda arrebitada da ômega mas sua intimidade era seu ponto alvo,ele queria prova-la alí também e então o fez.

deixou um beijo casto em cima de seu clitóris,e com a ponta da língua contornou aquele local,logo desceu mais um pouco encontrando os lábios maiores e menores e enfim a entrada de sua intimidade,e ela era realmente saborosa alí também,tinha o mesmo sabor que seu cheiro.baunilha e framboesa.

Nanda gemeu alto, puxando verdadeiramente seus cabelos e ele persebeu o quanto ela era sensível alí,talvez uma penetração não surtisse o mesmo efeito que um bom oral.

continuou a chupando,como se desse um beijo de língua em seus lábios maiores,e a ômega gemia com vontade pois além do prazer que sentia,sabia que Jungkook estava adorando ouvi-la gemer.

introduziu sua língua na entrada da intimidade molhada e úmida da ômega,ouvindo um arfar e uma súplica,ela precisava de mais.

— J-Jeonggukie —prolongou as últimas letras e remexeu seu quadril sentindo um dedo dentro de sí— m-mais Jeonggukie por favor —ele introduziu mais um a vendo tremer levemente,ela estava quase lá.

então, satisfazendo a votade da ômega tão bela em sua cama,Jungkook massageou o clitóris com a língua ainda fazendo movimentos com os dedos e por fim ela gozou fortemente,gemendo manhosa o nome dele.

aquele som era tudo que ele precisava ouvir,seu lobo enlouqueceu,ele precisava dela.

voltou a se deitar com cuidado por cima da ômega a beijando, enquando ainda apertava sua cintura com as mãos fortes.

ו POV.NANDA •×

Aquele homem era uma perfeita tentação.

Jungkook estava me surpreendendo cada vez mais,aqueles lábios finos,aquele corpo forte,era tudo que eu queria no momento.

e as tatuagens,eu adorei cada uma delas o deixava ainda mais lindo e me faziam ter curiosidade sobre o porquê dele ter escolhido aqueles desenhos.mas o foco agora era outro,Jungkook estava em cima de mim,me beijando como se não houvesse amanhã.e eu obvio estava adorando.

o alfa se afastou rapidamente de mim e passou a tirar a cueca preta,ele era simplesmente delicioso.e então, eu pude ter a visão perfeita de seu membro,eu queria tanto,mas tanto aquilo para mim.

Jeon era simplesmente lindo,seu peitoral bem marcado,o abdômen definido,a linha em "V" que ligava à sua virilha,os braços fortes e coxas torneadas.

eu odiava pelos, sinceramente.mas Jungkook me fez ver um outro lado.ele não era completamente depilado, haviam uns pelinhos muito bem aparados em sua virilha,mas não era muito,era aparado o suficiente para eu poder chupa-lo sem problema algum.

além se ser extremamente sexy e másculo, óbvio.

até que eu tentei,eu queria muito te-lo em minha boca,mas Jeon me parou antes de conseguir segura-lo.

— não, não,não ômega —diz baixinho com uma voz rouca— hoje sou só eu que brinco —ele concerteza viu a excitação e admiração em meus olhos e resolveu brincar comigo,mas eu sinceramente não ligo.

eu ofeguei quando senti seus dedos me masturbando novamente,mas eu já estava pronta pra ele,estava preparada para recebe-lo em mim.

— quer me ter dentro de você? —pergunta em meu ouvido,assenti em concordância— eu quero palavras, ômega —ele deixa um tapa estalado sobre minha coxa,eu gemi não só de prazer pelo tapa mas também pela ordem.

— sim…eu quero te sentir dentro de min, Jeonggukie —digo manhosa,eu sabia o quanto ele se afetava quando eu fala assim— quero muito,forte e fundo em mim —o encaro e deixo um sorrisinho tomar conta dos meus lábios, Jungkook rosna baixinho me dando ainda mais tesão.

se estica até o criado mudo tirando de lá uns pacotes de camisinha e me beija antes de abrir uma delas.

— me deixa colocar —peço o surpreendendo,havia um lado submisso em mim, e só Jungkook o despertava.O empurro levemente e ele fica de joelhos na cama.

também me ponho de joelhos mas me curvo para frente colocando lentamente o preservativo na enorme ereção de Jeon.

— eu quero tanto,Jungkookie —digo olhando fixamente para seu membro.

— não toque-o —ordena severamente— se for uma boa menina agora,eu te deixo brincar com ele outro dia —acaricia meus cabelos,eu gostava dessas carícias, gostava quando ele me dominava na cama.

— por favor Jeonggukie —sussurro e ele me puxa para cima, apertando minha bunda com vontade me fazendo gemer.

me beija fortemente, mordendo meu lábio,me deitando na cama com agilidade,mordeu meu lábio um pouco mais forte,era obviamente uma punição por ter insistido em algo que não deveria.

Jeon abriu mais minhas pernas esfregando seu membro em minha intimidade,e me penetrou com a glade me fazendo ofegar.

