História I Hear You - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Kim Namjoon
Visualizações 10
Palavras 2.842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa Leitura ^^

Capítulo 1 - O prazer é todo meu


Fanfic / Fanfiction I Hear You - Capítulo 1 - O prazer é todo meu

Pov Clara

-Ô mãeeeee

-O que foi Clara? Pelo seus gritos pareçe que alguém morreu- Dramática toooda

-Não é nada mãe, fica tranquila, apenas queria saber onde se encontrava o meu top preto

-Ai ai Kim Clara. Está no seu guarda-roupa. Guardei ele ontem. Você precisa de mais atenção Clara, sem brincadeira- Ela fala, rindo

-Desculpa Omma, prometo prestar mais atenção- Falo, entrando no banheiro e vestindo-o- Mas omma, antes de ir embora, onde está o meu irmão?

-O Tae está lá embaixo, te esperando junto com um amigo- Minha omma fala, pegando minha bolsa

-Que amigo omma? Falo pegando minha bolsa das mãos dela delicadamente

-Não sei meu anjo, sinceramente nem perguntei- Ela fala rindo- E nossa, minha filha é muito linda

-Hahaha, obrigada pela gentileza mãe! Te amo- Falo, abraçando-a- E meu appa?

-Ele saiu pra trabalhar filha, você sabe que esse ramo de advocacia exige muito dele-

-Claro, hoje estou com a cabeça nas nuvens

-Me diz o dia em que você não está?- Ela fala rindo e sentando na minha cama- Já ligou para a Diniz hoje?

-Ai mãe é verdade. Nem me lembrei de falar hoje com minha melhor amiga, que loucura- Falo procurando meu celular

-Rururum- Minha omma faz, arranhando a garganta- o seu celular está no seu bolso

-De certo omma- Falo pegando-o e discando para a Diniz

- Vou desçendo tá? E filha, não demora!- Ela fala, desçendo as escadas

Foi o tempo certinho da Diniz, ou Maria Clara Diniz, como quiserem, atender:

Ligação ON

-Oii meu amoor- Diniz, após atender 

-Você de bom humor de manhã? kkkkk Tá tudo bem Maria Clara? Falo rindo

-Vou te contar

-Vai lá

-Eu estou namorando-

-Você está o que? Dei ênfase à o que

-Namorando, com o Jungkook

-COM QUEM????? Vocês devem estar se perguntando porque eu estou assim. Bem, o meu irmão, o Taehyung, é completamente apaixonado pela Diniz, mas ele tem vergonha de dizer isso pra ela. Já tô até vendo o chororô que vai ser

-Amiga? Tá tudo bem?- Diniz, me tirando dos pensamentos

-Tá tudo sim, e ó, estou muito feliz por vocês, muito mesmo. Quero muito que vocês sejam felizes- Falo pra não decepcionar ela

-Obrigada, você é a melhor amiga do Mundo-

-Te amo também- ouço meu irmão me chamar- Miga preciso ir tá? Meu irmão tá me chamando, se eu não for ele endoida, tchauzinho

-Tchau meu amor- 

Ligação OFF

E, eu não me apresentei! Prazer, meu nome é Kim Clara, tenho 17 anos. Bom, por ser filha de brasileiros, sou totalmente diferente das garotas daqui. Quando falo de cor, cabelo cacheado, curvas e etc. Ninguém nunca fez bullying comigo por ser diferente, o que é ótimo mesmo. Quando meus pais vieram para aqui, conheçeram meu pais adotivos e viraram super amigos. No entanto, quando eu tinha 2 anos, após minha festa de aniversário, que foi em um salão, ao voltar para casa, meu pai perdeu o controle do carro e ele acabou batendo, fazendo assim ele e a minha mãe morrerem.Eu ainda sobrevivi, com alguns hematomas, mas sobrevivi. Graças a Deus. Assim que eu recebi alta fui morar com meus novos pais, os Kim. E ainda pra completar o pacote, a minha caixinha de amor. O meu irmão mais velho. Digamos que a minha ligação com o Tae seja muito muito grande. Por ele ser meu irmão mais velho, ele cuida bastante de mim. Eu realmente não sei o que seria de mim sem ele. Aaaa, a Diniz, ela é minha melhor amiga desde que eu tinha os meus 11 anos de idade. Nós realmente falamos de tudo e somos as melhores amigas mais unidas do Mundo. Brigas duram no máximo 2 minutos. Depois desse intervalo voltamos sempre a nos falar. Sobre o Tae e ela, nunca rolou nada. Digamos que o meu irmão não saiba expressar bem seus sentimentos, por medo de receber um não. Bem, mas a fila anda né? E como vocês viram ela está com o Jungkook, um dos nossos melhores amigos. Nosso grupo é formado por o Jin, que eu considero como outro irmão mais velho. O Min Yoongi ou Suga, esse vocês precisam considerar. Digamos que ele seja meu ex. Meu término com ele tem uns 6 meses, mas mesmo assim continuamos sendo amigos. O Hoseok ou Hobi, um amor de pessoa. O Jimin, que é o galã e que namora com a minha outra amiga de nome Chueh, essa vocês conheçem nestante. O Jungkook, que é o cara. O Tae, meu amor todinho. E ela, a Chueh. Não tem muito tempo que ela entrou no grupo. Ela é a namorada do Jimin, a pessoa que muita gente inveja. Eu e a Diniz somos umas das únicas que não kkkkkkk Bem, sobre relacionamento, decidi dar um tempo. Aaaaaa, o motivo pelo qual terminei com o Yoongi foi porque digamos que ele decidiu sumir do nada e apenas deixou um bilhete pra mim dizendo que era melhor a gente terminar. Vamos à uma voltinha no tempo:

