História I Like Bananas - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, Got7
Personagens Jackson, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Sope
Visualizações 56
Palavras 3.527
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom alguns pequenos avisinhos
>>> Essa fanfic é baseada no shipp YAOI Sope do BTS entre Suga ( Min Yoongi) e Jhope (Jung Hoseok)
>>> Lembrando que essa fanfic é de minha autoria, e recuso imitações
>>> Eu ainda irei fazer a correção da fanfic então perdão por alguns erros que me passaram despercebidos
>>> O design todo foi feito por mim e o trailer da fanfic também.
Obrigada pela atenção

Capítulo 2 - Maldito mangá yaoi


Fanfic / Fanfiction I Like Bananas - Capítulo 2 - Maldito mangá yaoi

30 de janeiro de 2018

Faltam praticamente 6 dias para as aulas começarem
e eu ainda nem comprei meu uniforme novo
ou meu material. Espero que um grande meteoro a fim de destruir o
mundo seja anunciado antes das aulas começarem

Lista de coisas que eu odeio no colégio

1. Eu acordo cedo

2. Eu odeio acordar cedo

3. Não gosto de falar com pessoas cedo

4. Odeio olhar para a cara dos professores

5. Odeio ter que lidar com contas cedo

6. Eu Odeio contas

7. Eu sei que não vou ser ninguém na vida por isso odeio

Eu praticamente tomei no cú por simplesmente nascer. Meus pais vivem dizendo que eu ainda vou descobrir meu talento em algo, mas tenho certeza que na verdade até eles duvidam muito disso.

Ao contrário de mim, meu irmão Namjoon é inteligente. Só mesmo

Ele também é um bosta

Acho incrível como ele conseguiu manter um namoro com uma menina por 1 mês a mais que o meu. Nem a menina sabia que eu estava namorando ela. Mas ele acabou descobrindo que gosta de outra fruta, ou seja. Bananas, ele é gay, não sei bem ao certo se ele é gay ou bi, ele diz que gosta de laranjas, mas também bananas, a porra por que eu me importo com isso?

Eu sou hétero. HÉTERO, ou seja pra você que faltou a aula de ciências. Não pera

Refere-se à atração sexual ou romântica entre indivíduos de sexos opostos, e é considerada a mais comum orientação sexual nos seres humanos. Acabei de pegar do Google

Mas eu não digo 100% hétero

Esses dias estou a fim de provar novas frutas, não sei se são os hormônios que estão a flor da pele, por que dizem é nessa idade da vida que nós procuramos descobrir coisas novas.

Ainda vou ter a chance de enfiar uma banana na minha garganta e ver se eu gosto mesmo disso. Como eu disse esses dias estou com dúvida (quase certeza) da minha sexualidade

04 de fevereiro de 2018

Faltam 2 dias para as aulas começarem

Hoje é o dia em que eu vou ter que levantar da cama e ter que ir comprar a porra do uniforme do inferno. Vulgo colégio

Na verdade eu nem me lembrava desse detalhe. Minha mãe me chamou e eu como um bom filho fui na hora ver oque era, ela entregou o dinheiro na minha mão e eu fiquei pensando se era meu aniversário. Por que não podia ser mesada, esse dia não existe no meu calendário

Eu tinha acabado de acordar, eram duas horas da tarde (normalmente acordo as cinco) e fui até a cozinha onde ela estava me esperando sentada na mesa, eu estava ainda raciocinando que porra estava acontecendo

Observe que eu uso muito a palavra “porra” no meu vocabulário. Mas foda-se eu uso palavrões em geral no meu vocabulário

– Yoongi, estou lhe dando esse dinheiro para comprar a sua farda nova, por que a velha não está cabendo mais em você e também compre as coisas que precisa para a escola

Olhei para ela sorrindo como se não houvesse amanhã, estava em mente que eu iria comprar a farda e aqueles caderno de 10 matérias que tem um surfista que ninguém conhece na capa e duas canetas azul e preta e o resto compraria vídeo-games pra eu poder jogar no meu PS4 (ganhei de aniversário do ano passado, obrigado mãe, obrigado pai, por destruírem meu futuro de vez)

– Aqui está a lista de materiais que você precisa comprar, quando chegar quero ver tudo, ah leve Namjoon com você ele também vai comprar algumas coisas para ele

Puta que pariu foi a primeira coisa que eu pensei. Adeus overwhat  novinho em folha

Ela me integrou a lista na minha mão e eu fiquei com uma cara de bunda por conta que meu plano perfeito foi destruído por conta dessa porra de lista

– vá logo – direto tomar no cú né mãe

Sai dali quase me arrastando no chão com muita vontade de ir para puta que pariu para comprar a miséria de um uniforme ou dessas coisa aqui que tem na lista, por que diabos eu tenho que comprar tantos livros? Vou jogar tudo fora mesmo!