— oooh —gemeu ele baixinho me olhando atentamente em seguida.percebeu que eu senti um pouco de dor,digamos que Jungkook é mais dotado que o comum.

fechei meus olhos ao senti-lo se afundar mais em mim com calma.suas mãos seguravam minhas panturrilhas,dando-o uma bela visão da minha intimidade engolindo o membro dele.

— tão linda —a voz rouca era carregada de desejo,enquanto seus olhos banhados por luxuria se conectavam ao meu— tão gostosa! —eu gostava muito de ouvir sua voz tão rouca como naquele momento.

A sensação de ter ele dentro de mim era ótima,um pouco dolorosa por ele ser grande de mais, porém era muito bom.

sentia minhas paredes internas apertarem ele.Jungkook soltou um rosnado baixinho logo me olhando seriamente,e então ele passou a estocar de vagar.

- Jeonggukie —gemi manhosa o sentindo tremer,era tão mais tão gostoso que eu nem mesmo encontrava palavras para expressar o que sentia.

ele se debruçou sobre mim,segurando uma das minhas coxas na altura da sua cintura e com a outra mão ele apoiava seu corpo, passando a almentar as estocadas.

e eu somente gemia,porque era a única coisa que eu poderia fazer diante daquele sexo arrebatador.Aquele alfa sabia bem como me enlouquecer pois nunca havia me sentido assim com ninguém.

seguro seus cabelos e jogo minha cabeça para trás,meus lábios estavam entreabertos a procura de mais ar e de mais gemidos saírem,mas então eu senti vontade de beija-lo.

voltei a olha-lo na intensão de fazer o que eu desejava, mas a visão que tive foi arrebatadora.os cabelos negros de Jungkook estavam grudados em sua testa enquando uma fina camada de suor se estendia sobre sua pele,seus olhos sérios me olhavam enquanto ele rosnva baixinho cheio de tesão.

o beijei sem me importar, naquele quarto os únicos barulhos ouvidos eram nossos gemidos entrecortados,nossas peles se chocando com velocidade e brutalidade,e os estalos do beijo.

os movimentos continuaram e jeon se sentou na cama me deixando por cima,me fez rebolar e quicar sobre seu membro,mas logo me virou novamente me deixando de bruços.

se afundou em mim novamente, enchendo meu pescoço e costas de chupões,arremetendo com vontade,me fazendo gemer cada vez mais alto.

me virou novamente,me deixando de frente para si, e estocou com força masturbando meu clitóris enquanto isso.não foi preciso muito e eu gozei.

Mas aconteceu algo diferente,minha loba desejou tanto, como ela nunca quis algo antes: uma marca,mas não qualquer marca,a marca de Jungkook.

o alfa continuou a me foder,quando gozou dentro da camisinha atando o nó,me fazendo gemer mais pois a sensação era boa,mas me deixando um pouco frustada,eu queria sentir a sua porra quentinha escorrer entre minhas pernas.

jeon continuou se movendo,para prolongar o prazer e eu me encontrava toda molinha na cama.

— descanse um pouquinho —jungkook diz carinhoso se deitando ao meu lado,o olhei e vi suas presas expostas— você é melhor do que eu imaginei.

— você também Jeonggukie —sussurrei completamente cansada,me deitando sobre seu peito novamente.

acabei pegando no sono sem ver,mas sentido as carícias de Jungkook em meus cabelos.

×° POV.NARRADORA °×

Jungkook ainda acariciava os cebelos dela quando a menor dormiu.sua mente estava a mil pois aquela ômega havia mexido consigo.

cheirou mais uma vez os cabelos compridos,era tão diferente,era como se ele devesse estar exatamente alí,ao lado dela.

— o que você está fazendo comigo? —pergunta mesmo sabendo que ela dormia.

o corpo curvilíneo nú,ainda estava colado ao seu, sem nada os cobrindo.se levantou da cama sem a acordar e foi ao banheiro, tirou a camisinha a amarrando e jogando no lixo.

observou sua imagem do espelho,cabelos baguncados tipicos de uma pós-foda,costas arranhadas, chupões no pescoço, lábios vermelhos pelos beijos e abdômen vermelho pelas unhas dela.

sorriu e voltou para o quarto se deitando ainda nú e a abraçando novamente,acabou dormindo também,junto a ômega.

Quebra De Tempo

Nanda acorda sozinha na cama coberta por um lençol de seda preto.se sentou na cama sentindo um encomodo em sua intimidade mas nada muito gritante.

se levantou e saiu do quarto enrolada no lençol.ainda era madrugada mas ela queria saber aonde ele estava,desceu as escadas devagar e o encontrou na varanda da casa.

Jungkook olhava para a cidade seriamente enquanto fumava um cigarro com aroma de menta,seu braço tatuado estava exposto e seus músculos evidentes pois ele não usava blusa, somente uma calça de moletom,preta.

— Não sabia que fumava —Ela fala segurando o lençol contra seu corpo.