-Taeeeee, eu preciso de você- Falo chorando com o bilhete na mão

-O que foi meu amor? Porque você tá chorando?- Ele fala desçendo as escadas e me abraçando

-O Yoongi sumiu, então eu resolvi ir na casa dele por que ele não respondia minhas mensagens nem nada, então quando cheguei lá estava a porta aberta com esse bilhete preso à porta- Falo chorando mais ainda

-Se eu encontro esse cara, ele vai ver a surra que ele vai tomar- Tae, me dando um beijo na testa- Vem anjo, vamos, você tem que descansar e parar de chorar

-Você está me pedindo uma coisa impossível no momento

- Eu vou quebrar a cara dele por fazer o meu anjo Luz chorar- Nesse momento, meu appa chega

-O que está acontecendo aqui? E filha? Você está bem?- Meu appa, me abraçando junto com o Tae

-O babaca do namorado dela terminou com ela sem nem dar explicações, apenas sumiu- Tae, desfazendo o abraço junto com meu pai

-Ah se eu pego esse infeliz- Meu appa, se sentando no sofá

-Vocês não vão fazer nada! Eu já tô sofrendo, só vai piorar a situação. Eu só quero Paz, apenas- Falo, enxugando uma lágrima minha

-Por respeito a você filha, eu e seu irmão daremos um tempo- Meu appa, dando ênfase à palavra tempo- Não é Kim Taehyung?

- Não prometo nada

Nesse dia eu e o Tae ficamos o dia todo na cama agarrados, com ele fazendo carinho no meu cabelo. Por isso e por muito mais minha ligação com ele é forte.

Chega de falar de mim, preciso desçer! Pego minha bolsa e meu celular, que estava no carregador e desço, no caminho da escada, meu irmão me chama:

-Ô distraída no celular, vamos

-Oi? Quer dizer, para Kim Taehyung

-Quero te apresentar meu amigo, Kim Namjoon

Acredite, eu nem tinha visto ele. Quando olho para a frente me deparo não com um homem, com um Deus Grego. Um Homem alto, cabelos platinados, pele clara, a perfeição meu pai. Eu fiquei realmente sem reação. Então ele me tirou dos pensamentos:

-Prazer Clara- Ele fala abrindo um sorriso no rosto, mostrando as suas fofas covinhas e pegando em minha mão

-O-O prazer é-é todo meu- Falo,  apertando a mão dele

-Gaguejando Kim Clara? Eu sei que ele é bonito, mas não tanto- Tae, olhando para mim

- Nossa Kim Taehyung, você sempre se supera- Falo, me virando para o mesmo, pois eu estava lá babando pelo Namjoon

- Eu sei, mas temos que ir, a Escola não vem até nós. E senhorita, o Namjoon vai ser nosso novo vizinho, olha que legal. Além de estagiar na na nossa incrível escola- Tae, pegando as chaves do carro

- Isso mesmo- Ele fala, passando a mão naquele cabelo perfeito dele, ai que homem

-Wow, que legal então, mas de ir antes só preciso mandar uma mensagem para a Diniz e a gente vai- Falo pegando meu celular

-Ela vai com a gente?- Tae, todo animadinho

-Não, ela vai com o namorado

-Ela vai com quem?- O Tae fala, com uma carinha nada boa

-Falei demais- Falo, colocando a mão na boca

- Não, você não falou, e Clara só me responde, é o Jungkook não é?- Ele fala puxando pelo meu braço

-Ai Tae. Calma. E é ele sim- Falo puxando meu braço 

-Ai desculpa, machuquei seu braço! Desculpa- Ele fala me abraçando

- Não, sem problemas. Só me promete que você vai ficar bem- Falo, ignorando completamente a presença do Namjoon

- Eu vou sim, não se preocupa. Agora é melhor a gente ir, sem mais nem menos- Tae, abrindo a porta

-De certo- Namjoon, e que voz é essa Senhor? A voz do Tae me dá arrepios, mesmo sendo meu irmão, agora a desse homem, uff...