Coloquei uma camisa qualquer branca e uma calça jeans escura e calcei meus tênis e andei até o quarto daquele embuste. Bati na porta e o menino abriu todo arrumado até me perguntei se era mesmo aquele lixo humano chamado Namjoon

– a mamãe falou que..

– vamos logo comprar esses troço

Esse acataléptico, ok eu não sou bom em usar xingamentos formais. Esse puto teve a audácia de me interromper

– ei seu embuste me respeita que eu sou sete meses e seis dias mais velho que tu seu abusado

Tratei de decorar essa data para jogar na cara desse babaca, parece que ele é mais velho que eu mas na verdade EU sou mais velho que ele

– ‘tá bom então hyung, vamos logo

E foi assim que chegamos em casa com um monte de livros pesados e uniformes idiotas de cor vinho e camisa social branca. Porra eu odeio esses uniformes

A primeira coisa que fiz quando finalmente entrei no meu quarto foi cair na cama e dormir

05 de fevereiro de 2018

Famoso dia de ir para aquele inferno
digo, colégio

Queria ter ficado na cama dormindo mas minha mãe não me permitiu, quase chorei pra que ela me deixasse faltar o primeiro dia de aula e apenas ir no segundo.

Mas o que eu ganhei foi um berro no meu ouvido (ainda vou ficar surdo) dizendo para eu ir tomar meu banho e colocar o uniforme e me mandar para o colégio

E lá estava eu chegando no zoológico de animais, e com toda certeza eu não era um predador

Ah esqueci de citar a Lista de coisas que me tornam um inútil :

1. Sou um virgenzão traduzindo nunca comi uma pessoa (ou dei para alguma)

2. Sou burro

3. Sou preguiçoso

4. Não sou bonito

5. Então tenho certeza que não vou ser um modelo

6. Eu provavelmente vou fazer amizade com a Samara no fundo do poço

8:30

A primeira aula nem começou e eu já estou orando para que acabe logo esse filme de terror. Primeira aula? Química.

Cá estava eu sentado observando aqueles animais entrarem na sala e se sentarem, o sino bateu e a quantidade de animais começaram a entrar mais e mais até que a sala já estava quase cheia se não fosse por duas cadeiras vazias atrás de mim e de Namjoon

Mas logo elas foram preenchidas por dois idiotas. Vulgo Jung Hoseok e seu parceiro Kim Seokjin ; Batman e Robin

Populares, Bonitos, Simpáticos, Inteligentes, Representantes de clubes.

Eles eram totalmente ao contrário de mim

Eles sentaram atrás de mim e de Namjoon, ignorei eles e prestei atenção na aula, querendo ou não tenho que pelo menos tentar estudar nesta merda

Terminei de anotar as formulas no caderno e fiquei batendo com a ponta da caneta no caderno, optei por abaixar a cabeça e dormir mas o som de algo caindo ao meu lado me fez virar e olhar a caneta caída no chão

Ergui meu braço e peguei a mesma com certa dificuldade e alguém me cutuca, olho para trás e vejo o animal Hoseok com a palma da mão aberta. A caneta era dele, Se eu iria devolver? Claro

– achado não é roubado

Digo e ele me encara sério. Em uma coisa que eu realmente sou bom, e que eu sei que sou mesmo bom, é irritar as pessoas

– a caneta é minha

– não vejo seu nome escrito nela

Retruquei observando a caneta vendo se achava algum nome

– mas ela é minha

Ele disse já impaciente

– não te ensinaram no primário que devemos escrever nossos nomes e coloca-los nos nossos materiais

– ‘cê é idiota?

– não quanto ‘cê que não coloca nem seu nome na caneta

– isso não me torna idiota, a caneta é minha comprei com meu dinheiro então é minha

– mas ela estava no chão e eu a peguei, não tem o nome de ninguém escrito nela e então eu vou ficar com ela

– não te ensinaram no primário que não devemos roubar objetos que não são nossos?

– mas como eu já disse, achado não é roubado

– ‘cê tem problema garoto? – ele me xinga

– ‘cê é muito criativo com xingamentos em

– MIN YOONGI E JUNG HOSEOK!