Jungkook sorriu e tragou mais uma vez do cigarro,o apagou no cinzeiro e chamou-a com a mão.

a menor foi,e se sentou em seu colo já que ele estava sentado.deitou sua cabeça no ombro dele que fazia um carinho em seus cabelos e coxa.

— só as vezes, na verdade é muito raro eu fumar —disse sincero— mas depois de um sexo tão bom quanto o que fizemos,me senti tentado —ela sorriu.

Sua loba estava completamente confortável na presença dele, além de claro ficar mais manhosa e submissa,mas toda ômega era manhosa com seu alfa.

só que Jungkook não era alfa de Nanda.

e Jeon adorava mimar e proteger a menor,a ter em seus braços e sentir seu cheiro, afinal todo alfa adorava cuidar de sua ômega.

porém,Nanda não é ômega de Jungkook.

—eu deveria ir pra casa —fala num sussurro.

— claro que não,eu ainda não acabei com você —fala apertando a coxa dela por cima do tecido.

— não acabou com o quê? —ri baixinho tentando se levantar— você me queria por uma noite não é? então já me teve,devo ir agora —disse embora não fosse aquilo que ela queria.ele a puxa de volta para seu colo,mordendo de leve seu pescoço.

— Não estou satisfeito ainda,e eu sei que você também não —deixa um chupão em seu pescoço— você é tão apertada, tão bonita, tão gostosa, tão única —sussurra rouco em seu ouvido,mordendo o lóbulo— se lembra? você me deu uma chance,e eu tenho somente essa noite para te ter pra mim…para você pertencer a mim…e eu vou te fazer gritar isso.

A ômega nada pôde falar,somente sentiu seus lábios serem tomados junto aos do alfa que a beijou com vontade e força.

Ele tirou o lençol do corpo dela com brutalidade e abriu suas pernas com carinho,Nanda amava esse jeito fofo e agressivo dele nesses momentos.

os dedos longos e frios de Jungkook entraram em contato com sua intimidade pulsante,massageou seu clitóris numa masturbação bem lenta, somente para provoca-la.

— quero ouvir você dizer que é minha,ao menos por hoje você é toda e completamente minha —disse baixinho no ouvido dela.

Nanda mordeu o lábio inferior ao ouvi-lo.Jogou a cabeça para trás a apoiando no ombro do alfa,enquanto rebolava em sua ereção.

Gemeu um pouco mais alto quando sentiu ser penetrada por dois dedos,Jungkook sorriu.

— Jeongguk —chama manhosa— ah Jeonggukie-ssi —choraminga— mais oppa...por favor mais um pouquínho —e o sorriso do alfa se alargou.

— você é minha? —pergunta provocante.— você é do oppa?

a mulher não responde então os movimentos param.

— responda,querida —Jungkook manda

— Serei quando me provar que vale a pena Jeon —disse sentindo a mão dele envolver seu seio.

— quer que eu lhe prove que sou bom o suficiente? —pergunta e ela assente, Jungkook sorri soprado se levantando e levando-a ao sofá.

deixa a menor deitada e fica de pé em sua frente.Nanda novamente observa com afinco e desejo,o membro desperto do maior por baixo do tecido.

se põe de pé e o beija agressivamente,arranha seu abdômen definido e escorrega sua destra para dentro da calça dele.

sorri entre o beijo agarrando o membro completamente duro e quente de Jeon.ouviu o alfa gemer baixinho entre seus lábios.

o alfa se moveu rápido,tirou as mãos dela de seu membro e a jogou no sofá,tirou a única peça presente em seu corpo e foi pra cima dela mais uma vez.

— a camisinha Jeongguk —ela fala e ele mostra uma em suas mãos com um sorrisinho cínico.

ela sorriu, obviamente estava escondida em algum lugar.E então ele mesmo veste o preservativo em seu membro,observando o corpo belíssimo e ofegante em sua frente.

penetrou a ômega em somente uma estocada,sentindo sua pele das costas arder pelas unhas dela.

gemeu baixinho,ela era realmente muito apertada.estocou mais vezes,sexo com ela era insano.

Jungkook se perguntava o porquê de sentir tantas coisas,pois ele sabia que nunca havia tido um sexo tão bom com alguém, não daquele jeito,simples mas maravilhoso.

além de claro suas presas sairem,nunca havia acontecido antes e se assustou um pouco.

mas agora ele focaria somente nela.Passou a estocar com mais força,ouvindo os gemidos da ômega e sentindo seu membro sendo apertado.

— Fala pra mim, ômega —pede rouco.

— sua Jeonggukie…hoje eu s-sou sua —diz entre gemidos e finalmente goza.

Jungkook vem logo após ela,e forma seu nó, gozando dentro da camisinha.

logo o nó se desfaz,o alfa pega a mulher no colo e sobe as escadas com ela em direção ao seu quarto,agora sim,estavam cansados e parcialmente saciados.


Notas Finais


espero que tenham gostado amores.

comentem para eu saber ok ❤️❤️ bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...