Pov Namjoon

Que mulher é essa? Nossa! Muito perfeita pra ser verdade. Deixa eu me apresentar antes pra vocês não se confudirem. Prazer, eu sou o Kim Namjoon e tenho 20 anos de idade. Bem, eu não sou daqui de Seul, nasçi em Ilsan. Mas, depois de ser aprovado em Engenharia, decidir me mudar para aqui. Conheço o Tae há uns 6 anos, quando começamos a nos falar em uma viagem dele para lá. Eu não sabia nem da existência da Clara até a hora que o Tae, quando estava ainda na casa dele esperando a mesma falou:

-Nossa, a Clara demora demais- Tae, olhando o relógio

-Desculpa, quem?- Falo, até porque não sabia a quem ele se referia

-Jura que eu não te falei da minha irmã?

-Juro

-Então, tudo começou no Brasil...

Foi assim que eu conheçi a história todinha dela. Mas quando a vi deu pra perceber que ela não era coreana. Ela é muito linda. O cabelo ondulado, cacheado no caso,loiro nas pontas...A pele parda dela... Sem falar no jeito dela de ser. O Tae falou do ex dela, como ele fez isso com uma princesa dessa? Se vocês estiverem se perguntando se eu estou gostando dela, talvez... Sem detalhes pra ficar legal. Bem, agora que sou vizinho dela, ficará mais fácil de me aproximar dela. Tudo que eu quero é que ela esteja bem e tomara que eu consiga isso, se não eu mesmo me culparei. 

-Nam, você pode me fazer um favorzinho? - Tae, me puxando pra fora da casa

-Oi? Quer dizer claro- Falo voltando ao assunto pois estava pensativo

-Pode ir andando com minha irmã, depois vou indo, preciso ir resolver alguns assuntos com meu pai. Se quiser indo com meu carro pode ir

-Ei, não precisa. Se fosse pra ir eu ia no meu- Falo pegando as chaves do meu carro

-Então eu vou avisar a ela e vocês vão tá? Obrigado. Sabe, eu não confio na Coréia, podem assaltá-la, não sei. Mas com você eu confio!

- Que bom então!

-Vou lá chamar ela, tchau Nam e obrigado mais uma vez- Ele fala me abraçando

-Disponha

Fiquei lá encostado no meu carro esperando a Cinderela apareçer e depois de uns 5 minutos ela apareçeu. 

-Oiie, desculpa o atraso Namjoon. E meu irmão já me explicou tudo- Ela fala abrindo um sorrisinho

- Que bom que ele te explicou, então vamos- Falo abrindo a porta do carro pra ela entrar

-Obrigada pela gentileza

-É o mínimo que eu posso fazer!

Entro no carro e dou partida. Ficamos em silêncio por um tempo até ela quebrá-lo:

-Suponho que meu irmão já tenha te dito detalhes da minha vida todinha

-Digamos que sim. Ele fala bastante de você, pra qualquer pessoa. Mostra assim o tanto de afeto que tem por ti

-Sim. Bem, você sabe tudo de mim, mas eu não sei nada de você a não ser teu nome

-Bem, minha história começa assim...

Contei a ela minha história resumidamente até chegar no colégio dela. Digamos que ela, como todas as outras pessoas, tenha ficado impressionada com a minha inteligência, aconteçe... Chegamos na escola e ela foi até os amigos dela e até a Maria Clara, ou Diniz, tirou onda:

-Ei Clara, o gatinho aí é o teu namorado?

-Não sua louca! Esse é o Nam, amigo do Tae- Ela fala, me apresentando

-Prazer, só não te pego porque meu namorado tá vindo ali- a Chueh fala e todos começam a rir

- Não liga não, ela é sempre assim- A Clara fala com aquele sorrisin de tirar o fôlego de um, mas fecha quando o Yoongi se aproxima

-Oi Pessoal!

-Você ainda existe garoto? Wow, pensei que tinha morrido- Diniz, abraçando o JungKook

-Bem, o sinal já vai tocar, eu vou indo para não me atrasar para a 1° aula do dia, tchau pra vocês- A Clara fala tristinha

-Eu te acompanho, até porque é caminho- Falo e sinto o ar de raiva do Yoongi

-Obrigada Nam- Ela fala com o sorrisinho dela de volta. Ah como eu amo ver ela sorrir!