A voz feminina vindo da frente da sala foi como um estrondo pior que o da minha mãe tentando me acordar pra ir comprar pão pro café da manhã.

– Já pararam com o falatório?

– Sim senhora!

O menino atrás respondeu e pediu perdão logo em seguida. No final das contas eu fiquei com a caneta preta com detalhes dourados, parecia mais um marcador, mas era uma caneta

8:25

Aula de física, em todas as disciplinas física é a que eu mais odeio. Andei em direção a sala (jaula para animais) e entrei na mesma mas fui puxado pelo pulso o que me fez dar um gritinho muito másculo

– Me devolve minha caneta

– Porra ‘cê ainda ‘tá nisso?

Olhei para o babaca que estava na minha frente me olhando sem paciência

– A caneta – ele disse impaciente

– eu perdi ela quando vinha pra cá. Tem ouro nessa caneta e eu não sabia?

Mentir é feio eu sei, não façam isso crianças, só quando perguntarem se foi você que comeu o brigadeiro antes do parabéns

– ‘cê tem demência? – outro xingamento criativo já vai pra minha lista de “Falas de um idiota” criei agora

– ‘cara acho que os teus xingamentos são bem originais

– ao contrário de você eu sou bem educado, e não saio falando palavrões por ai – se eu me senti ofendido? Um pouquinho, mas ignorei por que lembrei que sou um lixo humano mesmo então não faz diferença

– ‘tá agora posso entrar neste zo...neste lugar que chamamos de sala

– ‘tá de sacanagem? ‘cê tá me devendo uma caneta em gel preta – sério isso?

– ‘tá ‘tá agora sai senhor mago das canetas

Me soltei do menino mimado e me sentei no fundo da sala e ao meu lado Namjoon se sentava, parecia que estava lendo algo

– o que ‘cé tá fazendo?

– exercício de física, só pra relembrar oque eu estudei ano passado – tá meu irmão mais novo é bem mais esforçado que eu mesmo mas foda-se

Olhei e vi Hoseok sentar atrás de Namjoon e atrás de mim se sentou Jin, ignorei os gritinhos que as menininhas davam por causa deles e abaixei a cabeça esperando a aula começar logo

9:30

Bateu o sino para o intervalo e os alunos começaram a sair pra ir comer algo, eu que também sou um aluno (lixo) me levantei e fui pra lanchonete com o indigno do meu irmão que não parava de ler umas parada lá no bloco de anotações dele

Ah sim, eu contei os criativos xingamentos do Hoseok que ele me xingava no decorrer das aulas

Cá está a lista de “Xingamentos de um idiota” :

1. Bananão

2. Saco de lixo de peruca (muito original)

3. Paspalhão

 

Só consegui por enquanto esses aí, por enquanto mas acho que vai aumentar quando eu começar a irritar mais ele

Comprei um suco em caixinha de laranja e alguns bolinhos de chocolate

Fiquei que nem um idiota (como se eu não fosse) observando a movimentação da praça onde eu estava sentado ao lado de Nam comendo meus bolinhos

– Eu não acredito nisso!

Namjoon começou a pular ao meu lado que acabou batendo na minha sacola de bolinhos os fazendo cair no chão, juro que orei a Deus pra não matar ele

Conheçam o pior defeito desse embuste : Desastrado

E eu sempre que tenho que resolver as merdas que ele faz. Na última vez que tive que resolver um problema muito idiota

Namjoon acabou quebrando o jarro de flores da mamãe por que ele estava animado pulando de um lado para o outro dizendo que tinha “acabado” de sair uma nova séria na Netflix chamada La casa de papel e eu estraguei essa felicidade quando disse que essa séria tinha desde o ano passado

Voltando ao “quebrei o jarro de mamãe” eu justifiquei para mamãe que ele estava varrendo a casa e sem querer bateu com o cotovelo no jarro, ela aceitou por que eu disse que foi um acidente. E acidentes acontecem

Mas ela provavelmente o espancaria se eu tivesse dito que ele esbarrou por que estava pulando feito uma gazela pelo corredor

– Porra Namjoon! – Berrei olhando a cruel cena dos meus lindos bolinhos caídos no chão, pobre bolinhos

– Hijo de una chica que parió la puta de su madre – nem sei o que eu acabei de dizer perai vou jogar no Google tradutor. Eu basicamente xinguei a avó dele

– Desculpa hyung!!!

9:50

Depois de Namjoon encostar a cara no barro e pedir desculpas eu aceitei, por que sou uma pessoa boa (mentira)

Aula de quê mesmo? Uh...literatura. Já disse que eu gosto dessa matéria? Sim eu gosto de literatura.

Me sentei com Namjoon e meio que a aula demorou a começar por conta que o professor se atrasou feio. Deu tempo pra dormir um pouquinho.

12:30

Meu objetivo agora neste momento e ir a uma livraria e comprar alguns mangás, eu realmente quero ler mangás faz um bom tempo que eu não leio apesar de ter uma prateleira cheia de mangás em cima do meu pc

– Nam, hey! Nam! – o menino parecia está bem concentrado no que lia

– hu?

– vou comprar uma coisa ali na livraria

– uhum, não vou esperar ‘cê não vai logo

Embuste mesmo uma criatura dessas deus me livre. Andei até a pequena livraria que tinha ali perto e logo abri a porta fazendo um estrondo que fez a balconista pular do seu lugar com cara de quem estava dormindo

– Bom d-dia oque o senhor deseja?

– onde fica os mangás?

– ali nas prateleiras de numero 3

Andei até a prateleira citada e comecei a observar os mangás

– eu já li metade desses – murmurei sozinho

– yaoi?

Apesar da minha curiosidade eu nunca havia lido um mangá yaoi na vida, olhei para os lados observando se não havia ninguém me olhando e retirei um mangá, dali

19 days, volume 1

Rapidamente folheei o mangá e fechei o mesmo rápido me sentindo envergonhado, levei minha mão até meu rosto envergonhado

– mais que coisa – murmurei

Peguei o mangá rente as mãos ainda envergonhado e fui até a balconista que pegou o mangá em mãos e observou o livro

– eu já li este, é bem divertido, acho que o senhor vai gostar – ela sorriu simpática e eu fiquei totalmente envergonhado

– eeerrhhh, sim, sim!

Coloquei a mão na testa com vontade de enfiar a cabeça no chão ou evaporar dali, isso deve ser pior que comprar vídeos pornô ou até mesmo camisinhas pra transar, coisa que eu nunca comprei, num transo não

– Aqui, são 10.000 wons

Peguei a quantidade de wons e dei para a moça e ela sorriu, pequei o pacote e sai dali tão rápido que eu acho que o flash teria inveja de minha pessoa

– Oque foi comprar que tá tão vermelho?

Puta que pariu Namjoon

– Fui comprar um mangá, comecei a espirrar por conta da poeira – quando eu começo a espirrar eu fico muito corado

– Ah sim, vamos logo se não quiser levar porrada da mãe por chegar tarde – Namjoon começou a correr e eu fui atrás do mesmo

Chegamos em casa parecendo e quase fomos mortos pela mãe que estava passando pano e acabamos sujando o chão de barro, mas de boa que eu corri para o quarto

12:56

Me joguei na cama depois de um banho, rolei pro lado e agarrei meu celular vendo que já eram meio dia, olhei por cima do celular e vi o mangá em cima da minha mesa onde se encontrava o notebook, me levantei e me sentei na cadeira de rodinhas

– Oque diabos eu ‘tô fazendo da minha vida – digo sozinho arrancando o mangá da sacolinha

– Vamos ler isso

Mal li as primeiras páginas onde acontecia uma situação constrangedora do casal de amigos e eu já queria morrer de tanta vergonha que eu estava

– Yoongi! O almoço ‘tá na mesa

Rapidamente joguei o mangá na primeira gaveta da minha mesa e olhei a porta se abrir revelando Namjoon me olhando estranho

– Oque ‘tá fazendo?

– Uh, eu estava procurando uma coisa – digo nervoso

– Hum....’vamo comer

– a-aham – me levantei da cadeira e no mesmo momento Namjoon abriu minha gaveta retirando dali meu mangá

– AAAHHMMM YOONGI LENDO YAOI

– HEEEY!!!! ME DEVOLVE ISSO!!!

– ãaãaaãhhhh s-senpai, mais rápido ããaahh – filho de uma puta

– Cala a boca Namjoon e me devolve meu mangá mais hétero que você

– Essa doeu. Por quê ‘tá lendo mangá yaoi?

– Curiosidade, só isso embuste – digo colocando o mangá de volta na gaveta ainda envergonhado

– aham, sei – ele diz saindo do quarto e eu vou atrás dele

– não diga a ninguém

– ui, sério? E se eu falar

– eu digo ‘pra mamãe que você saiu escondido pela janela naquele dia pra ir à festa da Lisa

– Ok, ok eu não digo nada a ninguém, e nunca mais conto com sua ajuda Yoongi

Até hoje eu ameaço o Namjoon com isso, ele chegou bêbado e eu tive que ajudar ele na ressaca sem que a mamãe percebesse que ele estava baqueado, sem contar que foi eu que ajudei ele a sair pela janela sem morrer.