-Deixa, eu acompanho ela- Yoongi

-Rum, interessante. Some da minha vida do nada e quer entrar de volta? Sai fora Yoongi- A Clara fala, puxando meu braço pra gente ir. Por incrível que pareça fomos de mãos dadas o caminho todo. Chegamos na frente da sala dela e ela falou:

-Nossa, a gente veio de mão dada o caminho todo, desculpa eu nem percebi- Ela fala olhando diretamente nos meus olhos

- Eu não vi problema nenhum

-É melhor você ir antes que a inspetora apareça e te dê uma chinga!- Ela fala e me dá um beijo na bochecha, canto dos lábios pra ser mais exato- Tchauzinho

-Tchauzinho- Falo e sigo meu caminho até a minha sala

Ela fez isso mesmo? Bem, nada a declarar, agora meu dia sem dúvidas melhorou em 100% mais. Depois disso os horários passaram rápido, no final ainda pedi para acompanhá -la até em casa:

-Posso te levar em casa ou você tem compromisso? 

-Não, não. Sem nada programado. E obrigada então! O Tae deve entender- Ela fala, pegando a bolsa

-Deixa que eu levo sua mochila pra você, são muitos livros que você usa- Falo agarrando a bolsa dela

- Nossa que gentil, muito obrigada mesmo! Você pretende fazer algo à tarde Namjoon? Tava pensando em assistir algum Dorama- Ela fala sorrindo pra mim, impossível resistir

-Mesmo eu não gostando de Doramas irei sim assistir com você! Só de estar em sua companhia já vale tudo

-Você é muito fofo, eu amei mesmo te conheçer

-Sobre o Yoongi, eu não entendi nada- Falo buscando uma resposta

-Então, ele é meu ex que terminou comigo e sumiu do mapa por alguns meses e agora está de volta. Eu sofri muito por isso, mas ainda bem que eu tinha o Tae comigo- Ela fala, se endireitando na poltrona do carro

-Ele é um idiota, só pode. Como pôde fazer isso com um ser tão dócil e perfeito como você?

-Ah obrigada! Não me considero isso tudo não- Ela fala sorrindo

-O que? Perfeita? Você é mais que isso. Já se olhou no espelho?

-Se você me diz, eu vou acreditar então. Me responde Namjoon, mas presta atenção no carro, é normal a pessoa se apaixonar por quem acabou de conheçer?- Ela fala, me tirando arrepios

-É complexo isso, mas sim. Falo isso por que estou passando por essa situação agorinha

-Estamos no mesmo barco então

-Literalmente, ó, acabamos de chegar! Que horas podemos nos encontrar pra assistir aqueles negócios lá?- Falo estacionando o carro

- Bem, prefiro às 14:00, se não te for um problema- Ela fala abrindo a porta do carro

-Não é não, quanto mais tempo ficar ao seu lado é melhor

-Você é muito romântico pra ser verdade, bem, é melhor eu ir indo antes que minha mãe note que eu não cheguei no horário, tchauzinho e te espero certo?

-Certo e tchauu- aceno pra ela e estaciono em frente à minha casa. Esperando anciosamente dar 14:00, mesmo não gostando de Doramas. Será que vai rolar algo entre a gente?

Pov Taehyung

Digamos que eu e a Clara sejamos inseparáveis e que eu saiba bem o quanto ela sofreu com o Yoongi. Quando apresentei o Namjoon para a Clara eu já imaginava o que iria rolar entre os dois. Por isso inventei que tinha que resolver algumas coisas com meu pai e pedi pra ele levar a minha ursinha ao colégio. Na verdade eu fui mesmo foi me trancar no quarto da Clara, para chorar? Sim, e muito. Eu amo a Diniz faz tempo, mas nunca tenho coragem de falar isso pra ela e acabo perdendo-a. Me sinto péssimo porém feliz por saber que ela está feliz com o meu melhor amigo. Acabo adormecendo no travesseiro da Clara e acordo  com ela mexendo no meu cabelo:

-Já chegou anjinho?- Falo me endireitando na cama, ficando do lado dela

-Já sim, o que foi meu amor? Você não tá bem Tae e eu até sei o motivo- Ela fala me abraçando

- Eu sou muito idiota Clara, eu deveria ter dito a ela o que eu sentia antes

-Meu amor nem sempre é pra ser! Você tem que ter calma e paciência que sua hora com ela irá chegar, eu sinto

-Tomara, agora me conta meu amor, como foi com o Nam? Já tão namorando?

-O que? Para Kim Taehyung. Não, a gente não tá namorando, pelo amor de Deus. Mas hoje ele vem assistir Doramas comigo

-No seu quarto?

- Sim, porque?

-Cuidado, sou novo pra ser tio- Falo e ele me dá um empurrão no braço

-Você é muito palhaço, incrível garoto

-Te amo também, agora vamos antes que nossa mãe fique sem voz de tanto nos chamar

-Vamos, louco

Desçemos e fomos almoçar e depois resolvi dar umas voltas com o Jimin à pé pela praça. Ele é o meu melhor amigo e finalmente, depois de começar a namorar arrumou um tempo pra mim, Aleluia.










Notas Finais


Espero que tenham tido uma boa leitura ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...