Andei indo em direção a cozinha me sentando na mesa junto a mãe e o pai e óbvio Namjoon que ria da minha ‘cara vermelha de tanta vergonha pelo episódio atrás

– Meninos?

– Hu? – pergunto nervoso

– Chegaram novos vizinhos hoje de manhã, lembram que a casa ao lado estava sendo vendida? – assenti – quero que depois vão até lá e entreguem essa cesta de frutas

– Chapeuzinho vermelho agora? – Namjoon perguntou e eu ri

– E digam que somos seus vizinhos e que desejamos um bem vindo para eles – Mamãe ignorou o comentário de Namjoon e eu assenti

Pronto agora eu que tenho que ir desejar bem vindo para desconhecidos? Por que ela não vai lá? Só eu tenho perna agora nessa casa. Credo.

Me levantei da mesa e peguei a cesta de cima da mesa

– COLOQUE UMA CAMISA YOONGI – ouço minha mãe berrar da cozinha e eu fiz como mandado colocando uma camisa preta e sai calçando meus chinelos e descendo os pequenos degraus da minha casa e andei pela calçada até a casa ao lado que tinha um tom azul pastel

Bati na porta

Mais uma vez

E mais outra

Até que um menino atendeu a porta, ele tinha cara de quem estava dormindo, ele me olhou e arregalou os olhos e arrumou rapidamente os cabelos

– Ho, perdão eu...estava dormindo

– Desculpa te acordar, mas minha mãe pediu para trazer essa cesta de frutas e desejar um bem vindo a vocês – digo entregando a cesta e o menino a pegou

– Minha mãe vai adorar, muito obrigado!... Kim Taehyung – ele estendeu a mãe e eu a apertei

– Min Yoongi – digo sorrindo para o menino. Apesar da cara amassada ele é bem bonito, seus olhos não são tão puxados como os asiáticos normais, isso se torna um pequeno charme, e seu rosto é totalmente livre de qualquer tipo de acne ou espinha. Ele é bonito

– Você é bonito – digo sem pensar

– Ho, obrigado, você também. Apesar de ser bem pálido, ho! ‘dá para ver suas veias, são bem roxinhas – eu o olhei com um traço na boca

– ‘cê ‘tá me chamando de branquelo? – digo e ele ri

– não, eu não quis dizer isso, sua pele é bonita sim – ele ri mais um pouco

– Tae? Filho? Quem está ai? – ouço uma moça chamar e logo ela aparece atrás de Taehyung

– Ho, Boa tarde sou Min Yoongi seu vizinho – me curvei fazendo uma reverência para a senhora que me olhava, agora sei para quem Taehyung puxou a beleza

– Olá Min Yoongi, sou a mãe de Taehyung – a mais velha diz mexendo em seu curto cabelo, logo atrás da senhora apareceu uma menininha que usava um vestido roxinho

– Omma? Quem é o garoto na nossa porta?

– Yui querida, esse é nosso querido vizinho, seu nome é Yoongi

– Olá Yoongi Oppa – a menina acenou com as mãos e eu ri com seu gesto

– Olá pequenina. Bom eu já vou indo – digo sorrindo para a família Kim

– Ho, por que não vem aqui mais tarde? Taehyung pode jogar vídeo-game com você e eu faço alguns lanches – a senhora sorriu de maneira gentil

– se não for incomodo – por favor diga que é sim um incomodo

– não, sem problemas querido, estaremos lhe esperando – desgraça de vida

– tudo bem, vou indo, até mais tarde Taehyung – digo sorrindo e saindo dali quase correndo e logo entrei em casa

– NAMJOON NA PROXIMA VEZ VAI SER VOCÊ QUE VAI NOS APRESENTAR PARA VIZINHOS – grito e ouço Namjoon rir alto dali de cima

Eu tenho lembranças ruins de apresentações para vizinhos. Talvez eu conte essa história depois

Corri pela escada e entrei no meu quarto desta vez trancando a porta, peguei meu mangá “hétero” e me joguei na cama voltando a ler

Juro que não vou ficar duro lendo isso, eu juro


Notas Finais


Ui Ui levanta a mão quem acha que Yoongi vai ficar duro lendo o mangá e depois vai se xingar por isso o/
.
.
.
Obrigada por ler até aqui narnianos, até o próximo capítulo sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...